sexta-feira, 27 de Abril de 2018

Compartilhe

 

Dois analistas vão comentar cada uma das escolhas de segunda rodada por aqui. A cada nova seleção, ATUALIZE a página para acompanhar as reações dos nossos especialistas em tempo real. Iniciativa inédita no Brasil e que é a cara do site que faz isso desde que foi fundado.

Hoje teremos Eduardo Araujo (@EduNFL) e André Oliveira (@AndrevmOli) nos comentários.

Aqui o debate é liberado, então sinta-se livre para comentar aqui no site, pelo Twitter ou Facebook.

2ª RODADA (início às 20hs)

33 – logo brownsCleveland Browns – OG Austin Corbett (Nevada) 

Eduardo Araujo: E o Browns começou o dia sendo Browns. Poderia citar facilmente uns 3 Guards melhores que Corbett. É um jogador de boa técnica, porém falta explosão, principalmente para atacar a segunda linha de defesa. É um cara versátil, e embora jogue de OT também tem medidas não ideais para a NFL.

André Oliveira: E o Browns utiliza sua primeira escolha no segundo dia para reforçar a proteção do seu novo QB. Corbett não é um excelente atleta mas é sólido em vários quesitos. No Browns, deve ser utilizado como OT, posição em que teve extensa experiência no College. Entretanto, acredito que uma posição no interior da linha seria mais natural para o seu porte físico.


34 – logo giantsNew York Giants – OG Will Hernandez (UTEP)

Eduardo Araujo: Se o Browns errou na #33, o Giants acertou em cheio na escolha de Will Hernandez. É um Guard completo, com muita força e uma boa técnica. Hernandez sai do dia como um achado para o Giants na segunda rodada, já que eu considerava-o um jogador de primeira rodada.

André Oliveira: Após escolher o Barkley na primeira rodada, o Giants consegue um reforço necessário para suas trincheiras. Hernandez é um jogador que eu esperava que fosse escolhido mais cedo por ser um dos melhores da classe na posição e ter a capacidade para contribuir imediatamente como titular. Sua agressividade e agilidade ajudarão não só na proteção a Eli Manning como abrindo lacunas para o jogo corrido do Giants.


35 – logo brownsCleveland Browns – RB Nick Chubb (Georgia)

Eduardo Araujo: Sendo sincero, eu prefiro Nick Chubb a Sony Michel que foi escolhido na primeira rodada. Só que o Browns já tem Carlos Hyde e Duke Johnson, então poderia escolher um RB mais tarde, não gostei novamente da escolha da equipe.

André Oliveira: Com sua segunda escolha, o Browns seleciona um dos meus RBs preferidos da classe que se destaca principalmente pelo seu estilo físico de jogo. Contudo, acredito que poderiam ter utilizado essa escolha para reforçar outros setores devido a presença de bons nomes na posição no atual elenco de Cleveland.


36 – logo coltsIndianapolis Colts – LB Darius Leonard (South Carolina St.)

Eduardo Araujo: E Ballard começa o dia pegando um dos melhores LBs disponíveis ainda no board. Leonard pode ser o MLB que tanto faz falta ao Colts por muito tempo. É um jogador com bastante capacidade atlética e com bom instintos.

André Oliveira: Darius Leonard é um dos meus jogadores preferidos de toda classe e chega para ser titular imediato no meio da defesa do Colts. Leonard possui ótimas medidas para a posição, é atlético e deve contribuir bastante tanto na cobertura do passe como na defesa contra o jogo corrido.


37 – logo coltsIndianapolis Colts – OG Braden Smith (Auburn)

Eduardo Araujo: Depois de selecionar Quenton Nelson na primeira rodada, Ballard seleciona seu parceiro. Smith é um guard que me agrada bastante, um jogador de boa técnica, ótimo tamanho e uma verdadeira máquina em bloquear para jogadas terrestres. Só que acho que dessa vez o GM errou, poderia e deveria dar uma atenção maior para a linha defensiva da equipe.

