sexta-feira, 24 de maio de 2019

Compartilhe

Chris Long com seu prêmio de Walter Payton Man of The Year em 2018

Chris Long anunciou sua aposentadoria no último sábado, dia 18 de maio. Em uma postagem em seu twitter oficial, o defensive end do Philadelphia Eagles deixou uma mensagem agradecendo tudo que o esporte lhe proporcionou e comunicando a decisão de terminar uma grande carreira na NFL. O jogador fará muita falta dentro e fora de campo, nas próximas linhas vamos entender como alguém sem qualquer badalação mas com um caráter fenomenal vai ser lembrado um dos maiores exemplos do esporte.

Long nasceu em 28 de março de 1985 em Santa Mônica, Califórnia. Filho do lendário DE Howie Long (Campeão do Super Bowl XVIII, 8x Pro Bowl e Defensor do ano na NFL em 1985), Chris começou sua carreira com o futebol na escola St. Anne’s Belfield, Charlottesville, Virgínia. No ano de 2003, Long teve números impressionantes. Foram 91 tackles (sendo 23 para perda de jardas) e 15 sacks que ajudaram sua equipe a ficar invicta e ser campeã no torneio estadual.Chris Long jogou pela Universidade da Virgínia entre 2004 e 2007. Apesar de ter uma participação importante no time nos dois primeiros anos principalmente sendo um líder no vestiário da equipe, Long nunca teve números chamativos, mas isso começou a mudar em 2006. Naquele ano, o defensive end teve 57 tackles (12 para perda de jardas) e 4 sacks. No ano seguinte, o jogador conquistou o prêmio de defensor do ano na ACC, foi eleito o melhor defensive end do college football e foi nomeado Unanimous All-American e First Team All ACC. Além disso, Chris Long ainda ficaria em décimo lugar na votação do  Trófeu Heisman ao final daquela temporada.

Leia Mais: O que os Panthers precisam para ter sucesso novamente?

Leia Também: O primeiro Draft da NFL e a cicatriz do presidente

Em 2008, o jogador era sem sombra de dúvidas um dos grandes prospectos daquela classe. Por isso, foi selecionado como segunda escolha geral pelo St. Louis Rams. Nos primeiros anos da carreiro o jogador não foi uma máquina de sacks (média de 6 nos primeiras três temporadas), mas sempre liderou a equipe em pressões e hurries/hits. Nas três temporadas seguintes, atuando principalmente como DE pelo lado esquerdo, Chris Long teve 11 sacks de média além de continuar figurando como líder em hurries e QB Hits. Em 2016, depois de duas temporadas lidando com uma lesão no joelho e ausente por vários jogos, o jogador assinou com o New England Patriots e atuou principalmente na rotação do pass-rush da equipe. Long conquistaria o seu primeiro título de Super Bowl na maior virada da história do maior palco da NFL. No ano seguinte, o jogador integraria o Philadelphia Eagles fazendo parte de um grupo formidável de DL’s como DT Brandon Graham, DT Fletcher Cox, DE Vinny Curry e o DE calouro Derek Barnet. Long juntamente com o RB Lagerret Blount conquistaria seu segundo anel de campeão em cima da sua antiga equipe.

Chris Long (DE, Philadelphia Eagles)

Se dentro de campo Chris Long sempre teve um bom rendimento, fora dele o trabalho comunitário que o jogador faz é digno de louvor. Em 2015, o jogador deu início a sua própria fundação com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar a levar água potável (construção de poços para captação) em comunidades carentes do leste da África. No ano de 2017, o jogador decidiu doar todo seu salário para instituições de caridades ao redor dos Estados Unidos. A cada semana uma instituição diferente era o destino da doação. Estas atitudes renderam a Chris Long uma indicação ao prêmio de Walter Payton Man Of The Year em 2018, o qual o jogador conquistou com todos os méritos.

Long anunciou sua aponsentadoria de maneira discreta, como foi na maior parte da sua carreira. A falta que o jogador fará no vestiário é com certeza a maior de todas. Conhecido por ter uma ética de trabalho incrível e por dar sempre o melhor de si, Chris Long sai da NFL como um exemplo aos mais novos. Um jogador que foi vencedor dentro de campo, mas que não decidiu parar por aí. Os Eagles perdem um grande jogador, o vestiário perde um companheiro de time excepcional, nós damos adeus a uma das mais formidáveis histórias da NFL.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui

Compartilhe

Comments are closed.