sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Compartilhe

A semana 8 está batendo na porta, chegando a metade da temporada regular. Antes de falar sobre as partidas, vamos a algumas coisas interessantes da semana que passou:

  • Com os 2 TDs contra o Ravens, QB Drew Brees (501) se tornou o quarto jogador da história a chegar a 500 TDs na história. Os outros são Peyton Manning (539), Brett Favre (508) e Tom Brady (504).
  • Com a vitória contra Baltimore, Brees se juntou a Manning e Favre com os únicos QBs a derrotar todas as 32 franquias atuais da NFL.
  • Com 110 jardas de recepção contra o Jets, WR Adam Thielen empatou com Charley Hennigan como os únicos jogadores da história com pelo menos 100 jardas de recepção em cada um dos sete primeiros jogos da equipe em uma temporada.
  • Com 3 TDs contra o 49ers, o RB Todd Gurley se juntou a Jim Brown (15 em 1958) e Priest Holmes (14 em 2002 e 14 em 2004) com os únicos jogadores a conseguir pelo menos 14 TDs nos sete primeiros jogos para começar uma temporada.
  • Com 306 jardas contra o Titans, o QB Philip Rivers é o sexto jogador a chegar a pelo menos 60 partidas com 300 jardas se juntando a Drew Brees (112), Peyton Manning (93), Tom Brady (84), Dan Marino (63) e Brett Favre (62).
  • Com 158 jardas terrestres contra o Dolphins, o RB calouro Kerryon Johnson se tornou o primeiro RB do Lions a correr para pelo menos 150 jardas em uma única partida desde Jahvid Best (163 em 2011).

A Semana 8 da NFL começou ontem com a vitória do Houston Texans sobre o Miami Dolphins por 42 x 23. Nessa rodada folgam Atlanta Falcons, Dallas Cowboys, Los Angeles Chargers e Tennessee Titans. Confira nosso guia e não perca nada.

New Orleans Saints (5-1) @ Minnesota Vikings (4-2-1) – Domingo, 28/10, 21:15 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN 2

Baita jogo de dois times que vem muito bem na temporada, principalmente nas últimas semanas. O Minnesota Vikings é um dos ótimos times da NFC, que conseguiu se recuperar muito bem depois de um período de instabilidade no início da temporada. Kirk Cousins está jogando muito bem por toda a temporada, Adam Thielen fazendo o ano da sua vida, jogando como um dos três melhores WRs da NFL. O grande problema do ataque do Vikings é o jogo terrestre. Dalvin Cook se lesionou e não tinha voltado bem, porém desde que Latavius Murray assumiu a posição de titular, vem muito bem, principalmente marcando TDs. A defesa vem bem mediana, apesar de ter melhorado bem nas últimas semanas, tendo como grande destaque a defesa pelo chão, sendo a quinta melhor da NFL com 89.7 jardas por partida.

O New Orleans Saints vem fazendo grande temporada, como vinha prometendo antes da temporada regular começar, depois de perder o primeiro jogo pelo Bucs. Drew Brees vem batendo recorde atrás de recorde, jogando como sempre muito bem, com ótimos alvos, principalmente Michael Thomas. Apesar de ter Alvin Kamara fazendo grande ano, o Saints tem apenas o 16º melhor jogo terrestre com 108.3 jardas por partida. A defesa ainda tem um grande problema que é defendendo contra o passe. Tem a quinta pior defesa nesse quesito tomando 293.7 jardas por jogo, porém contra o jogo terrestre é espetacular. Tem a melhor defesa tomando apenas 72.3 jardas contra o jogo corrido dos adversários.

São dois times muito bons que tem tudo para vencer suas divisões e se encontrarem nos playoffs, como na temporada passada. Na pós-temporada passada, o Vikings venceu por 29 x 24, um jogo bem difícil e equilibrado. Vai ser interessante ver se Murray manterá as boas atuações das últimas semanas contra a melhor defesa contra o jogo terrestre da NFL. Brees vai enfrentar mais uma grande defesa e vai ser legal assistir a defesa conseguindo ou não se ajustar ao QB de New Orleans. O Vikings lidera o confronto histórico com 19 vitórias e 10 derrotas, porém o Saints venceu 3 dos últimos 4 jogos.

