sábado, 8 de dezembro de 2018

Compartilhe

Neste domingo, 9 de dezembro, às 19h25, horário de Brasília, pela semana 14 da NFL, o atual campeão do Super Bowl, o Philadelphia Eagles, desembarca no Texas para encarar o Dallas Cowboys só pensando em vencer para manter o sonho dos playoffs. A franquia da cidade do amor fraternal tem a campanha de 6 vitórias e 6 derrotas, ocupando a segunda colocação da NFC Leste, enquanto que os texanos contam com o retrospecto de 7-5. Ah, não podemos esquecer que, com 6-6, o Washington Redskins vem no terceiro lugar da divisão. Se os mandantes levarem a melhor, encaminham bem o título divisional.

Por que o Dallas Cowboys é favorito?

O America’s Team está embalado com quatro triunfos seguidos, sendo o último deles sobre o New Orleans Saints, um dos melhores times da temporada, por 13 a 10. Outro detalhe que também justifica o favoritismo é que o Dallas venceu os dois confrontos mais recentes com o Philadelphia na condição de mandante.

O quarterback Dak Prescott, com 14 touchdowns feitos e 5 interceptações sofridas, teve dois de seus três melhores números em termos de jardas conquistadas e passes completados. O crescimento vem em boa hora, pois a defesa dos Eagles contendo o jogo aéreo é apenas a 26ª do ranking, com 264.3 jardas cedidas aos adversários.  A força ofensiva está nas corridas com o running back Ezekiel Elliott e o próprio Dak Prescott, ocupando o 6º lugar da liga neste quesito, com 131.5 jardas avançadas.

A defesa, com a moral lá em cima por ter parado Drew Brees, vai bem contendo os passes e as corridas.  Os Cowboys têm o 7º e 4º melhor rendimento, respectivamente, além de 33 sacks conseguidos, 10 fumbles forçados e 8 interceptações.

De acordo com o Oddsshark.com, o Dallas está avaliado em R$ 1,50 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas casas de apostas.

Por que o Philadelphia Eagles chega como azarão?

Os Eagles encontram dificuldades quando precisam jogar fora da Pensilvânia. Em cinco jogos, foram três derrotas e uma vitória. A última vez que atuaram como visitante foi contra os Saints, perdendo de lavada por 48 a 7. Anotou a placa?

Carson Wentz não vem se destacando como na temporada passada. Ele tem 18 TDs e 7 interceptações, tendo sido sacado 29 vezes, 1 a mais que em 2017, quando disputou 13 partidas. Até agora, foram 10 jogos realizados por Wentz. Ainda assim, com estes números, o ataque aéreo é o mais produtivo da equipe, na 12ª posição da NFL, com 257 jardas. Pelo chão, o Philadelphia ocupa apenas a 23ª colocação, com 103.2 jardas.

No ano passado, o diferencial para chegar ao Super Bowl, sem dúvida alguma, foi o alto desempenho do setor defensivo, o que não estamos vendo agora. O time comandando por Doug Pederson é o 26º combatendo os passes e o 10º evitando as corridas. A vitória na casa do rival rende R$ 2,70.

Aposta na diferença de pontos

Um resultado positivo dos Cowboys por trê ou mais pontos de diferença está estimado nas apostas em R$ 2,00. Agora, a derrota dos Eagles por até três pontos paga R$ 1,83.

Meu palpite

Vou apostar na vitória apertada do Dallas Cowboys por uma margem pequena de pontos. A previsão é de um jogaço.

                                                      Chicago Bears x Los Angeles Rams

Ainda no domingo, fechando a rodada, o Chicago Bears, líder isolado da NFC Norte com 8-4, recebe às 23h20, horário de Brasília, no Soldier Field, o Los Angeles Rams, campeão da NFC Oeste, com 11-1. Tudo indica que estas duas franquias estarão juntas na pós-temporada.

Por que o Los Angeles Rams é favorito?