André Oliveira: Chris Ballard definitivamente parece estar comprometido em reforçar a proteção de Andrew Luck escolhendo seu segundo OL no Draft. Smith é um jogador que chega preparado para contribuir de imediato graças a sua combinação de força e porte físico.


38 – logo buccaneersTampa Bay Buccaneers – RB Ronald Jones II (USC)

Eduardo Araujo: E Jameis Winston terá definitivamente um ótimo RB em seu ataque. Ronald Jones é um jogador bastante explosivo, corre forte e quebra bastante tackles. Uma ótima escolha para um ataque que foi totalmente anêmico durante a última temporada. Se o Bucs errou com Vita Vea, acertou em cheio com Rojo.

André Oliveira: Era esperado que o Bucs fosse atrás de um RB logo nas primeiras rodadas e é justamente isso que Jason Licht faz escolhendo Ronald Jones. O ex-Trojans é um jogador bastante dinâmico e que pode ajudar bastante a tirar um pouco da pressão dos ombros de Jameis Winston.


39 – logo bearsChicago Bears – C James Daniels (Iowa)

Eduardo Araujo: E o Bears consegue o substituto de Josh Sitton – um ótimo substituto. Com Daniels, Whitehair poderá voltar para a posição de Guard ou o proprio Daniels poderá jogar por lá. Um jogador com medidas ótimas e com grande força em bloqueios para passe e para jogadas terrestre.

André Oliveira: Daniels é outro jogador que eu não esperava que estivesse disponível a essa altura. O ex-Hawkeyes tem o perfil dos jogadores valorizados pelo GM Ryan Pace. É bastante atlético e ágil. Será interessante observar como ele atuará ao lado de Cody Whitehair e Kyle Long no interior da linha de Chicago.


40 – logo broncosDenver Broncos – WR Courtland Sutton (SMU)

Eduardo Araujo: Case Keenum não poderá reclamar de seus WRs. Courtland Sutton é um ótimo WR que irá esticar bastante o campo para o Broncos graças a uma grande velocidade e uma ótima capacidade de fazer a recepção mesmo com muito contato. Era um jogador que podia sair na primeira rodada e que vai ajudar muito o Broncos.

André Oliveira: Após reforçar sua defesa, o Broncos vai atrás de um dos WRs com maior potencial da classe para reforçar seu grupo de recebedores. Sutton possui uma ótima combinação de porte físico, altura e velocidade. Entretanto, ainda precisa evoluir partes cruciais do seu jogo como a execução de rotas.

41 – logo titansTennessee Titans – EDGE Harold Landry (Boston College)

Eduardo Araujo: E novamente o Titans sobe para uma posição acima do Patriots e pega o jogador do board do time de NE. Harold Landry é um cara que só caiu no draft por questões físicas, mas é sem dúvidas o segundo melhor Pass Rusher do Draft. Uma ótima escolha do Titans e uma necessidade do time.

André Oliveira: Se o Landry conseguir ficar saudável, essa será uma das melhores escolhas desse Draft. O jogador é o segundo melhor pass rusher da classe para mim. Um dos jogadores mais explosivos da classe, é bastante atlético e será um encaixe natural na defesa do Titans.

42 – logo dolphinsMiami Dolphins – TE Mike Gesicki (Penn State)

Eduardo Araujo: Tight End era a grande necessidade para o Dolphins, embora Gesicki não seja o meu favorito para a escolha, é um atleta fenomenal. O jogador brilhou no combine, porém tem problemas com técnicas de bloqueio. Pode ser um grande recebedor, principalmente sendo um alvo na end zone para Tanehill.

André Oliveira: O Dolphins precisava urgentemente de talento na posição de Tight End. Apesar de não conseguir contribuir muito no jogo corrido, Gesicki deve ter uma grande contribuição no jogo aéreo de Miami graças a sua combinação de atleticismo, altura e agilidade na execução de rotas.

