sábado, 15 de outubro de 2016

Compartilhe

Principais Resultados e observações da Semana 6

Sexta (07/10)

  • Boston College 10 x 56 #3 Clemson
  • New Mexico 21 x 49 #19 Boise State

Sábado (08/10)

  • #16 Arkansas 30 x 49 #1 Alabama

A vitória contra Arkansas foi com a marca de Crimson Tide, graças a mais uma excelente perfomance do setor defensivo. Foram 7 sacks, 10 Tackles para perda de jardas, 3 Interceptações (todas do CB Minkah Fitzpatrick) e 2 TDs na conta. Alabama agora acumula nove pontuações defensivas no ano e marcou pelo menos um Touchdown com a defesa ou com o time de especialistas pelo oitavo jogo consecutivo. Ofensivamente, Jalen Hurts também teve um ótimo dia, marcando 4 TDs, sendo 3 só no primeiro tempo, que terminou 35 x 17 para Crimson Tide. O razorbacks até que tentou uma virada, mas a terceira interceptação lançada pelo QB Austin Allen decretou a vitória da equipe comandada por Nick Saban.

  • Navy 46 x 40 #6 Houston

College Football não é College Football sem as costumeiras zebras e dessa vez sobrou para Houston. Abusando da triple option, Navy castigou a defesa do Cougars transformando a sua agressividade, sua maior característica, em seu ponto fraco. A vitória dos marinheiros é a primeira contra um time ranqueado desde 1984, quando a equipe venceu a então #2 South Carolina. Já para o Cougars, a derrota praticamente acaba com as chances de playoffs a não ser que os outros concorrentes pelas vagas tropecem.

  • #8 Texas A&M 45 x 38 #9 Tennessee

Foi por pouco, mas dessa vez a “mágica” do Vols não funcionou. Após mais um começo de jogo ruim, onde viu o adversário abrir 21 x 7 no primeiro quarto, Tennessee correu atrás do placar e conseguiu empatar a partida em 35 x 35 ao fim do tempo regulamentar. Contudo, um TD corrido do QB Trevor Knight e uma interceptação do S Armani Watts selaram a vitória do Aggies na segunda prorrogação. Com o resultado, Texas A&M lidera a SEC West, com vantagem em cima da também invicta Alabama por causa do recorde dentro da conferência (4-0 contra 3-0).

  • #10 Miami 19 x 20 #23 Florida State

Um chute de XP decretou a vitória de FSU sobre o rival estadual. Restando 1:38 para o fim do jogo e perdendo por apenas uma posse, o Hurricanes conseguiu marcar o TD após passe do QB Brad Kaaya para o WR Stacy Coley. Na tentativa do ponto extra, o DE DeMarcus Walker, que vem em ótima temporada, bloqueou o chute do K Michael Badgley, impedindo o empate no placar e dando a vitória para o Seminoles. O triunfo foi o primeiro do Seminoles dentro da conferência e acabou com a invencibilidade de Miami.

  • Texas 40 x 45 #20 Oklahoma

Em mais um duelo do famoso Red River Showdown, foi o Sooners quem saiu com o triunfo em uma partida de 85 pontos. Oklahoma contou com um dia inspirado de dois de seus principais jogadores ofensivos, RB Samaje Perine e WR Dede Westbrook. Enquanto o primeiro passou das 200 jardas corridas pela quinta vez na carreira, o recebedor estabeleceu um novo recorde de jardas recebidas na Red River com 232, além de 3 TDs em 10 recepções. A vitória deixou Oklahoma na cola de Baylor com dois triunfos dentro da conferência, enquanto o rival amargou sua segunda derrota dentro da Big 12.