Principais jogadores:

Minnesota Vikings:

QB Kirk Cousins lidera a NFL em passes completos (210) e está em terceiro em jardas (2.162) em 2018. RB Latavius Murray correu para 69 jardas e 2 TDs na semana passada. WR Adam Thielen teve 9 recepções para 110 jardas e TD na última semana. DE Danielle Hunter está em segundo na NFL com 7.5 sacks em 2018. S Harrison Smith teve interceptação na semana 7.

New Orleans Saints:

QB Drew Brees passou para 2 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Alvin Kamara teve 64 jardas terrestres e correu para TD na semana 7. WR Michael Thomas teve 7 recepções para 69 jardas e TD na semana passada. DE Cameron Jordan tenta o terceiro jogo seguido contra o Vikings com sack. LB Demario Davis tem 58 tackles, 2.5 sacks e 6 tackles para perdas de jardas nos últimos 6 jogos fora de casa.

Leia Mais: Dicas de Fantasy Football; Semana 8

Leia Também: NFL demite um árbitro durante a temporada pela primeira vez na história moderna

Green Bay Packers (3-2-1) @ Los Angeles Rams (7-0) – Domingo, 28/10, 17:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Mais uma chance de assistir esse ataque muito bom do Rams e como o Packers vai se comportar contra o único time invicto da NFL. O Los Angeles Rams vem sendo o grande time da NFL, impressionando a todos com esse ataque incrível. Jared Goff está em uma ótima temporada, Todd Gurley mais uma vez brigando pelo MVP e com ótimos alvos para o QB, além do grande trabalho do técnico Sean McVay. O time tem o segundo melhor ataque em jardas totais, o sétimo em jardas aéreas e o primeiro em jardas terrestres, mostrando como esse ataque é completo. Apesar da defesa não ser tão aclamada, mostra que tem muitas qualidades. É top 10 em jardas totais e contra jardas aéreas, só estando na 12ª posição contra o jogo terrestre.

O Green Bay Packers vem de uma semana de folga, o que é sempre bom para recuperar jogadores e estudar mais ainda o ataque mais difícil de parar da NFL. Aaron Rodgers vem lesionado desde a primeira semana e essa folga foi bem importante para ele, até porque sem Rodgers o Packers não tem a mínima chance brigar por playoffs. O ataque é ele, sendo bem melhor no passe do que com o jogo corrido, com o QB achando os alvos de forma espetacular. A defesa de Green Bay é igual o ataque, ótima contra o jogo aéreo, tendo a quinta melhor defesa nesse quesito, tomando apenas 211.8 jardas por partida, mas bem mais ou menos contra o jogo terrestre.

É um bom jogo para assistir, mas que pode se tornar um massacre com o Rams jogando em casa. Green Bay precisa que o jogo terrestre funcione de um jeito que não conseguiu ainda na temporada, para que o relógio jogue a favor do Packers e a pressão em cima de Rodgers seja um pouco menor, vindo de Aaron Donald. Outro problema que Green Bay terá que enfrentar é defender Todd Gurley que vem em grande ano e a defesa do Packers nesse quesito não é nada boa. O Rams é a grande equipe da NFL e precisa fazer as coisas como vem fazendo durante toda a temporada para conseguir mais uma vitória. Na história, os dois times estão empatados com 45 vitórias para cada lado e 2 empates, porém o Packers venceu os últimos 5 confrontos.

Principais jogadores:

Los Angeles Rams:

QB Jared Goff está com 5 vitórias e 1 derrota com 2.081 jardas com 16 TDs e 3 interceptações nas últimas 6 partidas em casa. RB Todd Gurley teve 3 TDs na semana passada e lidera a NFL com 14 TDs em 2018. WR Brandin Cooks teve TD de recepção na semana 7. DT Aaron Donald teve 4 sacks com 9 tackles, fumble forçado e fumble recuperado na última semana. DL Michael Brockers tenta a terceira partida seguida contra o Packers com sack.

