terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Compartilhe

Greedy Williams

Posição: Cornerback
Universidade: 
LSU
Idade: 
21 Anos
Altura: 
1,91m
Peso: 
83kg
Top 100 Liga dos 32: 
20º
Cornerback: 

Estatísticas na Carreira:
24 jogos, 71 tackles totais, 1.5 tackles para perda de jardas, 19 passes desviados, 8 interceptações.
Estatísticas em 2018:
11 jogos, 33 tackles totais, 9 passes desviados, 2 interceptações.

 

Marcação Homem a Homem –  Possui uma ótima aceleração, o que lhe permite ser bastante físico em um primeiro momento contra os recebedores. Com braços longos, consegue sempre manter contato durante as rotas, mesmo tomando decisões ruins quando em trânsito diante da mudança rápida de direção das rotas.

Marcação em Zona – É lento para perceber e atacar sua zona do campo, o que acaba abrindo uma janela para o passe, mas tem uma recuperação muito acima da média graças à sua aceleração.

Mudança de Direção – Por conta de sua altura e passadas largas, suas mudanças de direção são lentas, especialmente em rotas rápidas. No entanto, utiliza muito bem seu quadril e sua velocidade final para se manter sempre perto da bola.

Ball Skills  – Um grande playmaker que sempre está perto da bola, contestando recepções e fazendo interceptações. Tem uma habilidade de conseguir se adaptar a jogada e ajustar seu corpo com a bola no ar. Possui uma velocidade elite e é fisicamente capaz de ficar no mano a mano em jogadas verticais contra qualquer recebedor.

Flexibilidade – Movimento de quadril perfeito com ombros muito bem angulados sempre para fazer tackles e total controle de seu corpo com a bola no ar. Tem problemas com seus pés, principalmente para mudar de direção em velocidade e manter-se equilibrado.

Defesa Terrestre – Preguiçoso, parece desinteressado, não coloca o corpo para fazer os tackles e geralmente os perde. Não é um jogador que deve ser mantido perto da linha de scrimmage contra a corrida por não ser fisicamente capaz e por não mostrar o desejo necessário de participar.

Capacidade Atlética e Competitividade – É um grande atleta se considerar sua velocidade, tamanho e sua capacidade de controlar seu recebedor em marcação homem a homem, o que faz dele um grande alvo das equipes da NFL, mas sua competitividade é bastante duvidosa. Ao parecer desligado em alguns momentos, acaba perdendo o tempo em chamadas ofensivas rápidas, em sua maioria quando colocado em cobertura por zona. Sua preguiça em jogadas terrestre tirando seu corpo é decepcionante para um atleta de alto nível, mesmo que falte massa física para suportar os tackles.

Compartilhe

Comments are closed.