quinta-feira, 16 de abril de 2020

Compartilhe

Divisão mais fraca da liga, 2019 da NFC Leste escancarou carências nos elencos das quatro franquias. Nem mesmo o status de “mais valiosa da NFL” foi o bastante. Philadelphia Eagles, representante do grupo nos playoffs, sofreu com lesões e sequer passou de 10 vitórias na temporada regular. Resultado foi eliminação, em casa, para o Seahawks. Já o grande rival, Dallas Cowboys, mostrou enorme oscilação ao longo do ano e morreu na praia.

Giants e Redskins, ambos em reconstrução, não criaram tanta expectativa nos torcedores. As duas franquias investiram em QB no Draft passado e sofreram com problemas dos calouros. O lado azul de Nova York, protagonista negativo do recrutamento de 2019, até teve lampejos com o contestado Daniel Jones. O garoto ganhou a posição de Eli Manning, foi produtivo em certos momentos e animou os fãs. O camisa 8, no entanto, não conseguiu proteger a bola e se tornou máquina de turnovers. Já a equipe da capital viveu meses de muita instabilidade. Trocas, trocas e mais trocas. Inclusive o técnico Jay Gruden, demitido após semana 6. O jovem Dwayne Haskins assumiu a titularidade, mas não conseguiu ser útil com a turbulência dentro do elenco.

Leia Mais: Cenário Ideal do Draft – NFC

Leia Também: O curioso caso do Miami Dolphins no Draft

Ano novo, vida nova. Não há expressão melhor para definir o sentimento dos torcedores e comissões técnicas das 4 franquias. E a chave para voltar a ser protagonista na liga é o Draft. Após escolhas questionadas em 2019, não existe margem de erro neste ano. 

Philadelphia Eagles

Mims é uma das opções para a posição

Nov 23, 2019; Waco, TX, USA; Baylor Bears wide receiver Denzel Mims (5) celebrates during the game against the Texas Longhorns at McLane Stadium. Mandatory Credit: Jerome Miron-USA TODAY Sports

Muito se falou nos problemas da secundária da franquia verde da Pensilvânia. Contudo, a Free Agency foi período de renovação no setor. O safety Malcolm Jenkins foi embora. Chegou Darrius Slay. E, com toda agressividade e atleticismo, o ex-jogador do Detroit Lions eleva o nível da unidade a outro patamar. Por isso, o Eagles deve focar em outra posição: wide receiver. O time tem boas peças no setor, como Alshon Jeffery e DeSean Jackson. Problema é que a dupla tem sofrido com lesões. E já passou da hora de Carson Wentz ter um verdadeiro WR1 ao seu lado. Nada melhor que uma classe recheada de estrelas para tal.

Outras carências: LB e S

Dallas Cowboys

A franquia do Texas perdeu o astro CB Byron Jones para Miami Dolphins. O jogador nunca foi uma máquina de interceptação, mas é um exímio defensor, principalmente em cobertura de rotas. Por isso, nada mais justos que escolher um prospecto da posição na escolha número 17. Lembrando que a classe tem bons nomes já cotados para primeira rodada, como Jeff Okudah (que deve sair antes), CJ Henderson, Kristian Fulton e A.J. Terrell.

Outras carências: EDGE, S e WR

New York Giants

A franquia está no meio do fogo cruzado na posição 4. Dolphins e Chargers devem brigar por uma troca com Detroit Lions pela terceira escolha. E isso pode ser bom pro Giants. Após investir em QB na temporada passada, o time só não terá a chance de optar por Chase Young, que será escolhido pelo Redskins na segunda posição (spoiler). Pensando que este elenco tem diversas carências, proteger o QB deveria ser a mais urgente delas. Por isso um jogador de linha ofensiva seria ideal. E a franquia deve escolher um OT. Resta saber se vão de Tristan Wirfs, Jedrick Wills Jr ou Mekhi Becton. Devido a grande capacidade de abrir buracos no jogo terrestre, perfeito para esquema com Saquon Barkley, Wills é meu preferido.

Outras carências: LB, EDGE e CB

Washington Redskins

A franquia da capital não tem nem o que pensar. A menos que Dolphins e/ou Chargers ofereçam um caminhão de escolhas pela posição 2, não existe outra alternativa a não ser Chase Young. Jogador mais completo do Draft e pode mudar o patamar desta defesa. Pass-rusher nato, o jovem tem explosão, velocidade e força para derrubar qualquer QB na NFL. Mesmo com problemas em todos os setores, não é hora de arriscar loucuras.

Outras carências: CB, OL e LB

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

Compartilhe

Comments are closed.