quarta-feira, 20 de junho de 2018

Compartilhe

Em um período no qual as notícias da NFL são mais escassas, temos o período ideal para se elencar quais são os melhores jogadores de cada posição. Assim, a cada semana será publicado um top 10 sobre uma posição, refletindo um ponto de vista sobre como os atletas que exercem determinada função podem ser ranqueados. Antes de comentar, elogiar ou criticar lembre-se que o critério se baseou em observar o MOMENTO ATUAL da carreira do jogador junto a uma pequena projeção para o futuro. Dessa forma, calouros NÃO entrarão na lista. Além disso, vale lembrar que ela traz uma opinião, então não é uma verdade absoluta e todos são livres para discordar, então deixem seus comentários.

LEIA MAIS TOP 10 – Safeties

No nosso quarto TOP 10, falaremos sobre os running backs. A avaliação desta posição leva em conta a visão do jogador para escolher os caminhos pelo qual seguirá, sua paciência para deixar os bloqueios se desenvolverem e a capacidade de gerar jardas após o contato. Além disso, com a evolução da NFL, cada vez mais é papel do RB do futuro contribuir para o ataque aéreo, tanto como recebedor, seja alinhando do lado de fora da formação ou saindo do backfield, quanto como bloqueador. Assim, sem mais delongas, vamos ao ranking.

LEIA MAIS TOP 10 – Tight Ends

10º) Leonard Fournette – Jacksonville Jaguars

Selecionado com a quarta escolha do Draft do ano passado, Leonard Fournette foi parte chave da temporada muito bem sucedida do Jaguars em 2017. Um corredor violento, é efetivo tanto entre os tackles tanto por fora deles, ainda agrega valor como bloqueador e recebedor. Sua visão ainda apresenta algum problemas, perdendo raias livres com frequência. Como a franquia investiu em mais um guard de alto nível na Free Agency e com a offseason para se recuperar de pequenas lesões que sofreu ao longo do último campeonato, Fournette pode crescer ainda mais nesse top 10 no próximo ano.

9º) Alvin Kamara – New Orleans Saints

Durante o primeiro mês de sua temporada de calouro, Alvin Kamara ficou escondido atrás de Mark Ingram e Adrian Peterson. Após o segundo ser trocado, ele passou a ter um papel de mais destaque e formou com Ingram uma dupla que teve um dos anos mais eficientes da história da NFL. Um dos melhores exemplos de um RB moderno, é um recebedor excelente tanto saindo do backfield quanto alinhado no slot ou por fora e teve média de 6,1 jardas por carregada, graças ao ótimo talento em corridas por fora da OL. Com Mark Ingram suspenso pelos quatro primeiros jogos de 2018, Kamara terá a oportunidade de provar que pode assumir o posto de principal RB do time e aguentar a elevada carga de trabalho.

8º) Jordan Howard – Chicago Bears

Em 2016, Jordan Howard surpreendeu ao terminar na segunda posição em jardas terrestres como calouro. Já nessa temporada, como o foco das defesas que enfrentavam o Bears, teve menos espaços para trabalhar contra boxes lotados, mas mesmo assim teve bons números. Muito bom correndo tanto por dentro quanto por fora, tem força para quebrar tackles e é um bom encaixe para o sistema de zona que o time utiliza. Seu grande problema é a dificuldade como recebedor, o que limita seu teto e o obriga a sair de campo em algumas situações.

7º) Melvin Gordon – Los Angeles Chargers

Uma escolha de primeira rodada no Draft, Melvin Gordon teve um ano de calouro muito decepcionante. Contudo, evoluiu muito da primeira para a segunda temporada e se tornou um carregador de piano para o Chargers. Ele tem a visão inconsistente, mas é elusivo e consegue desviar de defensores com facilidade. Ainda tem pontos para a melhorar, mas teve um crescimento muito grande, principalmente como recebedor, função que exerce agora com frequência e em bom nível. Caso mantenha a tendência, ainda pode crescer muito ainda e deve receber um bom contrato na próxima offseason.

6º) Devonta Freeman – Atlanta Falcons

Um dos RBs mais consistentes da NFL ao longo das últimas três temporadas, Devonta Freeman é  um grande talento correndo em zona e uma das principais armas do Falcons desde seu segundo ano na liga. Nesse triênio, teve média de 1000 jardas terrestres, 54 recepções, 450 jardas recebidas e 12 TDs totais, números que mostram que se trata de um jogador muito completo e capaz de realizar múltiplas funções. Inclusive, é importante ressaltar que se trata de um dos melhores da posição bloqueando para o passe, uma habilidade que ajudou a lhe deixar em campo no começo da carreira e permitiu que se desenvolvesse até o patamar que chegou agora.

