terça-feira, 19 de maio de 2020

Compartilhe

Escolhido com a primeira escolha geral do draft de 2014, Jadeveon Clowney chegou ao Houston Texans com o estigma de criar uma dupla assustadora para as linhas ofensivas com JJ Watt, que se encontrava no auge de sua carreira. Contudo, sua passagem pela equipe do Texas foi muito diferente do esperado: uma série de lesões o fizeram perder diversos jogos e ser taxado de bust – atleta recrutado com uma escolha alta do draft, mas que desempenhou completamente fora do esperado, de maneira negativa.

Enquanto em campo, Clowney teve diversas boas atuações, inclusive com a camisa do Houston Texans. Todas as características que o atleta apresentava no momento em que atuou por South Carolina no futebol americano universitário eram vistas através de flashes junto aos profissionais. Uma dominância de força e velocidade somada à qualidade em movimentos de pass rush fizeram de Clowney o prospecto mais interessante do draft em que foi recrutado.

Leia Mais: Briga de quarterbacks por cadeira cativa deve agitar intertemporada da NFL

Leia Mais: Indianapolis Colts é o primeiro time a reabrir seu CT

Apesar de não ter tido nenhuma temporada com mais de 10 sacks, as pressões aos quarterbacks quando Clowney estava em campo foram consideráveis, além do impacto do jogador na defesa contra o jogo terrestre, esse um dos pontos mais fortes da transição para os profissionais, sendo uma das categorias que, estatisticamente, Jadeveon fica entre os melhores da liga.

Em todos os seus cinco anos de carreira até aqui, Clowney teve apenas uma temporada regular completa. Em 2017, o jogador chegou à marca de 9.5 sacks, 21 contatos com o quarterback, 21 tackles para perda de jardas, com 2 fumbles forçados e 3 recuperados, sendo um destes retornados para touchdown. A atuação do camisa 90 encheu os olhos dos torcedores do Texans de esperança, uma vez que, pela primeira vez em toda sua carreira, Jadeveon tinha mostrado futebol americano do nível esperado. Nessa temporada, assim como em 2016 e 2018, Clowney foi eleito para o pro bowl.

Rams free agency: Would Jadeveon Clowney make sense once comp pick ...

No entanto, o esperado não ocorreu. Apesar de um bom 2018, Clowney perdeu jogos por lesão e antes do início da temporada de 2019 foi trocado para o Seattle Seahawks, mesmo após receber a franchise tag do Houston Texans. Com a camisa do Seahawks, Jadeveon apareceu saudável em 11 jogos, anotando 3 sacks e 7 tackles para perda de jardas.

Pelo jogador ter a esperança de receber um contrato alto e de longa duração, a renovação com a franquia de Seattle viu-se dificultada. Chegando ao mercado livre, se especulava uma grande procura ao atleta, tendo em vista o valor que poderia agregar à uma equipe. Porém, até agora Clowney segue sem contrato.

Por já ter passado o draft e, consequentemente, o período principal para construção de elencos, os agentes livres restantes servem para suprirem os buracos que ainda existem nos elencos, na maioria dos casos sem um grande vínculo com que o contratar. Provavelmente isso será visto com a situação de Clowney.

Eagles News: Jadeveon Clowney says Philadelphia has the worst fans ...

O talento do jogador é inegável, mas todo o contexto de lesões por trás fez com que todos os times, inclusive o Seattle Seahawks que investiu escolhas de draft para adquiri-lo, abrissem mão de contar com ele no time através de um contrato longo. Esse problema pode ser recorrente em toda sua carreira, ainda que tenha outras boas temporadas saudáveis, como teve em 2017.

Times com um elenco jovem e forte, que tenham por objetivo sucesso imediato, são os principais candidatos para assinar com Clowney. 

Cumpre ressaltar, dentre esses times: na AFC, o Tennessee Titans, equipe que chegou à última final da conferência nacional e que teve baixas na defesa. Um auxílio na pressão ao quarterback adversário pode ser fator chave para a equipe repetir o sucesso da temporada passada e; na NFC, o Minnesota Vikings, que nesta última intertemporada viu sair de sua linha defensiva peças basilares como Everson Griffen, Linval Joseph e Stephen Weatherley. Outras franquias como Indianapolis Colts e Atlanta Falcons também surgem como potenciais candidatos nesse cenário.

Sendo assim, dificilmente Clowney receberá o contrato de longa duração que procurá à este ponto do caminho para a temporada regular. O melhor cenário para ele é assinar com um desses times supracitados, cujas chances de sucesso imediato são boas, e buscar uma sólida – e saudável – temporada como titular, para que na intertemporada de 2021, consiga o acordo que tanto procura ou algo similar.

E você, caro leitor, como imagina o desfecho para Jadeveon Clowney neste ano?

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe

Comments are closed.