sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Compartilhe

Chegamos a última semana da temporada regular da NFL, com vários times classificados e alguns ainda brigando para chegar a pós-temporada. Antes vamos a alguns destaques da última rodada:

  • Com 126 jardas contra o Bills, o QB Tom Brady (4.105) se juntou a Peyton Manning (14), Drew Brees (12) e Philip Rivers (10) como os únicos QBs da história com pelo menos 10 temporadas com pelo menos 4.105 jardas de passe.
  • Com 109 jardas de scrimmage contra o Bucs, o RB Ezekiel Elliott se tornou o quinto jogador da história da NFL com pelo menos 4.000 jardas terrestres e 1.000 jardas de recepção nas suas três primeiras temporadas. Os outros são Ottis Anderson, Chris Johnson, Barry Sanders e LaDainian Tomlinson.
  • Com 3 TDs contra o Bengals, o QB Baker Mayfield (24) superou Andrew Luck (23) para o segundo maior número de TDs para um novato que foi selecionado na posição número 1 do Draft. Peyton Manning é o líder com 26.
  • Com 12 recepções contra o Texans, o TE Zach Ertz (113) superou Jason Witten (110) para o maior número de recepções por um TE em uma única temporada da história da NFL.
  • Com 12 recepções contra o Falcons, o RB Christian McCaffrey (106) superou Matt Forte (102) para o maior número de recepções por um RB na história da liga.
  • Com 11 recepções contra o Saints, o WR Juju Smith-Schuster (22 anos e 31 dias) superou Larry Fitzgerald (22 anos e 123 dias) como o jogador mais jovem a chegar a 100 recepções em uma única temporada da NFL.

A Semana 17 terá algumas equipes em jogos de vida ou morte. New England Patriots, Houston Texans, Kansas City Chiefs, Los Angeles Chargers, Dallas Cowboys, Chicago Bears, New Orleans Saints, Los Angeles Rams e Seattle Seahawks já estão classificados para os playoffs. Confira nosso Guia e não perca nada.

Indianapolis Colts (9-6) @ Tennessee Titans (9-6) – Domingo, 30/12, 23:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Resultado de imagem para colts and titans

A única partida da rodada que envolve dois times que lutam diretamente por uma vaga de Wild Card na AFC. O Tennessee Titans vem de uma vitória por 25 x 16 contra o Redskins, acabando com as chances da franquia de Washington de chegar aos playoffs. O Titans teve três jogadores chamados para o Pro Bowl da temporada: DT Jurrell Casey, P Brett Kern e T Taylor Lewan. É uma equipe que sempre tem o problema do seu principal QB ser um jogador que se machuca demais, tendo até saído com lesão na última partida. A grande notícia é o grande fim de temporada que vem fazendo o RB Derrick Henry, conseguindo carregar o jogo terrestre e facilitando demais a vida de Mariota e do ataque de Tennessee. Um grave problema foi a lesão do principal jogador de defesa, o DT Jurrell Casey, que está fora da temporada.

O Indianapolis Colts vem de uma vitória bem emocionante contra o New York Giants por 28 x 27. O Colts teve dois jogadores nomeados para o Pro Bowl desse ano: TE Eric Ebron e G Quenton Nelson. Com Andrew Luck fazendo grande temporada, o ataque de Indianapolis consegue fazer ótimas partidas, principalmente porque Luck tem a primeira temporada na carreira sendo bem protegido pela linha ofensiva da equipe. Marlon Mack desde que voltou a jogar faz um grande ano, sendo o pilar do jogo terrestre e tirando a pressão do QB. A defesa é jovem e tem como grande destaque o novato Darius Leonard, que se mostra um grande jogador desde seu primeiro ano, o que anima demais os fãs do Colts.

É um duelo de vida ou morte e totalmente imperdível para quem gosta de futebol americano. Mariota ainda é duvida para a partida, mas as notícias dizem que ele se sente melhor e só não vai para esse jogo se não puder andar. Os jogos terrestres das duas equipes serão bem decisivos, precisando fazer grandes jogos para ajudar os ataques a conseguirem bons jogos, até porque apenas Luck consegue vencer um jogo desse nível com seu braço. Essa é uma partida que todo mudo quer jogar e não pode haver erro, já que deve ser bem equilibrada com um pouco de vantagem para o Titans, que joga em casa, isso se tiver Mariota em bom estado. O Colts lidera no confronto histórico com 32 vitórias e 15 derrotas, porém o Titans venceu 2 dos últimos 3 duelos.

