sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Compartilhe

Já passamos da metade da temporada e muita coisa ainda para acontecer nesse ano de 2018. Vamos a alguns destaques que aconteceram na rodada passada:

  • Com os 10 pontos marcados contra o Raiders, o K Adam Vinatieri (2.550) superou Morten Andersen (2.544) como o jogador com mais pontos na história da NFL.
  • Com 1 TD contra o Packers, o RB Todd Gurley se tornou o terceiro jogador da história da liga com pelo menos 15 TDs nos primeiros oito jogos de sua equipe na temporada. Os outros são Jim Brown e Priest Holmes (duas vezes).
  • Com 4 TDs contra o Broncos, o QB Patrick Mahomes se tornou o quarto QB da história a lançar pelo menos 4 TDs em três partidas consecutivas. Os outros são Drew Brees, Peyton Manning e Dan Marino.
  • Com 2 TDs contra o Browns, o WR Antonio Brown é o quinto jogador desde 1970 a conseguir pelo menos 8 TDs em seis temporadas consecutivas, se juntando a Jerry Rice, Marvin Harrison, Cris Carter e Antonio Gates.
  • Com 149 jardas terrestres e 2 TDs, o RB Adrian Peterson se tornou o jogador mais velho da história com 33 anos e 221 dias a conseguir pelo menos 100 jardas terrestres, 1 TD recebido e 1 TD terrestre.

A Semana 9 da NFL começou ontem com a vitória do San Francisco 49ers sobre o Oakland Raiders por 34 x 03. Nessa rodada folgam o Arizona Cardinals, Cincinnati Bengals, Indianapolis Colts, Jacksonville Jaguars, New York Giants e Philadelphia Eagles. Confira nosso Guia e não perca nada.

Los Angeles Rams (8-0) @ New Orleans Saints (6-1) – Domingo, 04/11, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Confronto das duas melhores campanhas da NFC. O New Orleans Saints vem de uma vitória excelente contra o Vikings fora de casa, o que credencia a equipe como uma das favoritas para chegar ao Super Bowl. Drew Brees continua em ótimo nível, a dupla Alvin Kamara e Mark Ingram são uma das melhores para o jogo corrido e tem muito bons recebedores, com destaque para Michael Thomas, mostrando como é um ataque bem completo. Agora o que vem se mostrando muito bem é a defesa. E isso facilitou muito o trabalho contra Minnesota, com a defesa conseguindo pressionar Kirk Cousins e sendo a melhor da NFL contra o jogo terrestre tomando apenas 74,1 jardas por jogo. O problema ainda é a defesa contra o passe, sendo uma das piores da NFL, por isso a equipe tentou reforçar o setor com Eli Apple.

O Los Angeles Rams é o melhor time da NFL, time bem completo. Sean McVay continua fazendo um trabalho espetacular e é um dos grandes candidatos a vencer o prêmio de técnico da temporada. Jared Goff vem fazendo sua segunda temporada consecutiva em ótimo nível, se consolidando como um dos bons QBs da liga. Todd Gurley faz TD semana sim semana também, um dos grandes candidatos ao prêmio de MVP de 2018. São ótimos recebedores, que correm muito bem sua rota. A defesa do Rams não é espetacular nas estatísticas, mas consegue jogar em um nível muito bom, fazendo com que a equipe confie muito nela. A franquia ainda trouxe Dante Fowler Jr. para reforçar o setor defensivo.

É um jogo de nível técnico altíssimo, dois times que tem tudo para vencer suas divisões e brigarem para chegar ao Super Bowl. Vai ser muito interessante ver Todd Gurley jogando contra a melhor defesa contra o jogo terrestre da NFL, ver como McVay vai chamar as jogadas contra uma boa defesa. O Saints terá que um grande jogo dos dois lados do campo para ter chance contra o Rams, o que o Packers conseguiu semana passada, mas ainda assim não conseguiu bater o invicto. O Rams lidera na história com 41 vitórias e 32 derrotas, tendo vencido 3 dos últimos 4 confrontos.

