sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Compartilhe

A temporada regular acabou e chegamos a parte que todos os amantes do futebol americano adoram, os playoffs. Mas antes vamos a algumas curiosidades da temporada regular:

  • Com 35 jardas terrestres contra o Broncos, o RB Kareem Hunt terminou a temporada regular com 1.327 jardas corridas, se tornando o segundo calouro não selecionado na primeira rodada a liderar a liga em jardas terrestres desde 1967.
  • RBs Alvin Kamara (1.554) e Mark Ingram (1.540) se tornaram a primeira dupla de time a ter cada um pelo menos 1.500 jardas de scrimmage na mesma temporada.
  • Com 190 jardas contra o Jets, o QB Tom Brady (40 anos) terminou a temporada com 4.577 jardas e se tornou o jogador mais velho da história da NFL a liderar em jardas aéreas.
  • QB Alex Smith terminou a temporada com 4.042 jardas e 5 interceptações. É o primeiro QB da história a passar para pelo menos 3.000 jardas e menos de 10 interceptações em cinco temporadas consecutivas.
  • Com 317 jardas contra o Panthers, o QB Matt Ryan tem 41.796 jardas na carreira, passando Peyton Manning (41.626) para o QB que mais teve jardas em suas primeiras 10 temporadas na história da NFL.
  • Com 80 jardas contra o Panthers, o WR Julio Jones chegou a 9.054 jardas, alcançando essa marca no seu jogo de número 95, sendo o mais rápido a conseguir chegar a 9.000 jardas.

Já estão classificados para as semifinais de conferência o New England Patriots, Pittsburgh Steelers, Philadelphia Eagles e Minnesota Vikings. Confira nosso guia sobre o Wild Card e não perca nada.

Tennessee Titans (10-6) @ Kansas City Chiefs (11-5) – Sábado, 06/01, 19:35 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

As equipes já se enfrentaram duas vezes nos playoffs na história, com duas vitórias para o Chiefs. O Kansas City Chiefs começou a temporada voando, com um ataque muito bom de assistir, com jogadores rápidos e muito criativo. A equipe venceu pela primeira vez na história o título da divisão por duas temporadas consecutivas. Mesmo tendo uma queda no meio do ano, o ataque de Kansas City terminou a temporada como o quinto melhor em jardas totais com 375.4 e sexto em pontos com 25.9 por partida. O técnico Andy Reid leva a equipe para o terceiro ano de playoffs seguidos, tem 11 vitórias em pós-temporada, sendo o segundo mais vitorioso entre os técnicos ativos, apenas atrás de Bill Belichick (26). O Chiefs teve três jogadores chamados para o Pro Bowl (WR/KR Tyreek Hill, RB Kareem Hunt e TE Travis Kelce).

O Tennessee Titans está chegando aos playoffs pela primeira vez desde 2008. A equipe é muito boa pressionando o QB adversário, sendo a terceira melhor na AFC com 43 sacks. Com um ataque de dois ótimos RBs e um QB muito móvel, o time é 1 de 2 da NFL com três jogadores com pelo menos 5 TDs terrestres – RB Demarco Murray (6), RB Derrick Henry (5) e QB Marcus Mariota (5). O técnico Mike Mularkey foi muito pressionado durante a temporada e muito se falou que ele podia ser demitido se não classificasse para a pós-temporada, porém o técnico fará sua estreia em playoffs. O Titans teve três jogadores selecionados para o Pro Bowl (DT Jurrell Casey, P Brett Kern e T Taylor Lewan).

É uma partida que promete ser disputada, com o ataque do Chiefs enfrentando uma defesa que consegue pressionar bem o QB. A defesa de Kansas City continua tomando muitas jardas, mas Tennessee precisa tomar cuidado com uma defesa que tem facilidade para roubar a posse de bola. O Chiefs lidera o confronto histórico, incluindo playoffs, com 29 vitórias e 22 derrotas, porém o Titans venceu os últimos 2.

