terça-feira, 17 de setembro de 2019

Compartilhe

O processo de resstruturação do elenco do Miami Dolphins continua a todo vapor. Na noite desta segunda-feira, a franquia da Flórida acertou mais uma troca, dessa vez despachando um de seus melhores jogadores jovens, o defensive back Minkah Fitzpatrick, para o Pittsburgh Steelers. Segundo o jornalista Ian Rapoport, da NFL Network, o Steelers envia para Miami sua escolha de primeira rodada no draft de 2020, e as equipes ainda trocam escolhas nas rodadas finais dos próximos drafts: Miami envia suas escolhas de quarta rodada em 2020 e sexta rodada em 2021, enquanto recebe de Pittsburgh escolhas de quinta rodada em 2020 e sexta rodada em 2021.

Esta não é exatamente uma notícia inesperada, já que era notório o desejo por parte de Fitzpatrick de deixar Miami. Ele estava insatisfeito com a decisão do técnico Brian Flores de o utilizar em diferentes posições na secundária, o que, segundo Fitzpatrick, estaria atrapalhando o seu desenvolvimento como jogador, que então pediu para ser trocado. O Dolphins pediu uma escolha de primeira rodada e, em um primeiro momento, não houve muito interesse. Abrindo negociações por uma escolha de segunda rodada, o mercado esquentou, e Miami acabou conseguindo uma negociação pelo valor desejado originalmente.

Leia Mais: o que esperar do Saints e da NFC na ausência de Drew Brees

Leia Também: o Chicago Bears não vai a lugar algum com Trubisky

Minkah Fitzpatrick não é o primeiro jogador importante a deixar o Dolphins, que desde o começo do ano assumiu uma reconstrução quase que total do seu grupo de jogadores, com a chegada de Brian Flores e a saída do QB Ryan Tannehill. Veteranos como Cameron Wake saíram na Free Agency, e pouco antes do início da temporada regular houve a mega troca com o Houston Texans, em que o left tackle Laremy Tunsil e o wide receiver Kenny Stills rumaram para o time da AFC Sul.

Após mais esta troca, o Miami Dolphins agora tem três escolhas de primeira rodada no próximo draft: a deles, além das de Houston e Pittsburgh. Eles ainda tem as escolhas de segunda rodada em 2020 e de primeira rodada em 2021 obtidas junto ao Texans. Não é segredo que a franquia buscará um quarterback no próximo draft. O favorito do dono do time Stephen Ross, é Tua Tagovailoa, de Alabama. Outras opções são Justin Herbert (Oregon) e Jake Fromm (Georgia).

Olhando pelo lado do Steelers, a troca pode até surpreender em um primeiro momento, tendo em vista a lesão de Ben Roethlisberger, que potencialmente colocaria o Steelers distante da briga por playoffs e em uma posição alta no próximo draft. Esta negociação, no entanto, mostra que a franquia pensa bem diferente disso. Garantir a próxima escolha de primeira rodada em um jogador de secundária que reforçará o elenco imediatamente, mostra confiança da direção tanto no retorno de Big Ben em um bom nível para os próximos anos, quanto na capacidade de Mason Rudolph em comandar o time agora.

Embora ainda não haja palavra da franquia sobre isso, acredito que Fitzpatrick seja mais utilizado como safety, já que Sean Davis tem uma lesão no ombro, sem contar o fato de ele ser um jogador bem mais talentoso. Minkah, aliás, chega para formar um ótimo núcleo de jogadores jovens na defesa do Steelers, com T.J. Watt, Devin Bush e Terrell Edmunds, que devem comandar (e bem) a unidade na próxima década.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

Compartilhe

Comments are closed.