sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Compartilhe

A NFL VOLTOU!!! E junto com a liga que todos nós amamos, volta o Guia da Semana. A estrutura da coluna continua da mesma forma da última temporada, destacando o grande jogo da semana, algumas partidas que podem ser interessantes e o jogo que ninguém tem vontade de assistir. Ontem, o atual campeão Philadelphia Eagles venceu o Atlanta Falcons por 18 x 12. Nesse fim de semana, teremos 8 partidas na TV brasileira, incluindo a partida dessa quinta-feira. Confira nosso guia e não perca nada.

Leia textos exclusivos a cada semana sobre todos os times da NFL. Seja um assinante L32

Chicago Bears (0-0) @ Green Bay Packers (0-0) – Domingo, 09/09, 21:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Esse deve ser o duelo mais legal de assistir nessa primeira semana. É um jogo de divisão logo na primeira semana, com algumas mudanças entre as equipes e um dos clássicos de maior rivalidade de toda a NFL. O Green Bay Packers continua apostando muito no seu grande QB, Aaron Rodgers. O jogador teve uma lesão nos últimos jogos na temporada passada que acabou tirando todas as chances da franquia de uma possível vaga na pós-temporada. O Packers venceu todas as últimas três estreias na liga e continua com uma equipe forte na briga pela divisão. Vai ter as estreias do TE Jimmy Graham e do DE Muhammad Wilkerson, ótimos jogadores que devem somar em um bom elenco.

O Chicago Bears terá a estreia de um novo técnico. Matt Nagy vem para treinar a equipe e ajudar na evolução do QB draftado na temporada passada, Mitchell Trubisky. Trubisky é a esperança que a franquia de finalmente contar com um jogador de talento na posição mais importante do jogo. A equipe ainda conseguiu trazer o DE Khalil Mack, um dos melhores pass rusher da NFL, em uma troca com o Raiders. Com a vinda de Mack, a vida dos QBs que enfrentarão o Bears será bem difícil, já poderemos ter uma amostra disso nesse duelo contra Rodgers.

Duelo de duas equipes que prometem brigar para chegar aos playoffs. É ver como estará Aaron Rodgers depois da lesão sofrida na última temporada, como ele se portará contra uma defesa que promete pressionar o QB. Esse primeiro jogo já será uma amostra do que Trubisky pode ser capaz de fazer na liga, partida contra um grande adversário, rival de divisão e fora de casa. Esse é um duelo de divisão que é imperdível, que todo fã de NFL deve estar doido para assistir. O Packers lidera o confronto com 95 vitórias, 93 derrotas e 6 empates, tendo vencido os últimos 4 jogos.

Principais destaques:

Green Bay Packers:

QB Aaron Rodgers passou para 1.675 jardas e 16 TDs nas sete partidas que ele disputou. WR Davante Adams ficou empatado em segundo na NFL com 10 recepções de TD na última temporada. RB Ty Montgomery teve 385 jardas de scrimmage e 3 TDs terrestres nas últimas 4 partidas contra Chicago. LB Clay Matthews liderou a equipe com 7.5 sacks no último ano. LB Blake Martinez liderou a NFC com 142 tackles em 2017.

Chicago Bears:

QB Mitchell Trubisky passou para 2.193 e 7 TDs nos 12 jogos que ele iniciou no ano passado. RB Jordan Howard ficou em terceiro na NFC com 1.124 jardas terrestres e também em terceiro com 9 TDs corridos em 2017. WR Allen Robinson vai fazer sua estreia pela franquia. LB Khalil Mack faz sua estreia também, desde 2015, está em segundo na NFL com 36.5 sacks. DE Akiem Hicks liderou a equipe com 8.5 sacks na última temporada.

Leia Mais: Revista Guia da NFL 2018

Leia também: Dicas de Fantasy Football- Semana 1

San Francisco 49ers (0-0) @ Minnesota Vikings (0-0) – Domingo, 09/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Partida que promete ser bem interessante por serem duas equipes que devem brigar coisas grandes na temporada. O Minnesota Vikings venceu a NFC Norte e conseguiu chegar a final de divisão no ano passado, mostrando o quão forte é essa equipe. O time não teve grandes perdas em relação à temporada passada e ainda conta com a chegada do QB Kirk Cousins. Se ele conseguir jogar do mesmo nível que jogou em Washington, a torcida do Vikings pode ficar bastante feliz. O time ainda conta com a volta de Dalvin Cook, o calouro que vinha jogando muito antes de se machucar na quarta semana.

