sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Compartilhe

A semana 4 da temporada promete emoções fortes para os torcedores da maioria das franquias da liga. As prioridades das franquias estão ficando cada vez mais claras e os duelos divisionais que podem definir a vaga na pós-temporada estão se desenhando. Confira algumas curiosidades:

  • A semana 3 de 2019 foi a primeira em que 20 dos 32 QBs titulares tinham menos de 26 anos.
  • Com os 2 TDs lançados por Tom Brady, contra o New York Jets, Brady alcançou 524 TDs lançados e segue firme rumo ao recorde de Peyton Manning, com 539.
  • A defesa do New England Patriots cedeu apenas 3 pontos na temporada em 3 jogos. Os 14 pontos do Jets no último jogo foram do special teams e da defesa que interceptou Jarrett Stidham. Foram os primeiros TDs da equipe em Foxborough desde 2015, sendo que todo ano o time de New York joga em New England pelo menos uma vez.
  • Ainda sobre a defesa de New England, é a primeira vez na era-Super Bowl da liga em que um time não cede TD terrestre nas 3 primeiras semanas da temporada. A defesa de New England não sofre um TD do ataque adversário desde a final da AFC de 2018, contra o Kansas City Chiefs.
  • O QB Lamar Jackson tem 0-2 contra o Kansas City Chiefs na temporada regular, jogando como titular. Contra o resto da NFL ele tem 8-0
  • A defesa do Denver Broncos continua sem um único Sack, com 3 jogos realizados.
  • Pela primeira vez desde 1998, o San Francisco 49ers começa a temporada com um 3-0. Naquela oportunidade, o QB Steve Young e o técnico Steve Mariucci estavam na equipe.
  • O QB Kyle Allen, substituto de Cam Newton lançou para 4 TDs no último jogo. Newton tem 4 TDs nos seus últimos 6 jogos como titular e nenhum nos últimos 4.

A Semana 4 da NFL começou ontem com a partida entre Green Bay Packers e Philadelphia Eagles. Confira nosso Guia e não perca nada!

Cleveland Browns (1-2) @ Baltimore Ravens (2-1) – Domingo, 29/09, 14h (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN Extra

 

 

 

 

 

O principal confronto da semana será o duelo divisional entre a sensação da temporada Baltimore Ravens e o rival de divisão que foi a sensação da pré temporada, o Cleveland Browns. Jogo acontece em Baltimore neste domingo.

Time de defesa extremamente forte, jogo corrido consistente e ataque aéreo inconstante em 2018, a equipe do Ravens começou 2019 com novas armas no jogo aéreo e com uma postura diferente de Lamar Jackson no pocket quando tem que passar a bola. O time jogou de igual pra igual contra um dos favoritos da AFC fora de casa e só consolida como um dos postulantes a fazer barulho na pós-temporada.

Pelo lado de Cleveland, a expectativa criada antes do início da temporada foi gigantesca, pelos reforços e pelo bom desempenho de Baker Mayfield em seu ano de calouro. Nada disso vem se confirmando, Mayfield não vem jogando bem e não vem tendo a ajuda necessária, principalmente na linha ofensiva, o que impossibilita que ele tenha tempo para lançar a bola para suas armas. Com Njoku fora, a tendência é que Jarvis Landry receba mais bolas saindo do slot e que Freddie Kitchens explore melhor o talento de Odell Beckham Jr.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson  tem 7 TDs e 863 jardas  em 3 jogos. WR Marquise Brown  é o principal  alvo de Lamar e tem 282 jardas e 2 TDs na temporada. TE Nick Boyle teve 4 recepções para 58 jardas na semana 3. LB Matt Judon teve 1 sack e 1 tackle para perda de jardas no último jogo. S Tony Jefferson teve 6 tackles contra o Chiefs.

