sexta-feira, 21 de junho de 2019

Compartilhe

Enquanto a nova temporada da NFL não começa, os fãs de futebol americano e, principalmente, do Fantasy Football projetam as novas equipes e tentam antecipar boas peças para os elencos. Fato é que quem vai bem neste tipo de jogo são aqueles gerentes de franquias virtuais, que não apenas conseguem boas escolhas nas primeiras rodadas, mas mantêm um time equilibrado durante todo o recrutamento.

Diante disso, preparamos uma lista com atletas que não devem ser escolhidos nas primeiras rodadas, mas têm um ótimo custo-benefício. Popularmente, nos Estados Unidos, esses jogadores são conhecidos por “sleepers“.

Leia Mais: Quais as chances de sucesso da nova XFL?

Leia Também: A recuperação do Jaguars passa também pelo desempenho de Leonard Fournette

QB. Josh Allen (Buffalo Bills)

O quarterback da Universidade de Wyoming teve uma segunda metade de temporada animadora em 2018 e a tendência é evoluir cada vez mais. Como a posição possui diversos jogadores capazes de produzir muitos pontos, Allen deve ser uma opção para o final do Draft ou mesmo na free agency da liga. O camisa 17, além de possivelmente ter uma grande evolução nos números aéreos, também é um ameaça no jogo terrestre, o que é fundamental para um time no Fantasy. Olho no segundo anista de Buffalo.

Josh Allen:

Estatísticas Jardas aéreas) Touchdowns aéreos Interceptações Jardas terrestres Touchdowns terrestres
2018 2074 10 12 631 8

 

Outras boas opções para a posição: Lamar Jackson e Kyle Murray

RB. Damien Harris (New England Patriots)

Sabemos que o time na Nova Inglaterra ama correr com a bola. Josh McDaniels sabe explorar seus corredores e não vai ser diferente com o novato da Universidade do Alabama, draftado na terceira rodada. Harris será reserva de Sony Michel, mas terá algumas oportunidades de provar o seu valor. E o jovem tem qualidade para isso.

Gera alguma desconfiança por estar entrando agora na NFL. Como o atleta vai evoluir, se vai encaixar no playbook de New England, qual será a química entre ele e os companheiros de equipe. Todos esses fatores precisam ser analisados, mas se podemos dar um voto de confiança a algum time, esse é o Patriots. Bill Belichick sabe o que está fazendo e não é de hoje que provou isso. Vale ressaltar que o novato deve estar disponível até pelo menos a 12ª rodada, mais um fator para ficar  monitorando-o.

Outras boas opções para a posição: Adrian Peterson e Royce Freeman

WR. Tyrell Williams (Oakland Raiders)

O ex-jogador do Los Angeles Chargers agora vai vestir o uniforme preto e branco do Raiders. Ofuscado pelo astro e “popstar” Antonio Brown, Williams chega para ser um segundo recebedor de luxo no esquema de Jon Gruden. O atleta teve ótimos momentos com o Chargers, mesmo sendo WR 3, e só não foi mais produtivo porque sofreu com lesões.

Para este ano, Williams pode ser uma ótima opção para quem estiver precisando de um recebedor sólido em posições mais avançadas. Isso porque Brown chama muito a marcação adversária, abrindo espaços para o jogador ser efetivo.

O atleta ainda tem ótimos números quando se trata de Touchdowns. Mesmo com Keenan Allen e Mike Williams, o recebedor anotou 16 TDs nas últimas 3 temporadas. Foram 5 só em 2018. Mais um fator decisivo no jogo virtual. Resta saber se o Tyrell Williams vai ter uma conexão com Derek Carr para ser um verdadeiro sucesso no Fantasy.

Outras boas opções para a posição: Geronimo Allison, James Washington e Jamison Crowder

TE. Jordan Reed (Washington Redskins)

Esta é uma posição delicada no Fantasy. Isso porque é complicado encontrar um Tight End capaz de produzir em grande quantidade todos os jogos. Sem Gronk, Travis Kelce, Zach Ertz e George Kittle são os jogadores da posição que mais passam confiança, mas devem sair nas primeiras rodadas. Jordan Reed costumava ser um deles.

As temporadas abaixo do esperado nos últimos anos, no entanto, fizeram com que o jogador perdesse credibilidade e, consequentemente, caísse no conceito dos jogadores de Fantasy. Algumas lesões também atrapalharam o atleta durante a carreira.

Mas em 2019 a história pode ser diferente. Redskins tem um time mais encorpado, com boas peças defensivas e ofensivas, um calouro com muita vontade de brilhar e o time deve ser mais efetivo. O jogo terrestre de Washington é mais um fator que pode ajudar Reed a crescer. Com a volta de Derrius Guice, contundido durante toda a última temporada, além de Adrian Peterson e Chris Thompson, que ainda têm gás no tanque, o time fica muito mais imprevisível. O jogo aéreo pode evoluir com isso e Reed deve ser um dos protagonistas deste ataque. Ótima opção que deve cair no recrutamento do Fantasy.

Outras boas opções para a posição: Noah Fant, T.J. Hockenson e Vance McDonald

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.