Principais jogadores:

Tennessee Titans:

QB Marcus Mariota completou 10 de 13 passes e teve rating de 101.4 na semana passada. RB Derrick Henry correu para 84 jardas e TD na última semana. WR Corey Davis teve TD de recepção em 2 dos últimos 4 jogos em casa. LB Wesley Woodyard liderou a equipe com 10 tackles e teve sack na semana 16. S Kevin Byard teve interceptação na semana passada.

Indianapolis Colts:

QB Andrew Luck completou 31 de 47 passes para 357 jardas, 2 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB Marlon Mack teve TD terrestre na última semana. WR T.Y. Hilton liderou a equipe com 7 recepções para 138 jardas na semana passada. LB Darius Leonard lidera a NFL com 155 tackles e precisa de 5 tackles para ser o primeiro novato desde Luke Kuechly (164 em 2012) com 160+ tackles. DL Denico Autry teve sack no último encontro entre os times.

Chicago Bears (11-4) @ Minnesota Vikings (8-6-1) – Domingo, 30/12, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Resultado de imagem para bears and vikings

Partida de um time que joga a vida nessa última semana contra outro que já está classificado para os playoffs, mas ainda tem chance de pegar a folga na primeira semana. O Minnesota Vikings vem de uma vitória tranquila contra o Lions por 27 x 09. O Vikings tem quatro jogadores chamados para o Pro Bowl dessa temporada: LB Anthony Barr, DE Danielle Hunter, S Harrison Smith e WR Adam Thielen. Minnesota teve uma boa arrancada nessas últimas semanas, fazendo ótimos jogos, contando muito com sua excelente defesa e bons jogos de Kirk Cousins. Dalvin Cook cresceu de produção, o que ajuda demais e tira a pressão de Cousins, diminuindo a quantidade de turnovers. Thielen teve uma queda, mas ainda é um alvo muito bom, principalmente por ter Stefon Diggs como sua dupla, sendo uma das principais da NFL.

O Chicago Bears vem de uma vitória contra o 49ers por 14 x 09. O Bears teve cinco jogadores selecionados para o Pro Bowl: RB Tarik Cohen, CB Kyle Fuller, DT Akiem Hicks, S Eddie Jackson e LB Khalil Mack. Chicago é aquela equipe que tem uma das melhores defesas da NFL, sendo a unidade com os jogadores com mais talentos jogando junto, transformando o time em um dos mais perigosos para enfrentar nos playoffs. É um ataque bom, principalmente quando o jogo terrestre funciona, podendo usar o play action e usando o RB Tarik Cohen como um jogador muito perigoso em passes curtos. A defesa não tem nem que o falar, passando a jogar em outro nível desde a chegada do LB Khalil Mack.

Apesar de Bears já está classificado para a pós-temporada, ainda é um jogo que interessa a equipe de Chicago. Com o time vencendo e o Rams perdendo, a equipe terá uma folga na primeira semana dos playoffs, o que ajuda demais depois de uma temporada tão massacrante. Deve ser uma partida com grande pressão em cima dos QBs, com alguns turnovers e uma grande batalha defensiva. São dois times, que tendo o Vikings nos playoffs, devem incomodar demais, já que em dezembro faz muito frio e as defesas são os principais pontos fortes das equipes, principalmente do Bears. O Vikings lidera o confronto histórico com 60 vitórias, 52 derrotas e 2 empates, tendo vencido 3 das últimas 4 partidas.

Principais jogadores:

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins está em terceiro na NFL com 405 passes completos. RB Dalvin Cook teve 108 jardas de scrimmage na semana passada. WR Adam Thielen está em quarto na NFL com 110 recepções e em quinto com 1.335 jardas. DE Danielle Hunter tem 3 sacks nos últimos 3 jogos. DE Everson Griffen tenta a terceira partida seguida e terceiro jogo dentro da divisão com sack.

Chicago Bears:

QB Mitchell Trubisky completou 25 de 29 passes para 246 jardas com 1 TD e nenhuma interceptação na semana 16. RB Jordan Howard correu para 53 jardas e TD na semana passada. WR Allen Robinson liderou a equipe com 6 recepções para 85 jardas na semana passada. LB Khalil Mack tem 4.5 sacks e fumble forçado nas últimas 4 partidas. LB Roquan Smith teve 9 tackles e sack na semana 16.

