sábado, 24 de setembro de 2016

Compartilhe

Chegamos a mais um sábado recheado de jogos do College Football. Assim como na rodada passada, teremos muitos jogos interessantes hoje, inclusive quatro duelos só com times do Top 25 da Associated Press. Mas como sempre, vamos conferir os principais resultados da 3ª rodada e vê o que aconteceu de mais interessante.

Principais Resultados e observações da Semana 3

Quinta (15/09)

  • Cincinnati 16 x 40 #6 Houston

Sexta (16/09)

  • Rice 10 x 38 #21 Baylor

Sábado (17/09)

#19 Ole Miss 43 x 48 #1 Alabama

  • Foi por pouco, mas dessa vez foi Nick Saban quem levou a melhor sobre o Rebels. Crimson Tide chegou a estar perdendo por 21 pontos no segundo quarto (24 x 3), mas virou a para 48 x 30 restando 5:28 para o fim do jogo. Ole Miss até encostou no placar com dois TDs seguidos, mas já era tarde. Mais um triunfo para Alabama, que continua isolada no topo do ranking da Associated Press

#10 Lousville 63 x 20 #2 Florida State

  • Deus perdoa, Lamar Jackson não. Coitado do Seminoles que foram totalmente desmoralizados pelos Cardinals. Mais um grande show de Jackson, que acumulou 362 jardas totais (216 aéreas e 146 terrestres) e 5 TDs (1 de passe e 4 corridos), aumentando seu total de touchdowns para 18 no ano (8 de passe e 10 corridos). Já passou da hora de aceitar que Louisville é um fortíssimo candidato aos playoffs dessa temporada.

#14 Oklahoma 24 x 45 Ohio State

  • Outro time que vem muito forte nesta temporada, Ohio State novamente mostrou seu potencial no duelo contra o Sooners. Mesmo em Oklahoma, onde o Sooners tem um ótimo histórico, o Buckeyes dominou praticamente todo o confronto. Foram superiores tanto no ataque, como na defesa e também nos time de especialistas.

#12 Michigan State 36 x 28 #18 Notre Dame

  • Outro ótimo jogo do QB DeShone Kizer (ND) não foi suficiente para ajudar o Irish a sair com a vitória. Apesar do bom desempenho ofensivo, mais uma vez a defesa foi o calcanhar de Aquiles da equipe. O mesmo Spartans que sofreu na semana 1 contra Furman, conseguiu 501 jardas nesse final de semana. Com 2 derrotas em 3 jogos, a equipe de Brian Kelly praticamente já deu adeus às suas chances de Playoffs nessa temporada.

#13 Iowa 23 x 21 North Dakota State

  • Uma dica para os times da FBS: Não marquem jogos contra North Dakota State. A equipe, que já é campeã da FCS por 5 anos seguidos, não é como qualquer outro oponente da D-IAA, e isso todo mundo já sabia. Mesmo assim, #13 Iowa pagou US$ 500.000 pelo jogo e acabou sendo derrotada. Obviamente, o Hawkeyes era favorito da partida. No top 15 da FBS, vinha de uma temporada 12-2 e jogava em casa contra um oponente “teoricamente” inferior. O problema é que NDSU tem sido um terror para os times da D-IA nos últimos anos, invicto contra esses times desde 2010. E não é por falta de oponentes: Kansas em 2010, Minnesota em 2011, Colorado State em 2012, Kansas State em 2013 e Iowa State em 2014. E agora a cereja do bolo na dinastia do Bisons, conquistando apenas a quarta vitória na história de um time da FCS sobre um oponente ranqueado da FBS.
  • #4 Michigan 45 x 28 Colorado
  • #5 Clemson 59 x 0 South Carolina State
  • #7 Stanford 27 x 10 USC
  • #8 Wisconsin 23 x 17 Georgia State
  • California 50 x 43 Texas
  • #15 Tennessee 28 x 19 Ohio
  • Missouri 27 x 28 #16 Georgia
  • Auburn 16 x 29 Texas A&M
  • #20 LSU 23 x 20 Mississipi State
  • Nebraska 35 x 32 #22 Oregon
  • #23 Florida 32 x 0 North Texas
  • #24 Arkansas 42 x 3 Texas State
  • Appalachian State 10 x 45 #25 Miami
  • TCU 41 x 20 Iowa State
  • Oklahoma State 45 x 38 Pittsburgh
  • BYU 14 x 17 UCLA

 

De Olho no Draft

DT Eddie Vanderdoes (UCLA)

Se contam nos dedos os jogadores de linha defensiva que estão tendo uma temporada melhor do que Vanderdoes. O defensive tackle de UCLA tem jogado em um nível altíssimo nas três primeiras partida do time. O junior já era conhecido por ser um excelente jogador contra corrida, mas sua produtividade no pass rush aumentou consideravelmente esse ano. Além de dois hits no quarterback, Vanderdoes acumulou 12 pressões na duas primeiras semanas, maior número da FBS até o momento.

