sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Compartilhe

A semana 5 da temporada promete bons jogos e definições para o futuro das franquias na temporada. Os times contarão com o retorno de alguns jogadores que foram suspensos pela liga e podem ajudar seus respectivos companheiros a partir desta semana, que ainda conta com a explosão de reservas sensação, como Gardner Minshew e Kyle Allen. Confira algumas curiosidades:

  • A semana teve um confronto entre times 3-0, Bills e Patriots, onde o time de New England venceu e continua invicto
  • Tom Brady foi limitado pela defesa de Buffalo e teve seu pior rating dos últimos 13 anos.
  • A defesa do New England Patriots cedeu seu primeiro touchdown do ano, na semana 4, após salto de Josh Allen sobre a linha ofensiva do Bills. É o primeiro TD sofrido pela defesa de New England desde a final de conferência de 2018.
  • Ainda sobre Patriots e Bills, Frank Gore atingiu a incrível marca de 15 mil jardas terrestres na carreira, sendo apenas o quarto a atingí-la.
  • O WR Larry Fitzgerald atingiu 1326 recepções após o jogo de domingo e ultrapassou Tony Gonzalez, estando agora atrás apenas de Jerry Rice (1549) na história da liga.
  • O New Orleans Saints falhou em atingir 300 jardas totais nos últimos 3 jogos. Sem Drew Brees, o time ainda tem 2-1 nesses jogos abaixo das 300 jardas. Enquanto isso, a defesa segurou o Dallas Cowboys para menos de 30 pontos e 400 jardas pela primeira vez na temporada.
  • Pela primeira vez no ano e terceira na carreira, Patrick Mahomes não lançou TD em uma partida na NFL. Domingo contra Detroit foi sua estreia em estádios fechados.
  • O QB Kyler Murray foi a primeira escolha geral do draft e lançou uma interceptação retornada para TD para outra primeira escolha geral do draft (Jadeveon Clowney). É a primeira vez que isso acontece na história.

A Semana 5 da NFL começou ontem com a partida entre Los Angeles Rams e Seattle Seahawks. Confira nosso Guia e não perca nada!

Green Bay Packers (3-1) @ Dallas Cowboys (3-1) – Domingo, 06/10, 17h25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN 

 

 

 

 

 

O principal confronto da semana será o duelo entre duas forças da conferência nacional, que perderam suas invencibilidade de forma surpreendente na última semana, Dallas Cowboys e Green Bay Packers.

Green Bay vem com uma defesa, especialmente a secundária, extremamente eficiente e um ataque que vem bem abaixo das expectativas em alguns setores, incluindo Aaron Rodgers. Diferente dos últimos anos, em que Rodgers carregava a defesa nas costas, nesse início de temporada a defesa vem jogando bem e o ataque aéreo vem um pouco abaixo do que pode, mesmo com Davante Adams sendo espetacular como de costume. O que vinha encaixando e deixando Rodgers com mais tranquilidade era o jogo terrestre. Quando não foi bem, o time acabou perdendo a invencibilidade para o Philadelphia Eagles. Agora encontrará uma defesa muito boa no segundo nível, o que pode complicar a atuação do ataque.

Pelo lado de Dallas, Dak Prescott vinha fazendo temporada digna de MVP, ainda em busca de um gordo contrato. Com a linha ofensiva jogando bem e um dos melhores running backs da liga ao seu lado, Dak Prescott tinha muita tranquilidade para acertar seus alvos e vinha castigando as secundárias adversárias. Contra o New Orleans Saints, Dak foi muito pressionado e a secundária do time da Louisiana não permitiu que o QB fosse eficiente como nos outros jogos. A tônica do jogo contra Green Bay será praticamente a mesma e Zeke e a linha ofensiva terão de trabalhar bem para fazer com que a engrenagem do ataque flua.

Principais jogadores:

Green Bay Packers:

QB Aaron Rodgers teve 2 TDs e 422 jardas  e 1 interceptação no último jogo. WR Davante Adams  é o principal  alvo de Rodgers e teve 180 jardas em 10 recepções contra o Eagles. TE Jimmy Graham teve 6 recepções para 61 jardas e 1 TD na semana 4. LB Blake Martinez teve 10 tackles no último jogo. DB Kevin King teve 2 passes desviados contra o Eagles.

