sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Compartilhe

A Semana 1 da NFL começou de forma espetacular e vamos mostrar um pouco das curiosidades da rodada passada:

  • Com os 88 pontos somados na partida entre Bucs (48) e Saints (40), esse foi o jogo com mais pontos na história da Semana 1 da NFL. O recorde anterior era de 87 pontos entre Eagles (45) e Redskins (42) em 1947.
  • Com os 3 TDs contra o Bucs, o QB Drew Brees (37) superou Peyton Manning (34) e é o jogador com mais TDs em jogo de abertura de temporada.
  • Com 16 recepções contra o Bucs, o WR Michael Thomas superou Keenan Allen (15) e chegou ao recorde da história em jogos de Semana 1 da liga.
  • Com as 76 jardas contra o Redskins, o WR Larry Fitzgerald (1.068 jardas e 8 TDs) se juntou a Jerry Rice, Andre Reed, Randy Moss e Don Maynard com pelo menos 1000 jardas de recepção e 8 TDs em jogos de abertura de temporada.
  • Com 417 jardas, 4 TDs, nenhuma interceptação e 1 TD corrido, o QB Ryan Fitzpatrick se juntou a Mark Rypien como os únicos jogadores a conseguir tal estatística em um único jogo.
  • Com 96 jardas corridas e 1 TD, o RB Adrian Peterson se tornou o sétimo jogador a conseguir pelo menos 12.000 jardas corridas e 100 TDs corridos. Os outros seis são Marcus Allen, Jim Brown, Marshall Faulk, Walter Payton, Emmitt Smith e LaDainian Tomlinson.
  • O WR Tyreek Hill chegou a 13 TDs de pelo menos 50 jardas em 32 partidas jogadas na carreira. Ele se juntou a Gale Sayers e Devin Hester.
  • Com 7 recepções, o WR Larry Fitzgerald chegou a 212 jogos consecutivos com pelo menos uma recepção e superou Tony Gonzalez (211) para a segunda melhor sequência da história. Jerry Rice tem 274 partidas consecutivas.

Leia textos exclusivos a cada semana sobre todos os times da NFL. Seja um assinante L32

A Semana 2 da NFL começou ontem com a vitória do Cincinnati Bengals sobre o Baltimore Ravens por 34 x 23. Confira nosso guia e não perca nada.

Minnesota Vikings (1-0) @ Green Bay Packers (1-0) – Domingo, 16/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Aquele ótimo duelo de divisão que tem tudo para ser espetacular, já importando muito para o vencedor da divisão. O Green Bay Packers conseguiu uma vitória excepcional contra seu maior rival, Chicago Bears, com tudo indo para conta do QB Aaron Rodgers. O jogador voltou para a partida com praticamente uma perna e conseguiu tirar uma vantagem de 20 pontos. Claro que apenas a primeira semana é pouco para tirar conclusões sobre como cada equipe vai se portar na temporada, mas foi um bom jogo da defesa de Green Bay. Já a linha ofensiva foi totalmente dominada pelo front seven do Bears, o que deixa os fãs bem preocupados.

O Minnesota Vikings é uma das equipes mais fortes da liga, sem quase nenhum buraco no seu elenco. Na Semana 1 contra o 49ers, Kirk Cousins jogou bem, os recebedores conseguiram bons, só faltou um pouco de Dalvin Cook, mas é normal um jogo abaixo depois de voltar de lesão. Agora quem jogou mais uma vez foi a defesa, pressionado demais Garoppolo e forçando 3 interceptações do QB. Por ter um QB novo, aprendendo o sistema, o decorrer das semanas deve ter um Vikings jogando cada vez melhor, com Cousins se ajustando mais ainda ao jeito de jogar de seus recebedores.

É uma partida de duas equipes que vão lutar pelo título da divisão com certeza, se Rodgers conseguir ficar saudável a temporada inteira. Por isso, esse é um jogo bem importante e tem tudo para ser uma partida imperdível. Mais uma vez, Aaron Rodgers vai enfrentar um pass rush bem forte, com muitos jogadores agressivos. Vai ser o primeiro jogo de Cousins em um dos estádios mais hostis da NFL pelo Minnesota e vai ser curioso ver o que ele consegue fazer. O Packers lidera na história com 59 vitórias, 52 derrotas e 2 empates, porém o Vikings venceu os últimos 2 jogos.

