sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Compartilhe

Mais uma temporada se inicia e em conjunto vem a nova temporada do mesa redonda do Liga dos 32. Com o apoio de membros da nossa equipe, a coluna de sucesso no ano passado volta à todo vapor.

Para a primeira semana não se pode evitar de falar sobre alguns pontos referentes às expectativas criadas em torno de alguns eventos ocorridos na intertemporada de modo geral.

Leia Mais: Packers vence Bears no jogo de abertura com menos pontos da história da NFL

Leia Mais: Revista Guia da NFL 2019

Os participantes dessa semana são:

Lucas Teixeira (redator) 

Sulliwan Gonçalves (redator)

Daniel Gladulich (apoiador do site) 

Resultado de imagem para giants ravens 1200x800

Com o advento de mais um calendário da NFL, muitos olhos se voltaram para a pré temporada enquanto aguardavam o verdadeiro momento em que a bola oval iria voar para valer. Mesmo não tendo nenhum valor real, três times terminaram a pré temporada com o desempenho perfeito. Giants, Bills e Ravens finalizaram as últimas semanas antes da temporada com 4-0, mas a pergunta que não quer calar é: todos eles terão resultados muito diferentes na temporada regular?

Lucas Teixeira: Ninguém deve se iludir (ou desiludir) com placares de pré temporada. O Giants tem um elenco pior que os de Eagles e Cowboys, e deve passar sufoco. Bills e Ravens dependem da evolução de seus jovens QBs que correm bem, mas ainda devem um pouco como passadores. Baltimore tem um elenco de apoio melhor e pode até chegar aos playoffs se tudo correr bem. Já Buffalo passa por um processo que, ao meu ver, até corre bem, mas deve dar resultados apenas em médio prazo.

Sulliwan Gonçalves: Mesmo com o 4-0 na pré-temporada, a expectativa não é das melhores para os três times. Na minha opinião o Giants briga entre os piores times da liga e deve ter um quarterback inconstante em qualquer um dos cenários possíveis. O melhor pro Giants é se despedir de Eli Manning em 2019 de maneira com que ele consiga ensinar algo para Daniel Jones e não tenha que colocar o calouro na fogueira. Ravens e Bills tem qualidades e defeitos parecidos. Defesas fortes e consistentes e deficiência no jogo aéreo. No caso do Ravens, essa deficiência é ainda maior e o ataque aéreo precisa evoluir para ter chances de chegar a pós-temporada. No caso do Bills, o ataque tem um pouco mais de qualidade, mas também conta com a inexperiência contra. Acredito no Ravens e Bills com chances de ir ao wild card da conferência americana, com mais chances para o Buffalo Bills.

Daniel Gladulich: Acredito que nenhum deles terá vida fácil na temporada regular. O mais arrumado deve ser Buffalo, que tem bastante talento defensivo e adicionou peças interessantes no ataque, como John Brown, Singletary e Beasley. O fiel da balança será a precisão no passe de Josh Allen, muito errático no primeiro ano. Os Ravens perderam muita gente importante na defesa e o Lamar ainda não inspira confiança como passador. Deve ficar no meio da tabela. Já os Giants provavelmente vão brigar pela pick 1 no próximo draft. 

Resultado de imagem para houston texans 1200x800

Com a recente notícia de aposentadoria de Andrew Luck e alguns bruscos movimentos no elenco, o Houston Texans chega numa grande crescente em relação ao seu plantel de uma semana atrás em relação ao de hoje. Essa tentativa de vencer agora é comumente vista com times que são comandados  por jovens QBs, sobretudo em seu contrato de calouro. Dessa maneira, podemos falar que a situação atual do Houston Texans de 2019 é análoga a do Los Angeles Rams que chegou ao Super Bowl em 2018?

Lucas Teixeira: Não. A diferença fundamental é que Houston hipotecou o futuro na troca com Miami. Los Angeles foi ao Super Bowl, e continua como um dos favoritos. O Texans tem boas chances de chegar lá, mas não parece que terá outra oportunidade tão cedo depois.

Sulliwan Gonçalves: Em questão de movimentação sim, em questão de talento e profundidade de elenco não. Rams tinha um elenco muito bom antes do “all-in” da temporada passada. Texans se movimentou na mesma direção mas ainda tem lacunas em algumas partes do elenco, como a secundária. Devem ganhar a divisão, mas não devem incomodar a ponto de ameaçar os favoritos da conferência. Os termos das movimentações são meio absurdos, mas os reforços são bem vindos para Deshaun Watson.

Daniel Gladulich: O que quebra completamente a comparação é o treinador. Há um abismo entre McVay e BoB. Também há mais talento defensivo e ofensivo nos Rams de 18 do que nos Texans de 19. Além disso, os Rams não fizeram loucuras na free agent. Já os Texans sem GM hipotecaram o futuro sem garantir o presente. Não os vejo como contenders ao Super Bowl. 

Resultado de imagem para cleveland browns 1200x800

Não há como falar em expectativas da temporada sem citar decepções. Qual jogador ou time tem sobre si uma grande energia e hype em torno, mas que pelas suas visões não deve corresponder ao esperado?

Lucas Teixeira: Cleveland Browns. Muita expectativa, muitos egos inflados e um técnico inexperiente. Torço para que o time vingue, mas acho o contrário muito plausível.

Sulliwan Gonçalves: Eu gosto de citar Jimmy Garoppolo como um jogador de muita expectativa e que ainda não atingiu o que se espera dele em San Francisco. Não gosto das peças que tem e acho que vai ficar abaixo das expectativas. Em questão de time como todo, acho que o Los Angeles Rams é o candidato da vez a sofrer com a “ressaca pós-Super Bowl”. O time perdeu peças importantes e alguns jogadores devem cair de produção para 2019, como Andrew Withworth e Aqib Talib, que têm idades avançadas e devem ter um declínio físico em breve.

Daniel Gladulich: Derrick Henry. Existe uma expectativa de muita gente de que ele passe a ser finalmente o ponto focal do ataque dos Titans. Eu não caio mais nessa. Jogador unidimensional e limitado + ataque comandado por Mariota = cheirinho de bust.

Resultado de imagem para mahomes 1200x800

Por fim, no momento vidente da semana 1: quais são os jogadores que largam na frente para buscar as premiações da temporada e quais os seus palpites para as finais de conferência e seus respectivos vencedores?

Lucas Teixeira: MVP: Patrick Mahomes

OPOY: Patrick Mahomes

DPOY: Aaron Donald

OROY: Josh Jacobs

DROY: Nick Bosa

CPOY: Jimmy Garoppolo

Final da NFC: Eagles x Saints

Final da AFC: Chiefs x Patriots

Super Bowl: Eagles x Chiefs

Sulliwan Gonçalves: Eu vejo como as prováveis premiações: 

MVP: Russell Wilson

Jogador ofensivo do ano: Alvin Kamara

Jogador defensivo: Myles Garrett

Calouro ofensivo: Devin Singletary

Calouro defensivo: Chase Winovich

Comeback Player of The Year: Deion Jones

AFC: Patriots vs Browns

NFC: Saints vs Eagles

Super Bowl: Patriots vs Saints

Daniel Gladulich: MVP – Carson Wentz

Jogador ofensivo – Zeke Elliot

Calouro ofensivo – Kyler Murray

Jogador defensivo – Darius Leonard

Calouro defensivo – Nick Bosa

Comeback – Carson Wentz

Final AFC – Patriots x Chiefs

Final NFC – Saints x Eagles

Super Bowl – Eagles x Chiefs

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

 

Compartilhe

Comments are closed.