  • #2 Ohio State 38 x 17 Indiana
  • Rutgers 0 x 78 #2 Michigan
  • Oregon 21 x 70 #5 Washington
  • #15 Stanford 16 x 42 Washington State
  • #17 North Carolina 3 x 34 #25 Virginia Tech
  • USC 21 x 17 #21 Colorado
  • #24 Utah 36 x 23 Arizona
  • Minnesota 7 x 14 Iowa
  • Mississippi State 14 x 38 Auburn
  • North Carolina State 10 x 3 Notre Dame
  • Pittsburgh 37 x 34 Georgia Tech
  • Michigan State 14 x 31 BYU
  • Kansas State 44 x 38 Texas Tech
  • Arizona State 23 x 20 UCLA

Domingo (09/10)

  • South Carolina 14 x 28 Georgia

 

De Olho no Draft

WR Dede Westbrook (Oklahoma)

Resultado de imagem para dede westbrook

O Red River Showdown da última semana foi o palco escolhido por Dede Westbrook para ter o melhor jogo da carreira. Após fazer um ótimo jogo contra TCU na semana 5, o recebedor acumulou 10 recepções, 232 jardas e 3 TDs contra o Longhorns. O número de jardas foi a maior quantidade já conquistada em uma partida da tradicionalíssima rivalidade. Com 1,80m e 80kg, Westbrook possui um porte físico menor que o ideal, mas compensa sua pequena estatura  com velocidade, ótima execução de rotas e mãos seguras. O recebedor é uma sólida opção para o segundo dia do Draft.

LB Zach Cunningham (Vanderbilt)

Resultado de imagem para zach cunningham

Existem pouquíssimos linebackers mais produtivos que Zach Cunningham nessa temporada. Um dos melhores em sua posição, o defensor conseguiu 10 ou mais tackles pela 4ª vez em 6 jogos na temporada. Cunningham lidera a SEC em tackles totais (62) e para perda de jardas (10.5). Com um bom porte físico e bastante atlético, é ótimo defendendo contra o jogo corrido e eficiente na pressão ao quarterback e na cobertura. Em seu terceiro ano no College, Cunningham pode acabar sendo escolhido logo na primeira rodada do próximo draft.

RB Samaje Perine (Oklahoma)

Resultado de imagem para samaje perine

Perine foi outro jogador do Sooners que brilhou no clássico contra o Longhorns. Foram 214 jardas e 2 TDs em 35 tentativas de corrida. O fumble sofrido durante a partida foi o único ponto negativo, mas não ofuscou o seu desempenho. Perine é mais um nome muito bom para a forte classe de running backs do próximo draft. É muito físico e não foge do contato com o defensor, levando vantagem em grande maioria dos lances individuais. O jogador não é um dos mais rápidos da posição, preferindo muitas vezes o contato com o defensor do que forçar o tackle perdido. Também nunca foi muito utilizado no jogo aéreo durante a carreira, o que pode acabar prejudicando um pouco sua posição entre os RBs do próximo draft.

 

Melhores Jogos da Rodada (Semana 7)

#9 Tennessee Volunteers (5-1, 2-1 Conf.) x #1 Alabama Crimson Tide (6-0, 3-0 Conf.) – 16:30

Resultado de imagem para alabama tennessee 2015

A derrota sofrida para Texas A&M tem que servir de lição para o Vols. Não se pode começar “devagar” contra uma equipe organizada. Se o time tivesse começado a partida da mesma forma que terminou, talvez o resultado final teria sido diferente e poderíamos estar falando de mais um confronto entre dois invictos. Dessa vez enfrentando Alabama, um começo de jogo ruim será fatal contra a equipe mais organizada do College Football.

Ofensivamente, a linha ofensiva do Vols terá que se superar protegendo Joshua Dobbs. O setor é um dos piores na proteção ao quarterback de toda a SEC e nessa semana enfrenta o pass rush mais perigoso do país. Crimson Tide possui um front seven repleto de pass rushers talentosos como Tim Williams e Jonathan Allen. Outra coisa importantíssima para Tennesse será limitar os TOs, que custaram caro na última semana. Envolver RB Alvin Kamara na partida será fundamental, apesar da volta do titular Jalen Hurd. A agilidade de Kamara com a bola nas mãos e sua habilidade no jogo aéreo poderão complicar bastante a vida de Bama e conquistar avanços cruciais para o Vols.

