sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Compartilhe

A semana 7 da temporada terá alguns confrontos divisionais que vão pegar fogo e serão importantes para o restante da temporada, em questão de classificação. A rodada tem algumas equipes interessantes de folga, como Carolina Panthers e Cleveland Browns, sendo necessário que estas voltem bem após a semana de folga para tentar alcançar suas pretensões na temporada. Confira algumas curiosidades:

  • A semana 6 manteve a invencibilidade de New England Patriots e San Francisco 49ers.
  • Com as vitórias de Redskins e Jets, apenas Dolphins e Bengals seguem sem vencer e brigam pela primeira escolha geral do draft de 2020.
  •  O WR Robby Anderson recebeu um TD de 92 jardas na semana 6, TD mais longo da temporada até o momento.
  • A linha ofensiva do Houston Texans protegeu Deshaun Watson sem ceder sacks em jogos consecutivos, pela primeira vez na carreira do QB.
  • Sinal de alerta em Dallas: 2 derrotas seguidas e o time não perde 3 seguidas desde a suspensão de Ezekiel Elliott, em 2017
  • Agora que Brady é o segundo na lista de jardas passadas na história, ele vai atrás de Drew Brees, que é o primeiro. Brady tem 72257 e Brees 74845.
  • Brady também persegue o recorde de TDs de Peyton Manning. Manning tem 539 e Brady tem 527.
  • Os times da casa estão 40-50-1 na temporada 2019.

A Semana 7 da NFL começou ontem com a partida entre Kansas City Chiefs e Denver Broncos. Confira nosso Guia e não perca nada!

Philadelphia Eagles (3-3) @ Dallas Cowboys (3-3) – Domingo, 20/10, 21h20 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN 

 

 

 

 

 

O principal confronto da semana será o duelo entre duas forças da divisão leste da conferência nacional, o último campeão da conferência que venceu o Super Bowl Philadelphia Eagles contra o maior vencedor da NFC desde a criação da Conferência, o Dallas Cowboys.

O time de Philadelphia vem com dificuldades nos últimos jogos, principalmente na secundária, que não tem tido o brilho de outrora. A linha defensiva é ótima, mas é prejudicada quando o QB adversário consegue plantar e lançar na direção da secundária. A tendência é que os times ataquem cada vez mais a secundária do Eagles e Dallas tem armas, principalmente Amari Cooper, se saudável, para ferir a secundária adversária.

No ataque, o time do  vem tendo altos e baixos, mas vem evoluindo bastante, principalmente no jogo aéreo com Wentz tendo as suas melhores peças de volta. O backfield parece un pouco bagunçado, com nenhum dos RBs produzindo em alto nível, mas Doug Pederson tem criatividade para suprir a ausência de um jogo terrestre consistente.

No lado de Dallas, a defesa que foi tão bem ano passado, sucumbiu nos últimos jogos. Contra Green Bay, a defesa terrestre cedeu um caminhão de jardas. Contra o New York Jets, a secundária foi exposta e consagrou Darnold e Cia. Será importante para a defesa jogar bem no domingo para poder ter chances de vencer, já que o ataque de Philadelphia vem melhorando e tem capacidade de pontuar bem

No ataque, por mais que as lesões venham desfalcando o time, principalmente na linha ofensiva, a produção ainda passa por Zeke. Ter tempo de posse e volume para o RB principal da equipe alivia Dak Prescott e faz o jogo fluir bem. Com Jason Garrett sendo quase nulo em questões de treinador, a bomba está na mão de Kellen Moore, que vem fazendo trabalho satisfatório até aqui.

Principais jogadores:

Philadelphia Eagles:

QB Carson Wentz teve 2 TD e 306 jardas  e 1 interceptação no último jogo. WR Alshon Jeffrey teve 76 jardas e 1 TD contra o Vikings. RB Miles Sanders teve 3 recepções para 86 jardas e 1 TD na semana 6. DB Andrew Sendejo teve 2 tackles e 1 interceptação no último jogo. EDGE Brandon Graham teve 3 tackles, 1 sack e 1 tackle para perda de jardas contra o Vikings.

Dallas Cowboys:

QB Dak Prescott lançou para 278 jardas na semana 6. RB Ezekiel Elliott teve 105 jardas e 1 TD no jogo contra o Jets. WR Tavon Austin teve 5 recepções para 64 jardas na última semana. DB Jourdan Lewis teve 2 tackles, 1 interceptação e 1 passe desviado na semana passada. DL Robert Quinn teve 2 sacks e 2 tackles para perda de jardas no último jogo.

Leia Mais: Rastreando Draftados – Kyler Murray embala e consegue sua segunda vitória consecutiva com o Cardinals

Leia Também: NFL na TV – Transmissões da Semana 7

Houston Texans (4-2) @ Indianapolis Colts (3-2) – Domingo, 20/10, 14h (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

 

 

 

 

 

 

Jogo entre dois rivais da divisão que derrubaram o Kansas City Chiefs nas últimas semanas, o Indianapolis Colts, enfrenta o Houston Texans, valendo o topo da divisão e uma moral a mais pro resto da temporada.

A chave para o jogo para Houston é proteger Desahun Watson e pressionar Jacoby Brissett. A pressão em Brissett é necessária pois a secundária do time texano não vem tendo bons jogos como um todo. Gerar pressão e fazer o QB tomar decisões equivocadas podem ajudar a secundária e o time de Houston tem jogadores para isso.

No ataque, o time vem correndo bem com Carlos Hyde e isso alivia um pouco da pressão de Watson. Com menos dropbacks, Watson corre menos risco de ser assassinado no pocket por falha de um de seus jogadores de linha ofensiva. A linha vem melhorando mas ainda está longe de ser a ideal. A criatividade nas chamadas também pode ajudar a tirar a pressão de Watson.

Pelo lado do Indianapolis Colts, a linha ofensiva é boa e tem jogadores que dá prazer em ver jogar, como Quenton Nelson. Isso favorece o jogo terrestre com Marlon Mack e deixa Brissett mais confortável no pocket.

Na defesa, o time de Indiana precisa implodir o pocket, com disciplina nos gaps para conseguir limitar Watson, que é uma ameaça passando e correndo com a bola.

Principais jogadores:

Houston Texans:

QB Deshaun Watson completou 30 passes de 42 tentados para 280 jardas com 1 TD e 2 interceptações na última semana. RB Carlos Hyde teve 116 jardas terrestres e 1 TD no último jogo. WR DeAndre Hopkins teve 9 recepções para 55 jardas contra o Chiefs. DL calouro Charles Omenihu teve 1 tackle, 1 sack e 1 fumble forçado na última semana. DB Tashaun Gipson teve 1 interceptação e 3 tackles no último jogo.

Indianapolis Colts:

QB Jacoby Brissett teve 151 jardas e 1 interceptação na semana 5. RB Damien Williams liderou o time com 132 jardas terrestres no último jogo do time. WR T.Y. Hilton teve 37 jardas de recepção em 4 recepções na semana 5. DB George Odum teve 6 tackles e 1 fumble forçado na partida passada. EDGE Justin Houston teve 3 tackles, 1 sack e 2 tackles para perda de jardas contra o Chiefs.

Minnesota Vikings (4-2) @ Detroit Lions (2-2-1) – Segunda, 14/10, 14h (Horário de Brasília) – Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

 

 

Mais um duelo divisional que vai abalar o domingo é na NFC Norte, entre Minnesota Vikings e Detroit Lions, no Ford Field, em Detroit. Dois times que mostraram força neste início de temporada e que podem sonhar com uma vaga na pós-temporada desse ano.

O time de Detroit precisa limitar o jogo terrestre de Minnesota que vem arrasando corações na temporada, com Dalvin Cook em ótima fase e uma linha ofensiva que vem funcionando muito bem. Damon Harrison (Snacks) e Trey Flowers são exemplos dos jogadores que terão de estar em seus melhores dias para segurar o ímpeto do ataque de Minnesota.