Principais Jogadores:

Kansas City Chiefs:

QB Alex Smith liderou a NFL com 104.7 de rating e é 1 de 3 QBs com 4.000+ jardas (4.042) e menos de 10 interceptações (5). RB Kareem Hunt liderou a NFL com 1.327 jardas terrestres. TE Travis Kelce liderou a NFL entre TEs com 83 recepções e está em segundo com 1.038 jardas. LB Justin Houston liderou a equipe com 9.5 sacks. CB Marcus Peters tem 4 passes defendidos e interceptação nos 3 jogos de playoffs que jogou na carreira.

Tennessee Titans:

QB Marcus Mariota é 1 de 5 QBs da história da NFL com 9.000 jardas (9.476) e 900+ jardas terrestres (913) nas 3 primeiras temporadas da carreira. RB DeMarco Murray teve 225 jardas de scrimmage e 2 TDs terrestres em 2 jogos de playoffs na carreira. TE Delanie Walker liderou a equipe com 74 recepções e 807 jardas. LB Wesley Woodyard liderou o time com 121 tackles. LB Avery Williamson é 1 de 4 jogadores na história da franquia com 2+ temporadas com 90+ tackles (92) e 3+ sacks (3).

Palpite: KC

Atlanta Falcons (10-6) @ Los Angeles Rams (11-5) – Sábado, 06/01, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

As franquias se enfrentaram apenas uma vez na pós-temporada e deu Falcons lá em 2005. O Los Angeles Rams venceu a NFC Oeste, primeiro título de divisão desde 2003. O ataque foi o grande destaque da equipe durante toda a temporada, terminando com o melhor em pontos por partida com 29.9. O Rams é o segundo time na história a liderar a liga em pontos por jogo depois de ter tido o pior ataque da temporada passada no mesmo quesito. O técnico Sean McVay, que tem grande responsabilidade por essa melhora absurda de nível da equipe, é o técnico mais jovem a levar seu time aos playoffs na história da NFL, com apenas 31 anos de idade. Los Angeles teve 5 jogadores selecionados para o Pro Bowl (PR/KR Pharoh Cooper, DT Aaron Donald, RB Todd Gurley, P Johnny Hekker e K Greg Zuerlein).

O Atlanta Falcons chega a segunda temporada seguida nos playoffs, no ano passado chegou ao Super Bowl e perdeu de forma inacreditável para o New England Patriots. A equipe tem o terceiro melhor ataque em jardas por partida da NFC com 364.8. Atlanta tem uma defesa jovem e com muitos talentos, é tanto que é 1 de 2 equipes com dois jogadores cada com pelo menos 100 tackles na temporada regular (LB Deion Jones (138) e S Keanu Neal (113)). Dan Quinn mostrou que é um bom técnico e que o Falcons fez bem em acreditar nele quando o ele era coordenador defensivo do Seahawks, ele levou a franquia duas vezes aos playoffs em três temporadas como técnico da equipe. O Falcons vai ter dois jogadores no Pro Bowl desse ano (WR Julio Jones e C Alex Mack).

Outra partida que tem duas equipes com níveis não tão distintos como mostra a campanha de cada um. O Falcons não conseguiu ter o mesmo nível de ataque como no ano passado, é tanto que só passou com a última vaga da NFC. Todd Gurley está jogando de forma absurda, então ele pode ser um ponto grande de desequilíbrio no confronto. A vantagem de jogar em casa não é tão grande para o Rams, já que a equipe em Los Angeles ainda não tem muitos fãs, o que pode mudar já que é um jogo de playoffs. É um confronto equilibrado, que tem tudo para ser um ótimo jogo. No confronto histórico o Rams lidera com 47 vitórias, 29 derrotas e 2 empates, porém o Falcons venceu os últimos 4 jogos.

Principais Jogadores:

Los Angeles Rams:

QB Jared Goff foi o terceiro da NFC em rating (100.5) e empatado em quinto na NFL com passes para TD (28). RB Todd Gurley liderou a NFL com 2.093 jardas de scrimmage e 19 TDs. WR Robert Woods teve 781 jardas e 5 TDs. DT Aaron Donald liderou o time com 11 sacks e 5 fumbles forçados. LB Robert Quinn tem 6 sacks e 2 fumbles forçados nos últimos 6 jogos.

