sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Compartilhe

Chegamos a penúltima rodada da temporada regular da NFL. Antes vamos a alguns destaques da última semana:

  • Com 170 jardas e 2 TDs contra o Giants, o RB Derrick Henry se tornou o quinto jogador desde 2002 a conseguir jogos consecutivos com pelo menos 170 jardas e 2 TDs, se juntando a LaDainian Tomlinson (2006), Deuce McAllister (2003), Clinton Portis (2003) e Ricky Williams (2002).
  • Com 82 jardas de recepção contra o Cardinals, o WR Julio Jones se tornou o quinto jogador da história da NFL com pelo menos 3 temporadas com mais de 1.500 jardas de recepção, se juntando a Jerry Rice (4), Marvin Harrison (3), Antonio Brown (3) e Andre Johnson (3).
  • O Ravens conseguiu 242 jardas terrestres contra o Bucs. Baltimore correu pelo menos 190 jardas em cinco jogos consecutivos e é a primeira equipe a conseguir o feito desde o Steelers (1976).
  • Com 139 jardas e 2 TDs contra o Cowboys, o RB Marlon Mack se tornou o terceiro jogador da história da franquia a conseguir pelo menos 125 jardas terrestres e 2 TDs corridos em uma única temporada.
  • Com 9 sacks contra o Dolphins, o Vikings é o segundo time desde 1970 a conseguir pelo menos 9 sacks em mais de um jogo em uma mesma temporada se juntando ao Jaguars (2017).

Na Semana 16 da NFL não temos mais o Thursday Night Football. Confira nosso Guia e não perca nada.

Pittsburgh Steelers (8-5-1) @ New Orleans Saints (12-2) – Domingo, 23/12, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Grande partida entre dois times que devem estar nos playoffs e ainda tem coisas para brigar nesta temporada regular. O New Orleans Saints vem de uma vitória apertada por 12 x 09 contra o Panthers, que acabou com as chances da equipe de Carolina. O ataque do Saints teve uma pequena queda nessas últimas 3 semanas, tendo grande dificuldade mesmo contra defesas que não assustam ninguém, como a do Bucs. Alvin Kamara teve uma pequena queda de produção e Drew Brees está um pouco errático, mesmo assim é um ataque que ainda assusta todos os times da NFL. A defesa tem grandes talentos que mostraram seu valor durante todo o ano, como aconteceu nessa vitória contra o Panthers, jogando muito bem e assegurando a vitória do time. Contra o jogo terrestre é excelente.

O Pittsburgh Steelers vem de uma ótima vitória contra o Patriots por 17x 10, principalmente pelo péssimo história recente contra a franquia de New England. Big Ben ainda é um QB um pouco errático jogando fora de casa, lançando algumas interceptações que não dá para entender de um jogador da qualidade dele. James Conner deve continuar fora mais uma vez, porém Pittsburgh não deve sentir tanta falta se Jaylen Samuels jogar no nível que conseguiu na última semana. A defesa vinha bem mais ou menos nas últimas semanas, porém fez grande jogo contra o Patriots, garantindo a vitória da equipe, apesar do ataque ter desperdiçado chances, mostrando que pode ser uma unidade defensiva de grande qualidade, muito por conta dos jogadores que tem.

São dois times muito bons, equipes que devem chegar bem aos playoffs, o Saints já garantido como vencedor de sua divisão e o Steelers tentando garantir a dele, com o Ravens bem perto, só esperando um vacilo de Pittsburgh. Vamos ver mais uma vez se o ataque de New Orleans continua com essa queda de produção e se a defesa do Steelers subiu mesmo de nível ou foi apenas um jogo. Deve ser uma partida de grande qualidade, com duas equipes tentando controlar o relógio e usando suas boas defesas para vencer a partida. O Saints lidera na história com 8 vitórias e 7 derrotas, tendo vencido os dois últimos jogos.

Principais jogadores:

New Orleans Saints:

QB Drew Brees lidera a NFL em porcentagem de passe completo (74.9%) e rating (116.8) e está em terceiro em TDs (31). RB Alvin Kamara está em segundo na NFL em TDs (16) e em sexto em jardas de scrimmage (1.487). WR Michael Thomas lidera a NFL com 109 recepções e está em quarto na NFC com 1.267 jardas de recepção. LB Demario Davis liderou a equipe com 8 tackles e teve sack na semana passada. DE Cameron Jordan teve 2+ sacks em 3 dos últimos 4 jogos.

Pittsburgh Steelers:

QB Ben Roethlisberger tem 2.385 jardas e 14 TDs em 7 partidas fora de casa em 2018. RB Jaylen Samuels teve 172 jardas de scrimmage na semana passada. WR Antonio Brown teve TD de recepção na semana passada e lidera a NFL com 13 recepções de TD em 2018. DE Cameron Heyward teve 3.5 sacks nas 2 últimas partidas contra equipes da NFC Sul. LB T.J. Watt teve sack na semana passada.