RB Donnel Pumphrey (SDSU)

A classe de RBs do próximo draft pode ser absurdamente recheada de talentos e Pumphrey é mais um deles. O senior atualmente lidera a FBS em jardas terrestres com 599 e uma média de 8,2 jardas por tentativa. Após quebrar o recorde de SDSU de jardas corridas na carreira (pertencente ao lendário Marshall Faulk) durante a semana anterior, Pumphrey conquistou mais 220 jardas e 3 TDs contra Northern Illinois. O running back é um dos principais motivos do Aztecs estar no Top 25 da AP nessa semana.

LB/S Jabrill Peppers (Michigan)

Alguns jogadores se tornam estrelas em suas posições, outros são úteis pela sua versatilidade, mas atletas que são estrelas em várias posições são raros. Felizmente para Michigan, Jabrill Peppers é um deles. Safety, linebacker, kick returner, punt returner e até mesmo running back em algumas oportunidades. Todas as posições executadas de forma eficiente e produtiva. Nessa semana, o jogador se tornou o primeiro da Big Ten a ser nomeado jogador defensivo e do time de especialistas da semana após seu desempenho contra Colorado. Peppers teve 9 tackles, sendo 3 para perda de jardas, teve uma pressão ao QB, 180 jardas de retorno (incluindo um TD de 56 jardas) e 24 jardas corridas em 2 tentativas.

 

Melhores Momentos da 3ª rodada

Melhores Jogos da Rodada (Semana 4)

#23 Ole Miss Rebels (1-2) x #12 Georgia Bulldogs (3-0) – 13:00 (WatchESPN)

Resultado de imagem para ole miss georgia

O duelo entre Rebels e Bulldogs reúne dois rivais da SEC vindo de momentos bastante opostos. As duas derrotas de Ole Miss ocorreram após o time abrir 20+ pontos de vantagem sobre os oponentes e acabar levando a virada, foi assim contra FSU na primeira rodada e contra Alabama na última semana. Já Georgia conquistou todas as suas três vitórias com viradas, inclusive na última semana contra Missouri.

Mas nem tudo são flores para o Bulldogs. Mesmo com dois ótimos RBs (Nick Chubb e Sony Michel), o time vem tendo bastante dificuldade em ser produtivo no jogo corrido nas últimas duas semanas, muito por causa do trabalho da linha ofensiva. A partida contra Ole Miss é a chance do setor dar a volta por cima. O Rebels cedeu 161 jardas contra FSU e incríveis 334 jardas corridas contra Crimson Tide. Como se não bastasse, a secundária da equipe também não vem jogando bem, o que é uma ótima notícia para o calouro QB Jacob Eason e o WR Isaiah McKenzie.

Ofensivamente, o maior problema do Rebels se chama “turnovers”. A equipe perdeu a bola sete vezes em 3 jogos, sendo 6 turnovers sofridos pelo QB Chad Kelly (3 fumbles e 3 INTs). O quarterback por sinal, será outro ponto chave para o jogo, já que o Bulldogs também tem uma boa defesa contra o jogo aéreo. O time vem cedendo uma média de 214 jardas aéreas por partida, enquanto Kelly já passou para 953 jardas só nas três primeiras semanas, inclusive 421 jardas contra a ótima defesa de Crimson Tide.

  • #10 QB Chad Kelly (OM)
  • #8 WR Quincy Adeboyejo (OM)
  • #3 WR Damore’ea Stringfellow (OM)
  • #17 TE Evan Engram (OM)
  • #10 DE Marquis Haynes (OM)
  • #93 DT D.J. Jones (OM)
  • #12 DB Tony Conner (OM)
  • #10 QB Jacon Eason (GA)
  • #27 RB Nick Chubb (GA)
  • #1 RB Sony Michel (GA)
  • #16 WR Isaiah McKenzie (GA)
  • #73 OT Greg Pyke (GA)
  • #7 LB Lorenzo Carter (GA)
  • #17 LB Davin Bellamy (GA)
  • #24 DB Dominick Sanders (GA)

 

#8 Michigan State Spartans (2-0) x #11 Wisconsin Badgers (3-0) – 13:00

Resultado de imagem para malik mcdowell

Após anos de hiato, Badgers e Spartans se reencontram reacendendo os ânimos de uma das maiores rivalidades da Big Ten. As duas equipes se enfrentaram em 52 oportunidades na história, com o Spartans vencendo 30 confrontos. As duas equipes chegam invictas para partida, mas com vitórias de diferentes pesos. Enquanto MSU conseguiu um ótimo resultado contra Notre Dame, Wisconsin sofreu para vencer Georgia State (FCS).