Atlanta Falcons:

QB Matt Ryan tem 41.796 jardas e superou Peyton Manning (41.626) para mais jardas por um jogador nas primeiras 10 temporadas da carreira. RB Devonta Freeman teve 1.182 jardas de scrimmage, sua terceira temporada consecutiva com 1.000+ jardas de scrimmage. WR Julio Jones liderou a NFC com 1.444 jardas. LB Deion Jones ficou em segundo na NFC com 138 tackles. S Keanu Neal liderou a NFC entre os Ss com 113 tackles.

Palpite: STL

Buffalo Bills (9-7) @ Jacksonville Jaguars (10-6) – Domingo, 07/01, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

As equipes se enfrentaram uma única vez na história da pós-temporada com vitória do Jaguars lá em 1996. O Jacksonville Jaguars venceu um título de divisão pela primeira vez desde 1999. Foi uma das defesas mais absurdas dos últimos anos em uma temporada regular na NFL, liderando a liga com 7 TDs defensivos (5 de fumbles recuperados e 2 interceptações), além de ser o segundo na liga com 55 sacks e 21 interceptações. Doug Marrone é o terceiro técnico a levar a franquia aos playoffs, os outros foram Tom Coughlin e Jack Del Rio. O Jaguars teve quatro jogadores selecionados para o Pro Bowl (CB A.J. Bouye, DE Calais Campbell, DT Malik Jackson e CB Jalen Ramsey).

O Buffalo Bills finalmente chegou aos playoffs! A equipe não conseguia jogar um jogo de pós-temporada desde 1999, uma coisa incrível para um time que já chegou no Super Bowl algumas vezes. O Bills é aquele time que cuida muito bem da bola e não sofre tantos TOs, tendo uma diferença de +9 na relação TO forçado e perdido. Porém, só teve 14 passes para TD no ano, a segunda pior marca da NFL, mostrando como o ataque é fraco, dependendo muito do RB LeSean McCoy. Sean McDermott é o segundo técnico da história da franquia a chegar a pós-temporada em sua primeira temporada completa treinando o time. O Bills vai ter três jogadores no Pro Bowl desse ano (S Micah Hyde, G Richie Incognito e RB LeSean McCoy).

São duas equipes um pouco parecidas no estilo de jogo, dependem bastante do jogo terrestre e têm defesas bem fortes, porém o Jaguars tem mais talento no setor defensivo. Apesar das críticas em cima do QB Blake Bortles, o jogador conseguiu fazer uma segunda metade de temporada boa, diminuindo muito os erros. O confronto sendo em Jacksonville é uma boa vantagem para o time da casa, fugindo do frio que faria na casa do Buffalo Bills. O Bills lidera na história com 8 vitórias contra 7 derrotas, tendo vencido 3 das últimas 4 partidas.

Principais Jogadores:

Jacksonville Jaguars:

QB Blake Bortles passou para 3.687 jardas e conseguiu 3.000+ jardas em cada uma das 3 primeiras temporadas da carreira. RB Leonard Fournette liderou entre os calouros com 9 TDs terrestres e em segundo com 1.040 jardas corridas. WR Maqise Lee liderou a equipe com 56 recepções. DE Calais Campbell liderou a AFC com 14.5 sacks. DE Yannick Ngakoue liderou a NFL com 6 fumbles forçados.

Buffalo Bills:

QB Tyrod Taylor é 1 de 4 QBs com 2.500+ jardas (2.799) e 400+ jardas terrestres (427) na temporada. RB LeSean McCoy ficou em quarto na NFL com 1.138 jardas terrestres e 1.586 jardas de scrimmage. WR Kelvin Benjamin teve 2 TDs de recepção no seu último jogo de playoffs. LB Preston Brown liderou a NFL com 144 tackles. S Jordan Poyer marcou suas melhores marcas na carreira em tackles (95), interceptações (5) e sacks (2).