Dallas Cowboys:

QB Dak Prescott lançou para 223 jardas e 1 interceptação na semana 4. RB Ezekiel Elliott teve 35 jardas no jogo contra o Saints. WR Amari Cooper teve 5 recepções para 48 jardas na última semana. CB Chidobe Awuzie teve 5 tackles, 1 interceptação e 2 passes desviados na semana passada. DL Robert Quinn teve 2 sacks e 2 tackles para perda de jardas no último jogo.

Leia Mais: Visão Aérea: Detroit Lions x Kansas City Chiefs

Leia Mais: Saints não sente falta de Brees e segue entre melhores da liga

Buffalo Bills (3-1) @ Tennessee Titans (2-2) – Domingo, 06/10, 14h (Horário de Brasília) – Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

O jogo de duas equipes fortes, com bons elencos, mas que ainda estão evoluindo na temporada e tem problemas com seus ataques. Tanto o time de Nashville, quanto o time de Buffalo tem quarterbacks jovens e que são inconsistentes. Tanto Mariota quanto Allen são atléticos e tem braços fortes, mas peçam nos aspectos mentais do jogo. Allen tomou uma pancada na cabeça no último jogo e não se sabe sua disponibilidade para o jogo. Caso não jogue, Matt Barkley deve jogar. Caberá a defesa de Buffalo carregar o piano e o eterno Frank Gore, contribuir no ataque.

Os recebedores são um dos grandes problemas de Buffalo e ainda jogarão contra uma das secundárias mais qualificadas de toda a liga. A linha ofensiva e os desequilíbrios nos confrontos dos tight ends deverão ser usados pela comissão técnica do Bills para favorecer seu ataque.

Pelo lado de Tennessee, a última semana foi de vitória e atuação boa de Marcus Mariota. Mas a inconstância de jogos bons de Mariota não nos permite apostar que ele jogará bem contra a forte defesa do Buffalo Bills. Derrick Henry precisa correr pra mais de 100 jardas sempre, para que Mariota se sinta confortável e possa jogar bem, mas nem sempre isso é possível.

A defesa de Tennessee será importante, assim como a linha ofensiva. A defesa conseguindo roubar a bola e limitar o ataque de Buffalo cansará a forte defesa do time do estado de New York. E a linha ofensiva abrindo espaço para o jogo terrestre dará tempo de posse e aliviará a pressão em cima de Mariota.

Principais jogadores:

Buffalo Bills:

QB Josh Allen completou 13 de 28 passes para 153 jardas com 1 TD terrestre e 3 interceptações na última semana. RB Frank Gore teve 109 jardas terrestres no último jogo. WR Cole Beasley teve 75 jardas contra o Patriots. LB Tremaine Edmunds teve 7 tackles e 2 tackles para perda de jardas na última semana. S Micah Hyde teve 1 interceptação e 3 tackles no último jogo.

Tennessee Titans:

QB Marcus Mariota teve 227 jardas e 3  TDs na semana 4. RB Derrick Henry teve 100 jardas terrestres no último jogo. WR A.J. Brown teve 94 jardas de recepção e 2 TDs em 3 recepções na semana 4. CB Malcolm Butler teve 5 tackles e 1 tackle para perda de jardas na semana passada. LB Harold Landry teve 3 tackles, 2 sacks e 2 tackles para perda de jardas contra o Falcons.

Cleveland Browns (2-2) @ San Francisco 49ers (3-0) – Segunda, 07/10, 21:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

 

 

 

O duelo do Monday Night Football da semana 5 é um duelo de franquias que estão tentando se reerguer e parecem ter melhorado para 2019. Cleveland e San Francisco são times tradicionais que fizeram bastante sucesso em décadas passadas. Hoje, tentam retomar a glória. O time de Ohio teve um início complicado, mas teve grande vitória sobre o rival de divisão Baltimore Ravens na última semana, com a defesa jogando bem e Nick Chubb dominando uma forte defesa terrestre, de maneira até inesperada. Para o duelo contra o 49ers, a linha ofensiva e o running back serão testados novamente, contra a segunda melhor defesa terrestre em jardas cedidas por jogo da liga.

