segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Compartilhe

Este espaço nas segundas-feiras durante a temporada traz o que de melhor ou pior aconteceu em cada rodada, apontando seus maiores destaques e decepções, antes do Monday Night Football, que nessa semana 4 será o confronto entre Washington Redskins e New Orleans Saints. Então, sem maiores enrolações, vamos aos destaques e decepções:

O Cairão voltou!

Cairo Santos está de volta a NFL! O kicker brasileiro fez sua estreia neste domingo pelo Los Angeles Rams contra o Seattle Seahawks no hostil CenturyLink Field. Cairo acertou seus 2 field goals, inclusive um de 39 jardas no final da partida para colocar o Rams na frente e garantir a vitória, porém errou um de seus 4 pontos extras. Independente disso, resultado muito positivo para o atleta que deve utilizar este tempo no Rams para provar para outros times de sua solidez e de seu valor na liga. E convenhamos, a lista de times que perdem por causa de kickers cresce a cada semana.

Leia Mais: Mesa Redonda: Drew Brees quebrando recordes, recebedores do Packers, Chicago Bears e mais!

Leia Também: LA Rams: The Greatest Show on Turf parte 2?

O Rams acabou batendo o Seahawks por 33 a 31 numa vitória muito, mas muito mais apertada do que era esperado. Robert Woods e Cooper Kupp novamente foram sólidos, com cada recebendo pelo menos 90 jardas, mas quem roubou a cena foi Todd Gurley, novamente espetacular com 3 touchdowns em suas 77 jardas corridas, além de mais 36 jardas pelo ar. No Seahawks, a mobilidade de Russell Wilson dificultou a vida da defesa do Rams. O QB teve Tyler Lockett como alvo mais produtivo, com 98 jardas em apenas 3 recepções e 1 touchdown. Destaque também para Chris Carson, que correu para 116 jardas com média de 6,1 por tentativa.

De quase recorde a college kickers

A vitória do Carolina Panthers sobre o New York Giants saiu dos pés de Graham Gano, em um chute pra Tucker nenhum colocar defeito! Quando o time perdia por 31 a 30, faltando 6 segundos para o final da partida, o kicker acertou um field goal lindo de SESSENTA E TRÊS jardas. Com esse chute ele empatou com Tom Dempsey (Saints) para o FG mais longo para vencer uma partida, além de ficar a uma jardinha do field goal mais longo da história da liga. E se não bastasse, Gano acertou outros 2 chutes de longa distância, ambos de 49 jardas. Noite iluminada do jogador.

Já no Ford Field em Detroit, faltou muita pontaria para Mason Crosby. É complicado colocar a responsabilidade do resultado em apenas um jogador. Porém quando dito jogador perde quatro field goals dos cinco tentados, além de errar uma tentativa de ponto extra, fica difícil não agir desta forma. Tudo isso ainda em um estádio coberto, sem a ação de qualquer elemento da natureza para atrapalhar. O Lions acabou vencendo a partida sobre o Packers por 31 a 23. E sabe quantos pontos Crosby perdeu? 13. Treze pontos.

Indícios do fim do mundo?

Com ambas partidas magras em pontos, Cleveland Browns e Buffalo Bills venceram nesta rodada! Mantendo a tradição, Josh Allen correu para um touchdown na vitória do Bills por 13 a 12 sobre o Tennessee Titans, vitória esta sacramentada em um field goal de 46 jardas de Stephen Hauschka. Apesar do TD corrido, Allen não teve desempenho de agradar aos olhos, com apenas 82 jardas lançadas e uma interceptação. Porém o ataque do Titans foi ainda mais ineficaz, prejudicado por turnovers em momentos chave e pontuando apenas através de field goals.

Já em Cleveland, o Browns conseguiu dobrar a quantidade de vitórias que teve em suas duas últimas temporadas. Em uma partida em que ambas as defesas foram dominantes, o Browns bateu o rival de divisão Ravens por 12 a 9. E para manter o padrão, a partida foi para a prorrogação, quarta da franquia nestas 5 primeiras rodadas. Destaque na partida especialmente para Denzel Ward, calouro selecionado com a segunda escolha do time no draft e que teve uma interceptação, 3 passes defendidos e conseguiu ainda bloquear um field goal de Justin Tucker.

