terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Compartilhe

e foi assim - L32

O Baltimore Ravens visitou o Pittsburgh Steelers pela rodada de Wild Card em um jogo de muita rivalidade e acabou vencendo por 30 x 17. Muitos apostavam na vitória do Steelers por jogar em casa e ter tido uma campanha melhor na temporada regular, mas o Ravens foi lá e, com sua defesa jogando muito, venceu bem. No próximo jogo dos playoffs, o Baltimore Ravens tem mais um jogo complicado fora de casa e enfrenta o New England Patriots, dono da melhor campanha da Conferência Americana.

Como foi o jogo – A partida começou com o Pittsburgh Steelers usando muito o RB Ben Tate, que havia assinado há uma semana, já que o RB Le’Veon Bell ficou de fora da partida com uma lesão no joelho. E já no começo dava para ver que Bell ia fazer muita falta, até porque Baltimore tem uma grande defesa contra o jogo corrido. A primeira campanha de cada time terminou em punt, com as defesas superando os ataques. Em uma campanha de quase 6 minutos, o K Shaun Suisham acertou um FG de 45 jardas, o que tirou o zero do placar. E o primeiro quarto terminaria 03 x 00 a favor do Steelers.

No início do segundo quarto, o Ravens mescla bem passes e corridas para marcar o TD corrido com o RB Bernard Pierce. Sem o desafogo do jogo corrido com o RB Le’Veon Bell, o QB Big Ben teve que lançar muito a bola, terminando com 45 passes ao fim do jogo. A linha defensiva do Ravens, reforçada pelo DT Haloti Ngata, dominava a linha ofensiva do Steelers, pressionando muito o Big Ben. Até o final do segundo quarto, as equipes trocaram FGs, com um para Pittsburgh e dois para Baltimore. Foram para o intervalo com a vantagem para o time visitante por 10 x 09.

Depois do intervalo, a história do jogo seguia a mesma, com defesas fortes de ambas as equipes, mas o pass rush de Baltimore fazendo a diferença. Em outra boa campanha, o K Justin Tucker acerta um FG de 45 jardas e abre 13 x 09 para o Ravens. A história se repetia com o Steelers, vinha com boa campanha, queimando o relógio, mas em algum momento o pass rush do Ravens fazia a diferença e acabava com as pretensões de Pittsburgh. Depois de ver sua defesa jogando muito, o QB Joe Flacco resolveu aparecer com duas grandes jogadas, primeiro acertando um passe de 40 jardas para o WR Steve Smith e depois lançando um passe para TD para o WR Torrey Smith, fugindo da pressão contra o movimento do corpo e, assim, o Ravens abria 20 x 09 em pleno Heinz Field. Nesse momento, só restava ao Steelers confiar no seu QB no shotgun, o que não era uma boa ideia, pois a linha defensiva do Ravens não dava tempo algum para o Big Ben esperar seus jogadores desenvolverem a rota.

No último quarto, a esperança do Steelers se renovou com o RB Justin Forsett sofrendo um fumble recuperado pelo DT Stephon Tuitt e o WR Antonio Brown recebendo um passe lindo do Big Ben na única falha da secundária do Ravens em uma big play em que o LB Daryl Smith marcava Brown, duelo bem favorável. Na jogada seguinte, o WR Martavis Bryant recebe o passe dentro da endzone e recoloca o Steelers no jogo – ainda perdendo, mas por 20 x 15 depois de não conseguir converter os dois pontos tentados. Com Joe Flacco muito seguro e sendo bem protegido pela sua linha ofensiva, Baltimore aumentou sua vantagem com um FG da máquina Justin Tucker, ampliando a vantagem para oito pontos. Com mais uma grande jogada da linha defensiva do Ravens, o QB Big Ben lança a bola e é interceptado pelo LB Terrell Suggs, uma bola que dava para o Ben Tate segurar, mais uma prova da falta que fez o Le’Veon Bell. Na próxima jogada, Joe Flacco com um lindo play action lança a bola para o TE Crockett Gillmore e Baltimore mata o jogo fazendo 30 x 15. Big Ben continua seu calvário e sofre mais um sack (foram cinco no total, além de muita pressão). No fim do jogo ainda acontece um bloqueio no punt que resulta em um safety a favor de Pittsburgh, o que não mancha em nada a grande vitória do Ravens.

Destaques da partida:

Baltimore Ravens

QB Joe Flacco – 18/29 259 jardas e 2 TDs.

WR Steve Smith – 5 recepções para 101 jardas.

LB Daryl Smith – 9 tackles e 2 fumbles forçados.

Pittsburgh Steelers

QB Ben Roethlisberger – 31/45 334 jardas, 1 TD e 2 INT.

WR Antonio Brown – 9 recepções para 117 jardas.

WR Martavis Bryant – 5 recepções para 61 jardas e 1 TD.

FIM DE JOGO – BALTIMORE RAVENS 30 x 17 PITTSBURGH STEELERS

Compartilhe

Leave A Reply