terça-feira, 16 de outubro de 2018

Compartilhe

Dentro de duas semanas, quando chegarmos exatamente na metade da temporada regular (mas já???), teremos o fechamento da janela de trocas da NFL. Embora os últimos dias de negociações não sejam – nem de longe – tão movimentados como acontece na NBA, por exemplo, os GMs notoriamente tem sido mais agressivos nos últimos anos, e alguns negócios relevantes foram selados perto do prazo final recentemente. E também vai ficando claro para todos nós quem vai brigar por playoffs e quem já está pensando em 2019. Para os times que estão no primeiro grupo, há uma última chance de reforçar os setores mais carentes do elenco. Para quem está no segundo grupo, uma oportunidade de se desfazer de jogadores que possuem valor de mercado, mas já estão perto do fim do contrato e/ou não fazem parte do planejamento de médio e longo prazo.

Pensando nisso, no texto de hoje vamos sugerir algumas movimentações que fariam sentido para todos os envolvidos na troca. Antes que alguém pistole, é um texto de pura palpitologia, sem informações. Se você discorda ou tem alguma outra ideia, as redes sociais do site e do autor estão ao seu dispor para trocarmos figurinhas.

Leia Mais: Conceitos ofensivos do Madden: Drive

Leia Também: Destaques e Decepções – domínio pela terra!

Amari Cooper -> Dallas Cowboys

Detalhes: O Oakland Raiders envia o WR Amari Cooper para o Dallas Cowboys e recebe uma escolha de 2ª rodada no draft de 2019

Não é segredo para ninguém que o Dallas Cowboys tem uma carência enorme no seu grupo de recebedores (as vezes até mesmo o Dez Bryant faz questão de ressaltar). O que talvez não estivesse no script é o fato de a NFC Leste ainda estar totalmente em aberto. O Eagles é o melhor time e ainda é o favorito, mas eles seguem um nível abaixo do que jogaram em 2017, e Dallas ainda os enfrenta duas vezes. Dá pra sonhar, nem que seja com um wild card. Por isso mesmo, Jerry Jones deveria correr atrás de melhorar seu elenco. O Raiders está sem rumo e Jon Gruden aparenta querer (continuar a) se livrar de alguns jogadores. Amari Cooper seria um deles, e ele encaixaria muito bem em Dallas. É verdade que Cooper vem sendo inconsistente ao longo de sua carreira, mas seus baixos não são piores do que o que o Cowboys já tem, e seus altos são beeeeem altos. Valeria muito a pena investir nele.  Prescott teria um alvo de segurança, e Elliott veria as defesas adversárias bem mais honestas.

Deone Bucannon -> Pittsburgh Steelers

Detalhes: o Arizona Cardinals envia o LB Deone Bucannon e uma escolha de sétima rodada do draft de 2019 para o Pittsburgh Steelers e recebe escolhas de terceira e sexta rodada no draft de 2019

O ataque do Steelers vai bem e deve melhorar ainda mais quando/se Le’Veon Bell voltar, mas a defesa ainda preocupa muito. Mesmo que eles vençam a AFC Norte, parece bastante improvável que a atual unidade defensiva de Pittsburgh consiga conter os poderosos ataques de Chiefs e Patriots nos playoffs. Dentre as lacunas dessa defesa, a maior talvez seja na posição de linebacker, algo que vem desde o infortúnio com Ryan Shazier. E um bom reforço viria de outro time que parece estar fazendo um saldão: Deone Bucannon era peça muito importante no Cardinals até o ano passado, mas perdeu espaço com a chegada do técnico Steve Wilks, devido a diferenças no esquema utilizado por ele. Bastante versátil, ele talvez seja o melhor reforço possível que Mike Tomlin poderia encontrar para fazer, nos limites do possível, a função de Shazier no time.

Arik Armstead -> Miami Dolphins e DeVante Parker -> San Francisco 49ers

Detalhes: troca simples, jogador por jogador

Uma troca jogador por jogador é bem incomum na NFL, mas neste cenário seria algo bem interessante. O Dolphins tem enfrentado lesões na sua linha defensiva e precisa de mais gente para pressionar o QB. Armstead não vem sendo exatamente o terror dos quarterbacks lá em Santa Clara, mas ele é um bom encaixe no esquema utilizado em Miami e pelo menos é bem competente contra o jogo terrestre. E ao invés de abrir mão de escolhas de draft, o Dolphins cederia um jogador subutilizado de seu próprio elenco, e que preencheria uma lacuna no 49ers, que enfrenta várias lesões em seus recebedores. Tanto Parker quanto Armstead foram escolhas de primeira rodada em 2015 (ou seja, ainda são jovens) que ainda não atingiram as expectativas. Um novo começo talvez seja a faisca que ambos precisam para alcançar seu potencial.

Eli Manning -> Jacksonville Jaguars

Detalhes: o New York Giants envia o QB Eli Manning para o Jacksonville Jaguars e recebe em troca uma escolha de 5ª rodada no draft de 2019

OK, essa é polêmica. Mas convenhamos: a era Manning na Big Apple está caminhando melancolicamente rumo ao seu fim. E melhor que estender o suplício até o fim do ano, e possivelmente até mesmo com gente pedindo por Kyle Lauletta, seria dar a Eli uma chance de jogar em janeiro. Se ele não está jogando bem, não faria pior que Blake Bortles. A janela de título com essa defesa não durará para sempre, e o Jaguars não pode jogar mais oportunidades fora por causa de Bortles. Eli seria um provável upgrade instantâneo, até porque Tom Coughlin talvez seja uma figura mais apropriada para conseguir obter o canto do cisne de seu velho parceiro do que qualquer pessoa que mande no Giants hoje.

Cairo Santos -> Los Angeles Chargers

Detalhes: o Los Angeles Rams envia o K Cairo Santos para o Los Angeles Chargers e recebe em troca uma escolha condicional de 7ª rodada no draft de 2019

O Rams está neste momento com uma situação um pouco inusitada na NFL: tem 2 kickers entre os 53 jogadores no elenco, o que deve seguir até que Greg Zuerlein volte de lesão. Quando isso acontecer, vai acabar sobrando para o K brasileiro. O que pode ser uma boa oportunidade para o Chargers, com seus eternos problemas na posição. Eles pagam um pequeno preço para seus conterrâneos, evitando assim que Cairo vire um Free Agent e possa assinar com algum outro time que eventualmente perca a paciência com o seu kicker (olá, Browns). E talvez seja o melhor cenário possível para o próprio Cairo, que seguiria na Liga e nem precisaria fazer mudança.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.