Green Bay Packers:

QB Aaron Rodgers passou para 425 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na semana 6. RB Ty Montgomery teve TD terrestre na semana 6. WR Davante Adams teve 10 recepções para 132 jardas e 2 TDs na semana 6. LB Blake Martinez liderou a equipe com 12 tackles na semana 6. LB Clay Matthews tenta a quarta partida seguida contra o Rams com sack.

Baltimore Ravens (4-3) @ Carolina Panthers (4-2) – Domingo, 28/10, 14:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Dois times que tem qualidade, mas que podem ficar fora dos playoffs pela qualidade de suas divisões. O Carolina Panthers é aquele time que joga usando muito seu jogo terrestre para tentar deixar seus WRs mais livres, principalmente porque não tem grande talento nessa posição. O jogo terrestre é o quarto melhor da NFL com 136.3 jardas por partida e o QB Cam Newton ajuda muito nisso. Com isso, o Panthers consegue dominar o relógio e vencer as outras equipes cansando a defesa adversária. O jogo aéreo ainda continua bem mais ou menos, com Newton forçando algumas bolas, apesar de ter virado contra o Eagles na última semana de modo espetacular. A defesa não espetacular e também não é ruim, conseguindo fazer seu trabalho e deixando a equipe viva para vencer seus jogos quase sempre apertados.

O Baltimore Ravens é um time que incrivelmente está com a campanha de 4 vitórias e 3 derrotas. O ataque em jardas totais e em jardas aéreas é nono melhor da liga, o que mostra alguma qualidade, com Joe Flacco fazendo uma boa temporada e a ajuda de Michael Crabtree para ser um alvo de confiança do QB. O problema ainda é o jogo terrestre, que não vem fazendo um bom e isso pode explicar a campanha do Ravens até agora. A defesa é uma coisa espetacular, sendo uma das melhores da NFL, se não for a melhor. Em jardas totais é a melhor com muita vantagem em relação a primeira com 280.6 jardas por jogo, é a segunda melhor em jardas aéreas e a sétima melhor com o jogo terrestre, mostrando a qualidade em todos os setores.

O Panthers vai enfrentar uma grande defesa, que pressiona muito o QB, então precisa usar a única parte que não é tão forte da defesa do Ravens, conseguindo estabelecer o jogo terrestre para ter uma boa chance no jogo e Newton não ser tão pressionado. O mesmo tem que acontecer para o Ravens, já que Flacco pode desperdiçar a bola com facilidade quando muito pressionado. Essas 3 derrotas podem ser colocadas na conta do ataque, já que a defesa vem fazendo grande trabalho durante toda a temporada. O Panthers lidera o confronto histórico com 3 vitórias e 2 derrotas, porém o Ravens venceu as últimas 2 partidas.

Principais jogadores:

Carolina Panthers:

QB Cam Newton passou para 269 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação e correu para 49 jardas na semana 7. RB Christian McCaffrey é 1 de 3 RBs da NFL com 40+          (40) recepções e 350+ (378) jardas terrestres em 2018. WR Devin Funchess teve 6 recepções para 62 jardas e TD na semana passada. LB Luke Kuechly liderou a equipe com 14 tackles e teve 4 tackles para perdas de jardas e sack na ultima semana. DE Mario Addison teve sack na semana 7.

Baltimore Ravens:

QB Joe Flacco passou para 279 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Alex Collins teve 3 TDs nos últimos 3 jogos fora de casa. WR Michael Crabtree teve 8 recepções para 110 jardas no seu último jogo enfrentando o Panthers. LB Terrell Suggs teve 1.5 sack e 3 tackles para perdas de jardas nos últimos 2 encontros entre as equipes. LB C.J. Mosley liderou a equipe com 16 tackles na semana passada.

