segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Compartilhe

Este espaço nas segundas-feiras durante a temporada traz o que de melhor ou pior aconteceu em cada rodada, apontando seus maiores destaques e decepções, antes do Monday Night Football, que nessa semana 12 será o confronto entre Tennessee Titans e Houston Texans. Então, sem maiores enrolações, vamos aos destaques e decepções:

Russell Wilson é elite, sim senhor!

Que partida impressionante do quarterback do Seahawks neste domingo! À exemplo do que aconteceu semana passada contra o Packers, Wilson liderou uma virada mágica sobre o Panthers em uma partida que deu gosto de se ver. Todo seu poder de decisão apareceu no final da partida: em uma quarta para 3 jardas, lançou um passe de 35 jardas para David Moore marcar o touchdown que empatava a partida. Já no último minuto de jogo, acertou um passe de 43 para Tyler Lockett que colocou o time na red zone e permitiu um field goal fácil de Janikowski para vencer a partida. Decisivos foram também seu alvos, tanto Lockett quanto Moore tiveram mais de 100 jardas na partida, cada um anotando um TD.

Leia Mais: Como está a corrida para MVP de 2018?

Leia Também: Visão Aérea: Los Angeles Chargers x Denver Broncos

Por Carolina, Christian McCaffrey foi só para variar um monstro. O running back liderou o time em jardas recebidas (112) e em jardas corridas (125), anotando também 2 touchdowns, porém sofrendo 3 fumbles na partida (por sorte nenhum perdido). Cam Newton (256 jardas, 2 TDs e 1 INT) tentou levar com McCaffrey o ataque, mas a defesa do Seahawks fez um bom trabalho especialmente nas últimas 20 jardas do campo. Graham Gano assim como  na semana passada perdeu um field goal, dessa vez de 52 jardas, que poderia ter levado a partida para prorrogação e mudado seu desfecho.

Cowboys perto dos playoffs

A adição de Amari Cooper no limite da deadline de trocas está se provando muito positiva para o Dallas Cowboys e na vitória sobre o rival de divisão Washington Redskins (31 a 23) isso ficou mais evidente. Foram 180 jardas recebidas por Cooper e 2 touchdowns na melhor partida do jogador em muito, muito tempo. Para terem ideia, os outros 8 jogadores que receberam passes na quinta-feira combinaram para 109 jardas. Dak Prescott, certamente feliz com seu novo alvo, teve ótima partida, acertando 71% dos passes, lançando 2 TDs e correndo para mais 1. Ezekiel Elliott também deixou o dele anotado, além de colocar mais uma partida de 100 jardas na conta.

Com a perda de Alex Smith e dependendo de Colt McCoy, é difícil de ver o Redskins ainda com força para brigar dentro da divisão.O quarterback sofreu nas mãos da secundária do Cowboys e acabou a partida com 3 interceptações. O jogo corrido não foi nada melhor: Adrian Peterson foi o melhor pelo chão no time com míseras 35 jardas. O resultado da partida deixa o Cowboys como improváveis favoritos para levar a NFC Leste e se garantirem na pós temporada.

Saints mantém a sequência de vitórias

O Saints garantiu mais uma vitória na noite de quinta-feira, mas dessa vez o destaque não foi Drew Brees. Ou pelo menos não só ele. Muito diferente do primeiro confronto contra o Falcons (quando cedeu 37 pontos) a defesa do Saints foi dominante. O ataque terrestre de Atlanta foi limitado durante toda a partida a apenas 26 jardas. Além disso foram 6 sacks aplicados sobre Matt Ryan, sem contar a interceptação e os diversos passes desviados. Para completar, a defesa do Saints forçou 6 fumbles na partida (recuperando 3).

O ataque, mesmo que em um ritmo mais lento nessa partida, jogou o suficiente para marcar 31 pontos sem muitas dificuldades. Brees teve sua segunda interceptação da temporada, mas em compensação anotou 4 touchdowns. Alvin Kamara e Mark Ingram combinaram para 141 jardas. Quem nesse ataque deixou os técnicos de Fantasy tristes foi Michael Thomas, quem terminou a partida com apenas 38 jardas e sem marcar TDs, algo bem abaixo do normal.

Cenas lamentáveis!

