segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Compartilhe

Então, finalmente estamos na semana do Super Bowl, em que a jornada épica de duas equipes que demonstraram um desempenho soberbo na temporada regular e nos playoffs termina – enquanto uma alcança a glória, a outra conviverá com a frustração de ter chegado tão perto mas que mesmo assim falhou na missão em conquistar o troféu mais importante do esporte, o Vince Lombardi.

Mas, o último e derradeiro jogo da temporada de 2018 é por si só único, e destoa de qualquer outra partida que vimos até agora. O nível de tensão e nervosismo que se instala nos 60 minutos previstos de bola oval voando em Atlanta no embate de Los Angeles Rams x New England Patriots e com isto, separamos algumas curiosidades e fatos importantes para o último jogo da temporada – depois disto, a bola oval só voará para valer no longínquo mês de Setembro.

Leia mais: Cam Newton passa por cirurgia no ombro e pode perder a temporada de 2019

Leia Também: Visão Aérea: Kansas City Chiefs x New England Patriots

Curiosidades sobre o Patriots
  • O Patriots jogará o Super Bowl pela terceira vez consecutiva.
  • A equipe venceu seu primeiro Super Bowl exatamente contra o Rams – embora ainda em Saint Louis, 17 anos atrás graças a um FG do K Adam Vinatieri nos segundos finais. O Kicker ainda está em atividade e renovou para jogar sua 24ª temporada na NFL.
  • A última vitória do Patriots em Atlanta foi em 2013, quando venceu o Atlanta Falcons por 30 x 23 no antigo Georgia Dome. A última derrota da equipe atuando na Georgia foi em 1995, quando Scott Zolak era o Quarterback.
  •  O RB Sonny Michel foi recrutado na 31ª escolha geral do Draft de 2018 e seus cinco TDs até agora nos playoffs representam a maior marca da história para um calouro. O último a conseguir tal feito foi o lendário RB Terrell Davis em 1997. Naturalmente Michel ainda tem mais um jogo pela frente e pode se isolar neste quesito.
  • Desde 2001, todas as nove aparições do Patriots em Super Bowls foram sem sequer atuar na rodada de Wild Card, isto é, conseguindo a 1ª ou 2ª posição geral no chaveamento da AFC.
  • A vitória no AFC Championship Game contra o Kansas City Chiefs no Missouri representou a sexta vitória em sete jogos do HC Bill Belichick contra adversários em playoffs que tinham o melhor ataque da liga naquela temporada.
Curiosidades sobre o Rams
  • O HC Sean McVay é o técnico mais novo de toda a NFL com apenas 32 anos e é natural da Georgia, estado onde será jogada a partida.
  • O ataque comandado pelo QB Jared Goff e pelo RB Toddy Gurley foi prolífico durante toda a temporada – as doze partidas anotando 30 ou mais pontos representam a maior marca da história da franquia e nas outras duas temporadas em que venceram treze partidas (1999 e 2001), também chegaram ao Super Bowl.
  • Até 2002 (ano do último realinhamento de divisões) Rams e Falcons (dono do estádio que será jogada a partida) atuavam na mesma divisão, a NFC Oeste. O Falcons venceu os últimos cinco duelos, incluindo uma vitória por 26 x 13 nos playoffs da temporada passada. Contudo, o Rams lidera a série história por 47 – 30 – 2.
  • Jogar um Super Bowl em Atlanta não é novidade para o Rams. Em 2000 o LB Mike Jones fez um tackle salvador no WR Kevin Dyson a uma jarda da end zone nos segundos finais para garantir a vitória do Rams contra o Tenneesse Titans no Super Bowl daquela temporada – o então Saint Louis Rams venceu por 23 x 16 graças a esta milagrosa jogada nos instantes finais, já que um TD naquela altura representaria um empate no duelo e a ida do embate para a prorrogação.
Curiosidades gerais
  • A diferença de idades entre HCs e QBs é brutal. Bill Belichick tem 66 anos e McVay recém-completou 33 anos, a metade da idade entre eles. Esta é a maior diferença de idades entre técnicos que se enfrentarão no Super Bowl.
  • Tom Brady tem 41 anos de idade e Jared Goff 24. Esta também é a maior diferença entre Quarterbacks nesta partida.
  • Quando Brady e o Patriots venceram o Rams de Kurt Warner em 2002, Jared Goff era apenas uma criança de sete anos que jogava futebol americano no quintal de sua casa. Agora, se enfrentarão.
  • O HC Sean McVay é tão novo que ele chegou a enfrentar alguns jogadores do Patriots enquanto atuava no futebol americano universitário. Destaque para Julian Edelman, que enquanto atuava por Kent State enfrentou McVay, que era um WR na universidade de Miami (OH).
  • As casas de apostas pagam 200 – 1 para que a defesa de Wade Phillips consiga o “shutout” contra o Patriots, isto é, não ceda nenhum ponto durante o duelo. Do outro lado, há o pagamento de 250 – 1 para que Belichick monte um esquema que anule completamente o prolífico ataque do Rams.
  • Brady começará seu 40º jogo de playoff na carreira – de longe a melhor marca da história para um Quarterback – e detém virtualmente todos os recordes da posição para esta fase da temporada. Goff, por outro lado, estará em seu quarto embate na pós-temporada, mas vem de duas vitórias consecutivas – as primeiras na curta carreira.

A história está aí para ser escrita – daqui uma semana saberemos se Tom Brady é realmente um atleta sobrenatural ou se a juventude e explosão do Rams representarão uma nova fase na história da NFL. Eu não vou perder, e você?


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.