sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Compartilhe

Uma das notícias mais importantes da semana na NFL foi a morte do dono do Seattle Seahawks, Paul Allen, que tinha 65 anos e perdeu a batalha contra um linfoma não hodgkin. Um dos fundadores da Microsoft, ele foi um grande responsável pela recente boa fase da franquia, que vivia péssimos momentos quando por ele foi comprada.

Allen fez o possível para que a franquia, estabelecida em 1976 e com apenas um título de divisão até a compra em 1997, pudesse criar uma real identificação com a cidade de Seattle e fosse amada pelos habitantes da cidade. O CenturyLink Field foi inaugurado em 2002 e o time finalmente venceu seu primeiro Super Bowl em 2014 (temporada de 2013). Hoje, o município é absolutamente indissociável do Seahawks e a base de torcedores é uma das mais fanáticas dos Estados Unidos.

Leia Mais: O Patriots venceu, mas o Chiefs é quem saiu fortalecido

Leia Também: Power Ranking: Chargers muito consistente e o grande duelo da temporada

A morte de Allen deve fazer com que um novo processo de venda aconteça, já que a única herdeira é sua irmã Jody, que aparenta não se interessar por esportes (ele também era dono do Portland Trail Blazers, da NBA, e do Seattle Sounders, da MLS). O comprador, porém, terá uma missão quase impossível se quiser mover a franquia para outro lugar – é necessário a aprovação dos demais donos para que uma mudança aconteça.

Jerry Jones, do Dallas Cowboys, é o dono mais influente da NFL. Ele disse à impensa: “Eu não consigo imaginar o Seahawks fora de Seattle. Isso nem é uma hipótese.” Complementou dizendo que seria injusto com Allen tirar o time da cidade após tudo o que ele fez para que ela se apaixonasse pelo time e pelo esporte.

Portanto, o Seattle Seahawks continuará exatamente onde está hoje, mas um processo de venda deve se iniciar nos próximos meses.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.