Baltimore Ravens (8-6) @ Los Angeles Chargers (11-3) – Sábado, 22/12, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Outro duelo de duas equipes muito boas que tem tudo para vencer suas divisões. O Los Angeles Chargers vem de uma grande vitória por 29 x 28 contra o Chiefs, mostrando uma grande força. O Chargers até umas três semanas era um time que não parecia que ia brigar pelo título da AFC, conseguia bater os times mais fracos, mas toda vez que ia enfrentar as grandes equipes da sua conferência, acabava perdendo. Mas desde a vitória contra o Steelers, o time mostrou que tem totais condições de bater de frente contra qualquer time. Tem um ataque muito bom e com a possível volta de Melvin Gordon, o ataque terá outra cara, tendo seu principal jogador de volta. A defesa é boa, tendo a melhor dupla de pass rusher da NFL com Joey Bosa e Melvin Ingram.

O Baltimore Ravens vem de uma vitória tranquila contra o Bucs por 20 x 12. Desde a entrada de Lamar Jackson na equipe como titular, o Ravens só perdeu para o Chiefs na prorrogação jogando fora de casa. A equipe vem correndo muito bem com a bola, tendo como grandes destaques o próprio QB e o RB novato Gus Edwards. O ataque ficou diferente de qualquer outro da liga, tendo o ataque terrestre como a principal opção, dominando totalmente o relógio e deixando a defesa descansar. Jackson se mostrou um ótimo QB para esse esquema, mas ainda tem que evoluir muito no passe para se mostrar um bom QB para a liga. A defesa é sempre segura e bem agressiva, sendo uma das mais fortes da NFL.

Outro jogo que vai ser muito interessante entre duas equipes bem fortes. Vamos ver como Rivers e companhia vão se comportar com toda a pressão que vem do pass rush de Baltimore, vão ter que utilizar demais Gordon, acreditando que ele está saudável. O Ravens fará o jogo que vem fazendo desde que Jackson entrou, utilizando muito o jogo terrestre, gastando o relógio e cansando a defesa adversário, enquanto deixa um ataque excelente como o do Chargers fora do campo. O Ravens lidera o confronto histórico com 6 vitórias e 5 derrotas, tendo vencido 2 dos últimos 3 duelos.

Principais jogadores:

Los Angeles Chargers:

QB Philip Rivers passou para 313 jardas com 2 TDs e 2 interceptações na semana passada. RB Melvin Gordon tem 667 jardas de scrimmage e 4 TDs em 5 jogos em casa em 2018. WR Keenan Allen tenta a terceira partida seguida contra o Ravens e quarto jogo em casa seguido com recepção para TD. DE Joey Bosa tem 4 sacks e fumble recuperado nas últimas 4 partidas em casa. DE Melvin Ingram teve 1.5 sack na semana 15.

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson passou para 1 TD e nenhuma interceptação e correu para 95 jardas na semana passada. RB Gus Edwards correu para 104 jardas e TD na semana passada. WR Willie Snead IV liderou a equipe com 5 recepções para 58 jardas na semana 15. LB Terrell Suggs tem 3.5 sacks e 5 tackles para perdas de jardas nas últimas 5 partidas fora de casa. S Eric Weddle tenta o terceiro jogo seguido contra o Chargers com sack.

Kansas City Chiefs (11-3) @ Seattle Seahawks (8-6) – Domingo, 23/12, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Outro confronto entre dois times que devem estar nos playoffs e são ótimas equipes. O Seattle Seahawks vem de uma derrota estranha contra o 49ers por 26 x 23 na prorrogação. Seattle é um time um pouco parecido com o Ravens, apesar de ter um QB bem melhor nesse momento. O ataque terrestre é o foco total da equipe, tendo que funcionar para que o time consiga desenvolver um bom ataque e controlar o relógio. A defesa já se mostrou muito boa durante uma boa quantidade de jogos, principalmente jogando em casa, já que a torcida do Seahawks faz uma enorme diferença contra quem enfrenta.

O Kansas City Chiefs vem de uma derrota apertada contra o Chargers por 29 x 28, que deixou a divisão bem aberta para essas duas últimas semanas. Apesar das mudanças na posição de RB, Damien Williams mostrou que pode dar conta do recado, com o jogo muito bom que fez contra o Chargers. Patrick Mahomes continua sendo um dos favoritos para o prêmio de MVP, fazendo jogadas mágicas, sendo um QB excepcional toda vez que faz um passe. Hill e Kelce são dois ótimos recebedores e ainda tem outros bons que podem aparecer em momentos importantes. A defesa ainda é um problema, principalmente a secundária, só tendo o pass rush para comemorar, por ser um dos melhores da liga, um pesadelo para os QBs adversários.

