segunda-feira, 11 de março de 2019

Compartilhe

Acompanhar a NFL na última década é sinônimo de ter visto em várias oportunidades o brilhantismo de um dos melhores trios de ataque da história recente da liga. Em Pittsburgh, Ben Roethlisberger (QB), Le’Veon Bell (RB) e Antonio Brown (WR) formavam desde 2013 uma das melhores combinações ofensivas do futebol americano, desempenhando performances individuais históricas, que os colocaram entre os melhores de suas posições.

Se em 2018 uma parte importante do trio decidiu não jogar – Bell se recusou a entrar em campo após não chegar a um acordo salarial com a franquia – na próxima temporada a situação ficará ainda mais confusa. No último sábado (09), Brown, Steelers e Raiders chegaram a um acordo e o WR veterano vestirá preto e prata pelos próximos três anos. A saída do recebedor aconteceu de forma um tanto quanto conturbada, com o próprio Brown questionando a liderança de Big Ben e quase que escolhendo o seu destino. No final das contas, o Steelers garantiu apenas duas escolhas de Draft em 2019 pelo seu recebedor recordista. Muito pouco.

Leia Mais: Diversas trocas movimentam a última semana da Free Agency

Leia Também: Le’Veon Bell, DeMarcus Lawrence, Frank Clark e o inevitável fim da Franchise-Tag

Apesar do questionável retrospecto do trio em jogos de playoffs, somando três vitórias e apenas uma aparição na final da AFC, não há como negar o fato de que o Steelers perdeu a sua melhor oportunidade de voltar a levantar o Troféu Vince Lombardi desde 2006.  Juntos, em apenas seis temporadas, o trio foi indicado ao Pro Bowl em seis oportunidades como titulares de suas equipes. Talvez tenham sido os problemas com lesões e suspensões, as escolhas ruins do técnico Mike Tomlin ou o legado do New England Patriots na AFC, mas o certo é que a torcida do Steelers se despede de outro ídolo com a certeza de que poderia ter sido mais feliz.

O que esperar de Pittsburgh em 2019?

Aos 37 anos e próximo do fim de sua carreia, Ben Roethlisberger é a última peça que se mantém em pé neste xadrez ofensivo de Pittsburgh. Futuro Hall da Fama, o camisa 7 continua sendo um QB sólido, mas a ausência de peças ofensivas tão importantes como Bell e Brown devem tornar a sua vida mais difícil. Em 2018, Ben voltou a atuar em todas as 16 partidas e somou o maior número de TDs lançados por ele em temporada regular (34), recorde que não foi capaz de levar o Steelers aos playoffs.

Caso o QB consiga se manter saudável mais uma vez,  ele terá o apoio de dois jovens que prometem se tornar verdadeiras estrelas ofensivas da NFL nos próximos anos. Substituto de Bell em 2018, o RB James Conner superou às expectativas e brilhou como titular, somando 12 TDs terrestres e 1 recebendo.  Mesmo tendo que viver na sombra de Bell, ele mostrou personalidade para impor o seu estilo de jogo e já é uma das peças mais importantes do time. Na posição de Wide Receiver, Juju Smith-Schuster passará ao posto de número 1, após dois anos atuando ao lado de Brown. Em apenas duas temporadas como profissional, ele já mostrou flashes de que pode se tornar uma estrela e é hoje um dos jovens jogadores mais promissores da liga.

Philip G. Pavely/USA Today Sports

Ao redor deles, Pittsburgh conta com uma sólida linha ofensiva, que irá perder Marcus Gilbert para o Cardinals na Free Agency, mas que permaneceu com Maurkice Pouncey e Ramon Foster. A defesa, 6ª melhor em número de jardas cedidas aos rivais em 2018, é comandada pelo jovem T.J Watt, autor de 13 sacks no ano passado. O setor, que precisa evoluir protegendo contra o passe e forçando turnovers, é uma das incógnitas da equipe para a nova temporada. Por conta da troca envolvendo Brown, o Steelers conta agora com 10 escolhas no próximo draft e precisará usá-las para reforçar a defesa

Com controle total do elenco, Mike Tomlin terá a difícil missão de levar Pittsburgh novamente a pós-temporada, desta vez sem mais uma das suas principais estrelas. Em 2018 ele não foi capaz de cumprir o objetivo.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.