Principais destaques:

Green Bay Packers:

QB Aaron Rodgers passou para 286 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Jamaal Williams correu para 218 jardas e TD nas últimas 3 partidas em casa. WR Davante Adams teve 5 recepções para 88 jardas e TD na semana 1. LB Nick Perry teve sack e fumble forçado na rodada passada. DL Kenny Clark teve 2 sacks no último encontro entre as equipes.

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins passou para 244 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na última semana. RB Dalvin Cook teve 95 jardas de scrimmage na semana 1. WR Stefon Diggs teve TD de recepção na rodada passada. DE Everson Griffen teve 5 sacks e 2 fumbles forçados nos últimos 6 jogos contra o Green Bay. S Harrison Smith liderou a equipe com 8 tackles, sack, interceptação e fumble recuperado na semana passada.

Leia Mais: Revista Guia da NFL 2018

Dicas de Fantasy Football- Semana 2

New England Patriots (1-0) @ Jacksonville Jaguars (1-0) – Domingo, 16/09, 17:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Grande confronto, que foi a decisão da última final da AFC, com o Patriots derrotando o Jaguars é uma partida bem equilibrada e difícil. O Jacksonville Jaguars vem com aquele time pronto para vencer na NFL. Uma defesa fortíssima, com um jogo corrido muito bom, o principal problema é a grande desconfiança que causa o QB Blake Bortles. Sempre que o time precisou dele, ele falhou e o Jaguars não foi para o Super Bowl ano passado, por não ter um QB mais competente. Na primeira rodada, o Jaguars já ficou entre os 10 piores ataques em termos de jardas, principalmente por Leonard Fournette ter se machucado durante a partida.

O New England Patriots continua sendo aquele time que é sempre favorito e vai continuar até que Tom Brady e Bill Belichick estejam em New England. Mesmo não fazendo uma partida boa, o Patriots conseguiu vencer o Texans em casa, o que já virou tradicional. A equipe ficou em oitavo em termos de jardas totais de ataque, mostrando que os jogadores comandados por Brady vêm forte para a temporada. O pass rush conseguiu pressionar demais Deshaun Watson, porém a linha ofensiva de Houston é uma das piores da liga, então veremos no decorrer das semanas se o front seven melhorou ou não.

Será uma partida muito equilibrada entre duas equipes que devem estar na pós-temporada. Vai ser bastante interessante ver o ataque do Patriots contra a defesa sufocante e muito agressiva do Jaguars. Brady soltando a bola rapidamente para poder fugir de um dos pass rush mais temidos da liga. Esse jogo é muito importante para o Jaguars mostrar força e dizer para a NFL que eles são um dos grandes favoritos para estarem no Super Bowl. O Patriots lidera o confronto histórico com 7 vitórias e nenhuma derrota.

Principais destaques:

Jacksonville Jaguars:

QB Blake Bortles completou 23 de 36 passes para 293 jardas e 1 TD na final da AFC contra o Patriots na temporada passada. RB Leonard Fournette teve 89 jardas de scrimmage e TD corrido na final da AFC. WR Keelan Cole tenta o quarto jogo seguido em casa com TD de recepção. LB Myles Jack teve 10 tackles e interceptação para TD na semana 1. LB Telvin Smith teve 5 tackles para perdas de jardas e fumble forçado nas últimas 4 partidas em casa.

New England Patriots:

QB Tom Brady passou para 227 jardas com 3 TDs e 1 interceptação na semana 1. RB Rex Burkhead liderou a equipe com 64 jardas terrestres na semana passada. TE Rob Gronkowski teve 123 jardas e TD de recepção no último jogo. LB Dont’a Hightower teve fumble recuperado na semana passada. LB Kyle Van Noy teve 9 tackles, sack e fumble forçado na final da AFC contra o Jaguars.

Philadelphia Eagles (1-0) @ Tampa Bay Buccaneers (1-0) – Domingo, 16/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Esse é um confronto de uma equipe já consolidada na NFL, campeã da temporada passada contra outra que surpreendeu todo mundo depois de uma excelente vitória fora de casa. O Tampa Bay Buccaneers fez um jogo muito bom contra o Saints, derrotando um dos considerados favoritos para chegar aos playoffs. Ryan Fitzpatrick foi “Fitmagic” e jogou absurdamente bem. O jogo terrestre ainda precisa dar uma melhorada, mas com Mike Evans e DeSean Jackson recebendo como conseguiram, Tampa Bay não se importou tanto. O principal problema é a defesa, tomar 40 pontos, mesmo contra um ataque muito bom, não deixa nenhum fã do Bucs feliz.

