quarta-feira, 3 de abril de 2019

Compartilhe

Após um começo bastante promissor, inclusive com uma vitória sobre a NBA em audiência na semana inaugural, a AAF encontrou rapidamente a sua decadência. Ainda a duas semanas da conclusão de sua primeira temporada regular, a liga que visava preencher o espaço vazio pelos meses sem NFL anunciou a suspensão de suas operações.

O bilionário Tom Dundon, que investiu cerca de 250 milhões de dólares na AAF após a promissora primeira semana, já teria levado um prejuízo acima de 70 milhões com a nova liga. Como esse investimento fez dele sócio majoritário, nem foi necessário comunicar a decisão da suspensão aos criadores Charlie Ebersol e Bill Polian.

Leia Mais: O Carolina Panthers precisa voltar ao básico para ser protagonista na NFL

Leia Também: Mock Draft – Edu Araújo 2.0

O final da AAF é bastante melancólico: nem sequer completa a sua primeira temporada e fica sem um campeão. Fontes disseram que os atletas e treinadores não estão recebendo nem mesmo o dinheiro das passagens para casa, precisando arcar com essas despesas.

Tom Dundon esperava que a AAF fosse sobreviver a partir de uma parceria com a NFL para se tornar uma espécie de liga de desenvolvimento, podendo contar com apoio das franquias e atletas jovens que fazem parte das practice squads. As negociações não foram pra frente e, evitando mais prejuízos, ele pulou fora do barco.

Agora é esperado que muitas batalhas judiciais aconteçam. As cidades que receberam franquias, os atletas, treinadores e demais empregados, os patrocinadores e as demais redes que assinaram contrato com a AAF, incluindo corporações poderosas como NBC e CBS, provavelmente irão processar a liga. Se existe uma esperança para conclusão da temporada, e ela é ínfima, é via decisão judicial. Mas pelo menos muitos pagamentos extras ainda precisarão ser feitos por parte de Dundon.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.