5º) LeSean McCoy – Buffalo Bills

Principal peça ofensiva de um time que surpreendeu ao chegar nos playoffs, LeSean McCoy já provou por diversas vezes que é um dos melhores RBs dessa geração. Como um corredor puro, é muito explosivo e extremamente elusivo. Conhecido como um quebrador de tornozelos por conta de seus cortes agudos para escapar de tackles, ainda adiciona muito valor por ser um recebedor muito bom saindo do backfield e um bloqueador de alto nível. Como já passou dos 30 anos, é provável que dê um passo atrás nas próximas temporadas, mas ainda segue como um dos mais produtivos jogadores da posição.

4º) David Johnson – Arizona Cardinals

Tendo aparecido como uma ótima opção no final de 2015, David Johnson explodiu em 2016, quando se mostrou o melhor RB recebedor da NFL, capaz de fazer rotas de elevado padrão, comparáveis às de bons WRs, o que pode ser exemplificado ao conseguir 80 recepções para 879 jardas. Como corredor também é muito acima da média, mas ainda possui espaço para evoluir. Em 2017, deslocou o punho ainda no primeiro jogo e ficou fora do restante da temporada. Contudo, deve voltar 100% este ano, uma vez que a lesão não afeta seu modo de jogar nem seu incrível atleticismo. Dessa forma, é de se esperar que continue fazendo estragos e sendo uma das armas mais dinâmicas da liga.

3º) Todd Gurley – Los Angeles Rams

Após uma temporada espetacular em 2017, na qual terminou em segundo na votação para MVP com 8 dos 50 votos possíveis, Todd Gurley se aproveitou de forma intensa da chegada de Sean McVay ao Rams. Antes preso com um Jeff Fisher que não conseguia contratar mentes capazes de conduzir um ataque eficiente, ele explodiu com um dos melhores treinadores ofensivos da NFL. Assim, conseguiu mostrar com maior consistência todo seu potencial tanto como corredor quanto como recebedor ao ser constantemente colocado em campo aberto e fez estrago para se tornar a principal peça do setor que passou pela maior revolução da história da liga ao mais que dobrar a pontuação feita na temporada anterior. Agora, caso consiga repetir os feitos de 2017, será difícil conter sua ascensão neste ranking.

2º) Ezekiel Elliott – Dallas Cowboys

Líder da NFL em jardas terrestres em 2016, Ezekiel Elliott seguiu atuando em nível de elite em sua segunda temporada. Apesar da suspensão que lhe tirou de seis jogos no ano, teve a melhor média de jardas por partida da liga ao ser a principal arma do Dallas Cowboys e a alma do sistema ofensivo da equipe. Aliado a uma linha ofensiva espetacular, causa muitos estragos com seu estilo decidido para atacar logo os espaços abertos pelos bloqueios. Como um bloqueador e recebedor capaz, deve receber um volume ainda maior em 2018 e ter a chance de voltar a quebrar a barreira das 1000 jardas.

1º) Le’Veon Bell – Pittsburgh Steelers

O primeiro colocado neste top 10 não deve ser surpresa para ninguém. Um excelente RB durante os últimos quatro anos, Le’Veon Bell se mantém em um nível tão elevado que é impossível não tê-lo como o melhor RB da NFL. Ninguém recebe tanto volume ofensivo quanto Bell, que acumula 742 toques na bola ao longo das duas últimas temporadas. Dono de um estilo único e já discutido de forma exaustiva, demonstra paciência ímpar para esperar os bloqueios se desenvolverem, além de rivalizar com David Johnson pelo posto de melhor recebedor da posição na liga. O único porém diz respeito ao fato de ter sofrido algumas lesões sérias, o que pode ser agravado pela carga que sustenta no Steelers, e já ter sido suspenso anteriormente. Contudo, com tantos atributos positivos, é de se esperar que receba um magnífico contrato na próxima offseason.

Completando um Top 20 (ordem alfabética)

Alex Collins (Baltimore Ravens), Carlos Hyde (Cleveland Browns), Dalvin Cook (Minnesota Vikings), Derrick Henry (Tennessee Titans), Dion Lewis (Tennessee Titans), Jay Ajayi (Philadelphia Eagles), Kareem Hunt (Kansas City Chiefs), Kenyan Drake (Miami Dolphins), Mark Ingram (New Orleans Saints), Tevin Coleman (Atlanta Falcons)


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe