quinta-feira, 10 de março de 2016

Compartilhe

john-elway-nfl-super-bowl-50-carolina-panthers-vs-denver-broncos-850x560

Após a aposentadoria de Peyton Manning, o Broncos perdeu seu QB reserva Brock Osweiler para o Houston Texans, num contrato de U$72M válidos pelas próximas quatro temporadas, o que deixa o atual vencedor do Super Bowl numa situação delicada acerca de quem será o QB da equipe em 2016. O GM John Elway emitiu uma nota oficial sobre a situação.

“Mantivemos a nossa filosofia de construir um time com jogadores que realmente queiram ser um Bronco e queiram estar aqui, o que vem dando resultados para nós. Oferecemos um contrato longo e justo para Osweiler, agora temos que continuar disciplinados enquanto construímos um time capaz de competir por títulos.” O contrato oferecido pelo Broncos foi de U$45 milhões por três anos, o que foi recusado por Brock, que já negociava com o Texans antes mesmo da janela de transferências abrir oficialmente.

Além do dinheiro e maior duração de contrato do time texano, fontes indicam que a decisão do Broncos de bancar Osweiler em favor de Peyton Manning na parte final da temporada exerceu grande influência em sua saída, já que o QB não gostou de voltar para o banco após vencer cinco dos sete jogos em que atuou como titular em 2015, enquanto Manning se recuperava de uma lesão na planta do pé.

O Broncos conta agora com Trevor Siemen como único QB no elenco, mas é fato que o jogador que lançou um passe como profissional não será o titular. John Elway, que trocou Tim Tebow e apostou em Peyton Manning em 2012 se encontra em uma situação parecida agora, mesmo não havendo nenhum QB que chegue perto do currículo de Peyton para assumir a titularidade do time que defenderá o título conquistado frente ao Carolina Panthers.

Compartilhe

Comments are closed.