sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Compartilhe

Chegamos a antepenúltima rodada da NFL e quase todas as partidas são muito decisivas. Antes, é citar alguns destaques da última semana:

  • Com a vitória contra o Bucs, o New Orleans Saints venceu a divisão pela segunda vez seguida pela primeira vez na história.
  • O TD de 69 jardas que deu a vitória ao Dolphins contra o Patriots foi o mais longo no último quarto sem tempo restante desde 1970.
  • Com 116 jardas de scrimmage contra o Patriots, o RB Frank Gore superou LaDainian Tomlinson para se tornar o quinto jogador com o maior número de jardas de scrimmage na história.
  • Com 377 jardas, 2 TDs e 1 interceptação contra o Ravens, o QB Patrick Mahomes se juntou a Dan Marino e Kurt Warner como os únicos QBs de primeiro ou segundo ano com pelo menos 4.000 jardas e 40 TDs em uma mesma temporada.
  • Com 7 recepções para 77 jardas e 1 TD contra o Ravens, o TE Travis Kelce se tornou o primeiro TE da história da liga a ter pelo menos 80 recepções e 1.000 jardas em três temporadas consecutivas.
  • Com 21 de 32 passes para 196 jardas e 2 TDs contra o Falcons, o QB Aaron Rodgers (368) superou Tom Brady (358) como o jogador com mais tentativas de passe sem lançar uma interceptação.

A Semana 15 da NFL começou ontem com uma vitória espetacular do Los Angeles Chargers sobre o Kansas City Chiefs por 29 x 28. Confira nosso Guia e não perca nada.

New England Patriots (9-4) @ Pittsburgh Steelers (7-5-1) – Domingo, 16/12, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Uma partida que se tornou um clássico com os grandes jogos que fizeram nas últimas temporadas. O Pittsburgh Steelers vem de uma derrota surpreendente para o Raiders por 24 x 21, não pelo que vem jogando Pittsburgh, mas sim pela fraca temporada de Oakland. O Steelers já vinha com problema desde o início da temporada sem Le’Veon Bell, mas conseguiu achar em James Conner um grande RB, o grande problema é que ele se machucou e vem perdendo partidas, deixando a equipe sem jogo terrestre. Tomlin não confirmou se ele joga ou não nessa semana. Big Ben e Antonio Brown continuam sendo as principais armas do ataque. A defesa joga em bom nível e não é um problema para a equipe de Pittsburgh.

O New England Patriots vem de uma derrota no último segundo contra o Dolphins por 34 x 33 que deixou jogadores e torcedores completamente revoltados pelo modo como se desenvolveu a jogada. Diferente do que vinha acontecendo no início da temporada, Tom Brady vem jogando muito bem, calando um pouco a bola dos críticos. São bons jogadores como alvos para o QB, o que vem ajudando no seu trabalho, já que ele solta a bola muito rapidamente. O grande problema da equipe é a defesa, que fez um jogo patético contra o Dolphins. Tannehill acabou com a defesa de New England, mostrando que o pass rush não está conseguindo pressionar nada os QBs adversários.

São dois times que vem de derrotas doídas na última semana e precisam vencer. O Patriots não tem tanta concorrência, mas quer vencer para garantir folga na primeira rodada dos playoffs, já o Steelers tem o rival Ravens no seu calcanhar e vem de derrotas consecutivas. Se Conner voltar, será uma grande notícia para Pittsburgh, já que vai ajudar muito Big Ben, que precisa de um bom RB para fazer o ataque funcionar. Já o Patriots tem que ter alguns ajustes nessa defesa, já pensando nos playoffs, pois contra o Dolphins foi muito mal. O Steelers lidera na história com 14 vitórias e 12 derrotas, porém o Patriots venceu os últimos 4 jogos.

Principais Jogadores:

Pittsburgh Steelers:

QB Ben Roethlisberger completou 25 de 29 passes para 282 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na última semana. RB James Conner tem 653 jardas de scrimmage e 8 TDs terrestres em seis partidas em casa em 2018. WR Antonio Brown lidera a NFL com 12 TDs de recepção em 2018. LB Vince Williams teve interceptação no último encontro entre os times. DT Cameron Heyward teve sack no último jogo entre as equipes.

New England Patriots:

QB Tom Brady completou 27 de 43 passes para 358 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Sony Michel teve 190 jardas terrestres e TD corrido nos últimos 2 jogos fora de casa. TE Rob Gronkowski teve 8 recepções para 107 jardas e TD na semana passada. DL Trey Flowers teve 2 sacks e fumble forçado na última semana. CB Stephon Gilmore teve 8 tackles e passe defendido na última partida entre as equipes.