Partida que pode ser bem equilibrada, principalmente se a defesa do Seahawks conseguir controlar o ataque do Chiefs. Seattle precisa de uma defesa forte que consiga pressionar Mahomes e de um jogo terrestre funcionando muito bem para controlar o relógio e deixar o ataque de Kansas City fora do campo. Foi a receita que se utilizou o Ravens e quase deu certo, mesmo jogando fora de casa. O Chiefs precisa de qualquer jeito parar o ataque terrestre do Seahawks para não deixar a equipe da casa gastar o relógio e não dar ritmo para Mahomes e companhia. O Chiefs lidera na história com 33 vitórias e 18 derrotas, tendo vencido os últimos 3 confrontos.

Principais jogadores:

Seattle Seahawks:

QB Russell Wilson completou 23 de 31 passes para 237 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Chris Carson correu para 119 jardas e TD na última semana. WR Doug Baldwin teve 77 jardas de recepção e 2 TDs na semana 15. LB Bobby Wagner tem 40 tackles, sack, 2 fumbles forçados, fumble recuperado e interceptação para TD nas últimas 4 partidas. DE Frank Clark teve sack na semana passada.

Kansas City Chiefs:

QB Patrick Mahomes completou 24 de 34 passes para 243 jardas e 2 TDs na semana 15. RB Damien Williams teve 123 jardas de scrimmage e 2 TDs na última semana. WR Tyreek Hill tem 78 recepções, 1.304 jardas e 11 TDs em 2018. DL Chris Jones teve 2.5 sacks na semana passada. LB Justin Houston teve 1.5 sack na semana 15.

Houston Texans (10-4) @ Philadelphia Eagles (7-7) – Domingo, 23/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Um duelo que pode ser muito importante para as duas equipes, principalmente para o time da casa. O Philadelphia Eagles vem de uma grande vitória contra o Los Angeles Rams por 30 x 23. Essa vitória deu um respiro e uma sobrevida para o atual campeão, apesar de não estar jogando novamente com seu QB titular. Carson Wentz está fora também dessa semana, porém Nick Foles se mostrou um QB bem decisivo, jogando bem momentos importantes. O jogo terrestre melhorou com Josh Adams no comando e o jogo aéreo tem Zach Ertz e Alshon Jeffery como bons destaques, ainda com a chegada de Golden Tate. A defesa é que foi um bom destaque do time contra o Rams, com Cox pressionando muito Goff.

O Houston Texans vem de uma vitória contra o Jets por 29 x 22 que deixou o time com uma boa distância para o segundo colocado na divisão Colts e deixou a franquia com a segunda melhor campanha da conferência. Deshaun Watson faz uma boa temporada, Lamar Miller vem sendo um RB sólido em 2018 e DeAndre Hopkins é um dos principais WRs da liga, sendo sempre muito presente, quase não derrubando nenhum passe que vai em sua direção. A defesa tem muita qualidade com um pass rush excelente, com a ótima notícia de finalmente J.J. Watt saudável a temporada inteira e Jadeveon Clowney continuando jogando muito bem, além de ter uma boa secundária.

Esse podia ser um jogo sem grande apelo, já que o Texans está praticamente classificado para os playoffs e a chance do Eagles de bater o Rams era bem pequena. Porém, Philadelphia conseguiu a vitória e ainda consegue respirar pela briga para a pós-temporada, deixando o jogo bem interessante, até porque o Texans briga pela divisão e por uma folga na primeira semana dos playoffs. O Eagles precisa do seu jogo corrido para não depender totalmente de Foles e também da sua defesa em um bom jogo como foi contra Los Angeles. Houston precisa pressionar bem Foles que já é meio caminhado andado para a vitória, além da conexão Watson-Hopkins continuar funcionando bem. O Eagles lidera no confronto histórico com 4 vitórias e nenhuma derrota, vencendo todos os últimos 4 jogos.

Principais jogadores:

Philadelphia Eagles:

QB Nick Foles completou 24 de 31 passes para 270 jardas na semana passada. RB Josh Adams correu para TD na última semana. TE Zach Ertz está em terceiro na NFL com 101 recepções e em terceiro entre os TEs com 1.038 jardas. DT Fletcher Cox teve sack na semana 15. DE Michael Bennett teve 6 tackles e 1.5 sack no último jogo contra o Texans.

Houston Texans:

QB Deshaun Watson completou 22 de 28 passes para 294 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Lamar Miller teve 93 jardas de scrimmage e TD de recepção no único jogo na carreira contra o Eagles. WR DeAndre Hopkins teve 10 recepções para 170 jardas e 2 TDs na semana passada. DE J.J. Watt teve 2 sacks e fumble forçado na última semana. DE Jadeveon Clowney teve sack na semana 15.