43 – logo lionsDetroit Lions – RB Kerryon Johnson (Auburn)

Eduardo Araujo: O Lions precisava de um RB para liderar seu backfield. Só que não acho que Johnson é esse cara. Subir no draft para escolher ele pode ter sido um erro, vejo Johnson muito mais como um RB situacional – como sendo uma arma na redzone – do que um RB que irá fazer uma jogada explosiva ou correr 25 vezes na partida. Não gostei do time da escolha do jogador para o Lions.

André Oliveira: O jogo corrido do Lions tem sido anêmico por anos, então era de se esperar que o time também fosse atrás de um RB nesse Draft. Entretanto, mesmo com Johnson sendo um jogador sólido, acredito que poderiam ter utilizado melhor essa escolha em um prospecto mais talentoso como Derrius Guice.

44 –  logo 49ersSan Francisco 49ers – WR Dante Pettis (Washington)

Eduardo Araujo: Pettis é a cara de Kyle Shanaham e o estilo de jogador que faltava em seu ataque. É um jogador com grande versatilidade e velocidade que dará uma opção muito boa para a equipe principalmente no slot. Mas em talento não era meu favorito pra escolha tendo James Washington e Anthony Miller disponíveis.

André Oliveira: O 49ers consegue mais um reforço ofensivo com a escolha do dinâmico Dante Pettis. Apesar de acreditar que ainda é um pouco cedo para ele ser escolhido, o ex-Huskies é bastante explosivo, com boa capacidade de execução de rotas e também oferece valor no time de especialistas.

45 – logo packersGreen Bay Packers – CB Josh Jackson (Iowa)

Eduardo Araujo: E o Packers remonta sua secundária com Jaire Alexander que é um ótimo CB e Josh Jackson que é um CB com muita altura e que “chama turnovers”. O CB é uma máquina de interceptações e passes desviados muito por contada sua velocidade e grandes medidas.

André Oliveira: Outro jogador que eu esperava que fosse sair bem mais cedo. Apesar da pouca experiência, Jackson foi absurdamente produtivo no ano passado graças a sua combinação de porte físico, instintos e uma excelente habilidade de saber quando a bola está vindo em sua direção.

46 – Kansas City Chiefs – DE Breeland Speaks (Ole Miss)

Eduardo Araujo: Speaks é, sem dúvidas, a pior escolha até agora do dia. O primeiro grande reach e um jogador que eu escolheria na quarta rodada. É um DT/DE com uma boa capacidade atlética, mas com dificuldades em conter o jogo terrestre e não é tão eficaz no pass rush.

André Oliveira: Por conta da pouca experiência e da inconsistência, eu não esperava que Speaks fosse sair tão cedo. Entretanto, o potencial do jogador é inegável. Possui ótimos atributos físicos e é bastante versátil, característica bastante apreciada por Bob Sutton.

47 – logo cardinalsArizona Cardinals – WR Christian Kirk (Texas A&M)

Eduardo Araujo: Depois de vencer a primeira rodada com Josh Rosen, o Cardinals seleciona Christian Kirk para ser um dos seus alvos e faz bem. É um jogador bastante versátil, um WR que sabe movimentar a bola, um tipo que Rosen usou muito em UCLA. Gostei bastante da escolha do Cardinals.

André Oliveira: Após conseguir seu potencial franchise quarterback, faz sentido o Cardinals ir atrás de mais talento ofensivo para auxiliar seu jovem signal-caller. Kirk é um jogador que consegue contribuir tanto no ataque como no time de especialistas. É bastante dinâmico e muito perigoso com a bola nas mãos.

48 – SD Los Angeles Chargers – EDGE Uchenna Nwosu (USC)

Eduardo Araujo: E o Chargers seleciona Nwosu para ser o EDGE oposto a Melvin Ingram, embora poderá jogar como um LB também ao lado de Perryman. É um jogador bastante interessante, já que é muito explosivo, ataca o bloqueio com muita força e sempre é um perigo em blitz por conta da sua boa velocidade. Um jogador híbrido que irá ajudar muito o time.

