segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Compartilhe

 

Todo jogador que começa a se aventurar pelas partidas virtuais do game oficial da NFL pega simpatia por uma rota em que o recebedor avança 2, 3 jardas e corta para o meio em diagonal, cruzando o campo e passando na frente do quarterback. Esta é a rota Slant, que também dá nome ao conceito que abordarei neste texto.

Este conceito não é só usado com frequência apenas no Madden; as equipes da NFL também utilizam bastante o slant, principalmente com a popularização do West Coast Offense e a busca por passes rápidos e jardas após a recepção.

Leia mais: Conceitos ofensivos do Madden: Smash

Leia Também: Conceitos ofensivos do Madden: Mesh

Falaremos abaixo sobre sua eficácia contra os diversos tipos de coberturas, situações interessantes para usá-lo e momentos que podem causar problemas para o Slant.

Conceito básico

O conceito Slant faz uso de uma ou mais rotas de mesmo nome, onde, como dito acima, o recebedor avança reto algumas poucas jardas e faz um corte brusco para o centro do campo, correndo em diagonal. Pelo estilo da rota, ele é muito usado em jogadas com o intuito de conseguir jardas após a recepção.

A rota slant funciona muito bem em conjunto com outras rotas, como a flat e outra(s) rota(s) slant, podendo causar um matchup favorável contra defensores na parte central do campo.

Atacando uma marcação individual

O conceito Slant é um terror para defesas com cobertura individual, pois os defensores precisam ser muito ágeis, velozes e especialistas neste tipo de marcação para não perderem os recebedores de vista. É muito comum vermos recebedores em slant conseguindo uma boa separação contra Cover 1 e Cover 2 homem a homem e ganhando muitas jardas na jogada.

Só tomem cuidado em caso de Cover 1, pois temos um defensor marcando em zona no meio, bem no trajeto da rota slant, o que pode acabar resultando em uma interceptação. Dê o passe no momento correto.

Goodwin se aproveita de sua velocidade para bater esta Cover 1 e anotar o TD

Atacando uma Cover 2

Um sistema Cover 2 em zona é o pior inimigo do conceito Slant, pois nele temos três defensores cobrindo a região intermediária central, local por onde nossos recebedores passam. Para conseguirmos completar um passe na rota slant contra este sistema, precisamos do auxílio de outras rotas para confundir os defensores. Podemos citar alguns exemplo:

– um TE que corra uma rota flat pode atrair um LB, abrindo espaço para um WR aberto em slant.

– jogadas com três recebedores em slant pode atrapalhar a troca de marcação dos três defensores centrais.

– podemos explorar as costas do CB da lateral oposta de onde partiu o recebedor (parte final da rota), mas para isso a OL precisará proteger o QB por mais tempo (4, 5 segundos).

Um TE na Flat chama a atenção do OLB e abre espaço para a Slant

Atacando uma Cover 3

Contra este sistema o conceito Slant já passa a ser mais eficaz, pois aqui temos apenas dois defensores na região central. Com a região menos congestionada, fica mais fácil explorar recebedores em rota slant em algum espaço vazio, principalmente se algum dos defensores centrais, recuarem para cobrir alguma rota mais longa. Combinações de três rotas slants também podem causar um matchup favorável no setor.

Apenas dois jogadores cobrindo o meio causa um matchup favorável para o conceito Slant

Atacando uma Cover 4

Melhor sistema possível para aproveitar o conceito. Em uma Cover 4 tradicional – com quatro pass rushers – encontramos apenas um defensor cobrindo a região de passagem da rota slant, o que faz com que seja muito complicado para ele defender o setor, caso mais de um recebedor passe por lá.

Quatro jogadores em profundidade abre espaço no meio para as rotas Slants

Atacando uma Blitz

O conceito Slant, em que o QB não precisa de muito tempo para realizar um passe, é muito eficaz para bater blitzes, tanto em coberturas individuais, como por zona, principalmente se realizadas por algum linebacker ou safety.

Em caso de blitz em uma cobertura homem a homem, devemos visar o passe rápido para o jogador que conseguir uma rápida separação, e a slant é muito boa para isso. Geralmente, em jogadas defensivas deste tipo, não há nenhum jogador cobrindo o meio em zona, facilitando o passe.

Já em blitzes com cobertura por zona, principalmente com o blitzer sendo um LB ou S, geralmente se abre um espaço no meio que pode ser explorado pela rota slant.

O LB em blitz acaba deixando o meio livre para o QB explorar a rota Slant

No campo de defesa ou na Red Zone, em primeiras ou terceiras descidas, o conceito Slant pode ser uma grande arma para ajudar o ataque a mover as correntes nas partidas virtuais do Madden NFL.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.