Denver Broncos (3-4) @ Kansas City Chiefs (6-1) – Domingo, 28/10, 14:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Confronto de divisão de um time como líder da divisão e um desesperado por essa vitória para ter alguma chance nessa metade final de temporada. O Kansas City Chiefs é a grande equipe da AFC, apesar de ter perdido para o New England Patriots. É outro ataque muito bom, com Patrick Mahomes jogando em nível de MVP, Kareem Hunt melhorando e jogando muito a cada semana e grandes alvos. É muita criatividade no ataque e chamadas bem interessantes com as jogadas criadas pelo gênio Andy Reid. A defesa ainda é um grande problema, como se mostrou na única derrota do Chiefs na temporada. Apesar disso, jogou muito bem contra o ataque do Bengals e conseguiu fazer o que não vinha conseguindo na temporada. A defesa toma muitas jardas, em todos os sentidos, apesar de ter bons valores no setor defensivo.

O Denver Broncos é um time muito irregular durante toda a temporada. O ataque tem tudo para ser muito bom, com um QB que fez grande ano em 2017, um RB calouro que parece ser bom e dois WRs que são reconhecidamente muito bons na NFL. Porém, Case Keenum não consegue repetir o que fez no Vikings na temporada passada e Demaryius Thomas não joga no nível que se esperava dele. A defesa está um pouco decepcionante pela quantidade de talentos que existe. Apesar do jogo espetacular contra o Cardinals, sempre ressalvando que enfrentou um QB calouro em um dia horrível, não tem conseguido ser dominante. Além disso, tem a segunda pior defesa contra o jogo terrestre tomando 148.3 jardas por partida.

É um jogo de vida ou morte para Denver e muito importante para o Chiefs, já que pode matar um concorrente, além de se manter a frente do Chargers que vem logo atrás. Já se enfrentaram uma vez na temporada e deu Kansas City fora de casa em um jogo equilibrado que o Broncos conseguiu manter o ataque do Chiefs controlado, principalmente Patrick Mahomes. Denver precisará de outro jogo desse, mas dessa vez jogando fora de casa, em um estádio hostil e com um Chiefs não tendo nenhuma queda no rendimento. Na história o Chiefs lidera com 62 vitórias e 54 derrotas, tendo vencido os últimos 6 confrontos.

Principais jogadores:

Kansas City Chiefs:

QB Patrick Mahomes completou 28 de 39 passes para 358 jardas com 4 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB Kareem Hunt teve 141 jardas de scrimmage e 3 TDs na última semana. WR Tyreek Hill teve 7 recepções para 78 jardas e TD no confronto da semana 4 dessa semana. DE Dee Ford teve sack no último encontro entre os times. LB Justin Houston teve sack no último encontro entre as equipes.

Denver Broncos:

QB Case Keenum teve 2+ passes para TD em 2 dos últimos 3 jogos. RB Phillip Lindsay correu para 90 jardas e TD na semana passada. WR Emmanuel Sanders teve 6 recepções para 102 jardas e TD de recepção, além de ter passado para 1 TD na última semana. LB Von Miller teve 2 sacks, 2 fumbles forçados e fumble recuperado na semana 7. CB Chris Harris Jr. teve interceptação para TD na semana passada.

San Francisco 49ers (1-6) @ Arizona Cardinals (1-6) – Domingo, 28/10, 17:25 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Partida que reúne dois dos piores times da temporada na NFL. O Arizona Cardinals vem de uma partida terrível, com Josh Rosen fazendo pior jogo da sua breve carreira. O time tem grandes buracos no elenco e está se reconstruindo para poder lutar por algo nas próximas temporadas. Para isso acontecer, David Johnson precisa ser o jogador que foi em 2016, o que ele não vem conseguindo nessa temporada. A equipe precisa melhorar a linha ofensiva que sofreu muito contra o Broncos e de WRs mais novos, já que Larry Fitzgerald não vai viver para sempre. A defesa não é muito ruim, ficando perto do top da NFL contra o passe tomando 233.9 jardas por partida. Mas contra o jogo terrestre, a situação piora e muito, já que é a pior da NFL com 148.3 jardas por jogo.

