sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Compartilhe

tom-brady-rob-gronkowski

A semana 12 da NFL começou na quinta com a rodada do Thanksgiving. Três jogos já foram, mas a rodada ainda reserva muitas emoções para os fãs da liga. Jogos valendo divisões, disputas por conferências, por vagas no wild card, ou mesmo só pela honra na temporada aquecem mais uma rodada de disputas no futebol americano. Já sabe no que ficar de olho na semana 12? Confira no nosso guia da rodada.

Leia mais: NFL na TV: Transmissões da semana 12

guiadarodada04

Denver Broncos x New England Patriots – Domingo, 29/11, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

broncos-patriots-football-montee-ball-devin-mccourty_pg_600

Antes do início da temporada quase todos marcaram esse jogo no calendário. A partida era uma das mais esperadas pois poderia ser o último confronto entre QBs que marcaram uma geração. Infelizmente o último Brady x Manning pode já ter passado e nós nem sabíamos disso. Manning está machucado e deve retornar apenas nas últimas três semanas da temporada regular. Ou nem isso. O jovem Brock Osweiler foi titular pela primeira vez na carreira na semana passada na vitória contra o Bears, e teve um ótimo desempenho: foram 74% de passes completos (20/27), 250 jardas, 2 TDs e, o mais importante, nenhuma interceptação. Foi a primeira vez na temporada em que o Broncos não sofreu turnovers, em um ano onde Manning já foi responsável por 17 interceptações. No momento, Osweiler é uma melhora para a equipe em relação a Manning e, se ele mantiver um bom momento até a metade de dezembro, é possível que o futuro HOFer nunca mais seja titular. Além disso, graças a sua excelente defesa, o Broncos não está precisando que seu QB seja perfeito para vencer. E é isso que torna a partida interessante. O confronto entre Patriots e Broncos colocará frente a frente o melhor ataque aéreo da liga e a melhor defesa contra o passe. Será um desafio e tanto para Tom Brady. Mas quem tem algo a provar nessa partida é a defesa de Denver. Parar Brady é a tarefa mais difícil que qualquer defesa da liga pode enfrentar em 2015, com o QB tendo alguns dos melhores números da história nessa temporada. Se dois anos atrás Manning, com o melhor ano por um QB até então, foi parado pela melhor defesa da liga (do Seahawks), agora é hora do Broncos tentar provar que consegue fazer o mesmo.

guiadarodada03

Atlanta Falcons x Minnesota Vikings – Domingo, 29/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

falcons_vikings009--nfl_large_580_1000

Uma das partidas mais importantes da rodada, com implicações diretas para a configuração dos playoffs da NFC, ganhou um tempero a mais com a derrota do Packers ontém. Vikings e Falcons ocupam atualmente as duas vagas de Wild Card da conferência nacional, e uma derrota pode tirar qualquer uma das equipes dos playoffs. Mas Minnesota tem uma vantagem: ainda está na luta pela divisão. O Vikings, que impressionantemente assumiu a liderança da NFC Norte na semana 10, ficou pouco tempo na ponta, perdendo a decisão para o Green Bay Packers na última rodada. A equipe agora tem a chance de retornar ao comando da divisão e para isso precisa derrotar o decadente Atlanta Falcons. A equipe de Matt Ryan começou a temporada com cinco vitórias consecutivas, e parecia que iria disputar ferozmente a divisão com o Carolina Panthers. Só parecia. Depois disso foram quatro derrotas em cinco partidas, incluindo três consecutivas. Todas elas vieram para equipes com recorde negativo na temporada, e a não que uma virada ocorra urgentemente, a temporada do Falcons parece fadada ao fracasso. A reação tem que começar nesse jogo em casa contra um rival direto.

Seattle Seahawks x Pittsburgh Steelers – Segunda-Feira, 23/11, 23:30 (Horário de Brasília) – Trasmissão: ESPN

