quarta-feira, 25 de março de 2015

Compartilhe

free agency 2

AFC North

Baltimore Ravens

  • Deixaram o Time: WR/KR Jacoby Jones, DE/OLB Pernell McPhee, DT Haloti Ngata (Troca: Recebeu duas escolhas de 4º e 5º round),TE Owen Daniels, WR Torrey Smith, RB Bernard Pierce e S Darian Stewart.
  • Jogadores que renovaram: WR Kamar Aiken,CB Anthony Levine, RB Justin Forsett, DE/DT Chris Canty, DT Lawrence Guy, LS Patrick Sales e LS Morgan Cox
  • Jogadores contratados: S Kendrick Lewis

O Ravens perdeu mais jogadores do que contratou. No entanto, o saldo foi positivo. Apesar de nomes importantes como Torrey Smith e Pernell McPhee terem deixado a franquia, a permanência de Justin Forsett e Chris Canty e a obtenção de escolhas de draft na troca por Ngata (que provavelmente seria cortado sem o time receber nada), deram saldo positivo às movimentações. Além disso, a chegada de Kendrick Lewis por um preço muito baixo foi uma ótima opção, já que o atleta vem de uma boa temporada no Texans e chega para ocupar a vaga deixada por Darian Stewart.

Nota: 7,5

Cincinnati Bengals

  • Deixaram o Time: C/G Mike Pollak, WR Greg Little, DE Robert Geathers, OT Marshall Newhouse
  • Jogadores que renovaram: DT Devon Still, G Clint Boling, K Mike Nugent, ILB Rey Maualuga , OT Eric Winston, CB Chris Harris-Lewis.
  • Jogadores contratados: DE Michael Johnson, ILB AJ Hawk, S Brandon Ghee

O Bengals não perdeu bons jogadores nessa offseason e conseguiu renovar com o Clint Boling e Rey Maualuga, peças importantes para o time. A chegada de AJ Hawk por um contrato sem grandes números foi uma boa aquisição. A vinda de Michael Johnson com um acordo de $24M em quatro anos é o que me deixa com um pé atrás aqui. Depois de ter sido muito produtivo na sua primeira passagem pelo time, o jogador assinou um contrato de cinco anos e $45M com o Buccaneers, sendo cortado depois de atuar por apenas um ano em Tampa. Talvez Marvin Lewis consiga tirar o melhor de seu jogador novamente, já que esse é um risco que o técnico decidiu correr.

Nota: 7

Cleveland Browns

  • Deixaram o time: CB Buster Skrine, DT Ahtyba Rubin, QB Brian Hoyer, DE/OLB Jabaal Sheard eTE Jordan Cameron
  • Renovaram: RB Shaun Draughn, P Spencer Lanning, OL Ryan Seymour, WR Marlon Moore e DE/DT John Hughes
  • Jogadores Contratados: WR Brian Hartline, QB Thad Lewis, CB Tramon Williams, DT Randy Starks, WR Dwayne Bowe e QB Josh McCown

A offseason de Cleveland foi muito movimentada, mas isso nem sempre é algo positivo. Esse é o caso do Browns. O Time perdeu jogadores importantes como Jordan Cameron, Jabaal Sheard e Buster Skrine, além de alguns menos decisivos como Ahtyba Rubin e Brian Hoyer. A renovação de John Hughes foi muito importante, pois os problemas da linha defensiva de Cleveland só aumentaram na ausência do jogador que perdeu grande parte da temporada com uma contusão no Joelho.

Dos que chegaram, Brian Hartline e Randy Starks foram contratações boas e baratas. No entanto, Josh McCown, Dwayne “Zero TD” Bowe e Tramon Willians, vão receber muito mais dinheiro do que merecem, e isso definitivamente tem peso negativo na conta do GM Ray Farmer.