Principais jogadores:

New Orleans Saints:

QB Drew Brees teve 5 TDs e nenhuma interceptação nos últimos 2 jogos contra o Rams. RB Alvin Kamara teve 2 TDs (1 corrido e 1 de recepção) na semana passada. WR Michael Thomas teve 14 recepções para 160 jardas e 2 TDs nos 2 jogos na carreira contra o Rams. DE Cameron Jordan teve 2 sacks e 2 passes desviados no último encontro. DE Marcus Davenport teve 2 sacks na semana passada.

Los Angeles Rams:

QB Jared Goff passou para 295 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Todd Gurley teve 195 jardas de scrimmage e TD de recepção na semana passada. WR Brandin Cooks está em terceiro da NFL com 18,4 jardas por recepção em 2018 (mínimo de 25 recepções). DT Aaron Donald teve 2 sacks na última semana. CB Marcus Peters teve fumble recuperado no único jogo que enfrentou o Saints.

Leia Mais: Quais quarterbacks podem interessar o mercado em 2019?

Leia Também: Canal L32: Como funcionam as defesas 4-3 e 3-4

Green Bay Packers (3-3-1) @ New England Patriots (6-2) – Domingo, 04/11, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Duelo de dois dos maiores QBs da história da liga e um bom teste para ambos os times. O New England Patriots é um time muito forte jogando em casa, vai tentar a décima vitória consecutiva jogando em New England. Tom Brady não vem jogando no nível que foi na temporada passada, lançando algumas interceptações que não víamos dele, mas ainda é um dos melhores da liga e jogando em casa é melhor ainda. O ataque agora tem muitas opções para passe, desde a volta de Julian Edelman e a chegada de Josh Gordon, além do RB James White, que apesar de ser um RB, dá muita opção para o passe curto tão adorado por Tom Brady. Apesar de não ser uma boa defesa nas estatísticas, é um setor defensivo que consegue roubar a bola do adversário e sempre com grandes ajustes de Bill Belichick.

O Green Bay Packers fez um jogo quase perfeito contra o Rams, quase derrubou o invicto da temporada, até que Ty Montgomery fez besteira e sofreu um fumble, o que o fez ser trocado nessa semana. O ataque vem evoluindo a cada semana, até porque Aaron Rodgers vai se sentindo cada vez melhor da lesão sofrida na primeira semana da temporada. O jogo terrestre vem melhorando desde a volta de Aaron Jones e Davante Adams está num nível dos melhores WRs da liga, apesar de não ter tanta mídia como outros. A defesa foi muito bem contra o Rams e mostrou a grande qualidade contra o passe. É a quinta melhor da liga nesse quesito tomando apenas 221.7 jardas por partida.

Jogo de Sunday Night Football, com dois grandes QBs da história da liga, talvez pela última vez, não tem como perder um confronto desses. Deve ser um duelo muito equilibrado, com a evolução do Packers na temporada, apesar de não ter uma campanha muito boa. O Packers terá que fazer outro grande jogo se quiser ter mais chances contra o Patriots jogando em New England, marcando muito bem os passes, principalmente os curtos e tentando fugir dos bloqueios, coisa que funciona muito bem no ataque do Patriots. New England terá que pressionar Rodgers, principalmente com Trey Flowers e tentar diminuir a produção de Davante Adams. Na história o duelo está empatado com 5 vitórias para cada lado, porém o Patriots venceu 2 dos últimos 3 jogos.

Principais jogadores:

New England Patriots:

QB Tom Brady passou para 324 jardas na semana passada. RB James White teve 94 jardas de scrimmage e TD terrestre na semana 8. TE Rob Gronkowski teve 7 recepções para 98 jardas no último encontro entre as equipes. DE Trey Flowers tem 7 tackles para perdas de jardas e 4 sacks nas últimas 7 partidas em casa. LB Kyle Van Noy teve 8 tackles e 2 sacks na semana passada.