André Oliveira: Nwosu é um jogador muito talentoso fisicamente mas que ainda não conseguiu transformar isso em produtividade. Apesar de ter atuado como EDGE no Trojans, deve ser utilizado com OLB no Chargers graças a sua velocidade e agressividade.

49 – Philadelphia Eagles – TE Dallas Goedert (South Carolina)

Eduardo Araujo: E o atual campeão do Super Bowl reforça seu ataque que já é muito bom com o meu TE preferido do Draft. Goedert é um TE no corpo de um WR grande. A equipe usa muito os TEs criando duelos desfavoráveis, e com Goedert vai usar e abusar disso. É um jogador muito rápido com uma grande capacidade de recepção.

André Oliveira: O Eagles pula na frente do Cowboys para pegar mais uma arma para Carson Wentz. Goedert é um jogador de muito potencial que dominou tanto seu nível de competição que chamou bastante atenção dos olheiros da NFL. É muito atlético e sabe utilizar muito bem seu porte físico tanto no jogo aéreo como no bloqueio do jogo corrido.

50 – logo cowboysDallas Cowboys – OL Connor Williams (Texas)

Eduardo Araujo: O Cowboys procurou bastante um Tackle no mercado para assim fazer La’el Collins voltar a ser Guard. Connor Williams nessa escolha é excelente, já que é um valor de primeira rodada. O atleta pode jogar tanto de Guard como de Tackle e melhorará ainda mais a temível linha ofensiva do Cowboys.

André Oliveira: Mais um reforço para a linha ofensiva do Cowboys. Williams é um jogador de muito potencial mas que caiu no Draft por conta do fraco desempenho na última temporada. Williams foi anunciado pelo Cowboys como OG, então provavelmente o time tem planos de utilizá-lo no interior e colocar La’el Collins como OT.

51 – logo bearsChicago Bears – WR Anthony Miller (Memphis)

Eduardo Araujo: Mais um WR para o Bears de Trubisky. Anthony Miller é muito rápido e corre variadas rotas, embora seja pequeno para um WR. O jogador possui ótimas mãos e tem grande explosão, conseguindo separações fáceis na linha de scrimmage. Outra escolha que gosto muito.

André Oliveira: Após contratar Allen Robinson, o Bears continua reforçando seu grupo de WRs com a escolha de Anthony Miller. O recebedor possui uma ótima aceleração e tem experiência atuando tanto no lado exterior do campo como também no slot.

52 – logo coltsIndianapolis Colts – DE Kemoko Turay (Rutgers)

Eduardo Araujo: O Colts precisava muito de um DE e deve ter gostado muito do atleticismo que Turay possui. É um DE que jogou pouco no College, porém demonstrou bastante talento. Na segunda rodada achei bastante cedo para ele sair porque é muito cru, mas se bem trabalhado poderá ser um DE de bastante impacto.

André Oliveira: Finalmente o Colts reforça o seu pass rush. Apesar de ser muito cru tecnicamente, Turay é muito explosivo, possui um porte físico ideal de um EDGE rusher e também demonstrou disposição para ajudar na defesa do jogo corrido.

53 – logo buccaneersTampa Bay Buccaneers – CB M.J. Stewart (North Carolina)

Eduardo Araujo: Stewart é um jogador que teve muitos problemas em sua carreira universitária, dentro e fora de campo. Acredito que jogará de Nickel Cornerback no Bucs, que é uma posição que a equipe precisa damais. Stewart terá problemas se colocado na extremidades por ter dificuldades na mudança de direção. É um outra escolha que eu não gostei.

André Oliveira: Stewart é um jogador que atua numa posição de necessidade para o Bucs, mas acredito que ainda é um pouco cedo para ele ser escolhido. Consegue ir muito bem em marcação por pressão e é versátil. Contudo, não tem um histórico extracampo limpo, não é muito veloz e também tem uma altura um pouco abaixo do desejado.