Cleveland Browns:

QB Baker Mayfield lançou para 195 jardas e 1 TD e 1 interceptação na semana 3. RB Nick Chubb teve 96 jardas no jogo contra o Rams. WR Odell Beckham Jr teve 6 recepções para 56 jardas na última semana. CB T.J. Carrie teve 6 tackles, 1 interceptação e 2 passes desviados na semana passada. DL Myles Garrett teve 1 sack e 1 tackle no último jogo.

Leia Mais: NFL na TV – Transmissões da Semana 4

Leia Também: Rastreando Draftados – Terry McLaurin é a boa notícia da temporada do Redskins

Minnesota Vikings (2-1) @ Chicago Bears (2-1) – Domingo, 29/09, 17:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN 

 

 

 

 

O jogo de duas equipes fortes, com bons elencos, mas que ainda estão evoluindo na temporada e tem problemas com seus quarterbacks. O time de Chicago tem um quarterback jovem e que não vem correspondendo às expectativas, mesmo com um técnico excelente no lado ofensivo da bola. Contudo, ainda tem uma das melhores defesas da liga, o que vem carregando seu ataque a vitórias na temporada.

Na defesa, o Bears tem um verdadeiro arsenal, lotado de talento em todos os níveis e que incomoda muito os ataques adversários, especialmente nos primeiros quartos. No final dos jogos, a defesa acaba cansando por conta da ineficiência do ataque em permanecer em campo.

No ataque, Trubisky tem sérias dificuldades em diversos aspectos do jogo, como precisão, postura no pocket e tomadas de decisão. Contra o Vikings, que tem uma defesa agressiva, especialmente na secundária, o QB do Chicago Bears deve sofrer com leituras e Mike Zimmer deve tentar travá-lo no pocket para que o pass rush chegue.

Pelo lado de Minnesota, a última semana foi de vitória e mais uma atuação de cinema de Dalvin Cook. O líder de jardas terrestres da liga até o momento vem tendo uma ótima temporada, especialmente porque a linha ofensiva do Vikings melhorou bastante.

Com adições importantes, os bloqueios para Cook melhoraram e permitem que não se dependa de Kirk Cousins para vencer os jogos com seu braço. Contra o Bears, Cook deve ter o box lotado para conter seus avanços terrestres, o que deve abrir espaços para a dupla Diggs/Thielen no jogo aéreo.

Principais jogadores:

Chicago Bears:

QB Mitch Trubisky completou 25 de 31 passes para 213 jardas com 3 TDs e 1 interceptação na última semana. RB David Montgomery teve 67 jardas terrestres no último jogo. WR Taylor Gabriel teve 75 jardas contra o Redskins, com 3 TDs. LB Danny Trevathan teve 7 tackles 1 sack e 1 tackle para perda de jardas na última semana. S Ha-Ha Clinton-Dix teve 2 interceptações e 7 tackles no último jogo.

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins teve 174 jardas e 1  TD na semana 3. RB Dalvin Cook lidera a liga em jardas terrestres e teve 140+ jardas de scrimmage no último jogo. WR Adam Thielen teve 55 jardas de recepção em 3 recepções na semana 3. CB Trae Waynes teve 8 tackles na semana passada. S Harrison Smith teve 4 tackles e uma interceptação no último jogo. LB Eric Wilson teve 7 tackles, 2 sacks e 2 tackles para perda de jardas contra o Raiders.

Dallas Cowboys (3-0) @ New Orleans Saints (2-1) – Domingo, 29/09, 21:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

 

 

 

O duelo do Sunday Night Football da semana 4 é um duelo que aconteceu na temporada passada, com situações inversas ao que vai ocorrer em 2019. O Saints, que na época era o melhor time da conferência nacional, enfrentou o Dallas Cowboys que estavam com problemas no ataque (principalmente nas chamadas de jogadas) e precisava que a defesa parasse um Drew Brees inspirado e um Alvin Kamara que era espetacular. Agora, com Drew Brees lesionado, Kamara continua um espetáculo, mas o ataque do Saints está em xeque. Por sua vez, o ataque de Dallas vem com Zeke e Cooper de contratos renovados e Dak Prescott jogando em nível de MVP para receber seus sonhados 40 milhões por temporada.