O Philadelphia Eagles fez uma partida bem burocrática contra o Falcons e venceu muito na incompetência de Atlanta na redzone. Nick Foles não repetiu nem um pouco o que fez no Super Bowl contra o Patriots, porém o time conseguiu ganhar. E é isso que importa em uma liga tão equilibrada como a NFL. Foles vai continuar como titular, já que Carson Wentz ainda não está 100% fisicamente e a equipe não está desesperada pelo seu QB titular. Ainda é um time bem forte, com uma defesa muito agressiva e um ataque combinando muito bem passes e corridas.

Esse é um jogo para mostrar a verdadeira força de Tampa Bay. O Bucs mostrou um grande ataque, mas todos sabemos que depender de Fitzpatrick não é garantia de nada e agora o time vai enfrentar uma defesa bem mais forte que a do Saints. A defesa de Tampa Bay precisa pressionar Nick Foles e tentar parar o jogo terrestre do Eagles, principalmente com Jay Ajayi. Deve ser um jogo com alta pontuação, já que os dois times tem grandes ataques. O Eagles lidera na história com 8 vitórias e 6 derrotas, tendo vencido 3 dos últimos 4 jogos.

Principais destaques:

Tampa Bay Buccaneers:

QB Ryan Fitzpatrick completou 21 de 28 passes para 417 jardas, 4 TDs, nenhuma interceptação e 1 TD corrido na última semana. RB Peyton Barber liderou a equipe com 69 jardas terrestres na semana 1. WR Mike Evans teve 7 recepções para 147 jardas e TD na rodada passada. DT Gerald McCoy teve 3.5 sacks nos 3 encontros com o Eagles na carreira. LB Lavonte David teve 2 interceptações, incluindo 1 para TD no último duelo entre as equipes.

Philadelphia Eagles:

QB Nick Foles teve 677 jardas com 5 TDs e nenhuma interceptação nos 2 jogos na carreira contra o Bucs. RB Jay Ajayi correu para 62 jardas e 2 TDs na semana 1. TE Zach Ertz ficou em segundo entre os TEs em recepções (157) e em terceiro em recepções de jardas (1.688) desde 2016. DT Fletcher Cox teve sack na semana passada. DE Brandon Graham teve 5 sacks, fumble forçado e fumble recuperado nos últimos 6 jogos fora de casa, incluindo pós-temporada.

Kansas City Chiefs (1-0) @ Pittsburgh Steelers (0-0-1) – Domingo, 16/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN Extra

Esse é um jogo que sempre tem muitas emoções e garantia de alta pontuação. O Pittsburgh Steelers assustou muito seus fãs na primeira semana, com Big Ben fazendo um jogo patético. A equipe vai continuar sem Le’Veon Bell, que ele continua fazendo greve e sem querer se apresentar. James Conner conseguiu substituir muito bem Bell, mas ninguém quer perder um dos melhores RBs da NFL e confiar totalmente em um RB que não é nada consolidado na liga. O grande problema da semana 1 foi Big Ben, lançando várias interceptações e quase jogando o jogo fora, com a equipe ainda conseguindo um empate.

O Kansas City Chiefs continua sendo aquela mesma equipe dos últimos anos pelo comando de Andy Reid. Só que agora eles têm um QB com um grande braço. Patrick Mahomes começou muito bem, assumindo a responsabilidade em um jogo de divisão e fazendo grande partida. Quem fez outro grande jogo e é uma das maiores ameaças da NFL é o WR Tyreek Hill, que consegue fazer TDs de todo jeito. Um jogador que não começou tão bem como na temporada passada foi o RB Kareem Hunt, mas ainda é a primeira semana.

Como já foi dito no texto, essa é uma partida que é garantia de muitas emoções. Big Ben vai jogar em casa, o que é uma grande diferença de quando ele está fora, como ele vem mostrando nessas últimas temporadas. São dois ótimos times, que são favoritos para vencer suas divisões e lutar contra o principal favorito Patriots para disputar o Super Bowl. O Chiefs tem um ataque bem explosivo e um QB com um braço excelente, então isso mostra o perigo que vai ser jogar contra esse time na temporada inteira. O Steelers lidera o confronto histórico com 22 vitórias e 10 derrotas, vencendo as últimas 2 partidas.

Principais destaques:

Pittsburgh Steelers:

QB Ben Roethlisberger completou 22 de 27 passes para 300 jardas com 5 TDs e nenhuma interceptação no último encontro entre as equipes em casa. RB James Conner teve 192 jardas de scrimmage e 2 TDs terrestres na semana 1. WR Antonio Brown teve 9 recepções para 93 jardas e TD na última semana. LB T.J. Watt teve 11 tackles e 4 sacks na semana inaugural da temporada. DT Cameron Heyward teve sack na semana passada.