54 – logo bengalsCincinnati Bengals – DB Jessie Bates III (Wake Forest)

Eduardo Araujo: Uma escolha que eu gosto bastante. Bates é um Free Safety bastante instintivo que no fundo do campo faz bastante diferença. Porém, tem problemas com sua velocidade e isso pode custar para se recuperar em jogadas.

André Oliveira: Bates deve ter um impacto imediato na secundária do Bengals. É um jogador bastante versátil, capaz de atuar não só em várias posições da secundária como também em diferentes tipos de cobertura. Sua agressividade e instintos também são características muito fáceis de serem notadas.

55 – logo panthersCarolina Panthers – CB Donte Jackson (LSU)

Eduardo Araujo: Ótima escolha do Panthers qie necessitava de um CB, depois de Breeland falhar nos exames fisicos. Jackson é bastante instintivo e possui uma ótima velocidade, embora não consiga ser tão físico o jogador poderá jogar nas extremidades. Uma boa seleção para o Panthers.

André Oliveira: Jackson é um jogador que compensa sua baixa estatura como um atleticismo de elite e muita velocidade, características as quais o permitem possuir uma incrível capacidade de recuperação. Devido a necessidade do Panthers na posição, é de se esperar que o jogador contribua de imediato.

56 – Resultado de imagem para new england patriots logo pngNew England Patriots – CB Duke Dawson (Florida)

Eduardo Araujo: Patriots precisava de um Nickel Cornerback e em Duke Dawson terá. O jogador é bastante ágil e possui bastante velocidade. Poderá ter um bom impacto no time de Belichick jogando no lugar do contestado Cyrus Jones.

André Oliveira: Dawson é mais um dos bons defensive backs de Florida a entrar na NFL. O jogador é extremamente competitivo, com ótimos instintos e deve ajudar bastante a defesa do Patriots a marcar os WRs saindo do slot na próxima temporada.

57 – logo raidersOakland Raiders – NT P.J. Hall (Sam Houston St)

Eduardo Araujo: Enfim o Raiders fez uma escolha com mais sentido. É irritante um time possuir Khalil Mack em sua DL e não ter jogadores para abrir espaços para ele e principalmente ajudar no combate do jogo terrestre. PJ Hall não é muito grande, mas é bastante efetivo contra o jogo terrestre e é um DT que bagunça bastante o pocket adversário graças a um motor que parece que nunca apaga.

André Oliveira: Atuando em uma divisão inferior do College Football, Hall literalmente dominou seu nível de competição e teve um nível altíssimo de produção. Mesmo não sendo muito grande ou possuindo uma ótima envergadura, o defensor compensa com muita agilidade e força. Seu conjunto de características oferece ao Raiders uma opção de pass rusher no interior da linha que a franquia ainda não possui no grupo de DTs.

58 – logo falconsAtlanta Falcons – CB Isaiah Oliver (Colorado)

Eduardo Araujo: E o Falcons consegue um achado na segunda rodada. Eu gosto muito de como Oliver combina seus instintos com sua força física e isso com certeza é um grande fator para o HC Dan Quinn ter escolhido já que adora jogadores com esse impacto.

André Oliveira: Oliver é outro jogador que eu esperava ser escolhido muito mais cedo. Possui uma boa altura, envergadura e velocidade. Pesa contra o jogador o fato de não ser muito físico e precisar ser mais desenvolvido no ponto de vista técnico, o que deve acontecer sob a tutela de Dan Quinn.

59 – logo redskinsWashington Redskins – RB Derrius Guice (LSU)

Eduardo Araujo: Depois de quase duas rodadas inteiras, até que enfim Derrius Guice foi escolhido e por um time que necessitava demais de um RB para liderar seu backfield. Sem dúvidas Guice é o segundo melhor RB do Draft e ainda desconheço os motivos para que ele tenha chegado até essa escolha. É um jogador explosivo que ataca todos os pequenos espaços aberto na linha ofensiva.

