quinta-feira, 14 de junho de 2018

Compartilhe

Durante as primeiras décadas do século XX, o futebol americano tinha a maior parte da sua popularidade concentrada no nível universitário. Por mais que a NFL conseguisse se sustentar, não havia como competir com a força da MLB, então a principal liga esportiva dos Estados Unidos. Isso começou a mudar na década de 50, quando as forças se equipararam e finalmente o beisebol não sentava mais sozinho na mesa de principal esporte do país.

Esse súbito crescimento da NFL nos anos 50 fez com que houvesse também um grande aumento de interessados por novas franquias. Entre eles, estavam homens extremamente ricos e poderosos: Lamar Hunt, herdeiro de um império do petróleo, Bud Adams, do mesmo ramo, e Bob Howsam, empresário do ramo esportivo, esse longe de ter o mesmo poder financeiro. O comissário da época, Bert Bell, tinha medo que subir o número de doze equipes causasse uma queda de qualidade no seu produto que finalmente competia com a MLB, maior gigante esportiva da época.

Assim, todas as tentativas de expansão foram recusadas. A obstinação de Hunt, Adams e Howsam, porém, fez com que surgisse uma nova ideia, considerada insana por quase todos – por que não criar uma nova liga para rivalizar com a NFL? Muitos já haviam tentado, todos fracassado. Não à toa, esses homens se auto-batizaram de “clube dos tolos”. E começaram a contatar outros milionários apaixonados pelo esporte sobre essa possibilidade.

LEIA MAIS: Como os quarterbacks calouros estão se saindo nas atividades organizadas?

Lamar Hunt era de Dallas e queria que essa fosse a casa do seu time. Com a necessidade de uma rivalidade para atrair público para a nova liga, convenceu Bud Adams que seu time deveria ser sediado em Houston. Bob Howsam, de Denver, passara anos tentando levar um expansão da MLB para a cidade, sem sucesso. Finalmente, teria seu time. O quarto membro a surgir foi Max Winter, empresário do ramo alimentício interessado em criar uma franquia em Minneapolis. Com quatro equipes, podia nascer a American Football League, ou AFL.

Não demorou para que Barron Hilton e Harry Wismer se interessassem por franquias em Los Angeles e Nova York, respectivamente. Pat McGroder queria uma equipe em Buffalo, mas estava usando a AFL como um blefe: achava que a ameaça da AFL seria suficiente para fazer a NFL dar uma equipe de expansão à cidade. Não funcionou, e ele tentava sair do negócio quando Ralph Wilson assumiu seu lugar e continuou o projeto. A primeira versão da liga teria sete equipes, mas ainda antes dos primeiros draft e calendário, um grupo de dez homens de Boston se comprometeu a produzir a oitava franquia.

O jogo do título da AFL em 1960, entre Houston Oilers e Los Angeles Chargers

Boston Patriots, Buffalo Bills, Dallas Texans, Denver Broncos, Houston Oilers, Los Angeles Chargers, New York Titans e o time ainda sem nome de Minneapolis. Estava pronta a primeira temporada da AFL. O draft aconteceu em 22 de novembro de 1959, em Minneapolis.

De fato, a NFL decidiu agir e ofereceu a Max Winter a sua desejada expansão em Minneapolis – surgiria o Minnesota Vikings. A busca pelo novo  oitavo membro não demoraria muito, com F. Wayne Valley e mais um grupo de investidores o levando para Oakland. Por pouquíssimo tempo, essa franquia se chamaria Oakland Señores, mas logo mudaria o nome para Raiders.

LEIA MAIS: Existe racismo contra quarterbacks negros na NFL?

A AFL mostrou logo de cara que não estava de brincadeira. Para sua primeira temporada, conseguiu, por exemplo, o então vencedor do Heisman Trophy, o running back Billy Cannon. Primeira escolha do draft da NFL, o atleta tinha assinado por 50 mil dólares com o Los Angeles Rams, mas a oferta do Houston Oilers foi do dobro do valor, levando a um impasse. O dinheiro falaria mais alto e Cannon jogaria na AFL. Outro grande acerto da nova liga foi ao conseguir um contrato de televisão de mais de dois milhões de dólares com a ABC.

Estava plantada a semente – durante a década de 60, a AFL se estruturaria cada vez mais e se tornaria a grande pedra no sapato da NFL. Sete anos depois, seria disputado o primeiro Super Bowl, e dez anos depois, as duas ligas se uniriam e formariam o que é hoje a mais valiosa competição esportiva do planeta. Mas essas são histórias para as próximas semanas…

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe