terça-feira, 26 de setembro de 2017

Compartilhe

O mundo da NFL pode ser muito cruel com os suas equipes. Em qualquer campeonato do mundo, independente do esporte, três derrotas significariam uma má fase passageira e algo totalmente capaz de se reverter. Em campeonatos com muito mais jogos, como a NBA e a MLB, por exemplo, três derrotas consecutivas não são praticamente nada. Já na NFL, ela praticamente define o restante da temporada de uma equipe.

Desde 1980, apenas cinco equipes que começaram a temporada perdendo seus três primeiros jogos conseguiram chegar na pós-temporada. O último caso disso foi o Buffalo Bills de 1998, quase 20 anos atrás. Por esses números, já é possível saber o tamanho da façanha que é um time sair do buraco de um recorde de 0-3 para uma campanha digna de um time vencedor. Em outras palavras, o histórico joga totalmente contra os times que estão nessa situação nesse momento.

Como história não entra em campo, vamos deixá-la de lado para fazer uma análise dos cinco times que ainda não venceram nessa temporada. São eles: Cleveland BrownsCincinnati BengalsLos Angeles ChargersNew York GiantsSan Francisco 49ers. Será que é possível que eles consigam mudar da água pro vinho e ter uma campanha de orgulhar seus torcedores? É o que vamos saber.

 

Cleveland BrownsCLE

– Derrotas para:

  • Pittsburgh Steelers (2-1)
  • Baltimore Ravens (2-1)
  • Indianapolis Colts (1-2)

– Chance de reviravolta?

Baixíssima. Antes de mais nada, não é justo julgar essa equipe pela desastrosa equipe que foi a de 2016. Após toda uma reformulação nessa offseason, o time do Browns conta com um elenco extremamente talentoso, porém muito jovem. Por ainda carecer de experiência, jogos que poderiam ser “ganháveis” podem acabar escapando, como a partida contra o Indianapolis Colts sem Andrew Luck. Com um 0-3 na temporada e já um 0-2 na divisão, é praticamente impossível que o Browns consiga brigar por algo em 2017 e o próprio time deve ter consciência disso. O Cleveland Browns é um time que busca ser competitivo no futuro, não hoje.

 


 

Cincinnati Bengals CIN

– Derrotas para:

  • Baltimore Ravens (2-1)
  • Houston Texans (1-2)
  • Green Bay Packers (2-1)

– Chance de reviravolta?

Baixa. O Cincinnati Bengals é um time que tem talento nos dois lados da bola, mas entrou em um buraco difícil de sair. Com a mutilação que o time sofreu na linha ofensiva na offseason, o ataque ficou prejudicado e isso pode ajudar a explicar como o time passou os dois primeiros jogos da temporada sem anotar nenhum touchdown. O estrago foi tanto, que o coordenador ofensivo já foi mandado embora, logo antes do time enfim ter um bom jogo contra o Green Bay Packers. Ainda assim, o cenário de Cincinnati é bastante desfavorável. O que pesa a favor é o fato de apenas um desses três jogos ter sido contra um rival de divisão e um ter sido contra um time da conferência oposta. Caso o time reaja no restante da temporada, isso pode trazer uma ligeira vantagem nos critérios de desempate.

 


 

Los Angeles Chargers SD

– Derrotas para:

  • Denver Broncos (2-1)
  • Miami Dolphins (1-1)
  • Kansas City Chiefs (3-0)

– Chance de reviravolta?

É difícil explicar o que acontece com a franquia Los Angeles Chargers. A cada ano que passa, o time consegue encontrar maneiras mais inacreditáveis de perder seus jogos. Se olharmos os jogadores, vemos que o Chargers está muito longe de ser um time 0-3 e é bem superior a muito time que está atualmente com recorde superior a ele. No entanto, há sempre um detalhe que faz com que o Chargers esteja perdendo os jogos. Se estivesse em qualquer outra divisão, não seria maluquice acreditar numa reviravolta do Chargers, principalmente levando em conta de que a primeira escolha do time no último draft, o WR Mike Williams, estará recuperado de uma lesão em pouco tempo. No entanto, a AFC Oeste concentra ótimos times, o que dificulta qualquer tipo de reação do Chargers nesse momento. Somando isso ao fato do time já ter duas derrotas dentro da divisão, podemos praticamente descartar o Chargers de qualquer briga por pós-temporada em 2017.

 


 

 New York Giants NYG

– Derrotas para:

  • Dallas Cowboys (2-1)
  • Detroit Lions (2-1)
  • Philadelphia Eagles (2-1)

– Chance de reviravolta?

Ao analisarmos somente o talento de seu elenco, o New York Giants sem dúvidas é um dos times que pode conseguir superar o péssimo início de temporada e terminar o ano brigando pelo topo. No entanto, há dois fatores que prejudicam muito o otimismo do lado azul de Nova York. O primeiro fator é seu recorde de 0-2 dentro de uma divisão disputadíssima como a NFC Leste. Não só o Giants precisa tirar a vantagem que seus rivais construíram, como também precisa abrir vantagem, já que perderá no primeiro critério de desempate. O segundo fator que joga contra o Giants é seu jogo terrestre, atualmente o pior da liga (42,7 jardas por jogo). Sem um jogo terrestre consistente, o ataque do Giants se torna unilateral e fica mais fácil para a defesa pará-lo ou até forçar turnovers, como vimos de Eli Manning. Se isso não for alterado ao longo do ano, vai ser difícil ver o Giants jogar em janeiro.

 


 

San Francisco 49ersSF

– Derrotas para:

  • Carolina Panthers (2-1)
  • Seattle Seahawks (1-2)
  • Los Angeles Rams (2-1)

– Chance de reviravolta?

Assim como o Cleveland Browns, o San Francisco 49ers parece ser muito mais um time que está sendo moldado para o futuro do que um time que quer ser competitivo hoje. Ainda assim, a última partida contra o Los Angeles Rams no Thursday Night Football mostrou sinais de que o time pode até tentar buscar algo já em 2017. Ainda que Brian Hoyer não seja o quarterback dos sonhos do torcedor, ele parece estar começando a se adaptar ao estilo de jogo de Kyle Shanahan, o que pode favorecer o time nesse momento. O fato da NFC Oeste estar enfraquecida em 2017 serve de esperança para o 49ers tentar buscar uma reação nessa temporada, mas seu recorde 0-2 dentro dela já deixa as coisas mais difíceis. No entanto, sonhar é de graça, não é mesmo?

 


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.