terça-feira, 24 de outubro de 2017

Compartilhe

Lesões fazem parte de qualquer esporte. Por mais que haja todo e qualquer tipo de método para prevenção e tratamento, não há como escapar delas. Todo mundo que pratica ou já praticou esportes que exigem esforço físico e não somente mental, como xadrez, já sofreu algum tipo de lesão. Não há como escapar.

A NFL, é claro, não foge a regra.

Chegando na metade da temporada, o número de jogadores que estão no departamento médico é imenso. Se tivéssemos que listar todos aqui, não haveria mais espaço no site. No entanto, podemos listar os principais jogadores. Como a temporada de 2017 tirou inúmeras estrelas de campo por causa de lesão, podemos fazer um texto somente com os melhores jogadores que estão fora de ação no momento. Pelos nomes na lista, a NFL fica até menos divertida. Afinal, são tantas estrelas de fora que o brilho da liga se vai um pouco sem eles.

Separando entre ataque e defesa e por posições, vamos à eles:

 

ATAQUE

 

Quarterback

Aaron Rodgers (Packers)

  • Lesão: Clavícula, fora da temporada

Para começar o time, ninguém melhor (ou pior) para estar aqui do que Rodgers. O jogador se lesionou na semana 6 e possivelmente não volta mais nessa temporada, o que frusta todos os torcedores do Packers. Completando esse time, ainda teríamos Andrew Luck (Colts) e Carson Palmer (Cardinals) podendo assumir o comando da equipe. Nada mal, não é verdade?

 

Running Backs

RB David Johnson (Cardinals)

  • Lesão: Mão, fora de no mínimo 8 jogos

FB John Kuhn (Saints)

  • Lesão: Bíceps, fora da temporada

 

A vida dos corredores é uma das mais ingratas da NFL, então sempre poderemos colocar bons jogadores nesse setor aqui nesse time. O primeiro deles vai para David Johnson, sensação do Arizona Cardinals no ano passado, que acabou se machucando na primeira semana da temporada. Para ajudar o jogo terrestre, ainda podemos colocar como reservas os running backs Danny Woodhead (Ravens), Dalvin Cook (Vikings) e Chris Carson (Seahawks). Uau! Para não ficar faltando um fullback, o nome da vez fica com John Kuhn.

 

Wide Receivers

WR1 Odell Beckham Jr (Giants)

  • Lesão: Tornozelo, fora da temporada

WR2 Allen Robinson (Jaguars)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

WR3 Julian Edelman (Patriots)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

 

Imaginem esse trio de recebedores com Aaron Rodgers lançando os passes. Seria uma maravilha, não é mesmo? Enquanto Odell atrai a marcação pro seu lado do campo, Allen Robinson se mantém como uma ameaça em profundidade e Edelman castiga os adversários se alinhando no slot. A situação ainda ficaria mais confortável pra esse time se colocássemos uma dupla de wide receivers do Chicago Bears que está fora da temporada, Cameron Meredith e Kevin White. Teríamos talento, qualidade, juventude e elenco. Tudo que um time precisa ter.

 

Tight Ends

TE1 Greg Olsen (Panthers)

  • Lesão: Pé, fora de pelo menos oito jogos

TE2 Charles Clay (Bills)

  • Lesão: Joelho, fora de um jogo por enquanto

 

Para facilitar a vida do jogo aéreo, um par de TEs que daria muito trabalho para qualquer defesa. Greg Olsen é, sem dúvidas, um dos melhores da liga, enquanto Charles Clay voltou a se consolidar como um jogador sólido em sua posição após algumas temporadas apagado. Além disso, os dois também podem contribuir bastante para o jogo terrestre, o que facilita bastante a vida para os running backs já citados.

Linha Ofensiva

LT Joe Thomas (Browns)

  • Lesão: Tríceps, fora da temporada

LG Mike Iupati (Cardinals)

  • Lesão: Cotovelo, fora da temporada

C Ryan Kalil (Panthers)

  • Lesão: Pescoço, fora de seis jogos

RG Marshal Yanda (Ravens)

  • Lesão: Tornozelo, fora da temporada

RT Jason Peters (Eagles)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

 

Não tem mais o que dizer dessa linha ofensiva. Desde Joe Thomas até Jason Peters (que é left tackle, mas colocamos ele do lado direito para fechar a OL), essa linha ofensiva seria uma das melhores da NFL hoje, apesar da idade avançada de boa parte de seus integrantes. Sem dúvidas, qualquer quarterback da liga adoraria jogar com uma linha ofensiva dessas, ou um running back desejaria correr com esses caras bloqueando. O currículo dos jogadores já diz tudo e possivelmente veremos alguns desses nomes no Hall da Fama de seus times e, por que não, no Hall da Fama da NFL.

