sábado, 15 de setembro de 2018

Compartilhe

Às 17h25, horário de Brasília, deste domingo, 16 de setembro, um grande jogo acontecerá na cidade de Jacksonville, na Flórida, pela semana 2 da NFL. Os Jaguars, donos da casa, recebem o fortíssimo time do New England Patriots no TIAA Bank Field.

Os Pats, representantes da AFC Leste, tiveram uma estreia na temporada com vitória ao vencerem, dentro de casa, no Gillette Stadium, o Houston Texans por 27 a 20. É preciso ter cuidado. Nesta partida, eles diminuíram um pouco a intensidade e viram o adversário ameaçar o resultado positivo. Já os Jaguars, da AFC Sul, também triunfaram por 20 a 15 diante do New York Giants, no MetLife Stadium.

Nova realidade

Muitos fãs da NFL podem pensar que a franquia de Jacksonville é uma das piores da liga. Isto não deixou de ser verdade há dois anos, porém, desde a temporada passada os felinos vêm subindo de patamar. Eles conseguiram vaga uma nos playoffs, e foram eliminados na final de conferência perdendo por 24 a 20, justamente para os Patriots. A vaga na finalíssima ficou por uma posse de bola apenas. Antes, foi preciso eliminar um dos maiores vencedores de Super Bowl da história: os Steelers. Foi um belo upgrade, não foi?

O quarterback Blake Bortles, visto ainda por muitos analistas como pouco confiável para liderar o ataque, teve 18 passes completados de 33 tentados, conseguindo 176 jardas avançadas. Touchdown (TD) foi apenas 1. O restante da pontuação veio por meio de um turnover da defesa e de field goals. Diante de uma defesa forte como a dos Patriots, os donos da casa vão ter que melhorar de rendimento se quiserem a segunda vitória, o que se acontecer gera R$ 2,00 a cada R$ 1,00 aplicado nas casas de apostas, de acordo com o Oddsshark.com.

Os defensores conseguiram dois sacks, além de um TD, e a linha ofensiva sofreu um sack. A única interceptação foi por conta do linebacker Myles Jack, que avançou 32 jardas, e conseguiu chegar na endzone.

O técnico Doug Marrone não sabe se poderá contar com o running back Leonard Fournett, em virtude de problemas musculares. A situação dele era avaliada como questionável.

Patriots sendo Patriots

Falar dos Pats é um pouco que chover no molhado. A parceria Tom Brady e Bill Belichick é uma das mais vitoriosas de toda a história da NFL. É difícil vencer os caras, independentemente do local.

O marido da Gisele Bündchen começou a temporada com 26 passes completados dos 39 tentados, avançando 277 jardas e anotando 3 TDs. Interceptação foi apenas 1. Sacks, eles sofreu 2. Também dá para perceber que os seus alvos vem sendo bastante variados. O tight end Rob Gronkowski, o wide-receiver Philipp Dorsett e o running back James White foram os jogadores preferidos. Os dois primeiros atletas receberam 7 passes cada um, enquanto que o segundo recebeu 3 a menos. Os touchdowns foram feitos por Gronkowski, Dorsett e White.

A defesa se mostrou bem sólida contra as jogadas aéreas, foram três sacks conseguidos. Já a linha ofensiva viu o Brady ser alcançado em duas ocasiões.

Os Patriots podem assumir a liderança da divisão,visto que Jets e Dolphins também têm uma vitória na tabela. A princípio, Belichick não vai ter problemas para montar o time titular, sem grandes desfalques. O triunfo está avaliado em R$ 1,83.

A campanha como visitante em 2017 de New England foi sensacional, contabilizando 7 resultados positivos e 1 negativo.

Dallas Cowboys x New York Giants

O fechamento do primeiro domingo da NFL vai ser de muita rivalidade no Sunday Night Football. Às 21h15, horário de Brasília, Cowboys e Giants se enfrentam no AT&T Stadium, em Arlington, no Texas, pela NFC Leste. Derrotados na estreia, os dois times precisam do triunfo, pois Philadelphia Eagles e Washington Redskins saíram na frente na disputa pela divisão.

