domingo, 24 de março de 2019

Compartilhe

 

Com o surgimento do sistema de jogo West Coast Offense que se tornou popular com o ex-treinador Bill Walsh e, ainda hoje, é muito usado pelas equipes da NFL, muitas jogadas começaram a surgir com o intuito de espalhar a defesa e explorar espaços vazios para ganhar jardas após a recepção.

Um dos conceitos que faz uso dessa estratégia é o Texas, que pode causar um matchup muito favorável para algum recebedor (geralmente um RB) explorar o espaço no meio do campo, ajudando a avançar as correntes do ataque.

Leia Mais: Conceitos ofensivos do Madden: Drive

Leia Também: Conceitos ofensivos do Madden: Mesh

Conceito básico

O conceito Texas é marcado por uma rota de um jogador que vem do backfield (às vezes pode ser um TE na linha de scrimmage) em diagonal para lateral e depois corta em 90° para o meio, tentando aproveitar algum espaço deixado pelos linebackers. Isso faz com que esta rota não seja a primeira opção de leitura, pois ela depende que outra atraia a atenção dos defensores do setor para conseguir ser explorada.

Vejamos alguns exemplos abaixo:

Contra uma Marcação Individual

O Texas funciona muito bem contra esquemas que utilizam cobertura individual, como é o caso do Cover 0, Cover 1 e Cover 2 homem a homem. Como nestes esquemas o running back é marcado por algum linebacker, eles costumam levar vantagem no matchup por serem, geralmente, mais ágeis e velozes que o defensor. Esta rota dificulta muito a cobertura do linebacker individualmente, o que pode render muitas jardas para o ataque.

Contra uma Cover 2 em Zona

Contra este tipo de sistema o conceito Texas funciona bem em combinação com uma rota Post. Ela explora o espaço entre os dois safeties, forçando muitas vezes o MLB a recuar para a região. Com isso, abre espaço no setor intermediário do meio do campo para o RB da rota Texas.

O MLB recua no recebedor em rota longa e abre espaço para o RB vindo do backfield

Contra uma Cover 3

O Cover 3 possui apenas dois defensores na região intermediária central onde passa a rota Texas, portanto acaba sendo mais difícil se defender deste conceito com este sistema, do que com o Cover 2. No exemplo abaixo as rotas mais profundas “empurram” os LBs para o fundo, abrindo espaço para o RB receber o passe no meio.

Contra uma Cover 4

O conceito Texas se torna ainda mais mortal contra uma Cover 4, pois temos apenas um defensor marcando o meio do campo intermediário. Com quatro defensores no fundo do campo, rotas curtas contra este sistema podem fazer estragos, como é o caso da Texas.

Defesa recuada acaba abrindo bastante espaço no meio para o conceito Texas

Contra uma Blitz

Como mostrei no texto da semana passada, a maioria das jogadas de blitz tem um linebacker como o quinto elemento a pressionar o backfield. Se um linebacker vai para o pass rush, significa que algum espaço a mais teremos no setor intermediário central. E qual rota que explora esta região? Isso mesmo, a Texas, que pode ser fatal contra blitzes, tanto com marcação individual, como em zona.

O conceito Texas aproveita o espaço deixado pela blitz

Como vimos, colocar rotas numa jogada para servir de isca para a defesa é uma estratégia muito usada na NFL e no Madden e pode fazer conceitos como o Texas se tornar uma grande arma para avançar pelo campo a caminho da End Zone adversária e fazer seu time ficar mais perto da vitória nas partidas virtuais.

Para um melhor entendimento, veja o vídeo sobre o conceito Texas no meu canal do Youtube.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.