 

DEFESA

 

Linha Defensiva

DE J.J. Watt (Texans)

  • Lesão: Perna, fora da temporada

DT Haloti Ngata (Lions)

  • Lesão: Cotovelo, fora da temporada

DT Nick Fairley (Saints)

  • Lesão: Coração, fora da temporada

DE Cliff Avril (Seahawks)

  • Lesão: Pescoço, fora da temporada

 

Para o primeiro setor da defesa, vamos com quatro jogadores que aterrorizam qualquer quarterback. Enquanto Ngata e Fairley fazem o trabalho sujo no interior da linha, Watt e Avril fariam o que sabem fazer de melhor: colocar o quarterback no chão. A situação aqui ainda melhor se colocarmos uma rotação de jogadores. Considerando apenas os que estão fora da temporada, podemos colocar nessa rotação o DT Shariff Floyd, o DT Dominique Easley e o DE Jack Crawford. Entre os calouros, dá pra colocarmos o DT Jonathan Allen e o DT Malik McDowell, só para citar os que foram escolhidos nas primeiras rodadas. Aqui o time está bem servido.

 

Linebackers

LB Malcolm Smith (49ers)

  • Lesão: Peitoral, fora da temporada

LB Jerrell Freeman (Bears)

  • Lesão: Concussão, fora de ao menos oito jogos

LB Denzel Perryman (Chargers)

  • Lesão: Tornozelo, fora de ao menos oito jogos

 

Possivelmente, esse é o setor mais frágil da equipe. Como a prioridade foi colocar os jogadores que estão na lista de lesionados, nomes como Luke Kuechly e Sean Lee não foram considerados. Ainda assim, contar com Freeman, Smith e Perryman na NFL hoje é ter um corpo de linebackers acima da média, pelo menos. Ainda poderíamos acrescentar o calouro Raekwon McMillan, do Dolphins, que foi selecionado na segunda rodada e tem bastante potencial.

Obs.: Como coloquei a defesa na formação 4-3, os OLB da formação 3-4 acabaram sendo desconsiderados. Sendo assim, não estranhe por não ter nomes como Tamba Hali e Whitney Mercilus por aqui.

 

Secundária

CB1 Jason Verrett (Chargers)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

CB2 Tavon Young (Ravens)

  • Lesão: Perna, fora de ao menos oito jogos

 

FS Eric Berry (Chiefs)

  • Lesão: Tendão de Aquiles, fora da temporada

SS Malik Hooker (Colts)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

 

Outro setor de respeito. Entre os cornerbacks você pode até ter ouvido pouco falar de Verrett e Young, mas são dois bons nomes da liga e acima da média geral. Jason Verrett, inclusive, já foi eleito ao Pro Bowl. Ainda podemos destacar DeShawn Shead (Seahawks), Delvin Breaux (Saints) e o calouro Sidney Jones (Eagles) que poderiam reforçar os cornerbacks da equipe. Se considerássemos os jogadores que não foram incluidos na lista de lesionados, aí passaríamos a cogitar a contratação de Josh Norman (Redskins) e Ronald Darby (Eagles). Nada mal.

Entre os safeties, dois grandes jogadores para fechar a equipe. Eric Berry é, discutivelmente, o melhor jogador da NFL em sua posição, enquanto Malik Hooker era forte candidato ao prêmio de calouro defensivo do ano até se lesionar. Com os dois no último setor da defesa, já poderíamos apostar em um turnover forçado por jogo, pelo menos.

 

TIME DE ESPECIALISTAS

 

K Dan Bailey (Cowboys)

  • Lesão: Virilha, fora por tempo indeterminado

P Sam Martin (Lions)

  • Lesão: Tornozelo, fora de ao menos oito jogos

LS Jon Dorenbos (sem time)

  • Lesão: Coração, fora da temporada

KR/PR Darren Sproles (Eagles)

  • Lesão: Joelho, fora da temporada

 

Achou mesmo que nosso time não teria uma seleção de jogadores para o time de especialistas? Pois bem, após uma dura seleção, esses foram os escolhidos. Por mais que nosso querido Cairo Santos mereça uma menção honrosa, a lesão de última hora de Dan Bailey o coloca como titular. Infelizmente para Cairo, ainda não tem como ele ser comparado com Bailey, o kicker mais preciso da história da NFL até o momento. Para o punter, Sam Martin é o titular do Lions e o único de sua posição lesionado, então entraria de qualquer jeito. Para retornar chutes, ninguém melhor que Darren Sproles, um dos melhores nesse quesito em toda a NFL, tendo sido inclusive eleito para o Pro Bowl nesse quesito. Não colocamos, mas Dwayne Harris (Giants) também poderia funcionar muito bem retornando, ou também fazendo a função de gunner — o jogador que se alinha na ponta na hora do chute e é o primeiro a chegar para tacklear o jogador do time adversário para retornar.

Já para o long snapper, não tem muita diferença entre o que escolher. Então, por que não escolher o que também é um mágico?

E você? Acha que esse time disputaria alguma coisa na NFL? Ou brigaria na parte de baixo da tabela? Comente!

 


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.