Massacre pelo chão!

A dupla de running backs do New York Jets simplesmente fez o que desejava contra a defesa do Denver Broncos neste domingo. Isaiah Crowell teve a melhor partida de sua carreira, com 219 jardas e um touchdown nas 15 vezes que carregou a bola, média de impressionantes 14,6 jardas por tentativa. E o dito touchdown foi de 77 jardas, TD mais longo anotado por um corredor do Jets desde 1996. Bilal Powell completou o trabalho, correndo para mais 99 jardas em suas 20 tentativas. Foi um total de 323 jardas pelo chão.

O ataque do Broncos, por outro lado, teve desempenho para ser esquecido. Mesmo com estatísticas decentes (35 passes completados de 51 tentados para 377 jardas, 2 TDs e 1 INT) Case Keenum foi inconsistente durante toda a partida falhando em levar drives adiante e a dupla de running backs calouros do time praticamente não apareceu na partida, somando menos de 100 jardas.

A lenda chamada Tom Brady

Faltando 9 minutos e 28 segundos para o final do último quarto, Tom Brady achou Josh Gordon no canto direito da endzone para um touchdown de 34 jardas. E não foi qualquer touchdown. Com esta jogada, o camisa 12 do Patriots alcançou seu TD número 500 lançado na carreira, se juntando a Brett Favre (508) e Peyton Manning (539) entre os atletas com mais de 500 passes para touchdown. Além disso Gordon foi o 71º jogador a receber um touchdown lançado por Brady. Ninguém na história da NFL distribuiu TDs para tantos nomes diferentes.

Ajudado pela volta de Julian Edelman, que junto de Gordon proporcionou uma melhora significativa no grupo de recebedores, o Patriots beteu o Indianapolis Colts por 38 a 24. Além de Gordon, Cordarrelle Patterson e James White receberam TDs de Brady na partida. Sony Michel também teve ótimo desempenho, com 98 jardas corridas e 1 touchdown. Pelo Colts, Andrey Luck jogou bem, mas foi prejudicado por inúmeros drops de seus alvos o que prejudicou qualquer tentativa de reação da equipe.

Outros destaques e decepções:

  • Contra o maior desafio enfrentado até agora, o Kansas City Chiefs novamente mostrou todo seu poderio ofensivo. Mesmo com Patrick Mahomes interceptado duas vezes e sem lançar nenhum touchdown, o ataque do Chiefs foi dominante sobre a forte defesa do Jacksonville Jaguars, com destaque especialmente para Trevis Kelce, que decebeu 100 jardas, e para Kareem Hunt, com 87 jardas corridas e 1 touchdown. Final de jogo, Chiefs 30, Jaguars 14.
  • Depois de questionar a energia do time e sobre seu papel no ataque do Giants, Odell Beckham Jr. teve finalmente uma recepção para touchdown nesta temporada. Além de receber a bola 14 vezes para 131 jardas e 1 touchdown, OBJ também lançou um TD de 57 jardas para o calouro Saquon Barkley.
  • Olhando os números (268 jardas com 72% de passes completados) Derek Carr passa a impressão de ter feito uma partida sólida contra o Chargers. Porém o quarterback lançou sua oitava interceptação nesta temporada, contra apenas 7 touchdown. É seu terceiro jogo seguido sendo interceptado pela defesa adversária. E estes erros estão prejudicando o Raiders.
  • Com a lesão de Jerick McKinnon, Matt Breida tem comandado o jogo terrestre do 49ers e é ainda mais importante agora que o time não conta mais com Jimmy Garoppolo. Mas parece que a bruxa está solta na Califórnia. Ainda no primeiro quarto, Breida deixou o campo após sentir o tornozelo esquerdo. A lesão, no primeiro momento, não parece ser tão grave, mas exames serão realizados nesta segunda para definir a extensão.
  • O clássico do Texas foi pouco atrativo dentro de campo. Na vitória na prorrogação por 19 a 16 do Texans sobre o Cowboys o principal destaque ficou para o wide receiver DeAndre Hopkins. Além das 151 jardas e do touchdown recebido, o atleta nos proporcionou uma jogada espetacular na prorrogação, recebendo para 49 jardas, quebrando tackles e colunas de defensores do Cowboys e colocando o time em posição para ganhar a partida.

    Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.