O tempo fechou na partida entre Jacksonville Jaguars e Buffalo Bills. Tudo começou com uma recepção de Donte Moncrief em uma big play, onde o defensive back Levi Wallace ficou no chão brigando por ele com a bola. Jogadores de ambos os times vieram para ajudar na disputa, até que uma briga se instaurou entre Leonard Fournette e o DE Shaq Lawson, com ambos trocando socos e sendo ejetados do jogo. Pior para o Jaguars, que perdeu sua principal arma ofensiva no terceiro quarto da partida. Sem ele (que já tinha 95 jardas e 2 TDs) o ataque parou de funcionar e o time não conseguiu pontuar o suficiente para virar o jogo sobre o Bills, que venceu por 24 a 21.

Lamentável também foi a atitude do CB Jalen Ramsey, que foi flagrado chamando os jogadores do Bills de lixo no final do segundo quarto, adjetivo que ele já havia utilizado anteriormente para descrever o quarterback Josh Allen. Bem, Allen esteve longe de ser um lixo durante a partida. Mesmo que pouco preciso, o calouro deu novo gás ao ataque do Bills lançando para 160 jardas e 1 touchdown e correndo para mais 99 jardas e outro TD. Bom trabalho também do WR Robert Foster, que aproveitou bem as 2 vezes que recebeu a bola computando 94 jardas e 1 TD.

Desempenhos ofensivos monstruosos

Sim, o adversário foi o fraco Arizona Cardinals. Mas Philip Rivers foi impecável na vitória do Chargers por 45 a 10 neste domingo. O quarterback acertou os primeiros 25 passes que tentou, deixando anotados 3 TDs nesse intervalo. No final, terminou a partida com 96% dos passes completados (NOVENTA E SEIS). Outro quarterback que foi muito bem foi Baker Mayfield. O calouro destruiu a defesa do Cincinnati Bengals, que coincidentemente tem Hue Jackson (ex técnico do Browns) praticamente como coordenador. Foram 71% dos passes completados, 258 jardas e 4 touchdowns na vitória por 35 a 20. Outro calouro do Browns também teve destaque na partida: Nick Chubb teve 128 jardas totais e 2 TDs.

Saquon Barkley teve mais um jogo ótimo, com 142 jardas totais e 2 touchdowns contra o Eagles neste domingo. Porém praticamente tudo isso foi na primeira metade da partida, quando o Giants abriu 19 a 11 no placar. Por algum motivo, no restante do jogo o RB pegou apenas 5 vezes na bola. A decisão tomada pelos treinadores de parar de utilizá-lo pode ser apontada como um dos motivos para o time acabar derrotado por 25 a 22. Já na vitória do Patriots sobre o Jets, a melhor performance individual foi de Sony Michel, com 133 jardas terrestres e 1 TD. O desempenho de JuJu Smith-schuster nao evitou a derrota para o Broncos, mas mesmo assim é digno de nota: foram 189 jardas recebidas, uma delas de 97 jardas e 1 touchdown.

Outros destaques e decepções

  • O defensive end Matthew Judon teve ótimo desempenho na vitória do Ravens sobre o Raiders. Foram 3 sacks aplicados sobre Derek Carr (1 deles forçando um fumble) somados a 2 tackles para perdas de jardas.
  • Depois de anotar 2 touchdowns, Melvin Gordon saiu de campo mancando com uma lesão no joelho depois de levar um “carrinho” do DE Robert Nkemdiche. Mesmo que a lesão não seja muito grave, o jogador deve perder ao menos duas semanas.
  • Chase Daniel teve desempenho sólido substituindo Mitchell Trubisky na quinta-feira. Foram 72% dos passes completados para 230 jardas e 2 TDs na vitória sobre o Detroit Lions, que consolidou ainda mais o Bears na liderança da NFC Norte.
  • Mesmo lançando 2 interceptações em campanhas consecutivas, Andrew Luck chegou a sua 8ª partida com pelo menos 3 TDs lançados e foi importantíssimo para a de virada sobre o Miami Dolphins. Destaque também para T.Y. Hilton, que recebeu 125 jardas.
  • Em um jogo que foi mais emocionante apenas na primeira metade, o Vikings bateu o Packers e colocou o rival em uma posição crítica na busca por playoffs. Destaque para Sheldon Richardson (2 sacks, 2 TFL), Adam Thielen (125 jardas e 1 TD recebido) e Kirk Cousins (342 jardas, 3 TDs e 76% de passes completos).
  • Tom Brady passou neste domingo  Peyton Manning como o jogador com mais jardas na história da NFL (incluindo pós-temporada). São  79.416 jardas para o maridão da Gisele!

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.