quarta-feira, 1 de maio de 2019

Compartilhe

O caso de violência doméstica de Tyreek Hill, wide receiver do Kansas City Chiefs, ainda está longe de chegar a uma resolução. Enquanto os fãs de futebol americano e defensores dos direitos das mulheres pedem em consenso o banimento do jogador da NFL, a liga ainda está nos primeiros passos no processo interno de debate sobre a situação.

Hill foi acusado de estar envolvido em um episódio que resultou em uma fratura no braço de seu filho de três anos. Após uma investigação, a polícia decidiu que não havia provas para seguir com a denúncia. Mas logo após, na última quinta-feira (25/4), um áudio muito comprometedor foi divulgado no qual, além de dar a entender que ele foi de fato o responsável por quebrar o braço da criança, o recebedor faz pesadas ameaças à sua noiva. Essa gravação fez com que o caso fosse reaberto.

Leia Mais: Notas e Análises do Draft 2019 – AFC

Leia Também: Tyreek Hill e a violência doméstica no mundo da NFL

O Kansas City Chiefs declarou em nota estar ‘muito perturbado’ com o conteúdo do áudio e afastou o atleta de todas as atividades enquanto a investigação se desenrola. E parece que a NFL seguirá o mesmo caminho: segundo notícias, a liga deve em breve colocar Hill na lista de exonerados.

A lista de exonerados é para atletas que cometeram algum delito extra-campo considerado grave pela NFL e ficam impedidos de atuar até que uma decisão contrária aconteça. Há aqueles que são reinstalados rapidamente, outros que não conseguem nunca voltar a atuar na liga.

De toda forma, a NFL e o Chiefs têm demonstrado extrema cautela para agir de forma severa com Hill, uma das principais estrelas das últimas temporadas do futebol americano. O desenvolvimento mais provável é que ele fique na lista de exonerados até que aconteça uma decisão judicial do caso, quando a reinstalação ou o banimento devem seguir pelo mesmo caminho do que os tribunais resolverem.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.