Green Bay Packers:

QB Aaron Rodgers passou para 286 jardas com 1 TD e nenhuma interceptação na semana passada. RB Jamaal Williams teve TD terrestre na semana 8. WR Davante Adams teve 5 recepções para 133 jardas na rodada passada. LB Clay Matthews teve sack na última semana. LB Blake Martinez teve 12 tackles e sack na semana 8.

Los Angeles Chargers (5-2) @ Seattle Seahawks (4-3) – Domingo, 04/11, 19:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN Extra

Outra boa partida de times que lutam para chegar aos playoffs, nem que seja no Wild Card, o que está mais provável no momento. O Seattle Seahawks vem voltando a ser a equipe que conseguiu chegar por duas vezes no Super Bowl. Russell Wilson está evoluindo a cada temporada, é um dos grandes comandantes da equipe, jogando muito bem durante toda a temporada, até no início quando o time não vinha tão bem. Chris Carson vem melhorando o ataque terrestre do time, tudo que o Seahawks precisa para fazer o seu ataque funcionar bem. Tem bons recebedores, rápidos, com boas mãos e que correm muito bem suas rotas. A defesa não parecia ser tão boa para essa temporada, mas vem jogando muito bem, apesar de não ser comparável com o que jogava na época que venceu o Super Bowl. É a quinta melhor em jardas totais e a quarta melhor contra o passe.

O Los Angeles Chargers vinha prometendo boas temporadas há pelo menos dois anos e parece que esse ano está entregando. Philip Rivers continua jogando no seu nível natural, sendo um dos melhores QBs da AFC, Melvin Gordon é um dos melhores jogadores ofensivos da temporada, como foi em 2017. Keenan Allen e Tyrell Williams vem fazendo uma ótima dupla de recebedores na NFL, jogando em grande nível. A defesa tem um grande baque que é a falta do seu melhor jogador, Joey Bosa, porém ainda consegue fazer um bom nível, não pudendo jogar no nível que poderia se pudesse ter Bosa pressionando o QB em cada snap.

São dois times que precisam continuar vencendo para ter chance de vencer sua divisão, que tem o Chargers mais perto do líder da divisão, já que tem uma melhor campanha na temporada. O Chargers precisa de Gordon fazendo outro excelente jogo para conseguir vencer fora de casa, já que ele é o melhor jogador do time e grande centro do ataque, principalmente marcando TDs. A fórmula para Seattle conseguir ganhar é o jogo corrido funcionar, a linha ofensiva fazer um trabalho decente, como melhorou no decorrer dessa temporada e a defesa conseguir jogar bem. O Seahawks lidera no confronto histórico com 26 vitórias e 24 derrotas, porém o Chargers venceu 2 das últimas 3 partidas.

Principais jogadores:

Seattle Seahawks:

QB Russell Wilson passou para 248 jardas, 3 TDs e nenhuma interceptação na semana 8. RB Chris Carson teve 105 jardas terrestres e TD na semana passada. WR Tyler Lockett teve TD de recepção na semana 8. DE Frank Clark teve sack e fumble recuperado na semana passada. LB Bobby Wagner tem 7+ tackles em 7 dos últimos 8 jogos em casa.

Los Angeles Chargers:

QB Philip Rivers passou para 284 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação no último encontro entre os times. RB Melvin Gordon tenta o quarto jogo seguido com 120+ jardas de scrimmage e TD. WR Tyrell Williams teve 4 recepções para 118 jardas e TD na semana 7. DE Melvin Ingram tem 3 tackles para perdas de jardas, 3 passes desviados, 2 sacks e interceptação nas últimas 3 partidas. DT Darius Philon teve sack na semana 7.