O San Francisco 49ers terminou a temporada passada voando, vencendo várias partidas e jogando muito bem, por isso a grande expectativa para esse ano. Foram cinco vitórias seguidas para terminar a última temporada, com isso a equipe com a maior série sem perder na NFL. A grande mudança foi a entrada de Jimmy Garoppolo como titular, com o QB jogando demais. Com essa experiência do final do ano passado e Kyle Shanahan como técnico, Garoppolo tem tudo para evoluir ainda mais e, com isso, podemos ter a expectativa de um 49ers forte nessa temporada.

Deve ser um jogo para assistir, com duas boas equipes, mas com o Vikings em um estágio acima de San Francisco. Minnesota por um pouco não foi para o Super Bowl e teve adição de um QB melhor do que o que jogou em 2017. A equipe tem tudo para conseguir brigar novamente pelo título da divisão e é um dos times mais fortes da NFC. O 49ers ainda está evoluindo, ainda não é a equipe mais forte da sua divisão, mas tem muito que evoluir e pode surpreender em 2018. O Vikings lidera o confronto histórico com 21 vitórias, 19 derrotas e 2 empates, tendo vencido 3 dos últimos 4.

Principais destaques:

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins faz sua estreia, passou para 4.093 jardas e 27 TDs no último ano pelo Redskins. RB Latavius Murray correu para 842 jardas e 8 TDs na última temporada. WR Adam Thielen ficou em segundo na NFC com 1.276 jardas e quarto com 91 recepções em 2017. DE Everson Griffen empatou em terceiro na NFC com 13 sacks na temporada passada. DE Danielle Hunter teve 7 sacks no ano passado.

San Francisco 49ers:

QB Jimmy Garoppolo é 1 de 5 QBs na história a conseguir todas as sete primeiras partidas que começou na carreira. RB Alfred Morris faz sua estreia, correu para 547 jardas e 1 TD em 2017 com o Dallas. WR Marquise Goodwin teve 56 recepções e 962 jardas na última temporada. CB Richard Sherman lidera a NFL com 32 interceptações e 99 passes defendidos, desde 2011. DL DeForest Buckner é 1 de 3 DLs com 60+ (61) tackles e 5+ (5) passes defendidos em 2017.

Kansas City Chiefs (0-0) @ Los Angeles Chargers (0-0) – Domingo, 09/09, 17:05 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Outro confronto de divisão que promete demais pela força das duas equipes. O Los Angeles Chargers parece ter tudo para ser um time de playoffs. Tem um QB muito experiente, mas que ainda tem gasolina no tanque, um RB de elite na NFL e um WR muito bom, com um dos melhores números da NFL. Ainda tem dois ótimos jogadores na hora de pressionar o QB adversário e uma boa secundária. Temporada passada não deu para chegar aos playoffs, mas esse ano já esta na hora, até porque Philip Rivers não está ficando mais novo.

O Kansas City Chiefs venceu pela segunda vez consecutiva a AFC Oeste em 2017. A franquia trocou o QB Alex Smith, que fez uma ótima temporada ano passado, e vai dar a chance para Patrick Mahomes, jogador que o técnico Andy Reid aposta muito. O Chiefs é aquela equipe muito boa de assistir, com um ataque bem dinâmico, com talento em todas as posições. A defesa tem ótimos jogadores, mas ainda é um time que toma muitos pontos, como todos vimos em 2017.

É um confronto de duas equipes que devem brigar pelo título da divisão, como aconteceu na temporada passada e uma vitória no confronto direto na abertura da temporada pode ser muito importante para a moral do vencedor. Veremos como Mahomes se portará sendo pressionado por Joey Bosa e Melvin Ingram, sendo um jogador com apenas uma partida como titular na NFL. Apesar de ser uma equipe que toma muitos pontos, a defesa do Chiefs é especialista em roubar a bola do adversário, Rivers terá que tomar muito cuidado nesse duelo. O Chiefs lidera na história com 60 vitórias, 54 derrotas e 1 empate, vencendo os últimos 8 jogos.