O San Francisco 49ers vinha até com boa expectativa para essa temporada depois do ótimo fim de ano que conseguiu em 2017. Porém, com a lesão de Jimmy Garoppolo, tudo foi por água a baixo. Kyle Shanahan é um grande montador de ataques, com chamadas bem criativas e precisa de um bom QB para fazer o time poder brigar por coisas grandes na NFL. Por isso, a temporada acabou para o 49ers depois da lesão de Garoppolo, apesar de Shanahan conseguir fazer C.J. Beathard jogar minimamente bem. A defesa não é grande coisa, sendo uma daquelas que fica como intermediária, mas o 49ers ainda é um time para o futuro, de preferência com seu QB de franquia saudável.

Não tem nada de muito interessante para ver nessa partida, dois times que já pensam em 2019 há muito tempo, esperando conseguir bons jogadores no draft e na offseason. A vantagem dos dois é que seus QBs de franquia estão definidos, coisa que muitos times ainda não têm na NFL. David Johnson precisa voltar a jogar bem para o Cardinals ter um grande futuro, tira a pressão de Josh Rosen e ele tem que ser o centro do ataque. Já o 49ers, é fazer uma boa peneira para que pode jogar na temporada que vem e ajudar a equipe a lutar pela divisão, apesar de ter o Rams lutando pelo título. O 49ers lidera na história com 29 vitórias e 25 derrotas, porém o Cardinals venceu os últimos 7 duelos.

Principais jogadores:

Arizona Cardinals:

QB Josh Rosen tenta a terceira partida seguida com 20+ passes completos. RB David Johnson teve 2 TDs terrestres no último encontro entre as equipes. WR Larry Fitzgerald teve TD de recepção na semana passada. DE Chandler Jones é o único jogador em 2018 com 6+ (6.5) sacks e 4+ (4) passes desviados. CB Patrick Peterson teve interceptação na semana 7.

San Francisco 49ers:

QB C.J. Beathard passou para 349 jardas com 2 TDs e 2 interceptações e TD corrido na última partida entre os times. RB Matt Brieda lidera a NFL com 6.54 jardas por tentativa em 2018, com no mínimo 50 tentativas. WR Marquise Goodwin teve 3 TDs de recepção nas últimas 3 partidas fora de casa. DL DeForest Buckner teve 3.5 sacks nos últimos 4 jogos fora de casa. DL Cassius Marsh teve sack na semana 7.

  • Com 4 passes para TD contra o Bills, o QB Tom Brady (504) empataria com Brett Favre (508) para o segundo jogador com mais TDs na história da NFL.
  • Com 2 passes para TD contra o Browns, o QB Ben Roethlisberger (341) vai passar Fran Tarkenton (342) e ficar em oitavo na lista de mais TDs na história da liga.
  • Com 5 pontos contra o Raiders, o K Adam Vinatieri (2.540) vai superar Morten Andersen (2.544) para o jogador com mais pontos na história da NFL.
  • Com 135 jardas de recepção contra o 49ers, o WR Larry Fitzgerald vai superar Terrell Owens (15.934) para o segundo jogador com jardas de recepção na história.
  • Com 3 TDs contra o Broncos, o QB Patrick Mahomes vai se juntar a Tom Brady (2007) e Peyton Manning (2004 e 2013) como os únicos jogadores da NFL com pelo menos 25 TDs nos primeiros oito jogos de uma temporada.
  • Com 2 TDs contra o Packers, o RB Todd Gurley vai se tornar o quinto jogador da história desde 1970 a marcar pelo menos 2 TDs em 5 dos 8 primeiros jogos de uma temporada.
  • Com pelo menos 100 jardas contra o Saints, o WR Adam Thielen vai superar Charley Hennigan vai se tornar o único jogador da história da NFL a ter pelo menos 100 jardas de recepção em cada um dos oito primeiros jogos da temporada.
  • Com 4 recepções contra o Bucs, o WR A.J. Green vai se juntar a Marvin Harrison e Larry Fitzgerald como os únicos jogadores da história da liga com pelo menos 600 recepções e 60 TDs de recepção em seus primeiros 110 jogos.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.