Nota: 4

Pittsburgh Steelers

  • Deixaram o Time: WR Lance Moore, DE/DT Brett Keisel, DE/OLB Jason Worilds (aposentado) e CB Brice McCain
  • Renovaram: ILB Arthur Moats, TE Matt Spaeth, DE/OLB James Harrison e QB “Big” Ben Roethlisberger (Extendeu contrato)
  • Jogadores contratados: QB Tajh Boyd e RB DeAngelo Willians

A aposentadoria de Jason Worilds pegou de surpresa o Steelers nessa offseason. O time perdeu seu pass rush mais consistente e talvez isso tenha influenciado na renovação de James Harrison, que mesmo aos 36 anos, jogou muito bem durante a temporada passada. As renovações de Big Ben e Arthur Moats foram muito importantes também. A primeira tira a possibilidade desastrosa de o time perder o seu Franchise Quarterback no ano que vem e garante o jogador em Pittsburgh provavelmente pelo resto de sua carreira. A segunda renovação garante ao time um LB versátil e capaz de jogar em várias posições da defesa. DeAngelo Willians chega para o ser o Backup de Le’Veon Bell após uma temporada ruim e cheia de contusões em Carolina, mas oferece uma boa e experiente opção ao elenco.

Nota: 6

AFC East

Buffalo Bills

  • Deixaram o Time: ILB Kiko Alonso (Troca por LeSean McCoy), OLB Keith Rivers, TE Scott Chandler, S Da’Norris Searcy,TE Lee Smith, RB C.J. Spiller, G/T Erik Pears e QB Kyle Orton (Aposentado)
  • Renovaram: DE Jarius Wynn, WR Marcus Easley, P Jordan Gay DE/OLB Jerry Hughes, RB LeSean McCoy (Jogador renovou depois da troca), DT Corbin Bryant, WR Justin Brown,  WR Chris Hogan e DT Kyle Willians
  • Jogadores contratados: RB LeSean McCoy (Troca com o Eagles), FB Jerome Felton, QB Tyrod Taylor, QB Matt Cassel (Troca com o Vikings),WR Percy Harvin e TE Charles Clay

A frenética Free Agency de 2015 teve o Bills como um dos seus protagonistas. O time se movimentou muito esse ano, tendo como destaque a inesperada troca com o Eagles que mandou o promissor Kiko Alonso para Philadelphia em troca de All-pro RB LeSean McCoy. Mesmo sem Alonso, a defesa do Bills foi uma das melhores da liga na última temporada e a vinda de McCoy é uma tentativa de resolver o jogo corrido do time de Buffalo.

A manutenção de Jerry Hughes foi um ponto muito positivo para o time, já que o jogador foi uma peça fundamental no front seven em 2014. De perdas importantes fora Alonso, podemos citar o Tight End titular Scott Chandler e o sólido Da’Norris Searcy. Charles Clay chega para ser o novo titular, Percy Harvin – caso não se machuque – para fazer uma temida dupla com Sammy Watkins e Matt Cassel para ocupar a vaga deixada por Kyle Orton em campo e também como mentor de EJ Manuel fora dele.

Nota: 8

Miami Dolphins

  • Deixaram o time: WR Brandon Gibson, WR Brian Hartline, G Nate Garner, CB Cortland Finnegan,TE Charles Clay, OLB Phillip Wheeler,G Shelley Smith, DT Randy Starks, OLB Dannell Ellerbe (Troca com o Saints), WR Mike Wallace (Troca com o Vikings), DT Jared Odrick e CB/S Jimmy Wilson.
  • Renovaram: OT Jason Fox, ILB Kelvin Sheppard, S Louis Delmas, QB Matt Moore, S Michael Thomas, S Jordan Kovacs e DT A.J. Francis
  • Jogadores contratados: WR Kenny Stills, DT Ndamukong Suh, C J.D. Walton, TE Jordan Cameron e CB Brice McCain.

O Dolphins assinou com o melhor DT da liga, Ndamukong Suh, o que dará outra cara a DL do time. Jordan Cameron também é um ótimo reforço e juntamente com Kenny Stills, que será um valioso WR No. 2 ou 3 em Miami, surge como uma boa opção ofensiva. A renovação com Louis Delmas foi importante por causa da escassez de bons Safetys na Free Agency esse ano. Dos que saíram, destaque para Jared Odrick, Randy Starks, Charles Clay e Mike Wallace. O último já estava fora dos planos da franquia há algum tempo.