Time da América?

A pouca produção ofensiva na derrota de 16 a 8 para o Carolina Panthers, fora de casa, ligou o alerta nos Cowboys. O quarterback Dak Prescott não anotou nenhum TD, conseguindo 170 jardas em 19 passes completados dos 29 tentados. Ele foi bem castigado pela defesa rival. Foram seis sacks sofridos. A linha ofensiva não existiu, né? Muitos torcedores estão com saudades de Tony Romo. Até field goal os caras perderam.

As jogadas terrestres também não foram nada produtivas. Os visitantes tiveram somente 94 jardas de avanço. A defesa conseguiu três sacks. Nada mal. As ausências para o fim de semana serão: o safety Xavier Woods, o center Travis Frederick e o defensive tackle Datone Jones. A cotação de apostas é de R$ 1,69. Em 2017, o Dallas foi pífio como mandante, tendo 3 vitórias e 5 derrotas.

Esperança no calouro

Em Nova York, as atenções estão voltadas para o running back calouro Saquon Barkley, que, apesar da derrota de 20 a 15 para os Jaguars, foi bem dentro de campo. Ele conquistou 106 jardas em 18 bolas carregadas, marcando um touchdown. Outra referência do ataque é o wide receiver Odell Beckham Jr., que veio de lesão, e conseguiu 111 jardas em 11 recepções.

Eli Maning completou 23 dos 37 passes, com 224 jardas, 1 touchdown e 1 interceptação. Ele foi sacado duas vezes. Agora, os defensores precisam ser mais agressivos. Na última partida, eles conseguiram somente um sack.  O defensive end Olivier Vernon está fora do jogo por conta de uma lesão no tornozelo. O linebacker Tae Davis é dúvida. Os Giants pagam R$ 2,25. Vale lembrar que os gigantes de Nova York encontraram muitas dificuldades no ano passado como visitantes, vencendo apenas 1 compromisso e perdendo os outros 7.

Quer dar os seus palpites, mas ainda não se sente muito confortável? Não tem problema, não. Você pode aproveitar os nossos palpites do computador para a NFL.

Confira os jogos e as cotas da semana 2 da NFL:

Quinta-feira (13 de setembro)

21h20 – Cincinnati Bengals (R$ 1,86) 34 x 23 (R$ 1,95) Baltimore Ravens

Domingo (16 de setembro)

14h00 – Green Bay Packers (R$ 1,83) x (R$ 2,00) Minnesota Vikings

14h00 – Washington Redskins (R$ 1,39) x (R$ 3,15) Indianapolis Colts

14h00 – Pittsburgh Steelers (R$ 1,50) x (R$ 2,70) Kansas City

14h00 – New Orleans (R$ 1,25) x (R$ 4,00) Cleveland Brows

14h00 – Tampa Bay Buccaneers (R$ 2,55) x (R$ 1,57) Philadelphia Eagles

14h00 – Atlanta Falcons (R$ 1,41) x (R$ 3,00) Carolina Panthers

14h00 – New York Jets (R$ 1,66) x (R$ 2,30) Miami Dolphins

14h00 – Tennessee Titans (R$ 2,35) x (R$ 1,64) Houston Texans

14h00 – Buffalo Bills (R$ 3,65) x (R$ 1,30) Los Angeles Chargers

17h25 – Jacksonville Jaguars (R$ 2,00) x (R$ 1,83) New England Patriots

17h25 – Denver Broncos (R$ 1,38) x (R$ 3,20) Oakland Raiders

21h20 – Dallas Cowboys (R$ 1,69) x (R$ 2,25) New York Giants

Segunda-feira (17 de setembro)

21h15 – Chicago Bears (R$ 1,57) x (R$ 2,55) Seattle Seahawks


Texto escrito pela equipe do site Oddsshark.

Compartilhe