Philadelphia Eagles (8-7) @ Washington Redskins (7-8) – Domingo, 30/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Resultado de imagem para eagles and redskins

Aquele confronto de divisão que uma equipe precisa vencer desesperadamente e a outra está lá para atrapalhar o seu rival. O Washington Redskins vem de uma derrota para o Titans por 25 x 16 que acabou com suas chances de playoffs. O Redskins teve dois jogadores nomeados para o Pro Bowl: LB Ryan Kerrigan e T Trent Williams. Washington tinha boa chance de chegar a pós-temporada, mas com a lesão de Alex Smith a algumas semanas atrás, as chances foram totalmente embora, principalmente com a entrada de Mark Sanchez. É um bom time, que teve a surpresa da volta de Adrian Peterson jogando muito bem, mesmo com uma idade avançada para um RB, mas ainda precisa de melhores recebedores para ter um time mais consolidado. A defesa joga em ótimo nível e tem Ryan Kerrigan como um dos grandes destaques na sua posição na liga.

O Philadelphia Eagles vem de uma espetacular vitória por 32 x 30 contra o Houston Texans. O Eagles teve três jogadores chamados para o Pro Bowl dessa temporada: G Brandon Brooks, DT Fletcher Cox e TE Zach Ertz. Chegamos ao fim da temporada, então Nick Foles começou a jogar demais. Quando Carson Wentz machucou, a torcida já tinha desistindo de pós-temporada nesse ano, mas Foles ativou o modo playoffs e vem fazendo grandes partidas, principalmente na última semana contra o Texans. O grande defeito da equipe ainda continua sendo o jogo terrestre, tanto que o QB teve que fazer 49 passes. A secundária ainda tem muitos desfalques, mas na última semana conseguiu jogar bem, apesar de ser bem jovem.

Apesar de não ser um confronto de duas equipes que lutam pelos playoffs, o jogo tem tudo para ser bem interessante. O Redskins joga em casa e tem tudo para querer atrapalhar seu rival para chegar aos playoffs, até porque Josh Johnson vem fazendo jogos decentes e Peterson corre muito bem quando joga em casa. Vai ser interessante para ver Foles jogando novamente com muita pressão em cima, fora de casa e tendo que levar o time a mais uma vitória sem nenhuma ajuda do jogo terrestre. O Redskins lidera na história com 85 vitórias, 76 derrotas e 5 empates, porém o Eagles venceu as últimas 3 partidas.

Principais jogadores:

Washington Redskins:

QB Josh Johnson passou para 153 jardas e TD na semana passada. RB Adrian Peterson correu para 119 jardas na semana 16. WR Jamison Crowder liderou a equipe com 5 recepções para 78 jardas na semana passada. LB Ryan Kerrigan teve sack na semana passada. LB Mason Foster liderou a equipe com 9 tackle e teve sack na semana 16.

Philadelphia Eagles:

QB Nick Foles completou 35 de 49 passes para 471 jardas com 4 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB Darren Sproles teve 108 jardas de scrimmage e TD de recepção na semana passada. TE Zach Ertz teve 12 recepções para 110 jardas e 2 TDs na semana 16. DE Chris Long teve 2 sacks e fumble forçado na semana 16. LB Nigel Bradham teve 31 tackles, sack e 3 passes defendidos nos últimos 3 jogos fora de casa contra equipes da NFC Leste.

Cleveland Browns (7-7-1) @ Baltimore Ravens (9-6) – Domingo, 30/12, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN 2

Resultado de imagem para browns and ravens

Esse é um duelo de rivais de divisão, mas apenas um tem algo em jogo para essa temporada. O Baltimore Ravens vem de uma baita vitória contra o Los Angeles Chargers por 22 x 10. O Ravens teve três jogadores nomeados para o Pro Bowl: LB C.J. Mosley, S Eric Weddle e G Marshall Yanda. Desde a entrada de Lamar Jackson, a equipe de Baltimore teve uma grande subida de produção, sendo um dos principais times dessas últimas semanas. Com a queda do rival Pittsburgh, o Ravens tem a vantagem nesse último jogo, só precisando de uma vitória para se garantir nos playoffs. O ataque terrestre e a defesa são as suas principais armas e se classificando para os playoffs, é um time bem perigoso, mesmo jogando fora de casa.

