sexta-feira, 5 de abril de 2019

Compartilhe

Bem-vindo (a) à sétima edição do Jornal do Draft! Estamos em abril, o mês em que tudo acontece. Os times chegam cada vez mais perto de suas decisões finais e os cenários gerais do processo de recrutamento tendem a se tornarem mais claros – ou não!

É mais uma semana que nada mudou nas apostas para o topo do draft. Em Las Vegas, Kyler Murray é visto como favorito absoluto à primeira escolha geral, com 83% das possibilidades. Nick Bosa e Quinnen Williams vêm em seguida. Será que esse cenário se confirmará?

Leia Mais: É preciso ter calma com o Cleveland Browns

Leia Também: Edu Araujo 2.0

Vamos ao que interessa… as notícias e especulações da semana!

As notícias da semana

Todos os times estão se dedicando completamente ao processo do draft. Reuniões e workouts específicos acontecem. É hora de tirar todas as dúvidas que ainda existem…

1. Jaylon Ferguson tem reuniões com 22 times

É comum que atletas consigam reuniões com vários times da NFL. Porém, nenhum deles somou um número tão impressionante como o pass rusher de Louisiana Tech Jaylon Ferguson. Nada menos do que 22 franquias marcaram uma reunião com ele.

Isso não significa que o atleta deve sair no topo do draft: jogadores cotados para as primeiras posições dificilmente terão encontros com as equipes da parte de cima por não serem alvos realistas. Outro aspecto que pode influenciar nessa surreal quantidade de encontros de Ferguson é o fato dele não ter participado do combine: a curiosidade sobre suas capacidades continua alta.

Mas podemos crer que Ferguson conseguirá achar seu lugar no final da primeira rodada, provavelmente da vigésima escolha em diante.

2. Muitos times estão inclinados a trocar para baixo

Nas últimas semanas, mencionamos nessa coluna que Detroit Lions e New York Jets são times com sério interesse em trocar para baixo no top 10. Eles não são os únicos. De acordo com Albert Breer, da Sports Illustrated, Oakland Raiders e Tampa Bay Buccaneers também gostariam muito de recuar um pouco das suas posições originais em troca de mais escolhas.

Para os times interessados em quarterbacks, como Denver Broncos, Miami Dolphins e Washington Redskins, isso é excelente. Com tantas franquias buscando trocas para baixo, pode ser que o preço fique um pouco menor. Resta saber se realmente acontecerão tantas movimentações…

3. Hakeem Butler é muito mais bem visto pela mídia que por olheiros

Um nome que tem crescido muito no processo do draft é o do wide receiver Hakeem Butler, de Iowa State. Ele virou presença constante na primeira rodada e é visto por alguns analistas de muita qualidade, como Ted Nguyen, do The Athletic, como o melhor jogador de sua posição disponível. Mas parece que isso não se reflete na comunidade de olheiros…

O site Walter Football publicou nessa semana que os olheiros não acreditam que Butler é um jogador de primeira rodada. Segundo fontes ouvidas, alguns o consideram um prospecto para a segunda, outros para a terceira. Será que isso é apenas um blefe para fazer com que o jogador caia nos braços de seus times?

A especulação da semana

Toda semana, uma especulação. O burburinho dos insiders, a notícia que corre os bastidores. Pode ser verdade, pode ser só um sinal de fumaça, pode ser uma barrigada. Mas reproduzimos por aqui!

Front office do Arizona Cardinals não tem certeza de que draftar Kyler Murray é a melhor opção

Já falamos repetidamente que o head coach do Arizona Cardinals, Kliff Kingsbury, gosta muito de Kyler Murray e quer draftá-lo com a primeira escolha geral. Existe um problema, porém, que é a presença de Josh Rosen no elenco, jogador que foi selecionado pela equipe justamente na primeira rodada de 2018.

Devido a isso, membros do front office da franquia têm bastante dúvidas com essa movimentação. Eles acreditam que é melhor dar uma chance a Rosen e fortalecer a defesa. Será que Kingsbury, recém contratado, tem a força necessária para vencer essa queda de braço? E é possível que Rosen continue mesmo sabendo que seu novo técnico queria ter um substituto?

É uma novela cada vez mais interessante…

Os mock drafts da semana

Sabemos que vocês amam mock drafts. Por isso, toda semana falaremos de alguns dos mais importantes que forem divulgados.

Há os analistas que compram Kyler Murray na primeira posição, há os que ainda vêem como sinal de fumaça. Junto a ele, sempre Nick Bosa, Josh Allen e Quinnen Williams aparecem entre os cinco primeiros. Vamos aos principais mocks da semana!

  • Aqui na Liga dos 32, Edu Araújo lançou sua segunda simulação. Ele não colocou trocas e é um dos que não compram Kyler Murray para o Cardinals, o que causou uma queda do quarterback de Oklahoma para a décima primeira posição, quando o Cincinnati Bengals o escolhe. Depois, inclusive, de Dwayne Haskins, que vai para o Broncos uma seleção antes. O top 5 tem Quinnen Williams, Nick Bosa, Ed Oliver, Josh Allen e Montez Sweat, ou seja, apenas atletas de linha defensiva! Confira aqui o mock completo!
  • O ProFootball Focus fez um mock draft conjunto, com mais de um analista tomando as decisões. O resultado é bastante interessante, mas tem um top 4 repleto de obviedade, composto por Murray, Bosa, Allen e Williams. O quinto atleta escolhido, porém, é Jonah Williams, que não costuma fazer muitas aparições nesse lugar. Dwayne Haskins acaba no Bengals. Clique aqui para ler!
  • O segundo mock draft de Charles Davis no site oficial da NFL é ainda mais óbvio, seguindo quase que um consenso das escolhas mais populares do momento. O top 5 tem Murray, Bosa, Allen, Williams e Devin White. Drew Lock vai para o Broncos, Haskins para o Bengals. Muito de acordo com o que nos acostumamos a ver repetidamente. Para ver, é só clicar aqui!

Faltam 20 dias para o draft!

Últimos 5 jogadores selecionados na posição 20:

2018: Frank Ragnow, C, Lions
2017: Garett Bolles, OT, Broncos
2016: Darron Lee, LB, Jets
2015: Nelson Agholor, WR, Eagles
2014: Brandin Cooks, WR, Saints

Vários outros jogadores que deixaram uma marca registrada na NFL dos últimos anos também saíram na vigésima posição. Podemos destacar o cornerback Aqib Talib, ainda em atividade, e o defensive end Tamba Hali. Por incrível que pareça, faz muito tempo que esse lugar não gera um hall of famer: o último foi o defensive end Jack Youngblood, escolhido em 1971 pelo Los Angeles Rams.

A vigésima escolha em 2019 pertence ao Pittsburgh Steelers. Quem terá seu nome chamado?

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Compartilhe

Comments are closed.