sábado, 29 de setembro de 2018

Compartilhe

Quantas vezes nos últimos anos você viu o New England Patriots chegar em uma partida contra o Miami Dolphins como grande favorito? Dezenas! Para a semana 4, neste domingo (30), às 14h, horário de Brasília, o favoritismo permanece, porém com ressalvas. Os rivais da AFC Leste se encontram no Gillette Stadium, em Foxborough. Se antes era barbada ganhar uma grana apostando na franquia de Massachusetts, agora você tem que analisar melhor os prognósticos.

Os Pats vêm encontrando dificuldades no início de temporada. A campanha é negativa, de 1-2, vindo de uma surpreendente derrota para o Detroit Lions, por 26 a 10, fora de casa. Até então, o Detroit não havia vencido nenhum jogo em 2018.

A tendência é apostarmos em mais uma vitória dos Dolphins, afinal eles estão 3-0 e lideram a divisão. Isso se apenas focarmos nos dados e nas estatísticas, e não olharmos os odds, certo? Em todas as partidas disputadas, a franquia da Flórida fez ao menos 20 pontos. Só que alguns detalhes nos mostram por que os donos da casa são vistos, sim, como favoritos nas casas de apostas mesmo estando em desvantagem na tabela, cotados em R$ 1,35 para cada R$ 1,00 investido, contra R$ 3,35 dos visitantes, segundo o Oddsshark.com.

O primeiro ponto é que os três últimos adversários do Miami, o Tennessee Titans (27 a 20), o New York Jets (20 a 12) e o Oakland Raiders (28 a 20), nenhum deles, atualmente, está na primeira prateleira da NFL. Os Patriots serão o primeiro oponente que briga, de fato, para estar no Super Bowl LIII, em Atlanta, no ano que vem.

Mesmo Tom Brady e Bill Belichick tendo o pior início de temporada em seis anos, a tendência é que tudo entre nos eixos no decorrer do campeonato. Foi assim anteriormente. Setembro nunca foi um mês bom para eles. O New England é aquele tipo de equipe que dá a resposta na hora que o calo aperta, por isso não é loucura nenhuma colocar uma grana nela. Exemplos de viradas não faltam. A última vez que eles perderam três duelos seguidos foi em 2002. É uma espécie de voto de confiança, sabe?

A vitória vem, ainda mais em casa, com o apoio do torcedor. Pode apostar! Brady está fazendo uma temporada dentro da esperada. Em 100 passes tentados, 64 foram completados, com seis touchdowns e apenas duas interceptações. O maior problema que o marido da Gisele  Bündchen está encontrando é a falta de recebedores qualificados. Sobrecarregar o tight end Rob Gronkowski não é a saída. Deixa o ataque extremamente previsível. Não são poucas as vezes que o quarterback tira leite de pedra.

Tenho certeza que os Dolphins vão explorar a deficiência da linha ofensiva oponente, que já deixou o seu quarterback ser sacado seis vezes – o mesmo números de vezes que os defensores do Miami sacaram os rivais. O jogo aéreo é o caminho para a vitória caseira. A defesa visitante é apenas a 28ª da liga no combate a este tipo de jogada. Ela cedeu 288.3 jardas, porém conseguiu seis interceptações.

Em Miami, Ryan Tannehill vive uma fase positiva com sete TDs e duas interceptações. Para você ter uma ideia, em 2016, em 13 jogos, ele fez 19 touchdowns, ou seja, podemos ter um recorde pessoal quebrado no meio desta temporada. A questão é saber até quando o desempenho será em alto nível, não é? Este QB está longe de ser um dos tops da posição.

De acordo com o Oddsshark.com, uma vitória do New England Patriots por oito pontos ou mais gera o rendimento de R$ 2,00. A derrota dos Dolphins por até seis pontos rentabiliza R$ 1,83 para 1.

Tennessee Titans x Philadelphia Eagles

O Philadelphia Eagles, atual campeão do Super Bowl, parece estar retomando o bom nível de rendimento apresentado no ano passado. A evolução passa por Carson Wentz, que voltou de lesão na rodada passada. Contra o Indianapolis Colts, na semana 3, as águias conseguiram vencer por 20 a 16. Não foi uma exibição de gala, longe disso, mas valeu pelo triunfo. Definitivamente, com Nick Foles como QB não estava dando, não.

A retomada das vitórias, aliada à reafirmação de Wentz, coloca o time da Pensilvânia como o grande favorito para passar pelo Tennessee Titans, às 14h, no Nissan Stadium. O momento da formação caseira é bem diferente do que vimos no oponente. Marcus Mariota não está 100% fisicamente. No quesito jogada  aérea, os Titans são o quarto pior colocado da liga. Sendo assim, os corridas parecem ser uma saída. É, mas os Eagles são líderes no ranking do jogo corrido. E agora, como faz? Vida duríssima para os mandantes, hein? A vitória visitante é praticamente certa, avaliada em R$ 1,47, contra R$ 2,75. Como indica o Oddsshark.com, o jeito de aumentar este rendimento é com o  triunfo do Philadelphia por  quatro ou mais pontos de diferença, elevando a quantia dos odds para R$ 1,90.

Mais dica

Caso você não esteja familiarizado e por dentro da temporada da NFL, os palpites do computador são uma boa pedida e ajudam bastante. Os valores dos odds são gerados a partir de uma série de análises de algoritmos. O PC tem um alto índice de acertos.

Confira os jogos e os odds da semana 4:

Quinta-feira (27 de setembro)

21h20 – Los Angeles Rams (R$ 1,35) 38 x 31 (R$ 3,30) Minnesota Vikings

Domingo (30 de setembro)

14h – Green Bay Packers (R$ 1,23) x (R$ 4,25) Buffalo Bills

14h – Atlanta Falcons (R$ 1,43) x (R$ 2,90) Cincinnati Bengals

14h – Dallas Cowboys (R$ 1,62) x (R$ 2,40) Detroit Lions

14h – Indianapolis Colts (R$ 1,80) x (R$ 2,05) Houston Texans

14h – New England Patriots (R$ 1,34) x (R$ 3,35) Miami Dolphins

14h – Jacksonville Jaguars (R$ 1,27) x (R$ 3,80) New York Jets

14h – Tennessee Titans (R$ 2,75) x (R$ 1,47) Philadelphia Eagles

14h – Chicago Bears (R$ 1,66) x (R$ 2,33) Tampa Bay Buccaneers

17h05 – Oakland Raiders (R$ 1,68) x (R$ 2,25) Cleveland Brown

17h05 – Arizona Cardinals (R$ 2,50) x (R$ 1,58) Seattle Seahawks

17h25 – New York Giants (R$ 2,60) x (R$ 1,55) New Orleans Saints

17h25 – Los Angeles Chargers (R$ 1,20) x (R$ 4,75) San Francisco 49ers

21h15 – Pittsburgh Steelers (R$ 1,58) x (R$ 2,50) Baltimore Ravens

Segunda-feira (1º de outubro)

21h20 – Denver Broncos (R$ 2,85) x (R$ 1,44) Kansas City Chiefs

*Times que estão de bye: Carolina Panthers e Washington Redskins

Texto escrito pela equipe do site Oddsshark.

Compartilhe

Leave A Reply