Principais destaques:

Los Angeles Chargers:

QB Philip Rivers está em segundo na NFL com 4.515 jardas e empatado em quinto com 28 passes para TD em 2017. RB Melvin Gordon liderou a equipe com 1.105 jardas terrestres na última temporada. WR Keenan Allen ficou em terceiro na NFL em jardas de recepção (1.393) e quarto em recepções (102) em 2017. DE Joey Bosa ficou em segundo na AFC com 12.5 sacks na temporada passada. LB Melvin Ingram está empatado em terceiro na NFL com 17 tackles para perdas de jardas em 2017.

Kansas City Chiefs:

QB Patrick Mahomes completou 22 de 35 passes para 284 jardas na única partida que começou na carreira. RB Kareem Hunt liderou a NFL com 1.327 jardas terrestres e ficou em primeiro entre os rookies com 1.782 jardas de scrimmage na última temporada. TE Travis Kelce liderou entre os TEs com 83 recepções e ficou em segundo com 1.038 jardas recebidas em 2017. LB Justin Houston liderou a equipe com 9.5 sacks no ano passado. CB Kendall Fuller teve 4 interceptações e 10 passes defendidos pelo Redskins em 2017.

Houston Texans (0-0) @ New England Patriots (0-0) – Domingo, 09/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Um jogo que pode ser bom, tudo dependendo de como jogará o Texans em New England. O New England Patriots avançou pela terceira vez nos últimos quatro anos para o Super Bowl em 2017. Liderou a NFL com 394.2 jardas por partida e em segundo com 28.6 pontos por jogo na temporada passada. O Patriots é daquele jeito que todo fã de NFL já sabe, começa a temporada como favorito para chegar ao Super Bowl novamente. Brady parece que não envelhece, Belichick é um gênio e a equipe sempre encontra um jeito de vencer.

O Houston Texans terá a volta de Deshaun Watson depois de se machucar na temporada passada, tendo um grande início de calouro. Esse trio de Watson, Lamar Miller e DeAndre Hopkins é muito bom, mostrando que tem muito talento nesse ataque. Ainda tem uma boa defesa, com destaque para Jadeveon Clowney. J.J. Watt não vem tendo muita sorte em relação a lesões, porém se mantendo saudável ainda é um jogador a ser temido.

Como falamos no início do texto sobre o confronto, tudo vai depender de Houston sobre o equilíbrio ou não da partida. O Texans sempre promete em confrontos contra o Patriots, mas já perdeu para a franquia de New England com Brady suspenso do jogo. Vai ser legal de assistir mais uma temporada da lenda Brady, jogando o fino da bola com 41 anos de idade. Confronto de QBs de gerações completamente diferentes, com o QB de New England podendo ser pai de Watson. O Patriots lidera na história com 7 vitórias e apenas uma derrota, vencendo as últimas 5 partidas.

Principais destaques:

New England Patriots:

QB Tom Brady ganhou seu terceiro prêmio de MVP em 2017. RB James White tem 156 recepções desde 2015, a quinta melhor marca entre os RBs da NFL. TE Rob Gronkowski liderou a NFL entre TEs com 1.084 jardas em 2017, a quarta vez com mais de 1.000 jardas em uma temporada na carreira. S Devin McCourty liderou a equipe com 94 tackles na última temporada. CB Jason McCourty teve 65 tackles e 3 interceptações com Cleveland em 2017.

Houston Texans:

QB Deshaun Watson teve 19 passes para TD e 103 de rating na temporada passada. RB Lamar Miller teve 1.215 jardas de scrimmage no último ano. WR DeAndre Hopkins liderou a NFL com 13 TDs de recepção. DE Jadeveon Clowney conseguiu o recorde da sua carreira com 9.5 sacks em 2017. DE J.J. Watt tem 76 sacks na carreira, a segunda melhor marca desde que entrou na NFL em 2011.

Buffalo Bills (0-0) @ Baltimore Ravens (0-0) – Domingo, 09/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Depois de tanto tempo sem NFL, qualquer jogo dá muita alegria para os apaixonados pelo esporte, porém Ravens e Bills não deve ser a partida mais emocionante e bonita de se assistir. O Baltimore Ravens é um bom time, tem vários talentos na defesa, que continua sendo o ponto forte da equipe. O grande problema é saber se Joe Flacco vem para jogar, sendo um QB muito inconstante durante praticamente toda a sua carreira. O ataque não tem tanto talento, apesar de ter trazido Michael Crabtree, um ótimo reforço para um corpo de WRs não tão bons.

