sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Compartilhe

adrian-peterson-misses-practice

A semana 13 da NFL começou ontem com a vitória do Green Bay Packers sobre o Detroit Lions, que embolou o cenário dos playoffs na NFC. A rodada continua no domingo, e com a temporada já se encaminhando para o seu fim esquenta a briga pelas vagas nos playoffs. Já sabe no que ficar de olho na semana 13 da NFL? Confira no nosso guia da rodada.

LEIA MAIS: NFL na TV: Transmissões da semana 13

guiadarodada04

Minnesota Vikings x Seattle Seahawks – Domingo, 06/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Minnesota Vikings v Seattle Seahawks

Seattle entrou de vez na briga pelos playoffs. Com uma campanha 6-5, os atuais bicampeões da NFC contam com a mesma campanha do Atlanta Falcons e estão empatados na segunda vaga de wild card. Se vencer no domingo, o time ficará a apenas um jogo do Vikings, que passaria ser o detentor do primeiro posto na disputa pelo wild card. Ou seja, o jogo vale muito. Especialmente pro Vikings, que pode abrir um jogo de vantagem dentro de sua divisão com quatro partidas por disputar. Minnesota tem apenas uma derrota nos últimos sete jogos e a continuar nesse ritmo pode muito bem vencer seus próximos quatro jogos e ter uma minifinal da conferência contra o Packers na semana 17. Já o Seahawks, que começou a temporada de forma lenta, venceu quatro de seus últimos cinco jogos para ressurgir das cinzas. Outra similaridade das equipes, além da boa campanha recente, é a potência de seus jogos terrestres: o Vikings lidera a NFL com uma média de 146,4 jardas corridas por jogo, enquanto o Seahawks vem logo em seguida com 144,2. Isso até era de se esperar com Adrian Peterson e Marshawn Lynch liderando esses ataques. Mas é impressionante saber que Seattle tem feito isso contanto muito com o novato não draftado Thomas Rawls, que já conta com 685 jardas e média de 5,6 por corrida na temporada. Enfim, deve ser um jogo bastante disputado pelo chão entre duas das equipes mais quentes do momento e que precisam muito da vitória. Ingredientes não faltam pra fazer dessa a melhor partida da rodada.

guiadarodada03

Pittsburgh Steelers x Indianapolis Colts – Domingo, 06/12, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

0,,-13218708,00

Sob o comando de Andrew Luck o Colts tem duas vitórias, cinco derrotas. Com o veteraníssimo Matt Hasselbeck atrás do center a equipe está invicta na temporada, com quatro vitórias. Pois é, quem diria que o Colts estaria melhor nas mãos de Hasselbeck do que de Andrew Luck? É o que vem ocorrendo, e o QB não só tem liderado vitórias como vem jogando muito bem: são 1023 jardas, 7 TDs, 2 interceptações e um rating de 94,4 na temporada (bem acima do índice de 74,9 de Luck). E apesar da temporada inconsistente, Indianapolis ainda pode conquistar uma vaga nos playoffs tanto vencendo sua divisão, onde está empatado na liderança com o Houston Texans, quanto na disputa pelo wild card. Portanto Hasselbeck tem que continuar vencendo. E para isso ele deverá superar o Steelers, que se encontra em uma posição menos confortável. Com a divisão fora de alcance, tudo o que resta a Pittsburgh é entrar na briga de foice que é a disputa pelo wild card na AFC. Depois do retorno de Big Ben na semana 8 o ataque do Steelers engrenou, graças também ao ótimo desempenho do substituto de Le’Veon Bell, DeAngelo Williams. Porém se nos últimos três jogos a unidade ofensiva da equipe tem marcado em média 32,6 pontos, ceder 35 contra Oakland e 39 contra Seattle não ajudou. Contra o Raiders o ataque ainda conseguiu salvar a partida, mas contra o Seahawks o sangramento defensivo custou caro. Se o Steelers quiser alguma coisa na temporada sua defesa tem que melhorar bastante, e deve começar a fazer isso tentando parar Hasselbeck e o Colts no domingo.