Na defesa, é justamente igual. O time de San Francisco vem fazendo um ótimo trabalho abrindo espaços para o jogo terrestre, mesmo sem seus principais corredores. O corpo de linebackers será importantíssimo caso o Cleveland Browns queira parar o jogo terrestre do time da Califórnia.

No lado de San Francisco, o time vem de uma semana de folga e tem uma defesa que vem realmente jogando bem. DeForest Buckner, Nick Bosa, Kwon Alexander e demais vem fazendo jogos bons e vão incomodar Baker Mayfield nesta segunda-feira. Parar Nick Chubb deve ser a prioridade, dando responsabilidade para a secundária jogar no mano a mano mais vezes durante o jogo.

No ataque, San Francisco vem sofrendo para passar a bola, com Garoppolo sendo o elo fraco de uma ataque que conta com a linha ofensiva e running backs jogando muito bem. Seu corpo de recebedores é pobre e sua melhor arma, George Kittle, não vem sendo um destaque recebendo passes como em 2018. Incomodar em profundidade é uma das missões no ataque para equilibrar as chamadas e preocupar a defesa.

Principais jogadores:

Cleveland Browns:

QB Baker Mayfield passou para 342 jardas com 1 TD e 1 interceptação na semana passada. RB Nick Chubb correu para 165 jardas e 3 TDs no último jogo. WR Jarvis Landry teve 8 recepções para 167 jardas contra o Ravens.  DB  Jermaine Whitehead teve interceptação na semana passada. LB Joe Schobert teve 9 tackles, 2 tackles para perda de jardas e 1 sack no  último jogo.

San Francisco 49ers:

QB Jimmy Garoppolo passou para 277 jardas com 1 TD e 2 interceptações na semana 3. RB Raheem Mostert correu para 79 jardas no jogo contra Pittsburgh. TE George Kittle teve 6 recepções, para 57 jardas  contra o Steelers.  CB  K’Waun Williams teve 1 interceptação e 1 passe desviado na semana 3. DL DeForest Buckner teve 6 tackles e 1 sack no último jogo.

Baltimore Ravens (2-2) @ Pittsburgh Steelers (1-3) – Domingo, 06/10, 14h (Horário de Brasília) –  Transmissão: ESPN

 

 

 

 

 

Um jogo que seria facilmente o jogo da rodada se Ben Roethlisberger tivesse saudável e Antonio Brown não tivesse surtado. Uma das rivalidades mais ásperas dos últimos anos, Baltimore e Pittsburgh vivem situações opostas. Pittsburgh vem com seu quarterback reserva e um time rendendo abaixo do esperado como um todo, parece cumprir tabela até o fim do ano, mesmo com alguns bons valores individuais.

O time conseguiu sua primeira vitória na última semana contra o Bengals e vê Browns e Ravens apenas um jogo a frente, mas com desempenho dentro de campo muito melhor. Parar o jogo corrido de Baltimore será um belo desafio para a defesa de Pittsburgh, que vem sofrendo há um bom tempo.

No ataque, correr com a bola será fundamental, primeiro para manter a posse e cansar a defesa forte do time de Maryland. Segundo porque Mason Rudolph não é nem perto de ser Ben Roethlisberger e ainda engatinha em sua carreira (mas tem boas qualidades).

Para o Ravens, a fórmula é lotar o box e desafiar Rudolph a lançar contra Humphrey, Thomas e demais da secundária. Pressionar o jovem QB também será importante para forçar o ataque de Pittsburgh a sair de campo, e o time de Baltimore vem tendo problemas para pressionar o quarterback nos últimos jogos.

No ataque, usar e abusar do jogo corrido e das options com Lamar Jackson no início do jogo vão confundir a defesa de Pittsburgh. Isso provavelmente abrirá espaço para jogadores no jogo aéreo em rotas profundas ou atrás dos linebackers, como Marquise Brown e Mark Andrews, respectivamente. O ataque precisa se recuperar após partida mediana contra o Cleveland Browns.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson lançou para 247 jardas e 3 TDs e 2 interceptações na semana 4. RB Mark Ingram teve 71 jardas no jogo contra o Browns. WR Willie Snead teve 2 recepções para 61 jardas na última semana, com 1 TD. DB Maurice Canady teve 1 interceptação e 2 passes desviados na semana passada. S Earl Thomas teve 6 tackles no último jogo.