A tarefa defensiva também está longe de ser fácil. Jalen Hurts vem jogando muito bem para um calouro. Auxiliado por uma linha ofensiva muito boa e um jogo corrido mortal, o quarterback vem causando danos tanto pelo ar como pelo chão. Caso queira frear esse ataque, o Vols precisará não só pressionar Hurts como também mantê-lo dentro do pocket e forçá-lo ao erro. A ausência do LB Jalen Reeves-Maybin (ombro) e do DL Danny O’Brien (Expulso por violar as regras do time) dificulta ainda mais a missão do setor.

  • #11 QB Joshua Dobbs (TEN)
  • #6 RB Alvin Kamara (TEN)
  • #3 WR Josh Malone (TEN)
  • #15 WR Jauan Jennings (TEN)
  • #9 DE Derek Barnett (TEN)
  • #50 DE Corey Vereen (TEN)
  • #2 QB  Jalen Hurts (ALA)
  • #34 RB Damien Harris (ALA)
  • #3 WR Calvin Ridley (ALA)
  • #13 WR ArDarius Stewart (ALA)
  • #88 TE O.J. Howard (ALA)
  • #74 OT Cam Robinson (ALA)
  • #93 DE Jonathan Allen (ALA)
  • #56 OLB Tim Williams (ALA)
  • #22 OLB Ryan Anderson (ALA)
  • #10 ILB Reuben Foster (ALA)
  • #29 CB Minkah Fiztpatrick (ALA)
  • #26 CB Marlon Humphrey (ALA)
  • #4 SS Eddie Jackson (ALA)

#8 Wisconsin Badgers (4-1, 1-1 Conf.) x #2 Ohio State Buckeyes (5-0, 2-0 Conf.) – 21:00 (WatchESPN)

Após perder para Michigan por 14 x 7 na semana 5, o Badgers teve uma semana a mais de preparação para enfrentar outra potência do College. O Buckeyes chega em Wisconsin como um dos piores visitantes para se enfrentar na história do football universitário. São 19 vitórias seguidas jogando longe de casa, quarta melhor marca desde 1900. Isso significa que Ohio State não perde um jogo como visitante desde 2012. E se depender do que o Buckeyes tem mostrado até aqui, há boas chances da sequência continuar.

Ambos os times possuem defesas muito boas, mas ofensivamente o duelo é bastante desequilibrado. Após ganhar a vaga de titular para a partida contra Michigan, QB Alex Hornibrook (WI) jogou exatamente como um calouro jogaria enfrentando uma das melhores defesas do College. Contra o Buckeyes, o desafio está longe de ser mais fácil. Mesmo com vários jogadores indo para NFL, Urban Meyer ainda contou com retorno de muitos talentos e o surgimento de vários outros, dentre eles o S Malik Hooker e o CB Marshon Lattimore. No duelo da semana 5, o Badgers teve muitos problemas com jogadas negativas que acabavam resultando em longas terceiras descidas. Hoje esses pontos serão críticos novamente. A defesa do Buckeyes é uma das que mais força jogadas negativas no país, parando quase 30% das tentativas de corrida na linha de scrimmage ou atrás dela.

Coincidentemente, forçar longas terceiras descidas é o ponto chave para a defesa do Badgers. Se defensivamente o Buckeyes é sólido nessas situações, no ataque o time não vai tão bem quando é forçado a lançar. Esse “ponto fraco” não vem sendo constantemente exposto porque Ohio State conta com um fantástico jogo corrido, que na maioria dos casos conseguem ganhos enormes e são capazes de resolver a partida mesmo que o ataque aéreo não funcione. E foi exatamente dessa forma que venceram Indiana na última semana. Wisconsin tem o talento defensivo suficiente para dar bastante trabalho ao Buckeyes, mas caso o ataque não aproveite as oportunidades (o que é bem provável de acontecer), o Badgers perderá o segundo jogo consecutivo para um rival da Big Ten.