Não tem como negar, a campanha dos californianos fala por si só, por isso o menor valor deste duelo é deles: R$ 1,62. Eles são o segundo melhor ataque da competição, tanto correndo quanto lançando a bola. Nos dois quesitos os Rams ocupam o 4º lugar do ranking da NFL. O QB Jared Goff conta com 27 touchdowns e apenas 7 interceptações, enquanto o running back Todd Gurley ultrapassou a endzone 15 vezes.

A equipe também é a segunda que menos pontos sofreu e menos jardas cedeu, com a média de 34.9 pontos e 439.9 jardas. Sacks foram 33 conseguidos, 12 fumbles forçados e 11 interceptações feitas.

Por que o Chicago Bears chega como azarão?

OS Bears vêm de uma derrota inesperada para o New York Giants, que não faz uma boa temporada, por 30 a 27 na prorrogação, fora de casa. Apesar de ser o 5º time que mais pontou, com a média de 28.7, o Chicago não possui tanto na corrida quanto no passe, indicativos que ocupem o topo dos rankings. As colocações são a 17ª e 19ª, respectivamente.

A força do time pode ser vista principalmente na defesa, setor que ocupa a 3ª posição do ranking. Os Rams precisam investir no jogo aéreo, quesito que os ursos ocupam o 11º lugar da liga, com a média de 232.1 jardas cedidas. Pelo chão, o trabalho é mais complicado. Os caras são o 2º da NFL, tendo cedido só 85.8 jardas.

Conforme o Oddsshark.com indica, a cota para esta franquia que joga em casa é de R$ 2,40, em caso de resultado positivo.

Aposta na diferença de pontos

Um vitória visitante por quatro ou mais pontos de diferença paga R$ 2,00, enquanto que a derrota caseira por até dois pontos rende R$ 1,83, também segundo o Oddsshark.com.

Meu Palpite

Creio que o Los Angeles Rams vence. Como o adversário tem qualidade e bons números, não vou especificar o placar, não. Tudo pode acontecer.

 Dica

Para quem ainda não se sente seguro em fazer os seus investimentos por conta própria, os palpites do computador te ajudam a encontrar o melhor caminho, não desperdiçando a sua grana. Os valores dos odds são gerados a partir de análises de algoritmos, com base nos confrontos anteriores, mostrando qual time tem mais chances de levar a melhor em campo. Os índices de acerto são altos.

Confira os jogos da semana 14 da NFL:

Quinta-feira (6 de dezembro)

23h20 – Tennessee Titans (R$ 1,47) x (R$ 2,75) Jacksonville Jaguars

Domingo (9 de dezembro)

16h – Green Bay Packers (R$ 1,40) x (R$ 3,05) Atlanta Falcons

16h – Kansas City Chiefs (R$ 1,34) x (R$ 3,34) Baltimore Ravens

16h – Cleveland Browns (R$ 2,10) x (R$ 1,76) Carolina Panhters

16h – Houston Texans (R$ 1,45) x (R$ 2,80) Indianapolis Colts

16h – Miami Dolphins (R$ 3,90) x (R$ 1,27) New England Patriots

16h – Tampa Bay Buccaneers (R$ 4,10) x (R$ 1,25) New Orleans Saints

16h – Washington Redskins (R$ 2,60) x (R$ 1,55) New York Giants

16h – Buffalo Bills (R$ 1,47) x (R$ 2,75) New York Jets

19h05 – Los Angeles Charges (R$ 1,10) x (R$ 7,25) Cincinnati Bengals

19h05 – San Francisco 49ers (R$ 3,15) x (R$ 1,38) Denver Broncos

19h25 – Arizona Cardinals (R$ 2,15) x (R$ 1,74) Detroit Lions

19h25 – Dallas Cowboys (R$ 1,50) x (R$ 2,70) Philadelphia Eagles

19h25 – Oakland Raiders (R$ 6,00) x (R$ 1,14) Pittsburgh Steelers

23h20 – Chicago Bears (R$ 2,40) x (R$ 1,62) Los Angeles Rams

Segunda-feira (10 de dezembro)

23h15 – Seattle Seahawks (R$1,57) x (R$ 2,55) Minnesota Vikings

Texto produzido pela equipe do site Oddsshark.

Compartilhe

Comments are closed.