segunda-feira, 18 de julho de 2016

Compartilhe

Não é novidade para ninguém que o futebol americano está crescendo no Brasil. Apesar de todas as barreiras culturais e da parcialidade midiática, o esporte vem conquistando cada vez mais os brasileiros. Não importa se você começou a acompanhar no ano passado ou se não perdia uma reprise de ‘’Um Pequeno Grande Time’’ na Sessão da Tarde, todos compartilhamos a paixão, alegria, aflição e emoção que esse jogo fantástico nos proporciona. Agora vamos falar de algo quase tão bom quanto futebol americano: Cinema. Trarei aqui os melhores filmes sobre futebol americano.

Apesar de ser um cinéfilo voraz, não sou formado na sétima arte (ainda), mas aceitei o convite da Liga Dos 32 para fazer meu “10 Filmes sobre Futebol Americano que você precisa ver’’, deixando claro que as opiniões aqui são minhas e que sempre vai faltar um filme ou outro, vão entrar alguns filmes bobos, não espere uma reencarnação de José Wilker, afinal, só estamos aqui para nos divertir e conhecer mais sobre o esporte. Por fim, gostaria de dedicar essa lista a você que teve mini AVCs toda vez que o dublador chamou o quarterback de ‘’zagueiro’’, pois isso faz parte do ‘’rito de iniciação’’ para ser um torcedor da NFL no Brasil. Sem mais delongas, vamos à lista!

LEIA MAIS: Entenda o Jogo (Futebol Americano)
LEIA MAIS: Lista com 30 filmes sobre futebol americano

10º) Golpe Baixo (The Longest Yard)

filmes1Ano: 2005 / Direção: Peter Segal

‘’Como assim você começou com um filme de Adam Sandler e Chris Rock e quer falar de cinema?’’ Calma, não leve a vida tão a sério, eu disse que estávamos aqui para nos divertir e esse é um dos meus preferidos. O filme é uma refilmagem do original de 1974 estrelado por Burt Reynolds. Na comédia, Adam Sandler vive Paul Crewe, um astro do futebol americano que vai preso ao roubar o carro de sua namorada e dirigir embriagado. Ao chegar à prisão de Allenville, o diretor do presídio, Warden Hazel (James Cromwell), obriga Crewe a organizar um time de futebol americano para jogar contra os guardas. Com a ajuda dos detentos Caretaker (Chris Rock) e o ex-jogador Nate Scarborough (Burt Reynolds), Crewe monta a ‘’Máquina do Mal’’, o time dos prisioneiros. Interessante notar que o lendário WR Michael Irvin faz o papel de Deacon Moss, enquanto Chris Berman (ESPN) interpreta ele mesmo no longa. Um fato curioso é que no mesmo filme temos Burt Reynolds ganhando o Framboesa de Ouro de Pior Ator Coadjuvante e Chris Rock ganhando um BET Comedy Award de Melhor Ator Coadjuvante.

9º) A Grande Escolha (Draft Day)

filmes2Ano: 2014 / Direção: Ivan Reitman

Ta aí um filme que eu curti bastante. Vai ter sim seus momentos épicos típicos de tramas hollywoodianas, afinal, todo filme é um produto, esquentar a cabeça com isso que é bobeira! Draft Day é bem interessante porque nos tira do campo de futebol americano e nos leva aos bastidores da liga, onde Kevin Costner canaliza toda a tensão de um General Manager (parte executiva do jogo, é quem lida com as contratações de jogadores, recrutamentos no Draft, etc). Tanto na vida real quanto no cinema, o Cleveland Browns não vai nada bem e o emprego do GM da equipe, Sonny Weaver Jr. (Costner), está em risco. Sonny precisa sair da sombra do pai (uma lenda do Browns) e fazer os movimentos certos no Draft para garantir o sucesso de Cleveland e a sua permanência no time.

8º) Um Sonho Possível (The Blind Side)

filmes3Ano: 2009 / Direção: John Lee Hancock

Um dos filmes sobre futebol americano com maior reconhecimento no Brasil conta a incrível história de Michael Oher, coroada pela atuação de Sandra Bullock, que lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz e trouxe mais notoriedade ao esporte por aqui. O drama é sobre a trajetória de Big Mike (Quinton Aaron), filho de uma mãe viciada em drogas e criado em um orfanato, o jovem fugiu de todas as casas em que o colocaram até que um dia Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock) encontra Big Mike vagando pelas ruas e, sem hesitar, o convida para passar a noite em sua casa. Aos poucos, a relação de Michael com os Tuohy vai se consolidando e ele passa a fazer parte da família. Com o notório porte físico e instinto de proteção de Big Mike, Leig Anne percebe no futebol americano a garantia de um futuro melhor para o jovem.

7º) O Jogo de Uma Vida (When The Game Stands Tall)

filmes4Ano: 2014 / Direção: Thomas Carter

Já vou avisar logo que o filme tem sua pegada religiosa. Não é algo tão maçante como em ”Desafiando Gigantes”, mas você vai ver sim Jim Caviezel citando a bíblia e orando, mas nada que faça do filme um objeto de propaganda religiosa ou jogue para segundo plano o que nos interessa aqui, o futebol americano. Baseado em uma história real, invicto há 3 anos, o De La Salle High School Spartans é o time que sustenta o maior número de vitórias consecutivas na história dos esportes americanos. A sequencia é posta em xeque com o final de mais uma temporada e com a renovação do time, pois as estrelas Cam Colvin e T.K. Kelly agora vão para a universidade e o Spartans parece não ter mais a união de antes. O técnico Bob Ladouceur (Jim Caviezel) precisa fazer de De La Salle um time novamente.

6º) A Gangue Está Em Campo (Gridiron Gang)

filmes5Ano: 2006 / Direção: Phil Joanou

75% dos jovens que são presos acabam voltando para a cadeia. É com o intuito de acabar com essa máxima que Sean Porter (Dwayne Johnson) monta um time de futebol americano no reformatório Kilpatrick. Para transformar delinquentes em homens, Sean precisa superar dificuldades não só com parte da direção do centro de detenção que é contra o seu projeto, mas também com os próprios menores infratores. Criados num ambiente problemático circundado pela pobreza e violência, principalmente diante das brigas entre gangues, os meninos precisam deixar as rivalidades de lado para vencer suas diferenças em prol do time. Não podemos deixar de falar que o filme é baseado em uma fantástica história real.

5º) Tudo Pela Vitória (Friday Night Lights)

filmes6Ano: 2004 / Direção: Peter Berg

Os moradores da Odessa, pequena cidade do Texas marcada pela segregação, racismo e uma fraca economia, são fascinados pelo time de futebol americano local, o Permian High School Panthers. A vida deles gira em torno do time e às sextas-feiras – dia em que acontecem os jogos – são sagradas. O emprego do treinador Gary Gaines (Billy Bob Thornton) está sempre em jogo e a situação se torna ainda mais crítica depois de usar excessivamente a estrela do time, o running back James ”Boobie” Miles (Derek Luke) que, por conta disso, sofreu uma grave lesão no joelho. Gaines precisa superar uma temporada tumultuada, marcada pelas lesões, conflito entre os próprios jogadores e entre eles e suas famílias, para conseguir o título estadual. Eu particularmente gosto muito dessa produção porque ela quebra com algumas coisas já manjadas em filmes sobre futebol americano. Não poderia esperar nada diferente vindo de um longa que tem os mesmos produtores de ”8 Mile -Rua das Ilusões” (aquele com o Eminem). O filme foi muito bem recebido pela crítica e levou o ESPY de Melhor Filme.

4º) Somos Marshall (We Are Marshall)

filmes7Ano: 2006 / Direção: McG

O filme conta a história do time de futebol americano da Universidade de Marshall, o Thundering Heads. A Universidade ganhou destaque após a pior tragédia da história dos EUA relacionada a esportes quando, em novembro de 1970, um avião que transportava jogadores, comissão técnica e alguns torcedores se chocou com uma colina e matou todos os 75 passageiros que estavam à bordo. A cidade de Huntington, onde fica a universidade, desabou. Parte dos cidadãos foram a favor de fechar o programa de futebol americano universitário, mas alguns jogadores que não entraram no voo decidiram mantê-lo com o apoio da população. O técnico Jack Lengyel (Matthew McConaughey) assumiu a difícil tarefa de liderar o renascimento não só do Thundering Heads mas também da cidade de Huntington como um todo.

3º) Um Domingo Qualquer (Any Given Sunday)

filmes8Ano: 1999 / Direção: Oliver Stone

Al Pacino encarna Tony D’amato, head coach do Miami Sharks, time da liga profissional de futebol americano. Tony precisa lidar com a inexperiente dona que herdou o time, Christina Pagniacci (Cameron Diaz), com o quarterback veterano Jack ”Cap” Rooney (Dennis Quaid) e com o quarterback de sétima rodada Willie Beaman (Jamie Foxx), que faz o maior estilo Johnny Manziel, falastrão e festeiro, mas que entra na briga pela posição. Um Domingo Qualquer é, mesmo sem ser uma história real, o filme que melhor retrata o futebol americano e o cotidiano da liga. O enredo evidencia os fatores presentes dentro e fora de campo em qualquer equipe da NFL como, por exemplo, disputa por posição, brigas internas, concussões e o dilema ético de lidar com elas. O mais interessante da produção é que ela não se limita ao elo jogadores-técnico e vai muito além disso, já que mostra uma teia de relações que também envolve direção do clube, mídia e até o governo local.

2º) No Limite, A História de Ernie Davis (The Express)

filmes9Ano: 2008 / Direção: Gary Fleder

O longa retrata a emocionante história de Ernie Davis, running back da Universidade de Syracuse e primeiro negro a ganhar o Troféu Heisman, prêmio dado ao melhor jogador da temporada de futebol americano universitário. Nascido na Pennsylvania no final da década de 1940, em um Estados Unidos onde o racismo estava presente em todos os âmbitos sociais – inclusive no meio esportivo – Ernie (Rob Brown) foi criado pelo avô, mas foi ao se mudar com a mãe para Elmira, em Nova Iorque, que começou a jogar futebol americano. O jovem ganhou notoriedade e atraiu os olhares de Ben Shwartzwalder (Dennis Quaid), técnico de Syracuse, que contou com a ajuda de ninguém menos que Jim Brown (Darrin Dewitt Henson) para integrar Davis à sua equipe. Os desafios do running back não se restringem só ao jogo e ao temperamento difícil de Schwartzwalder, mas fora do campo Ernie também precisa lidar com a discriminação por causa de sua cor. É outro emocionante filme baseado em fatos reais.

1º) Duelo de Titãs (Remember The Titans)

filmes10Ano: 2000 / Direção: Boaz Yakin

Finalmente chegamos ao meu filme preferido sobre futebol americano. Duelo de Titãs é um daqueles que quando passa na televisão me faz parar de assistir qualquer coisa e mudar o canal na hora! Baseado em uma história real, o filme se passa na década de 1970 e conta a história da chegada e os desafios enfrentados por Herman Boone (Denzel Washington), um técnico negro que assume o comando do T.C. Williams High School Titans, equipe do estado da Virginia, lugar onde o racismo e a segregação ainda eram muito evidentes. Como se já não bastasse ser um desafeto da antiga comissão técnica e da comunidade esportiva local, o novo técnico precisa liquidar os conflitos raciais que envolvem seus próprios jogadores negros e brancos. Diante do forte preconceito, é papel de Boone unir o Titans e fazê-los jogar como um time de verdade.

Essa foi a minha lista com os melhores filmes sobre futebol americano, mas como eu sei que 10 ainda é pouco, segue aqui outras dicas para ocupar suas férias:

  • Undefeated (2011)
  • Jerry Maguire, A Grande Virada (1996)
  • O Invencível (2009)
  • Virando o Jogo (2000)
  • Meu Nome É Rádio (2003)
  • Rudy (1993)

*Texto enviado pelo colaborador Pedro Henrique Moysés

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Compartilhe

Comments are closed.