Pittsburgh Steelers (4-2-1) @ Baltimore Ravens (4-4) – Domingo, 04/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Um dos principais clássicos da NFL, com muita rivalidade e muito decisivo pra a liderança da divisão. O Baltimore Ravens vem em uma temporada bem irregular, o que é um reflexo do seu comandante em campo. Joe Flacco alterna bons jogos com partidas ruins. Não vem conseguindo fazer passes longos, jogando muito com passes curtos e dependendo muito de funcionar o jogo terrestre para que o time não se coloque no buraco. Alex Collins precisa melhorar nessa temporada, já que o time tem um dos 10 piores ataques terrestres da temporada, com apenas 96.6 jardas por jogo. A defesa é uma das melhores da temporada, tendo a melhor em jardas totais tomadas com 293.8 por jogo e a segunda melhor contra o passe tomando apenas 195.6 por partida. A defesa é bem forte, agressiva, mas foi dominada na última semana pelo ataque do Panthers.

O Pittsburgh Steelers começou a temporada de modo estranho, bem irregular, até empatando com o Browns, o que é uma grande surpresa, já que Pittsburgh sempre ganha de Cleveland. Big Ben ainda é aquele QB que sempre foi, apesar de estar mais errático e sofrendo alguns TOs que não aconteciam há algum tempo atrás. Uma boa surpresa na temporada é a posição de RB. Com a greve de Le’Veon Bell, essa posição era uma incógnita, mas James Conner está mostrando que merece a posição de titular, sendo um dos principais jogadores do ataque junto com Antonio Brown, o que não é nenhuma surpresa. A defesa ainda tem grande qualidade, sendo muito boa contra o jogo terrestre, a sexta melhor com apenas 94,4 jardas por partida tomadas. O problema da defesa é contra o passe, sendo uma das 10 piores da liga com 265,3 jardas sofridas por jogo.

É um grande confronto de dois times que são rivais e lutam diretamente pelo título da divisão. É a segunda vez que vão se enfrentar na temporada, já que o Ravens venceu fora de casa por 26 x 14. Porém, esse era um momento diferente da temporada, já que o Steelers parece estar mais forte no momento, o que deixa o jogo ainda mais emocionante. É um jogo muito bom para se assistir, já que dá para ver a grande vontade dos jogadores em ganharem. Steelers precisa de James Conner jogando muito, até porque a defesa do Ravens contra o jogo terrestre parece ser o ponto menos forte desse forte sistema defensivo. O Steelers lidera na história com 24 vitórias e 21 derrotas, tendo vencido 3 dos últimos 4 duelos.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Joe Flacco completou 28 de 42 passes para 363 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação no encontro da semana 4 dessa temporada. RB Alex Collins teve TD terrestre na semana passada. WR John Brown teve 3 recepções para 116 jardas e TD recepção na última partida entre as equipes. LB C.J. Mosley teve 11 tackles na semana passada. LB Terrell Suggs tem 3 sacks nos últimos 4 jogos.

Pittsburgh Steelers:

QB Ben Roethlisberger passou para 257 jardas com 2 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB James Conner teve 212 jardas de scrimmage e 2 TDs terrestres na semana 8. WR Antonio Brown teve 74 jardas e 2 TDs na semana passada. LB T.J. Watt teve sack e 2 tackles para perdas de jardas na última semana. CB Joe Haden teve interceptação e 2 tackles para perdas de jardas na semana passada.

New York Jets (3-5) @ Miami Dolphins (4-4) – Domingo, 04/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Confronto de divisão de dois times que não tem muita coisa para brigar pelo que jogaram até agora na temporada. O Miami Dolphins continua sem seu QB titular Ryan Tannehill e tem que seguir com Brock Osweiler como comandante. Osweiler não tem talento o suficiente para ser QB titular de uma franquia e a equipe não consegue ter um ataque bom. O ataque terrestre não funciona também e por isso a equipe tem o sexto pior ataque em jardais totais da NFL com 334.2 por partida. A defesa também não vem nada bem, com estatísticas bem ruins tanto em jardas totais, como em jardas contra passe e contra a corrida. É a terceira pior defesa contra o jogo terrestre com 143.1 jardas por jogo e a sexta pior em jardas totais sofridas com 408 por partida.