A dificuldade do Badgers em bater o oponente inferior foi muito por causa do seu ataque. O senior QB Bart Houston fez um péssimo jogo e acabou sendo substituído pelo freshman Alex Hornibrook, que engrenou duas campanhas que terminaram em TDs. Essa semana, o calouro deve ser novamente o titular contra a secundária formidável do Spartans que conta com ótimos jogadores como o DB Demetrious Cox. Para a piorar a sua situação ofensiva, o Badgers corre o risco de não contar com sua estrela ofensiva para o confronto, o RB Corey Clement.

Ofensivamente, o Spartans não vem sendo brilhante, mas sim efetivo. Liderados por um grupo de RBs bastante talentoso e um quarterback (Tyler O’Conner) bastante sólido, Michigan State não teve muitos problemas para vencer a defesa de Notre Dame, mas nessa semana, o desafio será um pouco maior. A defesa do Badgers cedeu apenas 41 pontos e tem uma média de 261 jardas totais cedidas por jogo. Também será importante observar como a defesa que parou Leonard Fournette na semana 1, se comportará contra RB L.J. Scott e companhia.

  • #7 QB Tyler O’Conner (MSU)
  • #3 RB L.J. Scott (MSU)
  • #88 WR Monty Madaris (MSU)
  • #82 TE Josiah Price (MSU)
  • #4 DT Malik McDowell (MSU)
  • #30 ILB Riley Bullough (MSU)
  • #7 DB Demetrious Cox (MSU)
  • #12 QB Alex Hornibrook (WI)
  • #6 RB Corey Clement* (WI)
  • #65 LT Ryan Ramczyk (WI)
  • #81 TE Troy Fumagalli (WI)
  • #47 LB Vince Biegel (WI)
  • #8 CB Sojourn Shelton (WI)

 

#14 Tennessee Volunteers (3-0) x Florida#19 Florida Gators (3-0) – 16:30

Resultado de imagem para volunteers gators

Apesar das três vitórias, a temporada do Volunteers tem sido abaixo do que muitos esperavam. O time era considerado um dos fortes candidatos ao título da SEC, mas tem rendido muito abaixo do esperado durante as três primeiras semanas. O jogo contra Virginia Tech na Batalha de Bristol não foi teve um desempenho tão decepcionante como nas duas primeiras semanas, mas é óbvio que o time pode render muito mais. Em um campeonato baseado em rankings escolhidos por votação, apenas vencer não é o bastante. É preciso vencer bem e dominar os oponentes inferiores.

Nessa semana, o Volunteers, que por sinal é recheado de talentos, vai ter pela frente um importantíssimo teste para avaliar as pretensões da equipe para essa temporada. O Gators será o primeiro oponente ranqueado que a equipe enfrentará esse ano e tem uma das defesas mais talentosas de toda a FBS. Um jogo mediano de Joshua Dobbs e Jalen Hurd não será suficiente para marcar muito pontos contra Florida.

O Gators, por sinal, também terá os seus problemas ofensivos. O QB Luke Del Rio está lesionado e não joga essa semana. Dessa forma, o senior Austin Appleby (19 TDs e 19 INTs na carreira) será o titular. A defesa de Tennessee também sofrerá com algumas ausências por lesões, e o CB Cameron Sutton é a que mais fará falta.

  • #11 QB Joshua Dobbs (TEN)
  • #1 RB Jalen Hurd (TEN)
  • #9 DE Derek Barnett (TEN)
  •  #21 LB Jalen Reeves-Maybin (TEN)
  • #12 QB Austin Appleby (FL)
  • #81 WR Antonio Callaway (FL)
  • #94 DE Bryan Cox Jr. (FL)
  • #91 DT Joey Ivie (FL)
  • #57 DT Caleb Brantley (FL)
  • #40 LB Jarrad Davis (FL)
  • #6 CB Quincy Wilson (FL)
  • #31 CB Teez Tabor (FL)
  • #20 S Marcus Maye (FL)

 

Texas A&M#10 Texas A&M Aggies (3-0) x Arkansas#17 Arkansas Razorbacks (3-0) – 22:00 (WatchESPN)

Por fim, teremos um clássico não só de conferência como de divisão também. Tanto o Aggies como o Razorbacks fazem parte da SEC West e estão invictos até aqui. Ambos os times sabem da importância de uma vitória nesse confronto em termos de divisão. Tirando as duas equipes, apenas Alabama ainda está invicta na divisão.