 Nota: 8

New England Patriots

  • Deixaram o Time: DT Vince Wilfork, CB Darrelle Revis, RB Shane Vereen, ILB Jonathan Casillas, CB Brandon Browner, DE/OLB Akeem Ayers
  • Renovaram: FS Devin McCourt, FB James Develin, LB Chris White, WR Bryan Tyms, RB Brandon Bolden, SS Patrick Chung e DT Alan Branch
  • Jogadores contratados: WR Brandon Gibson, WR Kevin Dorsey, DE/OLB Jabaal Sheard, CB Chimdi Chekwa, TE Scott Chandler, RB Travaris Cadet, CB Bradley Fletcher e CB Robert McCain

O Patriots sofreu com o processo de valorização que todo time que se torna campeão acaba sendo exposto. Darrelle Revis, Vince Wilfork, Brandon Browner e Shane Vereen, jogadores importantes para a campanha do time, estarão usando novos uniformes em 2015. A maior contratação da equipe foi a renovação de Devin McCourty, um dos melhores na posição e fundamental na defesa de Bill Belichick. Dos que chegaram, destaque para Jabaal Sheard e Scott Chandler.

Nota: 6,5

New York Jets

  • Deixaram o time: WR Percy Harvin, CB Phillip Adams, NT Kenrick Ellis, RB Chris Johnson e QB Michael Vick.
  • Renovaram: ILB David Harris, RB Bilal Powell, G WillieColon e LS Tanner Purdum.
  • Jogadores contratados: CB Darrelle Revis, CB Antonio Cromartie, DE Ronald Talley, WR Brandon Marshall, CB BusterSkrine, QB Ryan Fitzpatrick, S Marcus Gilchris e T/G James Brewer

A chegada de Todd Bowles já teve seus reflexos no roster do Jets. Percy Harvin, Michael Vick e Chris Johnson não voltarão a poluir o vestiário do time em 2015.  A franquia renovou com David Harris, jogador importante no sistema defensivo, mas a maior surpresa ficou guardada para a chegada de novos atletas. Darrelle Revis e Antonio Cromartie voltam para formar uma das melhores duplas da NFL, Buster Skrine também é uma adição importante, mesmo recebendo mais dinheiro do que merece, assim como Marcus Gilchrist. Brandon Marshall por uma escolha de 5º round foi uma barganha e o novo QB, Ryan Fitzpatrick, representa uma boa competição para Geno Smith e um bom mentor para algum novo Quarterback que vier pelo draft.

Nota: 9

AFC South

Indianapolis Colts

  • Deixaram o time: S Laron Landry, LB Andrew Jackson, OT Xavier Nixon, LB Shaun Philips, DT Ricky Jean-Francois, RB Michael Hill, RB Trent Richardson, WR Reggie Wayne, S Sergio Brown, DE Cory Redding e C AQ Shipley.
  • JogadoresContratados: WR Andre Johnson, RB Frank Gore, ILB Nate Irving, OT Demarco Fox, LB Cam Johnson, LB Trent Cole, DE Kendall Langford, G Todd Herremans, DE Earl Okine e CB Deveron Carr
  • Renovaram: G Joe Reitz, S Colt Anderson, S Mike Adams , CB Darius Butler e LS Matt Overton

Um dos times que mais chamou a atenção nesta offseason, o Indianapolis Colts abriu o cofre e aproveitou o bom espaço no Salary Cap para trazer reforços de peso, principalmente para o setor de ataque. A chegada dos veteranos Andre Johnson e Frank Gore, em duas posições em que a franquia necessitava de playmakers, proporciona o talento e a experiência que Indianapolis tanto necessita para brigar de igual para igual com os melhores times da AFC durante os playoffs. Luck tem agora ao seu lado um especialista em anotar TDs e um Running Back que sabe achar buracos na defesa adversária. O setor defensivo também se reforçou com Trent Cole e Kendall Langford, dois jogadores que devem ter um impacto imediato e que pretendem atuar em muitos snaps. Outra boa decisão da franquia no mercado de 2015 foi renovar os contratos de Joe Reitz, Mike Adams e Darius Butler, atletas úteis dentro do elenco.