O Cleveland Browns vem de uma vitória contra o Bengals por 26 x 18. O Browns teve dois jogadores selecionados para o Pro Bowl: DE Myles Garrett e CB Denzel Ward. Depois de várias temporadas sem a mínima empolgação, Cleveland parece que tem um norte e pode brigar por uma vaga nos playoffs nas próximas temporadas. Tem um QB de franquia em Baker Mayfield que se mostrou o melhor QB entre os novatos nessa primeira temporada. Nick Chubb parece ser um ótimo RB para os próximos anos e Jarvis Landry é garantia de muitas recepções. A defesa é subestimada, conseguindo pressionar muito bem os QBs adversários e mostrando que a tradição na AFC Norte é de ótimas defesas.

É um jogo que se mostra com bastante vantagem para o Ravens confirmar sua vaga nos playoffs, mas o Browns já conseguiu surpreender nesse ano e quer terminar um ano com campanha positiva em muito tempo. Essa é a grande motivação da equipe. Baltimore precisa continuar seguindo a fórmula das últimas semanas, jogo terrestre funcionando bem, controlando o relógio e defesa jogando demais. O Browns precisa parar o jogo terrestre do Ravens e conseguir ficar longe dos turnovers para ter chance no jogo. O Ravens lidera na história com 29 vitórias e 10 derrotas, tendo vencido 5 dos últimos 6 confrontos.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson passou para 204 jardas e 1 TD contra nenhuma interceptação na semana passada. RB Gus Edwards teve 105 jardas de scrimmage na semana 16. WR Willie Snead IV tenta o sexto jogo seguido dentro da divisão com 5+ recepções e 50+ jardas de recepção. LB Terrell Suggs teve sack no encontro entre os times na semana 5. S Eric Weddle teve sack na última partida entre os times.

Cleveland Browns:

QB Baker Mayfield passou para 284 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Nick Chubb correu para 112 jardas na semana 16. WR Jarvis Landry teve 5+ recepções em 7 das últimas 9 partidas dentro da AFC Norte. DE Myles Garrett tem 5.5 sacks, 4 tackles para perdas de jardas e fumble forçado nos últimos 5 jogos fora de casa. LB Joe Schobert teve sack e fumble forçado na semana passada.

Esse é um duelo de rivais de divisão, mas apenas um tem algo em jogo para essa temporada. O Baltimore Ravens vem de uma baita vitória contra o Los Angeles Chargers por 22 x 10. O Ravens teve três jogadores nomeados para o Pro Bowl: LB C.J. Mosley, S Eric Weddle e G Marshall Yanda. Desde a entrada de Lamar Jackson, a equipe de Baltimore teve uma grande subida de produção, sendo um dos principais times dessas últimas semanas. Com a queda do rival Pittsburgh, o Ravens tem a vantagem nesse último jogo, só precisando de uma vitória para se garantir nos playoffs. O ataque terrestre e a defesa são as suas principais armas e se classificando para os playoffs, é um time bem perigoso, mesmo jogando fora de casa.

O Cleveland Browns vem de uma vitória contra o Bengals por 26 x 18. O Browns teve dois jogadores selecionados para o Pro Bowl: DE Myles Garrett e CB Denzel Ward. Depois de várias temporadas sem a mínima empolgação, Cleveland parece que tem um norte e pode brigar por uma vaga nos playoffs nas próximas temporadas. Tem um QB de franquia em Baker Mayfield que se mostrou o melhor QB entre os novatos nessa primeira temporada. Nick Chubb parece ser um ótimo RB para os próximos anos e Jarvis Landry é garantia de muitas recepções. A defesa é subestimada, conseguindo pressionar muito bem os QBs adversários e mostrando que a tradição na AFC Norte é de ótimas defesas.