Pittsburgh Steelers:

QB Mason Rudolph passou para 2 TD e 229 jardas na semana 4. WR Diontae Johnson teve 77 jardas recebidas e 1 TD na última partida. RB James Conner teve 125 jardas de scrimmage e 1 TD recebido no último jogo. DL Cam Heyward teve 4 tackles e 1 tackle para perda de jardas e 2,5 sacks no duelo contra o Bengals. LB Mark Barron teve 8 tackles e 1 tackle para perda de jardas na última semana.

Arizona Cardinals (0-3-1) @ Cincinnati Bengals (0-4) – Domingo, 06/10, 14h (Horário de Brasília) –  Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

 

 

Desta vez, o Miami Dolphins não joga na semana, por isso o jogo para se fugir é Cardinals e Bengals. Dois times que certamente estarão no top 5 do draft do ano que vem, em um jogo que não aspira qualidade, por mais que tenhamos bons jogadores em ambos os lados, como David Johnson, Joe Mixon, Chandler Jones, Geno Atkins, Patrick Peterson, Larry Fitzgerald e outros.

Do lado do Arizona Cardinals, o time mostrou poder de reação na semana 1 e Kyler Murray colocou na mesa seus atributos de número 1 do draft. Entretanto, a linha ofensiva continua a mesma peneira de 2018 e Murray corre a passos largos para bater 80 sacks no ano. Muitos deles por culpa da linha e do sistema de Kingsbury. Essa linha prejudica todo ataque de Arizona.

Por consequência, a defesa fica muito em campo e cansa, porque o ataque não consegue manter a posse. Uma defesa com várias opções de talento já sofreria, imagina a defesa do time de Arizona que tem pouquíssima profundidade de talento. O resultado é a campanha de 3 derrotas e um empate. Usar David Johnson com consistência será essencial para poder sonhar com a vitória contra o Bengals.

No lado de Cincinnati, os mesmos problemas, com peças diferentes. Joe Mixon também é muito talentoso para jogar atrás de uma linha ofensiva tão pobre. O resultado é pressão constante em Andy Dalton e posse sempre com o adversário. Enquanto a defesa cansa e sofre com a falta de qualidade em várias posições.

O jogo tem tudo para ser um festival de punts. Ou um tiroteio entre Murray e Dalton, que não deve ser legal de se acompanhar.

Principais jogadores:

Arizona Cardinals:

QB Kyler Murray passou para 241 jardas no último jogo. RB David Johnson liderou o time e correu para 40 jardas e recebeu 8 passes para 99 jardas na semana 4. WR Larry Fitzgerald teve 5 recepções para 47 jardas no último jogo. LB Jordan Hicks teve 8 tackles e 0,5 sacks na semana passada. DL Terrell Suggs teve 1,5 sacks e 2 tackles para perda de jardas contra o Seahawks

Cincinnati Bengals:

QB Andy Dalton passou para 171 jardas na semana 4. WR Auden Tate teve 50 jardas recebidas na semana passada. RB Joe Mixon teve 62 jardas terrestres no último jogo. LB Nick Vigil teve 8 tackles, 2 tackles para perda de jardas e 1 fumble forçado no duelo contra Pittsburgh. DB Dre Kirkpatrick teve 5 tackles na última semana.

 

 

  • Kyle Allen, Gardner Minshew, Daniel Jones,e Mason Rudolph e Teddy Bridgewater continuam como titulares em seus times
  • Dwayne Haskins, que entrou no lugar de Case Keenum durante a última partida também pode começar como titular.
  • Josh Allen saiu do jogo no último domingo após pancada na cabeça, mas deve jogar
  • Tom Brady não diminuiu sua diferença para o recorde de 539 TDs de Peyton Manning. Brady tem 524 TDs.
  • Frank Gore precisa de 249 jardas para passar Barry Sanders e se tornar o terceiro running back em jardas da história da liga.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.