Philadelphia Eagles (6-7) @ Los Angeles Rams (11-2) – Domingo, 16/12, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Partida de uma equipe que tenta garantir folga na primeira rodada dos playoffs e outra que precisa urgentemente vencer para continuar com chances, que já são remotas. O Los Angeles Rams vem de uma partida atípica com derrota para o Bears fora de casa por 15 x 06. Enfrentou uma defesa excepcional e ainda tivemos a pior partida da carreira de Jared Goff, lançando várias interceptações. Todd Gurley precisa ser mais bem usado, já que é o principal jogador da equipe. A defesa continua com Aaron Donald como principal jogador e fazendo uma temporada para ser um dos favoritos para MVP.

O Philadelphia Eagles vem de derrota para o rival Cowboys na prorrogação por 29 x 23. O grande problema para o time visitante é enfrentar uma das melhores equipes da liga sem o seu principal QB Carson Wentz. O jogador sofreu uma lesão e não se sabe se ele poderá jogar nessa temporada. O atual campeão tem poucas chances de se classificar nos playoffs e precisa desesperadamente dessa vitória. O jogo terrestre não vem bem, apesar de Josh Adams ter melhorado o nível em relação aos outros jogadores da posição. A defesa tem muitos desfalques, principalmente na secundária, sendo um dos principais pontos fracos do time.

É uma partida que tinha tudo para ser muito mais importante do que realmente é. Com o problema da campanha bem ruim que vem fazendo o Eagles e a lesão de Carson Wentz, o jogo perde um pouco, mas ainda deve ser bem interessante, já que se trata do atual vencedor do Super Bowl contra uma das melhores equipes da liga. Com Nick Foles como titular, Adams será bem importante para que o time possa ficar com a bola nas mãos e a pressão não chegue o tempo inteiro em cima de Foles. Será mais uma partida importante para o Rams mostrar que a última partida foi apenas coisas que acontecem e o time vai mostrar que ainda é um dos grandes candidatos. O Eagles lidera o confronto histórico com 20 vitórias, 17 derrotas e 1 empate, tendo vencido os últimos 5 duelos.

Principais Jogadores:

Los Angeles Rams:

QB Jared Goff está em quarto na NFL com 3.934 jardas nesta temporada. RB Todd Gurley lidera a NFL com 19 TDs e está em segundo com 1.203 jardas terrestres em 2018. WR Brandin Cooks teve 5 recepções para 107 jardas e TD na única vez que enfrentou o Eagles na carreira. DT Aaron Donald lidera a NFL com 16.5 sacks e 20 tackles para perdas de jardas. CB Marcus Peters teve interceptação na semana passada.

Philadelphia Eagles:

QB Nick Foles volta ao time titular com a lesão de Carson Wentz. RB Josh Adams teve 80+ jardas terrestres em 2 dos últimos 3 jogos. TE Zach Ertz está em terceiro na liga com 98 recepções e terceiro entre os TEs com 1.016 jardas. S Malcolm Jenkins teve 10 tackles na semana passada. DE Michael Bennett teve 7 tackles, 1.5 sack e fumble forçado na semana 14.

New Orleans Saints (11-2) @ Carolina Panthers (6-7) – Segunda-feira, 17/12, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Partida de dois times da mesma divisão que tem características bem parecidas com a partida de cima. O Carolina Panthers vem de cinco derrotas seguidas e na última semana perdeu para o Browns por 26 x 20. Agora as coisas ficam muito difíceis para playoffs como aconteceu com o Eagles, mas a queda do Panthers está sendo uma coisa inacreditável. A única boa notícia nessas últimas semanas vêm sendo Christian McCaffrey, que vem se mostrando uma máquina marcar TDs, carregando esse ataque nas costas. Cam Newton se mostra muito irregular durante todo o ano e o ataque como um todo está bem mal. A defesa ainda mostra ter qualidade, com Luke Kuechly sendo o grande destaque, mas não é capaz de carregar o time.

O New Orleans Saints vem de vitória contra o Bucs por 28 x 14, apesar de ter se mostrado bem irregular, chegando a perder por 14 x 03 no primeiro tempo. Apesar desse momento de instabilidade nas últimas duas semanas, o Saints continua sendo um dos grandes times da NFC e agora controla a conferência com a derrota do Rams para o Bears. O ataque não veio bem nesses dois jogos, mas é excepcional, Drew Brees continua jogando em alto nível, os dois RBs são muito bons e Michael Thomas parece melhorar a cada semana. A defesa é excelente contra o jogo terrestre e tem vários jogadores que podem fazer a diferença, principalmente Cameron Jordan que chega muito bem nos QBs adversários.