As saídas mais importantes foram as de Reggie Wayne, Laron Landry e Trent Richardson. A saída do último, aliás, foi outra boa notícia da Free Agency de 2015 para Indianapolis, já que o RB nunca mostrou talento com a camisa do Colts. Sem Wayne, a chegada de Johnson se torna ainda mais fundamental e os dirigentes da franquia precisam agora focar nas posições de Linebacker e Secundária neste draft, dando mais profundidade ao roster.

NOTA: 9

Houston Texans

  • Deixaram o time: C Chris Myers, WR Andre Johnson, QB Thad Lewis, QB Case Keenum, QB Ryan Fitzpatrick, LB Brooks Reed e S Kendrick Lewis
  • Jogadores Contratados: DT Vince Wilfork, S Rahim Moore e QB Brian Hoyer
  • Renovaram: Ryan Mallett, CB Kareem Jackson, LB Jeff Tarpinian e OT Derek Newton

Mesmo tendo que utilizar quatro Quarterbacks durante a temporada regular de 2014, Houston finalizou o ano com um satisfatório 8-8, proporcionado basicamente pelo jogo corrido de Arian Foster e pelas atuações incríveis de JJ Watt. A esperança para 2015 é brigar de forma mais intensa com Indianapolis pela divisão e a franquia foi atrás de boas peças no mercado, sem precisar gastar muito. Brian Hoyer vem para disputar a posição com Ryan Mallett e forçar o jovem QB a dar um passo adiante na carreira. A contestada secundária ganhou o reforço de Rahim Moore, defensor que fez temporadas sólidas em Denver. O último reforço a chegar foi também o mais comentado. Veterano e campeãs duas vezes do Super Bowl com o New England Patriots, Vince Wilfork chega a Houston para jogar ao lado de Watt e Clowney, formando uma das linhas defensivas mais interessantes da NFL em 2015. As renovações de Derek Newton e Kareem Jackson também eram necessárias para manter a sólida base por mais um ano.

A principal peça que deu adeus a franquia na offseason foi Andre Johnson, o que força Houston a procurar por outro WR no draft, mesmo com a chegada de Cecil Shorts ao elenco.  A saída de Brooks Reed, defensor que participava com muita intensidade da rotação defensiva da equipe, também precisa ser suprida.

NOTA: 7

Jacksonville Jaguars

  • Deixaram o time: DE Red Bryant, WR Cecil Shorts, OLB J.T Thomas e CB Teddy Williams
  • JogadoresContratados: TE Julius Thomas, CB Davon House, OT Jermey Parnell, OLB Dan Skuta, S Sergio Brown, DT Jared Odrick, WR Bryan Walters e RB Bernard Pierce.
  • Renovaram: DE Ryan Davis

O Jacksonville Jaguars entrou em 2015 como uma das equipes com o maior espaço no SalaryCap e era de se esperar que a franquia contrata-se um grande nome na FreeAgency, principalmente para ajudar Blake Bortles em seu segundo ano na liga. Julius Thomas não é exatamente um grande nome da NFL, mas as suas duas últimas temporadas em Denver foram espetaculares e agora ele é muito bem pago para ser o principal alvo do jovem QB na Florida. Bortles também ganhou um novo protetor com a chegada de JermeyParnelle a linha defensiva se tornou maior e mais atlética com Jared Odrick. Talvez o dinheiro gasto no acordo com esses três jogadores pudesse ter sido utilizado em um grande destaque individual, mas no momento esse parece ser o melhor caminho para um time em construção. Menos badalados que os três primeiros nomes citados, DavonHouse e Sergio Brown foram boas opções defensivas encontradas na Free Agency e devem somar ao elenco.

A saída de Cecil Shorts, Red Bryant e JT Thomas estão bem supridas e a franquia pode usar a terceira escolha no draft para contar com um atleta talentoso, de preferência na posição de Linebacker/Defensive End.