  • #12 QB Alex Hornibrook (WI)
  • #6 RB Corey Clement (WI)
  • #65 LT Ryan Ramczyk (WI)
  • #81 TE Troy Fumagalli (WI)
  • #42 LB T.J. Watt (WI)
  • #53 LB T.J Edwards (WI)
  • #8 CB Sojourn Shelton (WI)
  • #16 QB J.T. Barrett (Ohio St.)
  • #25 RB Mike Weber (Ohio St.)
  • #4 RB Curtis Samuel (Ohio St.)
  • #80 WR Noah Brown (Ohio St.)
  • #65 C Pat Eflein (Ohio St.)
  • #54 RG Billy Price (Ohio St.)
  • #6 DE Sam Hubbard (Ohio St.)
  • #59 DE Tyquan Lewis (Ohio St.)
  • #33 LB Dante Booker (Ohio St.)
  • #5 LB Raekwon McMillan (Ohio St.)
  • #8 CB Gareon Conley (Ohio St.)
  • #2 CB Marshon Lattimore (Ohio St.)
  • #24 S Malik Hooker (Ohio St.)

 

Outros Jogos Importantes

  • Georgia x Vanderbilt – 13:00 (WatchESPN)
  • #3 Clemson x North Carolina State -13:00 (WatchESPN)
  • #19 Oklahoma x Kansas State – 13:00 (WatchESPN)
  • Texas Tech x #20 West Virginia – 13:00
  • Virginia x Pittsburgh – 13:30 (WatchESPN)
  • #14 Florida State x Wake Forest – 16:30 (WatchESPN)
  • #11 Baylor x Kansas – 16:30
  • Arizona x USC – 16:30
  • Indiana x #10 Nebraska – 16:30
  • #16 Miami x North Carolina – 16:30 (ESPN+)
  • Michigan State x Northwestern – 16:30
  • Syracuse x #17 Virginia Tech – 16:45 (WatchESPN)
  • #18 Florida x Missouri – 17:00 (WatchESPN)
  • Oregon State x #21 Utah – 17:00
  • #13 Houston x Tulsa – 20:00 (WatchESPN)
  • #22 Arkansas x #12 Ole Miss – 20:00 (WatchESPN)
  • LSU x Southern Mississippi – 20:30
  • Notre Dame x Stanford – 20:30
  • Colorado x Arizona State – 21:00
  • #15 Boise State x Colorado State – 23:15 (WatchESPN)
  • Washington State x UCLA – 11:30 (WatchESPN)

 

Top 25 da Associated Press

 #1 Alabama Crimson Tide (6-0) (-)

 #2 Ohio State Buckeyes (5-0) (-)

 #3 Clemson Tigers (6-0) (-)

#4 Michigan Wolverines (6-0) (-)

#5 Washington Huskies (6-0) (-)

Texas A&M #6 Texas A&M Aggies (6-0) (+2)

#7 Louisville Cardinals (4-1) (-)

 #8 Wisconsin Badgers (4-1) (+3)

#9 Tennessee Volunteers (5-1) (-)

  #10 Nebraska Cornhuskers (5-0) (+2)

 #11 Baylor Bears (5-0) (+2)

 #12 Ole Miss Rebels (3-2) (+2)

 #13 Houston Cougars (5-1) (-7)

 #14 Florida State Seminoles (4-2) (+9)

Boise State#15 Boise State Broncos (5-0) (+4)

Miami (FL)#16 Miami Hurricanes (4-1) (-6)

Virginia Tech#17 Virginia Tech Hokies (4-1) (+8)

Florida#18 Florida Gators (4-1) (-)

Oklahoma #19 Oklahoma Soorners (3-2) (+1)

West Virginia#20 West Virginia Mountaineers (4-0) (+2)

Utah #21 Utah Utes (4-1) (+3)

Arkansas#22 Arkansas Razorbacks (4-2) (-6)

Auburn#23 Auburn Tigers (4-2) (Não Ranqueado)

Western Michigan#24 Western Michigan Broncos (6-0) (Não Ranqueado)

Navy#25 Navy Midshipmen (4-1) (Não Ranqueado)

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Compartilhe

Comments are closed.