Atlanta Falcons (5-9) @ Carolina Panthers (6-8) – Domingo, 23/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Duas equipes que tinham tudo para conseguir brigar pelos playoffs durante a temporada, mas fizeram um ano muito ruim. O Carolina Panthers vem de uma derrota dolorosa contra o Saints por 12 x 09. Carolina vinha muito bem no início da temporada, com uma campanha de 5-2 nos primeiros 7 jogos, mas depois caiu demais, só vencendo um jogo nos últimos sete confrontos. Com a derrota na semana 15, o time deu adeus às chances de chegar a pós-temporada e com isso foi anunciado que Cam Newton não vai jogar nessas duas últimas semanas para se recuperar de dores no ombro que ele vem sentindo há algum tempo. A defesa precisa melhorar para o próximo ano e não se sabe se Ron Rivera continua para 2019.

O Atlanta Falcons vem de uma ótima vitória contra o fraco Cardinals por 40 x 14. A equipe tem alguns jogadores muito talentosos em todo o elenco, o que surpreende um pouco a temporada horrível que teve em 2018. Mas o time sofreu demais com lesões também em todo o elenco. Devonta Freeman não vem jogando, teve muitas lesões em toda a defesa, como por exemplo Deion Jones que só voltou há pouco tempo. A equipe tem vários ótimos jogadores que podem fazer com que o time chegue novamente aos playoffs e até ao Super Bowl, mas precisam ficar saudáveis. Tem um ótimo ataque, com um QB top 7 na liga, um dos melhores WRs da NFL mais um novato muito bom, dois RBs bem sólidos. A defesa ainda é jovem e muito boa e agressiva como demonstrou em 2017 com aquela temporada excelente da equipe.

Não são dois times ruins, longe disso, só estão nessa categoria do nosso texto por não terem mais nada para brigar na temporada. É um confronto sem nenhum interesse para o fã do futebol americano, com as duas equipes desmotivadas, podendo ter um pouco de interesse por ser um confronto de divisão. O desinteresse é tão grande que Newton está sendo poupado para cuidar de dores. O interessante é acompanhar Christian McCaffrey e Julio Jones, dois jogadores que vem jogando demais e mostrando que vem muito mais por aí, principalmente da partida do RB de Carolina que ainda é muito jovem e vem se provando o que esperavam dele. O Falcons lidera na história com 29 vitórias e 18 derrotas, tendo vencido os 2 últimos duelos.

Principais jogadores:

Carolina Panthers:

QB Taylor Heinicke vai estrear como titular na temporada. RB Christian McCaffrey está em quarto na liga com 1.747 jardas de scrimmage e lidera a NFL entre os RBs com 94 recepções. WR D.J. Moore teve 1 TD de recepção no último encontro entre as equipes. LB Luke Kuechly está em segundo na NFL com 124 tackles e terceiro com 19 tackles para perdas de jardas. CB James Bradberry teve fumble forçado e interceptação na semana passada.

Atlanta Falcons:

QB Matt Ryan passou para 231 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação e TD terrestre na semana passada. RB Tevin Coleman tem 971 jardas de scrimmage nesta temporada. WR Julio Jones teve 6 recepções para 82 jardas e TD na semana passada. LB Deion Jones teve interceptação para TD na última semana. DT Grady Jarrett teve 7 tackles, 2 sacks e fumble forçado na semana 15.

  • Com 21 jardas contra o Bills, o QB Tom Brady vai se juntar a Peyton Manning (14) e Drew Brees (12) como os únicos QBs da história da liga a chegar a 10 temporadas com pelo menos 4.000 jardas de passe.
  • Com 49 jardas contra o Ravens, o QB Philip Rivers vai se juntar a Peyton Manning (14) e Drew Brees (12) como os únicos QBs da história da liga a chegar a 10 temporadas com pelo menos 4.000 jardas de passe.
  • Com 3 passes para TD contra o Bengals, o QB Baker Mayfield vai superar Andrew Luck (23 passes para TD em 2012) para o segundo lugar como QB novato que foi escolhido em primeiro lugar no draft. O primeiro é Peyton Manning com 26.
  • Com 9 recepções contra o Falcons, o RB Christian McCaffrey vai superar Matt Forte (102) para o maior número de recepções para um RB em uma única temporada na história da NFL.
  • Com 7 recepções contra o Colts, o RB Saquon Barkley vai superar Reggie Bush (88) para o maior número de recepções para um novato na NFL.
  • Com 108 jardas de recepção contra o Seahawks, o TE Travis Kelce vai superar Rob Gronkowski (1.327 jardas) para o maior número de jardas de recepção por um TE em uma mesma temporada na história da NFL.
  • Com 10 recepções contra o Texans, o TE Zach Ertz vai superar Jason Witten (110) para o maior número de recepções por um TE na história da liga em uma única temporada.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.