É um jogo que se mostra com bastante vantagem para o Ravens confirmar sua vaga nos playoffs, mas o Browns já conseguiu surpreender nesse ano e quer terminar um ano com campanha positiva em muito tempo. Essa é a grande motivação da equipe. Baltimore precisa continuar seguindo a fórmula das últimas semanas, jogo terrestre funcionando bem, controlando o relógio e defesa jogando demais. O Browns precisa parar o jogo terrestre do Ravens e conseguir ficar longe dos turnovers para ter chance no jogo. O Ravens lidera na história com 29 vitórias e 10 derrotas, tendo vencido 5 dos últimos 6 confrontos.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson passou para 204 jardas e 1 TD contra nenhuma interceptação na semana passada. RB Gus Edwards teve 105 jardas de scrimmage na semana 16. WR Willie Snead IV tenta o sexto jogo seguido dentro da divisão com 5+ recepções e 50+ jardas de recepção. LB Terrell Suggs teve sack no encontro entre os times na semana 5. S Eric Weddle teve sack na última partida entre os times.

Cleveland Browns:

QB Baker Mayfield passou para 284 jardas com 3 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Nick Chubb correu para 112 jardas na semana 16. WR Jarvis Landry teve 5+ recepções em 7 das últimas 9 partidas dentro da AFC Norte. DE Myles Garrett tem 5.5 sacks, 4 tackles para perdas de jardas e fumble forçado nos últimos 5 jogos fora de casa. LB Joe Schobert teve sack e fumble forçado na semana passada.

Miami Dolphins (7-8) @ Buffalo Bills (5-10) – Domingo, 30/12, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Resultado de imagem para dolphins and bills

Partida de dois times que não tem mais nada para fazer na temporada, sendo apenas mais um jogo no ano. O Buffalo Bills vem de derrota para o Patriots por 24 x 12. O Bills não teve nenhum jogador chamado para o Pro Bowl dessa temporada. Apesar de ter tido bons jogos e vencido cinco partidas no ano, a equipe de Buffalo é uma das que mais tem buraco no elenco. Josh Allen até se mostrou um bom QB, mas ainda é bem inconstante na hora de passar a bola, até porque não tem muita ajuda dos recebedores do elenco. McCoy fez um ano bem mais ou menos para um jogador com o talento dele. A defesa se mostrou boa, até excelente em alguns momentos, sendo uma das melhores novidades e um norte para a reconstrução do Bills.

O Miami Dolphins vem de derrota para o Jaguars por 17 x 07. O Dolphins teve um jogador chamado para o Pro Bowl: CB Xavien Howard. Miami até se mostrou um time que poderia chegar nos playoffs, sonhou até a última semana, mas o time não tinha talento o suficiente para conseguir chegar lá. Ainda não se sabe se Ryan Tannehill é bom o suficiente para ser o QB da franquia de Miami ou o time precisa pensar em outro QB por meio do draft nas próximas temporadas. O ataque é bem limitado, tendo bons jogadores como recebedores, mas nenhum WR número 1 muito confiável e Frank Gore já é bem veterano para ser o principal RB. A defesa contém jogadores de talento, principalmente Xavien Howard e Minkah Fitzpatrick, que mostrou talento na sua primeira temporada.

São dois times que precisam de mudanças para a próxima temporada, com o Bills precisando muito mais. Miami conseguiu fazer um bom ano dentro das suas possibilidades, vencendo até o Patriots naquela jogada espetacular no último segundo. Precisa de melhores jogadores no ataque, principalmente WRs que consigam ser mais confiáveis. O Bills precisa colocar melhores jogadores do lado de Josh Allen, já que o elenco do ataque de Buffalo é bem fraco, sendo um dos piores da NFL junto com o Arizona Cardinals. O Dolphins lidera no confronto histórico com 60 vitórias, 44 derrotas e 1 empate, porém o Bills venceu 2 das últimas 3 partidas.

Principais jogadores:

Buffalo Bills:

QB Josh Allen passou para 217 jardas e correu para 30 jardas na semana passada. RB LeSean McCoy tem 360 jardas de scrimmage, e 4 TDs nos 3 jogos em casa na carreira contra o Dolphins. WR Zay Jones liderou a equipe com 5 recepções para 67 jardas e TD na semana passada. LB Lorenzo Alexander liderou a equipe com 14 tackles e teve interceptação na semana 16. S Jordan Poyer teve sack e interceptação na última semana.

Miami Dolphins:

QB Ryan Tannehill teve 1 TD e 1 interceptação na semana passada. RB Kenyan Drake teve TD de recepção no último encontro entre os times. WR Danny Amendola precisa de 5 recepções para ter a quinta temporada na carreira com 60+ recepções. DE Robert Quinn teve sack na semana passada. DE Cameron Wake tem 5 sacks e 5 tackles para perdas de jardas nos últimos 5 jogos contra o Bills.