É um jogo que deve ser a última chance do Panthers tentar alguma coisa na temporada. Carolina está em seu pior momento no ano e não parece que vai conseguir se recuperar, apesar de ter McCaffrey se mostrando um playmaker espetacular. Depois de uma derrota para o Cowboys e um início ruim contra o Bucs, o ataque do Saints parece ter resolvido aparecer e deve vir com mais fome ainda contra outro rival de divisão. O Panthers vai precisar ainda mais das corridas de McCaffrey e Cam Newton para deixar Brees e companha o máximo possível fora do campo e controlar o relógio. O Panthers lidera na história com 24 vitórias e 22 derrotas, porém o Saints venceu os últimos 2 confrontos.

Principais jogadores:

Carolina Panthers:

QB Cam Newton passou para 2 TDs e nenhuma interceptação no último encontro entre os times. RB Christian McCaffrey teve 101 jardas de scrimmage e 2 TDs terrestres na semana 14. WR Curtis Samuel teve 80 jardas de recepção na semana passada. LB Luke Kuechly liderou a equipe com 11 tackles e 2 fumbles forçados na última semana. CB Donte Jackson teve 10 tackles na semana 14.

New Orleans Saints:

QB Drew Brees lidera a NFL em porcentagem de passes completos (75.7) e rating (120.8). RB Alvin Kamara é 1 de 2 jogadores da NFL em 2018 com 1.300+ jardas de scrimmage e 15+ TDs. WR Michael Thomas teve 11 recepções para 98 jardas em 2018. DE Cameron Jordan teve 2 sacks na semana passada, CB Marshon Lattimore teve interceptação e fumble forçado na semana 14.

Miami Dolphins (7-6) @ Minnesota Vikings (6-6-1) – Domingo, 16/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Confronto de vida ou morte para as duas equipes.  O Minnesota Vikings vem de derrota para Seahawks por 21 x 07, em partida que seu ataque não conseguiu fazer absolutamente nada. A equipe de Minnesota ainda tem grande dificuldade quando enfrente times com campanhas positivas na temporada. Kirk Cousins constantemente é chamada de amarelão nas horas decisivas e o jogo terrestre inexiste na temporada. A linha ofensiva não consegue fazer um bom trabalho e até Adam Thielen e Stefon Diggs não conseguem jogar bem nesse momento da temporada. A única parte boa da equipe do Vikings nesse momento é a defesa, que vem em grande temporada, principalmente com Danielle Hunter pressionando demais os QBs adversários.

O Miami Dolphins vem de uma vitória emocionante e espetacular sobre o New England Patriots por 34 x 33. Miami conseguiu essa vitória que o deixou com boas chances de chegar aos playoffs, apesar dessa partida muito difícil fora de casa. Ryan Tannehill, apesar de não ser um QB que demonstra tanta confiança dos torcedores do Dolphins, vem jogando bem e fez grande partida na última semana. Frank Gore vai ficando cada vez mais velho e parece que não baixa seu nível de jogo, fazendo grandes partidas e quebrando recordes. Kenny Stills faz uma temporada muito boa como principal WR da equipe. A defesa faz um bom trabalho e é bem decente durante toda a temporada.

É um jogo de vida ou morte para as duas equipes como foi dito no começo do texto falando sobre esse jogo. Os times brigam pelas vagas de Wild Card e em caso de derrota a chance de chegar a pós-temporada vai chegar a praticamente zero. Depois de enfrentar uma grande defesa, o Vikings volta para casa, onde joga muito melhor e enfrenta uma defesa sólida, o que deve facilitar um pouco o trabalho desse ataque que está muito travado. O Dolphins vai chegar todo empolgado para a partida com a vitória sobre o líder de sua divisão e precisa evitar os turnovers, protegendo bem seu QB contra uma defesa top da liga. O Dolphins lidera o confronto histórico com 7 vitórias e 4 derrotas, tendo vencido os últimos 3 jogos.

Principais jogadores:

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins passou para 208 jardas e 1 TD na semana passada. RB Dalvin Cook teve 83 jardas de scrimmage e TD de recepção na semana passada. WR Adam Thielen lidera a NFL com 103 recepções e está em terceiro com 1.236 jardas de recepção. DE Danielle Hunter teve sack na última semana. DE Everson Griffen tenta o terceiro jogo seguido em casa com sack.

