sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Compartilhe

wide-receivers-steelers-liga-dos-32

A semana 15 da NFL começou ontem com a partida entre Bucs e Rams. Depois dessa rodada serão apenas mais duas antes do fim da temporada regular da liga. Mas antes disso temos muitos jogos para aproveitar e muitas decisões para acompanhar. Nessa semana teremos ainda um jogo no sábado às 23:25 entre Jets e Cowboys. Para se preparar para uma rodada decisiva na liga, fique de olho no nosso guia da rodada e não perca nada da semana 15 da NFL.

LEIA MAIS: NFL na TV: Transmissões da semana 15

guiadarodada04

Pittsburgh Steelers x Denver Broncos – Domingo, 20/12, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

mike-wallace-vs-denver-01082012-01--nfl_large_580_1000

O Broncos abriu a temporada com sete vitórias consecutivas e muitas dúvidas. Os péssimos desempenhos de Peyton Manning não comprometeram jogos (a princípio), mas deixaram o torcedor com a pulga atrás da orelha. Com a lesão do veterano QB o jovem Brock Osweiler, que vinha sendo preparado há três temporadas na equipe, assumiu o comando, com a esperança que o ataque melhorasse. Não foi o que se viu, com Brock compilando um rating de 85,4 em seus cinco jogos e com o time marcando apenas 19 pontos por partida quando ele foi o titular. A falta de apoio do ataque ficou clara na semana passada, quando a defesa conseguiu segurar o promissor Derek Carr e permitiu apenas 15 pontos. O problema foi que Osweiler e seus colegas não conseguiram ultrapassar a marca de 12. Em apenas uma das partidas em que Osweiler foi o titular o Broncos conseguiu compilar mais que 17 pontos. É pouco para uma equipe que tenta aproveitar uma janela de Super Bowl que pode estar se fechando. Para procurar ter uma folga na primeira rodada dos playoffs, o que poderia dar tempo a Peyton Manning para que ele voltasse mais recuperado, o Broncos precisa superar ou Bengals ou Patriots nessa disputa direta. E pra isso não pode perder jogos. Do outro lado temos o Steelers, que está no outro extremo do espectro ofensivo da liga. Se Osweiler e o Broncos sofrem para marcar pontos, não se pode dizer o mesmo de Big Ben e cia. Nos últimos cinco jogos o time conseguiu quatro vitórias e apenas uma derrota, enquanto seu ataque massacrou as defesas marcando 37 pontos por partida. Pittsburgh cresceu na hora certa, já é um dos favoritos a uma das vagas de wild card e entra na disputa pela divisão. Deveremos ter uma grande partida entre duas equipes que tem muito a perder.

guiadarodada03

Arizona Cardinals x Philadelphia Eagles – Domingo, 20/12, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN e Esporte Interativo

hi-res-f24d842a8e2fc282d3784d35363b2acf_crop_north

O Cardinals tem tido uma temporada dos sonhos, com Carson Palmer jogando em altíssimo nível. A equipe não sabe o que é perder há mais de dois meses, e está dois jogos atrás do Panthers na disputa pelo posto de primeiro time na conferência. Se para ser o primeiro Arizona depende de tropeços de Carolina, para garantir o bye na primeira semana dos playoffs depende apenas de seus esforços. A temporada do Cardinals termina de forma complicada, com partidas contra Eagles, Packers e Seahawks. Então é hora da equipe demonstrar que tem espírito de time campeão e passar por cima dos adversários. Pela frente no primeiro dos três desafios temos o Eagles, que está com a confiança lá em cima depois de duas vitórias expressivas contra Bills e, principalmente, Patriots. A temporada está na mão da equipe, que nesse momento divide a liderança da divisão com Giants e Redskins, justamente os dois jogos que faltarão para a equipe em 2015. Para não depender de critérios de desempate, os comandados de Chip Kelly precisam vencer essa partida e vão usar a confiança adquirida com o bom momento para tentar conquistar mais uma vitória improvável.

New York Giants x Carolina Panthers – Domingo, 20/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Trasmissão: Esporte Interativo

hi-res-121203544_crop_north

Assim como o rival Eagles, o Giants também precisa vencer desesperadamente para quebrar o empate triplo e levar a sua divisão. Mas diferentemente de seu rival, a franquia de New York não depende apenas de si mesma para vencer a NFC Leste, precisando de pelo menos um tropeço do Redskins para que isso ocorra. Então uma derrota poderia deixar o Giants muito longe da pós-temporada. Infelizmente para Eli Manning e companhia, a tarefa de não ser derrotado passa por derrubar o invicto Carolina Panthers nessa semana. A missão é dificílima. Enquanto isso o Panthers tem o objetivo de conquistar a temporada perfeita, o que garantiria o MVP para o QB Cam Newton. Mas mais importante que isso, o Panthers busca o primeiro lugar na divisão, o que faria com que a equipe tivesse o mando de campo em todas as partidas dos playoffs até o Super Bowl. Portanto, o Panthers não deve tirar o pé do freito até pelo menos esse objetivo ser alcançado, o que deve dificultar muito as coisas para o Giants. Para New York a partida é de vida ou morte, e todos estarão de olho nesse jogo para ver se a invencibilidade de Carolina cai.

