terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Compartilhe

Dwayne Haskins 

Posição: Quarterback
Universidade: 
Ohio State
Idade: 
21 Anos
Altura: 
1,90m
Peso: 
99kg
Quarterback: 

Estatísticas na Carreira:
22 jogos, 413 passes completados, 70% dos passes completados, 5296 Jardas, 54 TDs, 9 Interceptação.
Estatísticas em 2018:
14 jogos, 373 passes completados, 70% dos passes completados, 4891 Jardas, 50 TDs, 8 Interceptação.

Precisão – Em passes curtos e intermediários, Haskins tem ótima colocação na bola, posicionando-a de forma que os recebedores conseguem buscar jardas extras, o que era uma parte muito importante do ataque de Ohio State. No entanto, os lançamentos mais longos ainda deixam a desejar. Ele mostrou pouca capacidade de acertar janelas pequenas no fundo do campo e normalmente exige que os companheiros realizem jogadas para buscar a bola.

Mecânicas/Trabalho de Pés – Tem uma mecânica que acaba sendo mais longa que o desejado e pode prejudicar o timing das jogadas ocasionalmente. Trabalho de pés poderia ser mais consistente, com ajustes corporais mais compactos e menos lançamentos que saem apoiados no pé de trás.

Tomada de Decisões – Quando tem tempo, realiza as leituras de maneira rápida e eficiente. Trabalha bem em conjunto com os recebedores para atacar espaços em zonas. Mostra a capacidade de lançar com antecipação para guiar seu alvo para o campo aberto. Por outro lado, é muito conservador e foca majoritariamente em passes curtos, que estão destinados a ganhar jardas posteriores. Só arrisca em profundidade quando tem grande confiança que terá sucesso, ao deixar algumas janelas menores passarem.

Postura – Apesar de ter alguns problemas com pressão dentro do jogo, a que vem do ambiente por fora dele não parece afetá-lo. Teve algumas de suas melhores exibições nos maiores palcos, com desempenhos de qualidade nas situações em que o time mais precisava dele.

Presença de Pocket/Improvisação – Consegue manipular o pocket com eficiência. Movimentos para escalar e fugir da pressão são constantes e bem executados, mas quando precisar fugir do pocket tem dificuldades. Não tem grande capacidade de produzir em movimento, seja com passes ou com as pernas. Culpado por alguns sacks quando segurou a bola demais.

Talento de Braço – Tem a força necessária para fazer todos os lançamentos, embora seu braço não possa ser considerado fantástico. Problemas ao firmar a base na hora do passe tornam a potência inconsistente. Precisa aprender melhor quando adicionar força e quando deixar a bola mais suave.

Compartilhe

Comments are closed.