As duas equipes possuem ataques aéreos bem fortes, muito por causa de Trevor Knight (TAMU) e Austin Allen (AR). Os dois quarterbacks tiveram um ótimo começo de temporada por seus respectivos times. Enquanto Knight conseguiu mais jardas e TDs totais, Allen tem sido mais preciso nos passes e lançado mais TDs. O diferencial ofensivo está no resto do setor. O Razorbacks conta com um ótimo jogo corrido e uma linha ofensiva muito boa. Essa mesma OL vai precisar estar em seu melhor dia, já que enfrentará dois ótimos DEs, Daeshon Hall e Myles Garrett, que é inclusive o melhor do país. Arkansas vem vencendo seus jogos gastando muito o relógio em longas campanhas ofensivas. Se conseguirem repetir o feito contra a defesa talentosa mas inconsistente de Aggies, o jogo ficará muito mais fácil.

Em relação ao jogo corrido de Texas A&M, será essencial envolver os RBs Keith Ford e Trayveon Williams no jogo. Conquistar jardas terrestres desde o início vai ajudar a abrir espaços para o jogo aéreo e aliviar um pouco da pressão em cima de Knight. Tentar colocar a bola nas mãos do WR Christian Kirk será essencial nessa partida. O recebedor é um fantástico playmaker e um dos melhores WRs do país em ganhar jardas após a recepção.

  • #8 QB Trevor Knight (TAMU)
  • #7 RB Keith Ford (TAMU)
  • #5 RB Trayveon Williams (TAMU)
  • #11 WR Josh Reynolds (TAMU)
  • #9 WR Ricky Seals-Jones (TAMU)
  • #3 WR Christian Kirk (TAMU)
  • #65 LT Avery Gennesy (TAMU)
  • #15 DE Myles Garrett (TAMU)
  • #10 DE Daeshon Hall (TAMU)
  • #14 S Justin Evans (TAMU)
  • #8 QB Austin Allen (AR)
  • #22 RB Rawleigh Williams III (AR)
  • #83 TE Jeremy Sprinkle (AR)
  • #70 LT Dan Skipper (AR)
  • #48 DE Deatrich Wise Jr. (AR)

 

Outros Jogos Importantes

#1 Alabama x Kent State – 13:00 (WatchESPN)

South Florida x #13 Florida State – 13:00 (WatchESPN)

Notre Dame x Duke – 16:30 (WatchESPN)

North Carolina x Pittsburgh – 16:30

#4 Michigan x Penn State – 16:30

Oregon x Colorado – 18:30

Auburn x #18 LSU – 19:00 (WatchESPN)

Texas State x #6 Houston – 20:00 (WatchESPN)

Northwestern x #20 Nebraska – 20:30

#16 Baylor x Oklahoma State – 20:30

UCLA x #7 Stanford – 21:00 (WatchESPN)

Marshall x #3 Louisville – 21:00

Arizona State x California – 23:00 (WatchESPN)

Arizona x #9 Washington – 23:30

 

Top 25 da Associated Press

 #1 Alabama Crimson Tide (3-0) (-)

 #2 Ohio State Buckeyes (3-0) (+1)

#3 Louisville Cardinals (3-0) (+7)

#4 Michigan Wolverines (3-0) (-)

 #5 Clemson Tigers (3-0) (-)

 #6 Houston Cougars (3-0) (-)

#7 Stanford Cardinals (3-0) (-)

 #8 Michigan State Spartans (2-0) (+4)

#9 Washington Huskies (3-0) (-1)

Texas A&M #10 Texas A&M Aggies (3-0) (+7)

 #11 Wisconsin Badgers (3-0) (-2)

#12 Georgia Bulldogs (3-0) (+4)

 #13 Florida State Seminoles (2-1) (-11)

#14 Tennessee Volunteers (3-0) (+1)

Miami (FL)#15 Miami Hurricanes (3-0) (+10)

 #16 Baylor Bears (3-0) (+5)

Arkansas#17 Arkansas Razorbacks (3-0) (+7)

 #18 LSU Tigers (2-1) (+2)

Florida#19 Florida Gators (3-0) (+4)

  #20 Nebraska Cornhuskers (3-0) (Não Ranqueado)

#21 Texas Longhorns (2-1) (-10)

San Diego State #22 San Diego State Aztecs (3-0) (Não Ranqueado)

 #23 Ole Miss Rebels (1-2) (-4)

Utah #24 Utah Utes (3-0) (Não Ranqueado)

  #25 Oklahoma Sooners (1-2) (-11)

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Compartilhe

Comments are closed.