NOTA: 8

Tennessee Titans

  • Deixaram o Time: OT Michael Ross (Aposentou), QB Jake Locker (Aposentou) e S Bernard Pollard.
  • Jogadores Contratados: LB Brian Orakpo, S Da’Norris Searcy, CB Perrish Cox, TE Anthony Fasano e WR Harry Douglas
  • Renovaram: DE Karl Klug, DE Derrick Morgan, K Ryan Succop, RT Byron Stingily, LS Beau Brinkley e P Brett Kern.

O ano de 2014 precisa ser esquecido pela franquia de Nashville e para que isso aconteça, algumas movimentações foram necessárias nesta offseason.  Manter peças como Derrick Morgan, Ryan Succop e Karl Klug foi um bom primeiro passo dado por Tennessee, que decidiu focar na defesa em suas contratações. Bryan Orakpo, caso consiga se manter saudável, pode ser o líder do setor ao lado dos novos representantes da secundária, Da’NorrisSearcy e Perrish Cox. Para o ataque o Titans anunciou a chegada de Anthony Fasano e Harry Douglas, atletas experientes, mas que não são protagonistas.

Com a segunda escolha do draft, Tennessee pode optar pela segurança com o DT Leornard Williams, provavelmente o atleta mais preparado para o nível profissional neste ano.  Caso esta seja a opção, Zach Mettenberger deve ser o QB titular em 2015 e não acharia nada ruim se um RB talentoso fosse à escolha da equipe nas rodadas seguintes. Bons nomes não faltam.

NOTA: 7

AFC West

Denver Broncos

  • Deixaram o time: TE Julius Thomas, G Orlando Franklin, S Rahim Moore, ILB Nate Irving, DT Terrance Knighton, DT Mitch Unrein, TE Jacob Tamme e P Steven Clark.
  • Jogadores Contratados: TE Owen Daniels, G Shelley Smith, DT Vance Walker, S Darian Stewart e ILB Reggie Walker.
  • Renovaram: TE Virgil Green, MLB Stevan Johnson, OT Paul Cormick, LB Brandon Marshall e G Ben Garland.

A Offseason começou agitada para Denver, que decidiu usar a franchiseTag para manter Demariyus Thomas no elenco e confirmou a volta de Peyton Manning por pelo menos mais uma temporada. As boas notícias, porém, pararam por aí, e a Free Agency atingiu em cheio a franquia do Colorado no mês de março. Quatro atletas titulares nos dois últimos anos em Mile High – Julius Thomas, TerranceKnighton, Orlando Franklin e Rahim Moore – optaram por testar o mercado e deixaram a equipe. Para suprir a falta destes nomes, Denver contratou Owen Daniels e Shelley Smith para o ataque, além de Vance Walker e Darian Stewart para o setor defensivo. Por mais que atuem na mesma posição dos atletas que foram embora, todos representam uma queda de qualidade técnica no elenco para a nova temporada e precisam se adaptar rapidamente a nova equipe.

Com uma escolha na parte de baixo do Draft, Denver precisa pensar bem no atleta que será selecionado, já que ele pode se tornar peça fundamental logo em seu primeiro ano na liga graças às saídas de alguns jogadores da franquia.

NOTA: 5

San Diego Chargers

  • Deixaram o time: S Marcus Gilchrist, RB Ryan Matthews, WR Eddie Royal, ILB Andrew Gachkar, CB Shareece Wright, LB Reggie Walker, LB Jarrett Johnson (Aposentado) e C Nick Hardwick (Aposentado)
  • Jogadores Contratados: WR Stevie Johnson, CB Patrick Robinson, CB Jimmy Wilson, DT Mitch Unrein e WR Jacoby Jones
  • Renovaram: OT King Dunlap, DE Ricardo Matthews C Trevor Robinson e CB Brandon Flowers

San Diego perdeu algumas peças importantes na Free Agency, mas soube repor com qualidade e gastando pouco. Orlando Franklin foi o grande investimento da franquia na offseason, que agora terá o experiente guard ao lado do OT King Dunlap, comandando a linha ofensiva do Bolts em 2015. O ataque também conta com dois novos Receivers: Stevie Johnson e Jacoby Jones. Ambos têm talento para suprir a saída de Eddie Royal e devem ser peças importantes. O grande ponto de interesse da equipe no draft – não necessariamente logo na primeira rodada – deve ser a posição de RB. Ryan Matthews foi para Philadelphia e o Chargers pode estar pensando em alguma opção vinda do college para substituí-lo.

