sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Compartilhe

Faltando menos de 15 dias para o início da temporada da NFL, as expectativas estão cada vez mais altas. Para os amantes do Fantasy Football, é chegada a temporada de Drafts. Dentro deste contexto, hoje iremos falar de alguns jogadores que são candidatos a explodir na temporada e/ou retornar aos bons momentos, porém, por motivos diversos, estão sendo selecionados muito mais tarde do que deveriam nos Drafts. Para quem não está familiarizado com os termos, aqui vai uma breve explicação.

É comum encontrar nos sites, sobretudo americanos, as expressões “sleeper” ou “deep Sleeper“. Em uma tradução adaptada, ela indica os jogadores que NÃO estão no topo dos Rankings, mas que podem se destacar na temporada; sendo o termo “deep” usado para jogadores ainda menos expressivos em que as apostas seriam ainda mais ousadas.

Leia Mais: Top 150 – Fantasy Football 2019 (Parte 1)

Leia Também: Top 150 – Fantasy Football 2019 (Parte 2)

Sendo assim, separamos 10 jogadores que se enquadram nas categorias acima explicadas. Vale mencionar que estas são apostas que devem ser feitas observando o tempo oportuno e o potencial de cada um deles, dos quais falaremos detalhadamente a seguir. A confiança do GM definirá o quão “cedo” o jogador merece ser selecionado. A lista a seguir NÃO está em ordem de valor ou algo semelhante, são apenas alguns nomes para auxiliar os amigos que desejam fazer apostas nos Drafts de Fantasy. Sem mais delongas, vamos aos nossos 10 selecionados:

10) WR AJ Green (Bengals)

O nome de um dos melhores recebedores dos últimos anos na lista pode causar surpresa, mas o fato é que Green, em 2019, pode ser considerado um Sleeper. A explicação é que o recebedor, mais uma vez, se lesionou, o que vem sendo (infelizmente) comum nas últimas temporadas. Dentro deste panorama, AJ vem caindo muito nos Drafts – até mesmo porque ainda não existe uma data prevista para o retorno do jogador aos campos. Dito isto, a possibilidade de escolher um jogador como o WR do Bengals por um “preço” baixo se torna bem interessante. Considerando um cenário em que ele fique 8 semanas fora, o amigo GM de Fantasy poderia contar com um WR deste nível na reta final da temporada. Obviamente não é certo que Green volte em alto nível, mas pelo potencial do jogador e as circunstâncias já mencionados dos Drafts, Green é um grande Sleeper que pode ser decisivo para o seu título na temporada.

9) RB Justin Jackson (Chargers)

A greve instaurada por Melvin Gordon não parece próxima de um desfecho e, com isto, Ekeler e Jackson aparecem como ótimas opções de apostas. Como Ekeler já conquistou certo prestígio e vem saindo relativamente cedo nos Drafts de Fantasy, nosso foco aqui é em Jackson. Jogador com boa capacidade como corredor, o RB do Chargers pode ficar com boa parte das corridas de Gordon. Outro ponto interessante de Justin é que ele, muitas vezes, nem é selecionado nos Drafts e se encaixa até na categoria de “deep Sleeper”. Escolha obrigatória para quem decidir, mesmo com tanta incerteza, apostar em Melvin Gordon, Jackson também pode ser uma aposta interessante por um valor irrisório para um GM bem atento.

8) WR Dede Westbrook (Jaguars)

Um novo QB chegou, a OL foi melhorada, Fournette parece que está com vontade de jogar e, neste cenário, Dede é o WR mais confiável do Jaguars. Além disto, o jogador vem recebendo elogios de todos os lados e parece que sua química com Nick Foles está em constante evolução. Considerando ainda o quão baixo Dede é escolhido, não existem motivos para não apostar no WR do Jaguars – aposta de baixo custo que pode render um WR2 de bom nível.

7) WR James Washington (Steelers)

JuJu é o WR principal do Steelers, um dos melhores do Fantasy nesta temporada e isto é incontestável. No entanto, o ataque comandado por BigBen sempre foi capaz de “alimentar várias bocas.”  É facil lembrar do próprio Juju que já se destacava mesmo com Antonio Brown, ou até mesmo do problemático M. Bryant que, quando em campo, também tinha o seu espaço. Washington, que fez treinos privados com Ben durante a offseason, perdeu peso e vem sendo elogiado pela comissão técnica; aposta bem promissora em 2019.

6) TE Mark Andrews (Ravens)

O Ravens vem montando uma equipe preparada para dar suporte e explorar o melhor de seu QB, Lamar Jackson. Dentro deste projeto, Andrews tem tudo para ser peça chave em recepções nas jogadas de segurança e também na redzone. Com ótima capacidade no jogo aéreo, Mark pode se tornar o melhor amigo de Lamar em 2019. Sendo escolhido, em média, como um TE 15, Andrews é uma aposta segura para ficar entre os 10 melhores de sua posição ao final da temporada do Fantasy.

5) RB Ronald Jones (Buccaneers)

Muito bem avaliado no processo pré-Draft 2018, Ronald Jones foi uma decepção em sua temporada de calouro. Ficando atrás do limitado Peyton Barber, o RB do Bucs não chegou nem perto de demonstrar o potencial visto em seus tempos de College Football. Entretanto, com a chegada de Bruce Arians e uma evolução notada nos treinamentos, as expectativas para Jones são bem melhores. Considerando que o RB tem sido escolhido bem tarde e que o único obstáculo a sua frente na briga pela titularidade é Peyton Barber, Jones é uma escolha com potencial bem interessante.

4) RB Miles Sanders (Eagles)

Como sabemos, o Eagles possui muitos RBs e Jordan Howard chegou via troca com o Bears. Todavia, a aposta aqui é no talento. Sanders é o melhor jogador do grupo e pode tomar de assalto a posição. As chances disto acontecer já no início da temporada são pequenas, no entanto é válido monitorar esta situação e, caso tenha um espaço em seu banco de reservas, Sanders é uma ótima opção.

3) QB Lamar Jackson (Ravens)

Como mencionado anteriormente sobre Mark Andrews, o Ravens tem buscado criar uma estrutura para explorar o melhor das qualidades de seu jovem QB. No caso de Lamar, quando falamos destas qialidades, estamos nos referindo a um braço forte e, acima de tudo, sua singular capacidade atlética. Dito isto, a combinação que Lamar entrega é maravilhosa para o Fantasy e o QB vem saindo bem tarde nos Drafts; uma cenário muito promissor.

2) WR Josh Gordon (Patriots)

O problemático e ultra-talentoso Josh Gordon está de volta mais uma vez. Com uma inesperada reintegração sem punição feita pela NFL, Gordon retorna ao Patriots após uma ótima passagem no último ano. Seja por seu histórico ou pelo retorno ainda recente, o fato é que Josh tem sido “esquecido” nos Drafts de Fantasy. O potencial do jogador é gigante e a química rapidamente desenvolvida com Brady não pode ser descartada. Esta é uma aposta com teto gigantesco.

1) RB Alexander Mattison (VIkings)

Fechando a nossa lista, eu vos trago o promissor RB Alexander Mattison. Escolhido na 3ª rodada do último Draft, o calouro chega para ser um “reserva” de Dalvin Cook e,  neste contexto, é que a escolha de Mattison é muito promissora. Com capacidade para conquistar snaps mesmo com Cook saudável, Mattison ainda tem grandes possibilidades de se tornar o principal corredor caso Cook volte a apresentar os problemas físicos. O novato ainda tem qualidades para contrinuir no jogo aéreo, o que o deixa em uma posição muito interessante como aposta para a temporada.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.