  • Com 2 TDs contra o Raiders, o QB Patrick Mahomes vai se juntar a Peyton Manning (55 em 2013) e Tom Brady (50 em 2007) como os únicos QBs com pelo menos 50 TDs de passe em uma única temporada na história da liga.
  • Com 114 jardas de scrimmage contra o Cowboys, o RB Saquon Barkley vai se juntar a Eric Dickerson (2.212 jardas de scrimmage em 1983) e Edgerrin James (2.139 em 1999) como os únicos novatos da história com pelo menos 2.000 jardas de scrimmage.
  • Com 2 recepções contra o Cowboys, Barkley vai ultrapassar Reggie Bush (88 em 2006) para o máximo de recepções para um RB novato.
  • Com 55 jardas de recepção contra o Saints, o RB Christian McCaffrey vai se juntar a Marshall Faulk (1998 e 1999) e Roger Craig (1985) como os únicos jogadores da história da liga com pelo menos 1.000 jardas terrestres e 900 jardas de recepção em uma única temporada.
  • Com 3 jardas de recepção contra o Bengals, o WR Antonio Brown vai se tornar o primeiro jogador da história da NFL com 5 temporadas com pelo menos 100 recepções e 1.300 jardas de recepção.
  • Com 3 sacks contra o 49ers, o DT Aaron Donald vai empatar com Michael Strahan (22.5 em 2001) para o maior número de sacks em uma única temporada.
  • Com 2 TDs contra o Raiders, o QB Patrick Mahomes vai se juntar a Peyton Manning (55 em 2013) e Tom Brady (50 em 2007) como os únicos QBs com pelo menos 50 TDs de passe em uma única temporada na história da liga.
  • Com 114 jardas de scrimmage contra o Cowboys, o RB Saquon Barkley vai se juntar a Eric Dickerson (2.212 jardas de scrimmage em 1983) e Edgerrin James (2.139 em 1999) como os únicos novatos da história com pelo menos 2.000 jardas de scrimmage.
  • Com 2 recepções contra o Cowboys, Barkley vai ultrapassar Reggie Bush (88 em 2006) para o máximo de recepções para um RB novato.
  • Com 55 jardas de recepção contra o Saints, o RB Christian McCaffrey vai se juntar a Marshall Faulk (1998 e 1999) e Roger Craig (1985) como os únicos jogadores da história da liga com pelo menos 1.000 jardas terrestres e 900 jardas de recepção em uma única temporada.
  • Com 3 jardas de recepção contra o Bengals, o WR Antonio Brown vai se tornar o primeiro jogador da história da NFL com 5 temporadas com pelo menos 100 recepções e 1.300 jardas de recepção.
  • Com 3 sacks contra o 49ers, o DT Aaron Donald vai empatar com Michael Strahan (22.5 em 2001) para o maior número de sacks em uma única temporada.
  • Com 2 TDs contra o Raiders, o QB Patrick Mahomes vai se juntar a Peyton Manning (55 em 2013) e Tom Brady (50 em 2007) como os únicos QBs com pelo menos 50 TDs de passe em uma única temporada na história da liga.
  • Com 114 jardas de scrimmage contra o Cowboys, o RB Saquon Barkley vai se juntar a Eric Dickerson (2.212 jardas de scrimmage em 1983) e Edgerrin James (2.139 em 1999) como os únicos novatos da história com pelo menos 2.000 jardas de scrimmage.
  • Com 2 recepções contra o Cowboys, Barkley vai ultrapassar Reggie Bush (88 em 2006) para o máximo de recepções para um RB novato.
  • Com 55 jardas de recepção contra o Saints, o RB Christian McCaffrey vai se juntar a Marshall Faulk (1998 e 1999) e Roger Craig (1985) como os únicos jogadores da história da liga com pelo menos 1.000 jardas terrestres e 900 jardas de recepção em uma única temporada.
  • Com 3 jardas de recepção contra o Bengals, o WR Antonio Brown vai se tornar o primeiro jogador da história da NFL com 5 temporadas com pelo menos 100 recepções e 1.300 jardas de recepção.
  • Com 3 sacks contra o 49ers, o DT Aaron Donald vai empatar com Michael Strahan (22.5 em 2001) para o maior número de sacks em uma única temporada.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.