No ataque, o time de Michigan precisa estabelecer o jogo corrido com Kerryon Johnson, que vem jogando muito bem, para tirar um pouco da pressão em Matthew Stafford, que não pode ficar em situações óbvias de passe contra uma defesa agressiva como a de Minnesota.

Para Minnesota, é aproveitar a fase de alguns jogadores dos dois lados da bola, como Dalvin Cook, Stefon Diggs, Adam Thielen, Danielle Hunter e tirar a pressão de Kirk Cousins. Com Cousins lançando só em situações de extremo conforto, as chances de uma lambança ficam menores.

Principais jogadores:

Detroit Lions:

QB Matthew Stafford passou para 265 jardas na semana 6. RB Kerryon Johnson correu para 34 jardas no último jogo. WR Kenny Golladay teve 5 recepções para 121 jardas contra o Packers.  DL  Damon Harrison teve 2 tackles, 1 sack e 1 tackle para perda de jardas na semana 6. DB Justin Coleman teve 3 tackles, 3 passes desviados e 1 interceptação no  último jogo.

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins passou para 333 jardas, 4 TDs e 1 interceptação na semana 6. RB Alexander Mattison correu para 63 jardas contra o Eagles. WR Stefon Diggs teve 7 recepções, para 167 jardas e 3 TDs contra o Eagles.  CB  Mackensie Alexander teve 0,5 sack, 1 interceptação e 1 passe desviado na semana 6. LB Eric Kendricks teve 8 tackles, 1 tackle para a perda de jardas e 0,5 sack, 2 passes desviados e 1 fumble forçado no último jogo.

Baltimore Ravens (4-2) @ Seattle Seahawks (5-1) – Domingo, 20/10, 17:25h (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

 

 

 

 

 

 

 

O  melhor duelo da semana que não envolve times da mesma divisão é entre Seahawks e Ravens. Dois times vencedores desta década e que vivem um momento de reestruturação, com novos jogadores e mesmos técnicos. Seattle só não lidera sua divisão por jogar na mesma divisão que o invicto San Francisco 49ers. Apenas uma derrota para o time de Pete Carroll e Russell Wilson jogando em nível de MVP da temporada. Já o time de Baltimore lidera sua divisão com folga, mesmo tendo 2 derrotas e segue como um dos jogos terrestres mais fortes da liga.

O time de Maryland precisa deixar Wilson desconfortável no pocket e pressioná-lo de fora para dentro, mas seu pass rush vem com dificuldades nas primeiras semanas. A adição de Marcus Peters na secundária pode ser muito boa, se Peters for o ladrão de bolas que foi em Kansas City, ou muito ruim se Peters tiver na fase em que odeia dar tackles e usar o contato físico no jogo.

No ataque, com um ataque terrestre muito variado e com Lamar Jackson sendo um fator muito decisivo correndo com a bola, a defesa de Seattle pode vacilar e deixar espaços na secundária, principalmente para Mark Andrews, um dos alvos preferidos de Jackson e uma das fraquezas do Seahawks de Pete Carroll (marcar TEs).

Do lado de Seattle, a chave é usar os velozes linebackers para minar o jogo terrestre de Baltimore e forçar Lamar Jackson a plantar os pé e ficar no pocket para lançar. Os problemas de precisão de ainda existem e podem aparecer em casos de desconforto e incômodo no pocket.

No ataque, Wilson tem tudo pra explorar bem a secundária de Baltimore, especialmente com jogadores saindo do slot, como Tyler Lockett e DK Metcalf. A perda de Will Dissly é gigante, pois seria muito útil tê-lo neste confronto.

Principais jogadores:

Baltimore Ravens:

QB Lamar Jackson passou para 236 jardas e correu para 152 jardas e 1 TD na semana 6. RB Mark Ingram correu para 52 jardas e 1 TD no último jogo. TE Mark Andrews teve 6 recepções para 99 jardas contra o Bengals.  CB  Marlon Humphrey teve 1 interceptação na semana 6. DB Maurice Canady teve 10 tackles e 1 passe desviado no  último jogo.