Com isso, o Saints precisa de sua defesa para frear o time de Dallas e dar condições para Teddy Bridgewater, substituto de Brees vencer o jogo no ataque. Alvin Kamara também será determinante, para estabelecer o jogo corrido e manter o ataque de Dallas longe do campo.

No lado de Dallas, a defesa provou no último duelo entre eles que é versátil o bastante para limitar Kamara e Michael Thomas. Os linebackers serão ponto chave desse duelo, especialmente na cobertura contra o passe.

No ataque, Dallas vem apenas com Michael Gallup como possível ausência e com Dak Prescott distribuindo a bola entre os recebedores. Jason Witten e Devin Smith serão importantes no ataque do time contra a secundária do time de New Orleans.

Principais jogadores:

New Orleans Saints:

QB Teddy Bridgewater passou para 177 jardas com 2 TDs na semana passada. RB Alvin Kamara correu para 69 jardas e 1 TD no último jogo, além de 92 jardas recebidas e um TDs de recepção. WR Michael Thomas teve 5 recepções, para 54 jardas e 1 TD contra o Seahawks.  CB  Marshon Lattimore teve 10  tackles na semana passada. LB Demario Davis teve 7 tackles no último jogo.

Dallas Cowboys:

QB Dak Prescott passou para 246 jardas com 2 TDs na semana passada. RB Ezekiel Elliott correu para 125 jardas . WR Michael Thomas teve 6 recepções, para 88 jardas e  2 TDs contra o Dolphins.  CB  Chidobe Awuzie teve 5  tackles e 2 passes desviados na semana passada. LB Jaylon Smith teve 8 tackles no último jogo.

Kansas City Chiefs (3-0) @ Detroit Lions (2-0-1) – Domingo, 29/09, 14h (Horário de Brasília) –  Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

 

Um jogo que pode passar desapercebido pelo fã da NFL e tem chance de ser bem disputado é entre Chiefs e Lions, no Ford Field, neste domingo. O Kansas City Chiefs tem um ótimo ataque e deve continuar marcando muitos pontos, mas vai enfrentar uma equipe que não está 3-0, mas está invicta, com 2 vitórias e um empate. Matt Patrícia, ex-coordenador defensivo de Bill Belichick tem condições de frear o explosivo ataque de Chiefs e pode fazer um plano de jogo que dificulte o ataque de Kansas City e expôr as deficiências da defesa do time do Missouri.

No ataque, o Detroit Lions deve correr com a bola e Kerryon Johnson fazer ótima partida está nos planos de Patricia para manter Mahomes fora de campo, controlar o relógio e vencer o jogo. A defesa de Kansas City é uma das piores contra jogo terrestre da liga e com toda certeza isso será explorado. Com o sucesso das corridas, Stafford terá mais espaço para ferir a secundária, também fraca do Chiefs com passes para Kenny Golladay, Mavin Jones ou no meio do campo com o calouro T.J. Hockenson.

Na defesa, Patricia deve jogar a maioria dos snaps em marcação homem a homem e pressionar os recebdores na linha, além de muita pressão para que Mahomes não estenda as jogadas, assim como Belichick fez na final da AFC em 2018. Pode ser um tiro pela culatra, visto que a secundária de New England é muito mais qualificada que a atual secundária de Detroit.

Para o Chiefs, a conta é básica: fazer muitos pontos para compensar a defesa que não é boa. O time deve lotar o box para frear Kerryon Johnson e a secundária ficará exposta ao braço de Stafford. Um bom jogo do pass rush pode ajudar e fazer com que o time vença fora de casa.

Principais jogadores:

Kansas City Chiefs:

QB Patrick Mahomes lançou para 374 jardas e 3 TDs na semana 3 e lidera a liga em jardas aéreas. TE Travis Kelce teve 89 jardas no jogo contra o Ravens. WR Mecole Hardman teve 2 recepções para 97 jardas na última semana, com 1 TD. DB Tyrann Mathieu teve 2 tackles e 3 passes desviados na semana passada. DL Emmanuel Ogbah teve 1,5 sack e 1 tackle para perda de jardas no último jogo.