André Oliveira: Problemas extracampo são a única justificativa para Derrius Guice ainda estar disponível nessa escolha. O RB é o segundo melhor da classe na minha opinião graças ao seu estilo extremamente físico e boa visão. O jogador será mais uma opção interessante para o backfield do Redskins.

60 – logo steelersPittsburgh Steelers – WR James Washington (Ohlahoma St)

Eduardo Araujo: E o Steelers substitui Martavis Bryant a altura e terá um pequeno monstro de 3 cabeças em seu corpo de WRs. Washington é muito veloz e o alvo favorito de Mason Rudolph. Um jogador capaz de grandes jogadas, ainda mais em profundidade, já que possui uma velocidade muito acima da média.

André Oliveira: O Steelers substitui Martavis Bryant com um dos recebedores mais produtivos do College Football nos últimos anos. Washington é um excelente alvo em profundidade graças a sua velocidade e uma excelente capacidade de localizar a bola no ar.

61 – logo jaguarsJacksonville Jaguars – WR D.J. Chark (LSU)

Eduardo Araujo: E o Jaguars, melhor falando, Bortles, terá uma torre jogando como WR em seu corpo de recebedores. Chark tem uma grande capacidade para recepções difíceis, consegue ter alguma velocidade e, com certeza, Bortles poderá fechar os olhos, lançar na Lua e esperar seu recebedor pegar.

André Oliveira: Chark é um jogador que subiu bastante nas últimas semanas graças a uma muito desejada combinação de velocidade, altura e aceleração. O ex-Tigers é um excelente alvo em profundidade e deve receber bastante oportunidades no corpo de recebedores do Jaguars.

62 – logo vikingsMinnesota Vikings – OT Brian O´Neill (Pitt)

Eduardo Araujo: Eu esperava um Guard para o Vikings, mas a escolha de O’Neill é totalmente aceitável. É bastante explosivo, tem uma ótima técnica, porém não possui ainda a consistência desejada dentro das jogadas. No Vikings, dificilmente será titular de cara, por precisar de alguns ajustes.

André Oliveira: O’Neill é a verdadeira definição de um “projeto”. Como de se esperar de um TE convertido para OT, é muito atlético e possui ótima envergadura. Porém, precisa trabalhar bastante sua técnica de mãos e adicionar mais força à parte inferior do seu corpo. De imediato não deve contribuir no Vikings, mas tem potencial para ser titular em um futuro próximo.

63 – logo buccaneersTampa Bay Buccaneers – CB Carlton Davis (Auburn)

Eduardo Araujo: E o Bucs agora buscou um CB para jogar nas extremidades depois de pegar um Nickel Cornerback. Davis é um jogador com uma ótima altura, mas que tem problemas com sua velocidade. Poderá marcar facilmente um WR mais físico.

André Oliveira: Bucs vai atrás de mais um cornerback na segunda rodada. Diferente da primeira escolha, acho a seleção do Carlton Davis um bom valor. O ex-Tigers possui boas medidas e uma velocidade razoável, além de ser bastante físico.

64 – logo coltsIndianapolis Colts – DE Tyquan Lewis (Ohio St)

Eduardo Araujo: O Colts subiu no Draft e buscou outro DE para sua defesa que atuará em uma formação com quatro DLs. Só que pegou um jogador bastante cru e que não tem muita versatilidade. Lewis tem apenas boa força física, mas não possui uma boa técnica. Terá que ser lapidado para render em alto nível.

André Oliveira: Para encerrar a segunda rodada, o Colts seleciona mais um defensor. Lewis é um jogador que não correspondeu às expectativas criadas antes da temporada, mas tem potencial para ser sólido na NFL. Possui bom tamanho e força, mas é muito inconsistente e talvez nunca evolua além de um pass rusher situacional.

 

Compartilhe

Comments are closed.