Seattle Seahawks:

QB Russell Wilson passou para 295 jardas e 2 TDs na semana 6. RB Chris Carson correu para 124 jardas e 1 TD, além de 35 jardas de recepção  no jogo contra Cleveland. WR Tyler Lockett teve 5 recepções, para 75 jardas  contra o Browns.  DB  Tre Flowers teve 4 tackles, 1 interceptação e 1 passe desviado na semana 6. LB K.J. Wright teve 5 tackles, 2 tackles para a perda de jardas e 1 interceptação no último jogo.

 

Miami Dolphins (0-5) @ Buffalo Bills (4-1) – Domingo, 20/10, 14h (Horário de Brasília) –  Transmissão: NFL Game Pass

 

 

 

 

 

 

Voltamos aos confrontos divisionais para alertar vocês. Não percam tempo vendo jogos de Miami, a não ser que você seja torcedor envolvido em uma das partes. A decisão de ir para os dois pontos na última partida foi um exemplo de que Miami está no projeto full reconstrução e não se importa de perder em 2019.

Mesmo se não fosse o caso, o time da Flórida enfrenta um dos times mais sólidos da conferência, com uma defesa de vem jogando em altíssimo nível. Em condições normais, já seria normal colocar o Buffalo Bills como favorito.

A defesa de Buffalo vem parando vários ataques, inclusive o do invicto New England Patriots e muito provavelmente vai amassar Ryan Fitzpatrick e a linha ofensiva ruim de Miami antes do intervalo.

No ataque, Buffalo conta com uma linha ofensiva boa, que deve passar por cima da defesa de Miami e consagrar Frank Gore e Devin Singletary.

Para Miami, o time como um todo é bem ruim. Resta torcer para alguns jovens talentos se desenvolverem para os próximos anos e alguns veteranos mostrarem bom valor de troca.

Principais jogadores:

Buffalo Bills:

QB Josh Allen passou para 219 jardas, 2 TDs e 1 interceptação no último jogo em que jogou. RB Frank Gore liderou o time e correu para 60 jardas na semana 5. WR John Brown teve 5 recepções para 75 jardas no último jogo. LB Tremaine Edmunds  teve 3 tackles e 1 tackle para perda de jardas e 2 passes desviados na partida passada. DL Jordan Phillips teve 3 sacks e  3 tackles e 3 tackles para perda de jardas contra o Titans.

Miami Dolphins:

QB Ryan Fitzpatrick passou para 132 jardas e 1 TD na semana 6. RB Mark Walton teve 43 jardas recebidas no último jogo da equipe. RB Kenyan Drake teve 40 jardas terrestres no último jogo. TE Mike Gesicki teve 51 jardas recebidas contra o Redskins. DB Rashad Jones teve 6 tackles e 1 tackle para perda de jardas no duelo contra Washington. LB RaeKwon McMillan teve 4 tackles na última partida.

 

 

  • Kyle Allen, Gardner Minshew, Daniel Jones e Teddy Bridgewater continuam como titulares em seus times (Allen folga nesta rodada.
  • Ryan Fitzpatrick volta a ser o titular em Miami após jogo ruim de Josh Rosen
  • Ben Watson, TE que estava suspenso e depois foi dispensado pelo New England Patriots, assinou contrato de novo com o time.
  • O Los Angeles Rams movimentou o mercado da NFL essa semana trocando o CB Marcus Peters para o Baltimore Ravens pelo LB Kenny Young e uma escolha do fim do draft, trocou pelo OL Austin Corbett, do Cleveland Browns e mandou um pacote de 2 escolhas de primeira rodada e uma de quarta rodada pelo CB Jalen Ramsey, do Jacksonville Jaguars.
  • Danielle Hunter tem 46 Sacks na carreira e é o recordista em sacks com menos de 25 años na história da NFL.

Acompanhe  nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.