Detroit Lions:

QB Matt Stafford passou para 1 TD e 201 jardas na semana 3. WR Marvin Jones teve 101 jardas recebidas e 1 TD contra Philadelphia. RB Kerryon Johnson teve 36 jardas e 1 TD no último jogo. DL Trey Flowers teve 4 tackles e 1 tackle para perda de jardas e 1 sack no duelo contra o Eagles. DB Justin Coleman teve 3 passes desviados na última semana.

Los Angeles Chargers (1-2) @ Miami Dolphins (0-3) – Domingo, 29/09, 14h (Horário de Brasília) –  Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

 

 

Outra vez o jogo desta parte do guia é o do Miami Dolphins. O time até jogou melhor na semana 3 em relação aos primeiros 2 jogos da temporada, mas ainda é um dos piores times da era-Super Bowl da NFL. Josh Rosen fez alguns bons passes contra o Dallas Cowboys, mas ainda vai lutar pra sobreviver atrás da linha ofensiva e corre sério risco de lesão esse ano. Após a troca de Minkah Fitzpatrick para o Steelers, apenas Xavien Howard é um jogador que se possa confiar nessa defesa, além de jogadores bons que não tem ajuda e acabam indo mal, como o calouro Christian Wilkins.

Do outro lado, um elenco cheio de talento e profundidade em várias posições, elogiado por muitos antes da temporada, mas que sofreu 2 derrotas seguidas nos últimos jogos. A defesa vem sofrendo para pressionar a linha de scrimmage e mesmo com peças do ataque indo bem, como Keenan Allen e Austin Ekeler, o time está 1-2.

Nada como um jogo contra Miami para recuperar a confiança. O time de Los Angeles deve usar esse jogo para aumentar a auto-estima e preparar terreno para os próximos jogos, na briga para obter uma vaga na pós-temporada. Ainda não contarão com a volta de Melvin Gordon, que terminou sua greve, mas deve voltar na semana 5. Não lesionar jogadores também é um objetivo para o Chargers, já que a vitória deve vir, até se uma catástrofe acontecer.

Principais jogadores:

Miami Dolphins:

QB Josh Rosen passou para 200 jardas no último jogo. RB Kenyan Drake liderou o time e correu para 38 jardas na semana 3. WR Preston Williams teve 4 recepções para 68 jardas no último jogo. DB Bobby McCain teve interceptação na semana passada. DL Taco Charlton teve sack contra o Dallas Cowboys.

Los Angeles Chargers:

QB Phillip Rivers passou para 2 TDs e 318 jardas na semana 3. WR Keenan Allen teve 183 jardas recebidas e 2 TDs na semana passada. RB Austin Ekeler teve 36 jardas terrestres e 45 aéreas no último jogo. LB Thomas Davis teve 5 tackles e 0,5 sacks no duelo contra Houston. DB Roderic Teamer teve 6 tackles na última semana.

 

 

  • Kyle Allen será titular contra Houston Texans na semana 4. Cam Newton segue fora
  • Teddy Bridgewater também continua como titular no Saints, apesar de algumas pessoas requisitarem Taysom Hill como titular antes da vitória contra o Seahawks.
  • Daniel Jones e Josh Rosen continuam como titulares de seus times, após melhora considerável de seus ataques na última semana com eles em campo.
  • Tom Brady diminuiu sua diferença para o recorde de 539 TDs de Peyton Manning. Brady tem 524 TDs. Brady deve bater o recorde e se isolar como o líder histórico, já que Brees perderá jogos por lesão.
  • O Miami Dolphins tem a incrível marca de 133 pontos sofridos, 16 marcados, 1498  jardas totais cedidas, e apenas 667 jardas totais em 3 jogos disputados. Apenas Bears, Colts, Panthers, Steelers, Giants Vikings, Jets e Saints não tem um QB com mais jardas passadas que as 667 totais de Miami.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.