quarta-feira, 10 de julho de 2019

Compartilhe

O jovem defensive tackle Kendrick Norton viu sua carreira como jogador de futebol americano acabar de maneira abrupta: um acidente com sua Ford F250 levou a uma série de graves lesões que obrigaram a amputação de seu braço esquerdo. Ainda se recuperando em um hospital na Florida, ele teve pelo menos uma boa notícia na última terça-feira (9/7).

Tanto a NFL, como o Miami Dolphins cobrirão as despesas médicas de Norton, um atleta que estava em começo de carreira e ainda não havia conseguido ganhar dinheiro com o esporte. O agente do jogador, Malki Kawa, recebeu a informação com muita alegria. Além disso, o jogador será colocado pela franquia na lista de “lesões não relacionadas ao futebol americano” em 2019, garantindo que seu salário anual de 459 mil dólares também será pago.

Leia Mais: Calouros que causarão maior impacto em 2019 – Running Backs

Leia Também: De olho nos segundanistas: Josh Allen

Norton foi selecionado pelo Carolina Panthers na sétima rodada do draft de 2018. Passou sua temporada de calouro na practice squad do time que o escolheu, mas em dezembro foi contratado para o elenco principal do Dolphins. Havia esperança de que ele pudesse disputar uma vaga na rotação da linha defensiva da franquia da Florida em 2019.

Ainda será necessária mais uma cirurgia para encerrar completamente os problemas causados na região do braço de Norton. A expectativa é que ele possa viver uma vida normal e iniciar um novo caminho a partir da assistência recebida da NFL.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

Compartilhe

Comments are closed.