Miami Dolphins:

QB Ryan Tannehill completou 14 de 19 passes para 265 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Frank Gore teve 116 jardas de scrimmage na semana 14. WR Kenny Stills teve 8 recepções para 135 jardas e TD na última semana. LB Kiko Alonso teve 10 tackles e tackle para perda de jardas na semana passada. DE Robert Quinn tenta a terceira partida seguida com sack.

Oakland Raiders (3-10) @ Cincinnati Bengals (5-8) – Domingo, 16/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Partida de duas equipes que há algum tempo não tem mais o que fazer na temporada. O Cincinnati Bengals vem de uma derrota contra o Chargers por 26 x 21. A equipe está cheia de desfalques e ninguém sabe o que vai ser feito pra a próxima temporada. Andy Dalton e A.J. Green estão machucados e não devem mais jogar nessa temporada. Cincinnati tem que pensar bem o que vai fazer para os próximos anos, principalmente em relação a comissão técnica, que parece não ter mais o que dar para fazer a equipe evoluir. O Bengals está cheio de problemas e acredito que precisa urgentemente de uma reformulação para conseguir vencer no futuro, o que não conseguiu nesses anos que chegou aos playoffs, mas não venceu nenhum jogo.

O Oakland Raiders vem de uma vitória surpreendente contra o Steelers por 24 x 21. O que o Bengals precisa, o Raiders já começou a fazer a partir dessa temporada. Tentar trocar jogadores e acumular escolhas de Draft e reconstruir o time para as próximas temporadas. O problema foi ter trocado um dos dois melhores jogadores de defesa da liga, Khalil Mack, mostrando a grande burrada que Jon Gruden fez. Depois trocou Amari Cooper, que não vinha jogando bem pela equipe, mas está muito bem em Dallas. Apesar dessas coisas, Oakland precisa de escolhas e de espaço no salary cap para conseguir fazer a reformulação que o time precisa, além de decidir o que vai ser feito com o QB Derek Carr.

Não tem nada de tão interessante para assistir nessa partida, já que os dois times só estão esperando em que posições vão ficar no Draft do ano que vem. Na verdade, os torcedores dos dois times podem estar até torcendo contra por uma boa posição no Draft e começar as reconstruções já necessárias. Para não dizer que não tem nada para ver, Joe Mixon precisa de bons jogos para mostrar que pode ser o RB do futuro para o Bengals. O Raiders lidera na história com 18 vitórias e 10 derrotas, porém o Bengals venceu as últimas 2 partidas.

Principais jogadores:

Cincinnati Bengals:

QB Jeff Driskel passou para 170 jardas com 1 TD e nenhuma interceptação na semana passada. RB Joe Mixon correu para 111 jardas com TD na semana 14. WR Tyler Boyd liderou a equipe com 52 jardas na última partida. DE Carlos Dunlap teve 2 passes defendidos e sack na semana 14. DT Geno Atkins teve sack e fumble forçado no último encontro entre os times.

Oakland Raiders:

QB Derek Carr completou 25 de 34 passes para 322 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na semana 14. RB Doug Martin correu para TD na última semana. TE Jared Cook teve 7 recepções para 116 jardas na semana passada. LB Tahir Whitehead teve 10 tackles, 2 passes defendidos e interceptação na semana passada. CB Gareon Conley teve 2 passes defendidos na última semana.

  • Com 1 sack contra o Browns, o LB novato Bradley Chubb empata com Dwight Freeney (13) com o terceiro novato com mais sacks em uma única temporada.
  • Com 71 jardas contra o Cardinals, o WR Julio Jones vai se tornar o quinto jogador da história da liga com três temporadas com pelo menos 1.500 jardas de recepção.
  • Com 124 jardas terrestres contra o Colts, o RB Ezekiel Elliott vai se tornar o quinto jogador da história com pelo menos 4.000 jardas terrestres e 1.000 jardas de recepção em suas primeiras temporadas na carreira.
  • Com 147 jardas de scrimmage e 2 TDs contra o Titans, o RB Saquon Barkley pode se tornar o quinto novato com pelo menos 1.900 jardas de scrimmage e 15 TDs em sua primeira temporada.
  • Com 83 jardas de recepção contra o Panthers, o RB Alvin Kamara vai se juntar a Herschel Walker como os únicos jogadores da história da liga com pelo menos 1.500 jardas terrestres e 1.500 jardas de recepção em suas duas primeiras temporadas.
  • Com 27 jardas terrestres contra o Saints, o QB Cam Newton pode se tornar o primeiro QB da história da NFL com pelo menos 500 jardas em sete temporadas.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe

Comments are closed.