vs_pitt

Com Big Ben comandando a equipe novamente, o Steelers voltou a parecer uma equipe que pode ir aos playoffs. Depois de tirar a ferrugem contra o Bengals, Roethlisberger levou Pittsburgh a duas vitórias com médias de 356 jardas aéreas e 34 pontos por partida. O desafio com certeza será maior nessa rodada. Seattle tem a segunda melhor defesa contra o passe na liga, permitindo apenas 207 jardas por jogo aos QBs adversários. Porém, o ataque do Steelers pode conseguir mover bem a bola. Martavis Bryant e Antonio Brown formam uma das duplas de recebedores mais temidas da liga e DeAngelo Williams tem provado um substituto a altura de LeVeon Bell. O jogo será um grande desafio para o Seahawks que precisa vencer para se manter na disputa por uma vaga de wild card. Com um ano inconsistente e com a equipe penando para chegar aos 50%, o Seahawks precisa mostrar que tem pelo menos parte da capacidade de decidir jogos que se esperava de um time que era favorito no início da temporada. Apesar de a defesa ter melhorado depois do retorno de Kam Chancelor e ter se estabelecido como uma das melhores da liga, Seattle não foi capaz de parar ataques potentes e perdeu jogos decisivos. O jogo contra o Cardinals foi emblemático nesse sentido: apesar de ter tido o melhor desempenho ofensivo do ano, com 32 pontos, a defesa não conseguiu impedir Arizona de marcar 39 e levar o jogo. Ambas as equipes tem muito a provar em um jogo que deve ser bem disputado.

Kansas City Chiefs x Buffalo Bills – Domingo, 29/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem Transmissão

635512236543676597-JG-110914-Bills-51

Outra partida que vale muito para a definição dos playoffs, dessa vez na conferência americana. Chiefs e Bills estão entre as cinco equipes da conferência com cinco vitórias e cinco derrotas na temporada, e lutam diretamente por uma das vagas de wild card. O Kansas City tem sido uma das equipes mais impressionantes da temporada nas últimas semanas, tendo no momento quatro vitórias consecutivas, a terceira maior sequência ativa na NFL. Durante esse período os RBs da equipe produziram de forma impressionante, enquanto Alex Smith se manteve longe de turnovers, não tendo sido interceptado nos meses de outubro e novembro. O ataque tem sido eficiente marcando 32,5 pontos por jogos durante as quatro vitórias, sequência que incluiu uma vitória contra a melhor defesa da liga. Mas o mais impressionante tem sido a atuação da defesa, que no mesmo intervalo permitiu apenas 9,8 pontos por jogo, e tem mostrado que é uma das melhores unidades da liga. Para continuar o bom momento Kansas City tem que derrubar o Bills, uma equipe de altos e baixos na temporada. Em momentos onde se esperava muito dos comandados de Rex Ryan a equipe decepcionou e em jogos onde não se acreditava na equipe eles provaram que podem ser perigosos. Pode-se dizer que Buffalo vem de um momento de alta, após duas vitórias contra rivais de divisão e de um jogo onde a defesa provocou o pior jogo da temporada do provável MVP Tom Brady. Batalha dura na AFC em um jogo sem favorito claro.

guiadarodada01

Cleveland Browns x Baltimore Ravens – Segunda-Feira, 30/11, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

nfl_a_johnny-manziel_mb_600x400

Esse jogo rivaliza fortemente com Jaguars e Chargers como pior jogo da rodada. Mas as contusões de Justin Forsett e Joe Flacco jogam o clássico do MNF lá pra baixo. Browns e Ravens tem sido duas das piores equipes da liga, e tem poucos jogadores inspiradores em seus elencos. Um atleta que sempre desperta interesse é Johnny Football. Porém o jovem foi inconsequente novamente e caiu para a posição 3 no depth chart da equipe. O Browns não disputada nada na temporada não tem nenhuma história interessante se desenvolvendo. O Ravens com as lesões da temporada também largou a toalha e a partida não vale nada além do orgulho de Baltimore e Cleveland. Jogo fraco tecnicamente e de interesse nulo para o restante da liga.

guiadarodada02

– O New England Patriots pode se tornar apenas o sexto time desde 1978, quando o calendário das equipes da NFL passou a ter 16 partidas por ano, a garantir uma vaga na pós-temporada após apenas 11 partidas. Isso pode acontecer se o Patriots vencer e o Jets perder na rodada, ou com derrotas combinadas de Jets e Bills.

– Com 262 jardas contra o St. Louis Rams, o QB Andy Dalton (CIN) se junta a Peyton Manning como os únicos jogadores a atingir pelo menos 3000 jardas de passe em cada uma de suas primeiras cinco temporadas na liga.

– O TE Tyler Eifert (CIN) precisa de 2 TDs para se juntar a Rob Gronkowski e Jimmy Graham como os únicos jogadores da história da posição a conquistar pelo menos cinco jogos com múltiplos TDs em uma temporada.

Compartilhe

Comments are closed.