New York Giants x New York Jets – Domingo, 06/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Trasmissão: ESPN

winslow-leap

O clássico de New York coloca frente a frente duas equipes que se encontram em disputas acirradas pela pós-temporada. O Jets está empatado com três equipes na AFC e não pode se dar ao luxo de perder jogos se quiser se garantir nos playoffs. A equipe viveu duas metades de temporada bem distintas: enquanto os primeiros cinco jogos renderam uma campanha de 4-1, nos últimos seis foram apenas duas vitórias e quatro derrotas. Dois fatores acompanharam essa queda da equipe. O primeiro foi Chris Ivory, que foi um dos principais RBs da liga no primeiro terço da temporada, caiu de uma média de 115 jardas por partida nos cinco primeiros jogos para apenas 51 por confronto nos seis seguintes. O segundo fator foi a queda defensiva da equipe. A unidade, que chegou a liderar a NFL, passou de ceder 15 pontos por partida nas cinco primeiras, para 25,5 pontos por jogo nos seis últimos. Todd Bowles terá que encontrar um jeito de fazer com que seus comandados retornem às performances do começo da temporada se quiser algo em 2015. Do lado azul de New York, o Giants segue sua temporada de altos e baixos. A equipe vem agora de duas derrotas, incluindo uma para o Redskins que custou a liderança da divisão. Quem tem muito a responder por essa inconsistência é a defesa da equipe, que disputa jogo a jogo o posto de pior da NFL em jardas com a fraca unidade do New Orleans Saints. Além de todas as disputas que os times estão envolvidos, o jogo conta com o ingrediente de ser um raro confronto entre as equipes da cidade, e o clima de clássico deve tomar conta da partida.

Washington Redskins x Dallas Cowboys – Segunda-Feira, 07/12, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

hi-res-b932ecc6b0bcd53b7678668c04869091_crop_north

Uma das maiores rivalidades da NFL terá mais um capítulo na noite dessa segunda. Esse será o 108º encontro entre os times. No histórico são 65 vitórias do Cowboys, 41 do Redskins e dois empates. Apesar do mal momento das equipes (e de toda a divisão), são oito títulos de Super Bowl em campo (três do Redskins, cinco do Cowboys). Mas nem só de história vive o confronto. Graças às campanhas medíocres dos times, que agora compõe a pior divisão da NFL, Washington lidera a NFC Leste com uma campanha 5-6, enquanto o Cowboys com 3-8 vem apenas dois jogos atrás e ainda conta com chances de jogar os playoffs. Portanto cada jogo dentro da divisão pode ser decisivo. Dallas perdeu Tony Romo pelo restante da temporada, o que deve prejudicar bastante as chances de playoffs da equipe. Porém, quando se trata de uma rivalidade tão acirrada quanto essa, classificada por muitos como uma das mais intensas da liga, no palco mais tradicional da NFL, o Monday Night Football, o jogo se torna imperdível.

guiadarodada01

Tennessee Titans x Jacksonville Jaguars – Domingo, 06/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem Transmissão.

hi-res-b36e7c0e9699c87ba17645fe9af52a2a_crop_north

O jogo entre os patinhos feios da NFL é o de menor qualidade da rodada. Titans e Jaguars tem potencial para o futuro, mas os elencos ainda contam com muitos buracos e peças de baixa qualidade para fazer com que qualquer uma das equipes seja competitiva. Apesar de tudo é um clássico divisional, e talvez por ser um dos poucos jogos que ambos os times podem vencer, uma certa rivalidade aflora na partida. Mesmo assim, poucos se arriscarão a perder tempo de uma preciosa rodada da NFL para acompanhar o fraco confronto entre Titans e Jaguars.

guiadarodada02

– Com um TD contra o Eagles, o QB Tom Brady (NE) ultrapassará Dan Marino e se isolará na terceira posição em passes para TD na história da NFL, com 421. A frente dele estão apenas  Peyton Manning (539) e Brett Favre (508).

– O QB Alex Smith (KC) tem 283 tentativas consecutivas de passes sem sofrer interceptação. Caso ele consiga não ser interceptado nas próximas 26 tentativas ele ultrapassa Bart Starr e Bernie Kosar e alcança a segunda maior sequência da história.

– O WR Larry Fitzgerald (ARI) precisa de 8 recepções contra o Rams para se tornar o jogador mais jovem da história a atingir 1000 na carreira, superando Andre Johnson.

Compartilhe

Comments are closed.