Kansas City Chiefs:

QB Patrick Mahomes passou para 256 jardas com 4 TDs e nenhuma interceptação na semana 1. RB Kareem Hunt teve 110 jardas de scrimmage no único jogo contra o Steelers na carreira. WR Tyreek Hill teve 169 jardas com 2 TDs na semana passada. LB Justin Houston tenta o terceiro jogo seguido em Pittsburgh com sack. LB Anthony Hitchens teve 15 tackles na última rodada.

Los Angeles Chargers (0-1) @ Buffalo Bills (0-1) – Domingo, 16/09, 14:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

O confronto que deve ser o de pior nível técnico nessa semana 2 da NFL. O Buffalo Bills fez um jogo horrível contra o Ravens, tomando uma lavada incrível. Mais uma vez, a equipe decidiu apostar em Nathan Peterman e quebrou a cara, substituindo o jogador no intervalo. Sean McDermott viu que tinha feito besteira e agora vai dar a chance a Josh Allen, o que não é garantia de nada, já que ele é considerado o QB mais cru dos que foram escolhidos no começo do draft. É um dos times com mais buracos no elenco, só tendo LeSean McCoy para carregar o ataque.

O Los Angeles Chargers mais uma vez começou muito mal contra o Chiefs e acabou perdendo novamente. É um time com grandes talentos, tendo um QB bastante experiente, um grande RB e boas opções como recebedores, principalmente contando com Keenan Allen. A defesa também é boa, mas vai com um grande desfalque para esse jogo. Joey Bosa, além de perder essa partida, pode ficar fora por algumas semanas por causa de uma lesão no pé.

Pela má impressão que o Bills deixou no primeiro jogo, a tendência é que o Chargers consiga se recuperar da derrota para o Chiefs. Mas tem algumas coisas interessantes para assistir nessa partida, como a estreia de Josh Allen como titular na NFL contra um bom pass rush, mesmo com Bosa fora. Jogando em casa, a moral da equipe pode estar maior, oferecendo mais resistência a Los Angeles, que não se mostra uma equipe muito confiável, sendo muito inconstante. O Chargers lidera na história com 23 vitórias, 10 derrotas e 2 empates, vencendo os últimos 3 duelos.

Principais destaques:

Buffalo Bills:

QB Josh Allen vai fazer seu primeiro jogo como titular nessa semana 2. RB LeSean McCoy correu para 114 jardas com TD e 1 TD recebido no último encontro entre as equipes. TE Charles Clay teve TD recebido em 2 dos últimos 3 jogos contra o Chargers. LB Matt Milano liderou a equipe com 8 tackles, 2 tackles para perdas de jardas e fumble recuperado na semana passada. LB Tremaine Edmunds teve sack e fumble forçado na semana 1.

Los Angeles Chargers:

QB Philip Rivers passou para 424 jardas com 3 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB Melvin Gordon teve 166 jardas de scrimmage na primeira rodada. WR Keenan Allen teve 108 jardas e TD na última semana. CB Casey Hayward teve 2 interceptações e tackle para perdas de jardas no último encontro entre as equipes. DE Melvin Ingram teve tackles para perda de jarda e fumble recuperado no último jogo contra o Bills.

  • Com 76 jardas de passe contra o Chiefs, o QB Ben Roethlisberger (51.400) vai superar John Elway (51.475) para o sétimo lugar da história da NFL.
  • Com 400 jardas de passe na Semana 2, os QBs Drew Brees, Philip Rivers e Ryan Fitzpatrick podem se juntar a Tom Brady (2011) e Cam Newton (2011) como os únicos QBs a conseguir pelo menos 400 jardas em cada um dos dois primeiros jogos de uma temporada.
  • Com 4 passes de TD na Semana 2, os QBs Ryan Fitzpatrick e Patrick Mahomes se juntariam a Drew Bledsoe (1997) como os únicos QBs a lançar pelo menos 4 TDs em cada um dos dois primeiros jogos de uma temporada.
  • Com 100 jardas terrestres contra o Cowboys, o RB Saquon Barkley pode se tornar o primeiro novato desde 2005 (Cadillac Williams) com pelo menos 100 jardas em cada um dos dois primeiros jogos de uma temporada.
  • Com 11 recepções contra o Browns, o WR Michael Thomas pode superar Andre Rison (26) para o maior número de recepções nos dois primeiros jogos no início de uma temporada.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Leave A Reply