Indianapolis Colts x Houston Texans – Domingo, 20/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

ahmad-bradshaw-brian-cushing-nfl-indianapolis-colts-houston-texans-850x560

Essa é uma batalha direta pela divisão, que coloca, a três rodadas do fim da temporada, frente a frente os dois líderes da fraca AFC Sul. Não podemos dizer que é uma “final” da divisão por dois motivos. Primeiro pela inconsistência das equipes no ano, o que pode fazer com que o vencedor dessa partida perca as últimas duas e fique de fora dos playoffs. E o segundo motivo é que o Jaguars está a apenas um jogo dos dois, e pode muito bem ultrapassar ambas as equipes e terminar com o título da divisão. O Jaguars, aliás, que deu uma surra violenta no Colts na última semana, vencendo por 51 a 16 em uma derrota que doeu na alma do torcedor de Indianapolis.  Cabe ao Colts levantar, sacudir a poeira e ir pra cima do Texans em uma partida que pode representar o fim da temporada para a equipe. Andrew Luck voltou a treinar, mas não terá condições de jogo para a partida decisiva de domingo.  Hasselbeck também não está 100%, mas terá que aparecer contra a defesa do Texans e o temido J.J. Watt para manter as chances de playoffs vivas. Houston vem de duas derrotas depois de uma boa sequência de quatro vitórias que salvaram a temporada da equipe. Agora o time enfrenta um minicampeonato dentro da AFC Sul para terminar o ano, e depende apenas de si mesmo pra levar a divisão. Apesar da defesa da equipe ter tido uma boa sequência durante as vitórias, cedendo a marca de impressionantes 8,8 pontos por partida, nos últimos dois jogos ela permitiu 57 pontos. Watt e companhia precisam aparecer agora na reta final para decidir os jogos e levar o Texans aos playoffs.

guiadarodada01

Miami Dolphins x San Diego Chargers – Domingo, 20/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem Transmissão.

Rivers-vs-Dolphins

As duas equipes já estão eliminadas da disputa pelos playoffs e a única preocupação de suas torcidas é saber qual a posição que os times conquistarão no draft de 2016. Não deve ser difícil achar um fã de qualquer uma das equipes torcendo para uma derrota no confronto. O jogo poderá até ser divertido, mas será tanta tristeza em campo que fica difícil recomendar para alguém assistir a essa partida, ainda mais com diversos outros jogos que definirão os playoffs acontecendo no mesmo horário.

guiadarodada02

– Se o DE Khalil Mack (OAK) conseguir pelo menos 2,5 sacks contra o Packers ele se tornará o jogador com o maior número da estatística em uma sequência de quatro jogos na história, superando nomes históricos como Michael Straham e Richard Dent. Mack tem 9 sacks em suas últimas três partidas.

– A dupla de WRs do Jets, Brandon Marshall e Eric Decker, tem sido uma das melhores da liga e ambos conquistaram TDs na mesma partida em 7 oportunidades em 2015. Se ele repetirem o feito no sábado contra o Cowboys eles ultrapassarão a marca da dupla histórica de Cris Carter e Randy Moss, que também repetiram o feito em 7 partidas na temporada de 1998 pelo Vikings.

– Vale a pena ficar de olho também nas equipes que podem se classificar aos playoffs ou garantir folga na primeira semana da pós-temporada nessa rodada. Os times que podem conseguir algo já na semana 15 são:
* New England Patriots: o Patriots pode alcançar a folga na primeira rodada dos playoffs com uma vitória combinada com uma derrota do Broncos;
* Cincinnati Bengals: o Bengals vence a AFC Norte com uma vitória ou com uma derrota do Steelers. Uma vitória ou derrotas de Jets ou Chiefs já garantem o Bengals na pós-temporada;
* Denver Broncos: o Broncos vence a AFC Oeste com uma vitória combinada com uma derrota do Chiefs. Uma vitória já garante Denver nos playoffs;
* Carolina Panthers: o Panthers garante o primeiro lugar na conferência e o mando de campo em todos os jogos dos playoffs com uma vitória combinada com uma derrota do Cardinals;
* Arizona Cardinals: o Cardinals vence a NFC Oeste com uma vitória ou com uma derrota do Seahawks. Pode também garantir a folga na primeira semana dos playoffs com uma vitória combinada com uma derrota do Packers;
* Green Bay Packers: o Packers garante um lugar na pós temporada com uma vitória;
* Seattle Seahawks e Minnesota Vikings podem garantir lugares na pós-temporada se vencerem seus jogos. Eles dependem de combinações de diversos outros jogos para já se classificarem na semana 15.

Compartilhe

Comments are closed.