Palpite: JAC

Carolina Panthers (11-5) @ New Orleans Saints (11-5) – Domingo, 07/01, 19:40 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

É o único duelo do Wild Card que as duas equipes nunca se enfrentaram nos playoffs. O New Orleans Saints venceu a NFC Sul pela primeira vez desde 2011, na divisão que classificou três times para a pós-temporada. A equipe teve um ataque muito forte, tanto em passe como no jogo terrestre, e ficou em segundo na NFL em jardas por partida com 391.2. RBs Alvin Kamara (1.554) e Mark Ingram (1.540) é a primeira dupla de RBs da mesma equipe da história da NFL com 1.500+ jardas de scrimmage cada. Técnico Sean Payton venceu o quarto título de divisão com o Saints, conseguindo o recorde da franquia para um único técnico. O Saints teve 6 jogadores selecionados para o Pro Bowl (QB Drew Brees, RB Mark Ingram, DE Cameron Jordan, RB Alvin Kamara, CB Marshon Lattimore e WR Michael Thomas).

O Carolina Panthers se classificou para os playoffs pela quarta vez nos últimos cinco anos. Por ter um QB muito forte e móvel como Cam Newton, Carolina teve o quarto melhor jogo terrestre em jardas na NFL com 131.4 por partida. Apesar dessa qualidade no jogo corrido, o principal destaque do time ainda é a defesa, estando em terceiro na NFL com 50 sacks e é o único time da NFC com 2 jogadores com 10+ sacks cada no DE Mario Addison (11) e o DE Julius Peppers (11). O técnico Ron Rivera ainda continua fazendo sucesso na franquia, sendo o primeiro técnico da história da equipe com quatro aparições nos playoffs. Apesar de estar na pós-temporada e da boa temporada, o time só teve um jogador selecionado para o Pro Bowl 2017 (LB Luke Kuechly).

São dois times diferentes nas suas principais armas. Apesar de ter melhorado muito na defesa, muito por conta disso está classificado para a pós-temporada, o Saints tem como sua melhor arma o ataque, sendo um dos mais completos na NFL. Já o Panthers tem um bom jogo terrestre e Cam Newton jogando bem, porém a defesa é a principal arma, sendo uma das melhores da NFL. New Orleans joga em casa, onde é forte demais e já venceu Carolina duas vezes na temporada regular, mas playoffs é outra história e o jogo deve ser equilibrado. O Panthers lidera o duelo histórico com 24 vitórias e perdeu 22 vezes, porém o Saints venceu os últimos 2 jogos.

Principais Jogadores:

New Orleans Saints:

QB Drew Brees ficou em quarto na NFL com 4.334 jardas e estendeu seu recorde para 12 temporadas consecutivas com 4.000+ jardas. RB Mark Ingram teve 1.124 jardas terrestres e 1.540 jardas de scrimmage. RB Alvin Kamara ficou em segundo na NFL com 14 TDs e em segundo entre os calouros com 1.554 jardas de scrimmage. DE Cameron Jordan ficou em quarto na liga com 13 sacks. CB Marshon Lattimore liderou o time e toda a NFL entre calouros com 5 interceptações.

Carolina Panthers:

QB Cam Newton tem 10 TDs em 6 jogos de playoffs na carreira. RB Jonathan Stewart tem 5 TDs terrestres em 6 playoffs na carreira. WR Devin Funchess liderou o time com 840 jardas e 8 TDs de recepção. LB Luke Kuechly liderou a equipe com 125 tackles. DE Julius Peppers teve 11 sacks e é 1 de 4 jogadores na história da NFL com 10+ sacks em 10+ temporadas.

Palpite: logo saints

  • QBs Matt Ryan (102.4) e Drew Brees (100.7) são dois dos únicos quatro jogadores a ter pelo menos 100 de rating na história da NFL, com no mínimo 150 tentativas de passe. Bart Starr (104.8) e Kurt Warner (102.8) são os outros.
  • Com pelo menos 300 jardas contra o Panthers, o QB Drew Brees vai se juntar a Tom Brady (12) e Peyton Manning (9) como os únicos QBs a ter pelo menos 7 partidas com pelo menos 300 jardas em pós-temporada.
  • O Los Angeles Rams liderou a NFL com média de 29,9 pontos por partida na temporada regular. Três – Falcons (33,8 em 2016), Panthers (31,3 em 2015) e Broncos (37,9 em 2013) – dos últimos quatro melhores ataques da temporada regular chegaram ao Super Bowl.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Leave A Reply