O New York Jets é outro time que tem grande problema no ataque. Sam Darnold vai fazendo uma temporada que todos esperam para um calouro, sofrendo alguns TOs muito infantis. O que vai está sendo bom é o tempo de jogo do QB que vai aprendendo para sua evolução na segunda temporada. O jogo terrestre até que não é um desastre, mas o jogo aéreo é o quinto pior da liga com apenas 200.4 jardas por partida. Apesar de não ter uma boa defesa em termos de estatísticas, são ótimos jogadores jovens que podem mostrar muito mais em um futuro próximo. A equipe ainda precisa de um pass rusher top na liga, mas são bons LBs, principalmente com Darron Lee e um jogador excepcional como Jamal Adams.

Com uma semana sem jogos muito ruins, caiu Dolphins e Jets como o “pior” jogo da rodada. As equipes já ficaram bem para trás do líder da divisão New England Patriots e não parecem ter forças para voltar a lutar por uma vaga nos playoffs. O que vai ser interessante assistir é mais uma partida de Sam Darnold, ver se ele está conseguindo evoluir e pode ser o QB de franquia que New York sonha há muito tempo. O Dollphins ainda tem chance pela sua campanha até agora de conseguir pegar playoffs pelo Wild Card, mas pela qualidade do jogo está bem difícil. O Jets lidera no confronto histórico com 54 vitórias, 50 derrotas e 1 empate, porém o Dolphins venceu os último 2 duelos.

Principais jogadores:

Miami Dolphins:

QB Brock Osweiler completou 50 de 75 passes para 619 jardas com 5 TDs e 2 interceptações nos últimos 2 jogos em casa. RB Kenyan Drake teve 95 jardas de scrimmage e 2 TDs na semana passada. WR DeVante Parker teve 6 recepções para 134 jardas na semana 8. LB Kiko Alonso teve 13 tackles e 2 fumbles forçados no último encontro entre os times. DE Robert Quinn teve sack e 2 tackles para perdas de jardas na última partida entre os times.

New York Jets:

QB Sam Darnold passou para 334 jardas no último encontro entre os times. RB Isaiah Crowell teve 79 jardas terrestres no único jogo na carreira contra o Dolphins. WR Robby Anderson teve TD de recepção em 3 dos últimos 4 jogos contra Miami. S Jamal Adams teve 7 tackles, sack e fumble forçado no último encontro entre os times. S Marcus Maye liderou a equipe com 7 tackles na semana passada.

  • Com pelo menos 300 jardas contra o Browns, o QB Patrick Mahomes se juntaria a Andrew Luck (2014) como os únicos QBs com pelo menos 300 jardas em oito jogos consecutivos em uma única temporada na liga.
  • Com pelo menos 4 TDs, Mahomes se tornaria o terceiro QB da história da liga com pelo menos 6 jogos em uma única temporada com pelo menos 4 TDs se juntando a Peyton Manning (6 em 2004 e 9 em 2013) e Dan Marino (6 em 1984).
  • Com 1 TD contra o Broncos, o QB Deshaun Watson vai se juntar a Kurt Warner (39) e Dan Marino (35) com pelo menos 35 TDs em seus primeiros 16 jogos na carreira.
  • Com 1 TD terrestre contra o Bucs, o QB Cam Newton vai se tornar o primeiro QB e o sétimo jogador da história da NFL com pelo menos 5 TDs terrestres em oito temporadas consecutivas.
  • Com 1 TD recebido contra o Saints, o RB Todd Gurley vai se juntar a Marshall Faulk como os únicos jogadores na história da liga com pelo menos 10 TDs terrestres e 5 TDs recebidos em temporadas consecutivas.
  • Com 100 jardas de recepção contra o Lions, o WR Adam Thielen se tornaria o primeiro jogador da história a conseguir tal feito em nove partidas consecutivas.
  • Com 134 jardas de recepção contra o Redskins, o WR Julio Jones (102 jogos) superaria Calvin Johnson (115 jogos) a atingir 10.000 jardas de recepção na carreira da NFL.
  • Com 2 sacks contra o Chiefs, o DE Myles Garrett vai se tornar o quarto jogador desde 1982 a conseguir 17 sacks nos primeiros 20 jogos da carreira.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.