O Buffalo Bills foi uma das equipes que mais perdeu nessa offseason. Depois de ter conseguido ir para os playoffs, a expectativa para essa temporada não é das melhores. A franquia draftou Josh Allen, porém o titular para esse primeiro jogo é Nathan Peterman, que não se mostrou um QB de nível para conduzir uma equipe a sonhos mais altos em uma liga tão disputada como a NFL. O resto do ataque não é grande coisa, tendo um pouco mais de talento na defesa, que conta com bons jogadores.

Essa não é uma partida tão boa para ser assistida, até comparando com outros jogos do mesmo horário, como muito mais apelo e emocionante. O Ravens precisa de Flacco jogando bem para sonhar com algo na temporada, até porque sua defesa é boa. O Bills é uma completa incógnita, perdeu jogadores importantes e vamos ver como Peterman se porta nessa semana 1. O Ravens lidera o confronto histórico com 4 vitórias e 3 derrotas, tendo vencido 2 dos últimos 3 jogos.

Principais destaques:

Baltimore Ravens:

QB Joe Flacco tem 4 TDs e nenhuma interceptação em dois jogos contra o Bills em casa. RB Alex Collins teve 973 jardas terrestres, 1.160 jardas de scrimmage e 6 TDs corridos na temporada passada, todos recordes da carreira. WR Michael Crabtree faz sua estreia pelo Ravens, temporada passada foram 58 recepções, 618 jardas e 8 TDs pelo Raiders. LB Terrell Suggs liderou a equipe com 11 sacks em 2017. LB C.J. Mosley ficou em quinto na AFC com 132 tackles na temporada passada.

Buffalo Bills:

QB Nathan Peterman teve 1 TD e 100.8 de rating no seu último jogo como titular contra o Colts. RB LeSean McCoy ficou em quarto na NFL com 1.138 jardas terrestres e 1.586 jardas de scrimmage na última temporada. WR Kelvin Benjamin teve uma recepção para TD no único jogo contra Baltimore na carreira. S Jordan Poyer teve 95 tackles, 5 interceptações e 2 sacks em 2017, melhores marcas na carreira. S Micah Hyde teve sack e fumble forçado na única partida contra o Ravens na carreira.

  • Em 2017, nove das 12 equipes que chegaram aos playoffs – Falcons, Bills, Panthers, Jaguars, Chiefs, Rams, Vikings, Eagles e Steelers – ganharam na semana 1.
  • Com um passe para TD, o QB Drew Brees (34) passará Peyton Manning (34) como o jogador com mais passes para TD em semanas 1 na história.
  • Com 97 jardas terrestres, o RB Adrian Peterson (903) será o quinto jogador a ter pelo menos 1.000 jardas terrestres em jogos de abertura de temporada. Os outros quatro são Emmitt Smith (1.247), Walter Payton (1.067), Edgerrin James (1.062) e Jim Brown (1.043).
  • Com 8 jardas, o WR Larry Fitzgerald se tornará o quinto jogador da história a chegar a 1.000 jardas de recepção e 8 TDs em semanas 1. Os outros quatro são Jerry Rice (1.385 e 9 TDs), Andre Reed (1.225 e 10 TDs), Randy Moss (1.194 e 10 TDs) e Don Maynard (1.025 e 9 TDs).
  • Com o Sam Darnold começando como titular na semana 1, chegaremos a 11 temporadas consecutivas com pelo menos um QB calouro titular, a maior marca da história.
  • Darnold ainda se tornará o QB mais jovem da história a começar como titular com 21 anos e 97 dias. O antigo detentor do recorde era Drew Bledsoe com 21 anos e 203 dias.
  • Com 90 jardas de recepção, o WR Antonio Brown pode se tornar o jogador com o segundo número menor de jogos a alcançar 10.000 jardas na carreira em apenas 116 partidas.
  • Com uma recepção contra o Redskins, o WR Larry Fitzgerald (211) passará Tony Gonzalez (211) como o segundo jogador com mais jogos consecutivos com pelo menos uma recepção. Jerry Rice (274) é o líder.
  • Com 76 jardas terrestres contra o Titans, o RB Frank Gore (14.026) passará Curtis Martin (14.101) para ser o quarto jogador com mais jardas corridas na história.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe