quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Compartilhe

guia da rodada - L32

Seja bem-vindo a nossa coluna De Olho na Rodada. O objetivo aqui será selecionar os principais destaques de cada semana da NFL pra que você não perca nada. E a primeira edição já é sobre o fim de semana mais divertido da temporada na minha opinião: a rodada de Wild Card. Como são poucos jogos e em horários diferentes, todas as partidas receberão destaque. Vamos aos confrontos.

WILD CARD – NFC

Carolina Panthers (7-8-1) x Arizona Cardinals (11-5)

Sábado, 03/01, 19:30 (Horário de Brasília)

Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

O Panthers venceu a patética NFC Sul mais por incompetência dos adversários do que por mérito próprio. Porém, o mérito existiu. Após uma sequência de 6 derrotas entre as semanas 7 e 13, Carolina terminou a temporada com 4 vitórias consecutivas para garantir o título da divisão. Já o Cardinals teve a melhor campanha da NFC nas 11 primeiras semanas da temporada regular (9-1), mas caíram no final com apenas 2 vitórias nas últimas 6 partidas e perdendo o título da divisão para o Seahawks. O motivo dessa queda é o que deixa esse jogo imprevísivel. O QB titular do time, Carson Palmer, está fora da temporada com uma lesão no joelho. Seu substituto imediato, Drew Stanton, perdeu os últimos dois jogos da temporada regular também contundido e dificilmente jogará contra o Panthers. O QB do Cardinals deverá ser Ryan Lindley, que teve números que não inspiram confiança desde que assumiu o comando do ataque do time. Em 2 jogos são 532 jardas, 2 TDs, 4 interceptações e o número que mais preocupa: apenas 33% de passes completados. Um confronto que teria um favoritismo absoluto de Arizona ganha em emoção com Lindley como QB. Carolina, jogando em casa, tem plenas condições de vencer o jogo e sobreviver mais uma semana, mesmo com a campanha horrível apresentada na temporada regular.

Dallas Cowboys (12-4) x Detroit Lions (11-5)

Domingo, 04/01, 19:30 (Horário de Brasília)

Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

Após anos rondando o 0.500, o Cowboys finalmente conseguiu despontar e vencer a NFC Leste. Com grandes campanhas de Tony Romo, Dez Bryant e com uma incrível recuperação da defesa, que havia sido a pior da liga em 2013, a equipe de Dallas está novamente nos playoffs após 5 anos. O grande destaque da equipe na temporada foi DeMarco Murray, que liderou a NFL em jardas terrestres (1845, quase 500 a mais que o segundo colocado), jardas por tentativa (24.5), corridas (392) e TDs terrestres (13). O RB deverá ser uma das principais armas para fazer com que o Cowboys volte ao Super Bowl após 19 temporadas. O jogo deverá ser bem disputado, tendo como equipe visitante o competitivo Lions. A equipe de Detroit lutou até o fim pelo título da NFC Norte, perdendo a partida decisiva contra o Packers, em Green Bay. O Lions superou grandes desafios ao longo da temporada, como as lesões de Calvin Johnson e Reggie Bush, confiando muito em uma defesa eficiente. A únidade foi a segunda melhor da liga em jardas por jogo e a terceira melhor em pontos cedidos. E é nessa defesa que o time de Michigan terá que confiar se quiser continuar na luta pelo título. A chave para a vitória do Lions será parar DeMarco Murray, Dez Bryant e companhia. Tarefa difícil, principalmente fora de casa.

WILD CARD – AFC

Pittsburgh Steelers (11-5) x Baltimore Ravens (10-6)

Sábado, 03/01, 23:00 (Horário de Brasília)

Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

Deverá ser o melhor jogo da rodada. Sempre é interessante assistir uma partida de playoff com uma das maiores rivalidades da NFL, considerada por muitos a maior. O Steelers venceu a competitiva AFC Norte, que colocou três times na pós-temporada. Já Baltimore garantiu a vaga nos playoffs com uma inesperada derrota do Chargers e uma vitória apertada contra o Browns. Mas, a partir de agora, nada disso importa. A batalha no Heinz Field, no sábado, decidirá qual dos rivais segue em frente. Será a primeira partida de playoff para Joe Flacco e o Ravens desde a vitória no Super Bowl XLVII. O time vem alternando altos e baixos na temporada e sua defesa terá que jogar tudo o que sabe para parar o ataque do Steelers. Big Ben vive uma das melhores fases na carreira. Conseguiu o impressionante feito de ter dois jogos consecutivos de 6 TDs na temporada regular e liderou a liga em jardas aéras. Na outra ponta da conexão está o melhor WR da temporada: Antonio Brown. Essa dupla aliada ao poderoso ataque terrestre comandado por Le’Veon Bell deve dar o tom ao jogo e, se jogar como o esperado, deve colocar o Steelers no divisional round. Olho na equipe de Pittsburgh que tem tudo para ir muito longe nessa pós temporada.

Indianapolis Colts (11-5) x Cincinnati Bengals (10-5-1)

Domingo, 04/01, 16:00 (Horário de Brasília)

Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

Andrew Luck vem cumprido com as expectativas de ser o melhor prospecto a surgir no draft desde seu antecessor Peyton Manning. Em 2014, o jovem QB liderou a liga em TDs (40) e foi o terceiro em jardas (mais de 4700), ficando nos dois critérios à frente de Manning. O status de elite está próximo e tudo que o terceiro anista precisa pra ser considerado como um dos tops QBs da liga é sucesso na pós-temporada. Após arquitetar uma virada espetacular sobre o Chiefs no wild card na temporada passada, Luck e o Colts tem a tarefa de vencer o Bengals em casa para seguir rumo ao Super Bowl. Tarefa essa que, se depender do restrospecto da equipe de Cincinnati, não deverá ser muito díficil. Já está se tornando um tabu: o Bengals simplesmente não consegue vencer na pós-temporada. Marvin Lewis e Andy Dalton levaram o time aos playoffs nos últimos três anos, mas em todos não conseguiram vencer um único jogo sequer. O estigma precisa ser quebrado ou Marvin Lewis dificilmente seguirá como head coach do time na próxima temporada. Questionamentos também recaem sobre Dalton, que mesmo cercado de talento não consegue fazer o Bengals ir em frente. O jogo vale muito mais que a temporada para a equipe de Cincinnati: vale o orgulho da equipe, o emprego do técnico, a confiança no QB e a prova de que podem muito mais do que o que conseguiram até agora.

Compartilhe

Leave A Reply