A defesa perdeu três Linebackers e precisa encorpar antes da temporada regular começar. A posição que ganhou mais reforços foi a de Cornerback, que conta agora com os recém chegados Patrick Robinson e Jimmy Wilson, além de Brandon Flowers, de contrato renovado.

Outro ponto a ser observado é a forma como a franquia vai reagir à aposentadoria do Center Nick Hardwick, que durante os últimos dez anos foi um dos grandes líderes da equipe dentro e fora de campo.

NOTA: 7

Kansas City Chiefs

  • Deixaram o time: DT Vance Walker, DT Kevin Vickerson, TE Anthony Fasano, LS Thomas Gafford, WR Dwayne Bowe, WR AJ Jenkins, WR Donnie Avery, LB Joe Mays e S Kurt Coleman.
  • Jogadores Contratados: WR Jeremy Maclin, OL Paul Fanaika, S Tyvon Branch, LS James Winchester e OL Ben Grubbs.
  • Renovaram: S Ron Parker, WR Jason Avant, TE Richard Gordon e S Kelcie McCrayy

O Kansas City Chiefs decidiu liberar um grande número de jogadores na Free Agency, dos quais Dwayne Bowe e Anthony Fasano são os principais nomes. O TE já tem o substituto no próprio elenco, o ótimo Travis Kelce, e Bowe, que não anotou nenhum TD em 2014, dará lugar ao explosivo Jeremy Maclin. A franquia claramente melhorou com essas mudanças e ainda conseguiu usar a franchise tag em Justin Houston, mantendo um dos melhores defensores da liga em Arrowhead por mais um ano. A linha ofensiva ganhou dois veteranos importantes com a chegada de Ben Grubbs e Paul Fanaika, e precisa continuar abrindo o espaço para Jamaal Charles comandar o ataque.

Com uma escolha no meio do draft, Kansas pode optar por outra arma ofensiva para ajudar Maclin e Kelce no jogo aéreo, melhorando ainda mais um elenco bastante consistente e estruturado.

NOTA: 8

Oakland Raiders

  • Deixaram o time: S Tyvon Branch, QB Matt Schaub, DE Lamar Woodley, RB Maurice Jones-Drew (Aposentado), RB Darren McFadden e CB Chimdi Chekwa
  • Jogadores Contratados: TE Lee Smith, RB Trent Richardson, S Nate Allen, NT Dan Williams, LB Curtis Lofton, RB Roy Helu, OLB Malcolm Smith, QB Christian Ponder, P Steven Clark, CB James Dockery, C Rodney Hudson e K Giorgio Tavecchio.
  • Renovaram: CB Charles Woodson

Oakland fez boas e más opções durante a Free Agency em 2015. A renovação de contrato de Charles Woodson e as chegadas de Curtis Lofton, Dan Williams e Malcolm Smith, melhoram ainda mais uma defesa que aos poucos vai crescendo de produção. Por outro lado, no ataque, poucos foram os reforços em que a torcida californiana pode depositar suas esperanças. Rodney Hudson na posição de Center é o mais cotado para ser titular entre todos eles e Roy Helu pode acrescentar bastante no ScreenPass, mas a opção por Christian Ponder como backup e, principalmente, por Trent Richardson, é bastante duvidosa.

Com a quarta escolha do Draft em 2015, Oakland pode e deve dar a Derek Carr uma nova arma ofensiva -Muitos apostam em um Wide Receiver – o que ajudaria na evolução de uma equipe que pode ser muito melhor do que foi no último ano, mesmo que ainda assuste sua torcida com algumas decisões.

NOTA: 6

Compartilhe

Comments are closed.